talvez 1 1_[1][1][1]...my

Download Talvez 1 1_[1][1][1]...my

Post on 09-Jul-2015

139 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Talvez eu venha a envelhecer rpido demais.Talvez eu sofra inmeras desiluses no decorrer de minha vida.Mas lutarei para que cada dia tenha valido a pena. Mas farei que elas percam a importncia diante dos gestos de amor que encontrei.

  • Talvez eu no tenha foras para realizar todos os meus ideais.Talvez em algum instante eu sofra uma terrvel queda.Mas jamais irei me considerar um derrotado.Mas no ficarei por muito tempo olhando para o cho.

  • Talvez um dia o sol deixe de brilhar.Talvez um dia eu sofra alguma injustia.Ento irei me banhar na chuva.Mas jamais assumirei o papel de vtima.

  • Talvez eu tenha que enfrentar alguns inimigos.Talvez numa dessas noites frias, eu derrame muitas lgrimas.Mas terei humildade para aceitar as mos que se estenderem em minha direo. Mas no terei vergonha por esse gesto.

  • Talvez eu seja enganado inmeras vezes.Talvez com o tempo eu perceba que cometi grandes erros.Mas no deixarei de acreditar que em algum lugar algum merece a minha confiana. Mas no desistirei de continuar trilhando meu caminho.

  • Talvez eu perca grandes amizades.Talvez algumas pessoas queiram o meu mal.Mas irei aprender que aqueles que real-mente so meus verdadeiros amigos nunca estaro perdidos. Mas continuarei plantando a semente da fraternidade por onde passar.

  • Talvez eu fique triste ao concluir que no consigo seguir o ritmo da msica.Talvez eu nunca consiga enxergar um arco-ris.Mas ento, farei que a msica siga o compasso dos meus passos.Mas aprenderei a desenhar um, nem que seja dentro do meu corao.

  • Talvez hoje eu me sinta fraco.Talvez eu no aprenda todas as lies necessrias.Mas amanh irei recomear, nem que seja de uma maneira diferente. Mas terei a conscincia que os verdadeiros ensinamentos j esto gravados em minha alma.

  • Talvez eu me deprima por no ser capaz de saber a letra daquela msica.Talvez eu no tenha motivos para grandes comemoraes.Mas ficarei feliz com as outras capacidades que possuo.Mas no deixarei de me alegrar com as pequenas conquistas.

  • Talvez a vontade de abandonar tudo torne-se a minha companheira.Talvez eu no seja exatamente quem gostaria de ser.Mas ao invs de fugir, correrei atrs do que almejo.Mas passarei a admirar quem sou.

  • E se ainda no me convenci disso, porque "ainda no chegou o fim".Porque no final saberei que, mesmo com incontveis dvidas, eu sou capaz de construir uma vida melhor.

  • Porque no final no haver nenhum "talvez" e sim a certeza de que a minha vida valeu a pena e eu fiz o melhor que podia.

  • CrditosTexto- Desconheo o autorImagens- www.thousandimages.comMsica- Intermezzo- Ernesto CortazarSlides e criao- Jos Carlos RodriguesSociedade dos Poetas Menores- Franca- SPDireitos Autorais Reservados2.005