sumrio 1 introduo 9 2 administrao pblica ... segurana operacional aeronutica e ... administrao...

Download SUMRIO 1 INTRODUO 9 2 ADMINISTRAO PBLICA ... Segurana operacional aeronutica e ... administrao pblica gerencial e teoria geral de polcia, ... regio e estao do ano. No Brasil esta

Post on 15-Feb-2018

216 views

Category:

Documents

4 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 8

    SUMRIO

    1 INTRODUO ........................................................................................................................ 9

    2 ADMINISTRAO PBLICA GERENCIAL ........................................................................ 13

    2.1 Conceito de administrao pblica ............................................................................... 13

    2.2 Da administrao patrimonialista a gerencial .............................................................. 14

    2.3 Administrao pblica gerencial em Minas Gerais ..................................................... 28

    3 ASPECTOS DO SERVIO POLICIAL ................................................................................. 33

    3.1 Polcia e Sociedade .......................................................................................................... 33

    3.2 Competncia estatal e estratgia institucional ............................................................ 35

    3.2 Elementos de definio da polcia ................................................................................. 36

    3.4 Mandato policial ............................................................................................................... 41

    4 PATRULHAMENTO AREO ................................................................................................ 45

    4.1 Desenvolvimento do patrulhamento areo ................................................................... 45

    4.2 Emprego de aeronaves na PMMG .................................................................................. 54

    4.3 Execuo do radiopatrulhamento areo na PMMG ..................................................... 67

    4.4 Conceito operacional do vo noturno na PMMG ......................................................... 70

    5 METODOLOGIA ................................................................................................................... 78

    6 O VO NOTURNO EM ANLISE ........................................................................................ 81

    6.1 Cenrio criminal do vo noturno do Btl RpAer ............................................................ 81

    6.2 Aspectos do radiopatrulhamento areo noturno do Btl RpAer da PMMG ................ 91

    6.2.1 Formulao de um conceito operacional noturno .......................................................... 91

    6.2.2 Treinamento .................................................................................................................... 97

    6.2.2 Logstica e estrutura fsica ............................................................................................ 101

    6.3 Segurana operacional aeronutica e vo noturno ................................................... 108

    7 CONSIDERAES FINAIS ................................................................................................ 111

    REFERNCIAS ...................................................................................................................... 115

    APNDICE Roteiros das entrevistas ............................................................................... 119

  • 9

    1 INTRODUO

    O Batalho de Radiopatrulhamento Areo (Btl RpAer) a Unidade de

    execuo operacional da PMMG responsvel pelo planejamento e execuo do

    radiopatrulhamento areo na Polcia Militar de Minas Gerais, atuando em apoio s unidades

    operacionais, sendo uma das modalidades de policiamento e suporte para a execuo das

    atividades de polcia em todo territrio mineiro.

    Quando de sua criao em 1987, o ento Comando de Radiopatrulhamento

    Areo (CORPAer) executava suas atividades somente no perodo diurno, conforme as

    normas previstas na diretriz de operaes policiais militares (DOPM) N 07/87-CG, cujo ttulo

    Emprego de helicpteros em apoio s operaes policiais militares.

    A atividade noturna do Btl RpAer, denominada radiopatrulhamento areo

    noturno, segundo estudos realizados por Silva Jnior (2005), iniciou-se oficialmente no final

    de 2002 e realizada at os dias atuais. Sua execuo contnua atinge um raio de 100 Km,

    a partir do aeroporto internacional Tancredo Neves, localizado na Regio Metropolitana de

    Belo Horizonte (RMBH)1 e, aps sete anos de sua implantao oficial, no foi realizado

    nenhum estudo que visasse ao seu aperfeioamento.

    Em 2008, o Btl RpAer utilizou um oramento em torno de R$2.800.000,00

    para manter as aeronaves em condies de emprego, alcanando a marca de 2.000 horas

    de vo no referido ano2.

    Nesta performance, houve o emprego do helicptero em ocorrncias como

    roubo a mo armada, seqestro relmpago, buscas de suspeitos de crimes em matagal,

    apoios diversos aos policiais que trabalham em solo, dentre outros, tanto no perodo diurno

    quanto noturno, tendo neste, especificamente, representado cerca de 30% do total das

    horas de vo.

    Esta pesquisa tem por objetivo geral analisar o servio de radiopatrulhamento

    areo noturno desenvolvido na Polcia Militar de Minas Gerais, sob o enfoque da

    administrao pblica gerencial e teoria geral de polcia, na perspectiva de aperfeioar o

    servio oferecido.

    1 RMBH composta por 34 municpios, com uma populao de 4.939.053 e uma rea de 4.461 Km

    2. Disponvel

    em: < http://www.granbel.com.br>. Acesso em: maio.2009).

    2 Dados MINAS GERAIS. Polcia Militar de Minas Gerais, Batalho de Radiopatrulhamento Areo.

    http://www.granbel.com.br/

  • 10

    So, ainda, objetivos especficos da pesquisa:

    a) especificar o cenrio criminal do vo noturno atravs da anlise das

    ocorrncias policiais atendidas pela 1 Companhia de Radiopatrulhamento Areo do Btl

    RpAer em Belo Horizonte, no perodo noturno, nos anos de 2007 e 2008;

    b) conhecer a doutrina de radiopatrulhamento areo noturno desenvolvido

    pelo Batalho de Radiopatrulhamento Areo da PMMG;

    c) compreender a doutrina de operao noturna realizada pelo Exrcito

    Brasileiro e Fora Area Brasileira, bem como a atuao do Grupamento de Radiopatrulha

    Area da Polcia Militar de So Paulo;

    d) comparar os modelos de operao noturna trazidos para a pesquisa com o

    modelo da Polcia Militar de Minas Gerais;

    e) aplicar os marcos tericos ao modelo de operao noturna desenvolvido na

    Polcia Militar de Minas Gerais.

    Parte-se da seguinte pergunta norteadora: o que necessrio para o

    aprimoramento da qualidade do servio de radiopatrulhamento areo noturno oferecido pela

    PMMG?

    A partir deste questionamento levanta-se a hiptese bsica de que o

    radiopatrulhamento areo noturno desenvolvido na PMMG necessita de investimentos em

    treinamento especfico voltado para as tripulaes que operam no perodo noturno, em

    logstica, estrutura fsica e construo de um conceito de operao noturna de acordo com o

    cenrio criminal.

    A pesquisa caracterizada como exploratria e descritiva nela constando um

    trabalho de campo de natureza quantitativa em relao ao levantamento das ocorrncias

    atendidas no perodo noturno. Foi utilizada a tcnica da observao direta intensiva que

    consistiu na entrevista de pessoas relacionadas execuo do vo noturno.

    Procura-se compreender o fenmeno do radiopatrulhamento areo noturno

    atravs de pesquisas bibliogrficas e documentais, buscando um debate contemporneo

  • 11

    sobre as teorias da administrao, com nfase na administrao pblica gerencial e na

    gesto por resultados, pois elas permitem esclarecer se o servio de radiopatrulhamento

    areo noturno desenvolvido na PMMG necessita de aperfeioamento.

    A crise da forma burocrtica de administrar um Estado emergiu aps 1988,

    conforme revela Pereira (2006). Este antigo modelo burocrtico est sendo substitudo pelo

    modelo gerencial de administrao pblica que deve ser aplicado administrao pblica

    em geral, inclusive, as instituies policiais do pas, orienta a produo de servios policiais

    ao enfatizar o profissionalismo, o planejamento das aes, a participao no processo

    decisrio, o estabelecimento de metas, alocao de recursos, o controle, o alcance de

    resultados e a prestao de contas.

    Em Minas Gerais, este modelo de administrao pblica surge com a atual

    administrao (2003-2010) com o programa de governo denominado Choque de Gesto.

    Atualmente, o modelo gerencial em Minas Gerais est na 2 fase e como menciona Vilhena

    (2008), para que os resultados continuem, necessrio que ele no seja de um s governo

    devendo ocorrer correo de rumo e outras medidas voltadas ao novo contexto que se

    aproxima, sendo esta a proposta da 2 gerao do Choque de Gesto. O objetivo principal

    da administrao pblica gerencial est diretamente voltado para resultados que satisfaam

    aos anseios da sociedade.

    Como ente integrante da administrao pblica e do Estado, verifica-se na

    Polcia Militar de Minas Gerais (PMMG) uma tendncia de alinhamento da sua

    administrao com o modelo de administrao pblica gerencial. O planejamento

    estratgico 2009-2011, em vigor na instituio, sinaliza a presena dos princpios deste

    modelo e que se encontra no teor do documento especialmente na mensagem de seu

    Comandante-Geral: nfase nas pessoas, liderana participativa, inovao na soluo de

    problemas, foco na sociedade e no cidado, orientao por resultados e qualidade na

    melhoria contnua (MINAS GERAIS, 2009, p. 6).

    O tema desta pesquisa o radiopatrulhamento areo noturno3 na Polcia

    Militar de Minas Gerais: o vo noturno em anlise. Ela foi estruturada em 7 sees visando

    apresentar um estudo para o a

Recommended

View more >