songbook ary barroso 2

Download Songbook Ary Barroso 2

Post on 24-Jun-2015

3.057 views

Category:

Documents

133 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

Produzido por

Almir Chediak

.1

2

~LUMIAREDITORA

Songbook 1 AIy Barroso

Volume 1Ary de todos, meu Ary Dorival Caymmi lbum de famlia Ary, o polivalente Srgio Cabral OOO

Volume 2Ary- de todos, meu Ary Dorival Caymmi Entre amigos _.................................................. Entrevista imaginria Srgio Cabral 6 8 12

MSICASA batucada comeou A casta Suzana Assobia um samba As trs lgrimas A vizinha das vantagens Bahia imortal Brasil moreno Caco velho Canta, Maria Carne-seca com Tutu Chula- Como "vais" voc Deixa essa mulher sofrer Deve ser o meu amor Duro com duro do balacobaco E o samba continua Eu dei Eu quero uma mulher : Eu vou pro Maranho Faceira Fechei a pgina Foi ela Folha morta Garota colossal Inquietao Malandro sofredor Ms de Maria Morena boca de ouro Na Baixa do Sapateiro Na virada da montanha No Rancho Fundo Nunca mais O amor vem quando a gente no espera O correio j chegou Os quindins de lai Palmeira triste Quando eu penso na Bahia Quero dizer-te adeus Rio Risque Sem ela Sobe meu balo Trapo de gente Tu qu tom meu home Upa-upa (Meu trolinho) Vo pro Scala de Milo Vou Penha , . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

MSICASoO

OO

O OO O O O

OO O O

O O O O O OO

Anistia __ __ _ __ _ __ _ ..__ ~Aquarela do Brasil _ . Aquarela mineira _ _ . Aula de msica _ _ . Bahia __ _ .. __ _. Boneca de piche __ . Caboca __ __ . Camisa amarela __ ._ _ _ __ _ . Cano em tom maior _ _ . Cem por cento brasileira _ ~ __. . Cinco horas da manh _._ . Coisas do carnaval _ _._ . D nela _ . De qualquer maneira __ ._ __ _ _ .._ . Deixa o mundo falar __ _ .

23 3026 21 35 37 39

42 44 46 4850 52 57

60

:

OO

O OO

O O O O OO

O O OO

~

O O O O OO O

O OO O

O

54 ~il~;~:g~ ..::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::. 62 . E mentira, oi . 64 Escrevi um bilhetinho _ . 66 Eu nasci no morro . 70 Eu sonhei _._._ . . 68 Faixa de cetim . 73 Falta um zero no meu ordenado . 76 Flor tropical _ _._._ _ . 78 Forasteiro _ _ ._ . 80 Grau dez _ . 83 lai boneca _ _ . 85 sto aqui o que . 87 aria _ _ . 89 Menina que tem uma pose _ . 92 Meu amor no me deixou _ . 94 Na batucada da vida _ . 98 No tabuleiro da baiana _ 101 Novo amor _ _ _ _ . 96 O Brasil h de ganhar . 104 Ocultei _._._ _ . 106 Perdo .._ . 112 ~Por causa desta cabocla .. 109 'iPra machucar meu corao _ 114 .. Rancho das namoradas _ . 118 7Rio de Janeiro (Isto o meu Brasil) . 116 Salada mista _ . 120 Segura esta mulher . 122 Sentinela alerta _ . 124 Terra seca . 126 Tu _._ . 130 Um samba em Piedade _ 132 Vamos deixar de intimidade . 134

elos sales arrastando o seu vestido rendado - Brasil! Brasil!" Era Carmem me fazendo entrar no seu camarim no Casino da Urca. Canta "Brasil! Brasil !.... quero ver essa dona caminhando ... Brasil... Brasil! ... Meu Brasil brasileiro ..." e diz com aquela sua alegria: - Ary est fazendo um samba que uma beleza! (cantando) ... "terra de Nosso Senhor! Brasil!" - e o riso famoso mais perto de minha surpresa! - Uma maravilha! Uma beleza, baiano! Eu, aliviado e feliz, penso: Que sorte, Ary Barroso e Carmem Miranda fizeram as pazes. Que alvio. Eu, novato e desinformado, me culpando no caso do filme Banana da terra. Eu no conhecia o consagrado Ary Barroso de tantos sucessos; no chamado "meio de ano" e nosso saudoso carnaval; aqueles carnavais. No

,'P

conhecia o homem. O querido Ary. Como seria? Pelo cronista e autor teatral Henrique Pongetti e sua esposa Ada, fui chamado para participar dos ensaios da pea musical que a primeira-dama dona Darcy Vargas promoveria todos os anos no Municipal para obter recursos para a criao e manuteno de instituies de proteo a crianas desvalidas. Os participantes das peas: amadores (atores, cantores, msicos, diretores etc.) e gentes da fina sociedade do Rio. Minha funo: ensaiar a mais bonita dama do Rio, dona Luclia Noronha, esposa do sr. Miguel Barroso do Amaral; ela cantaria a minha cano O mar. Ensaio, tarde no Teatro Municipal; Radams rege a grande orquestra e entra o Candido Botelho (cantor de rdio, teatro e da alta sociedade) que comea cantando "Brasil! Meu Brasil brasileiro! Meu mulato inzoneiro ... !"

Fomos colegas da Rdio Tupi mas ele sempre muito ocupado - jornalismo esportivo, produo, programa, calouros ... sempre em movimento, muito ocupado. - Papo madrugada ... Ary ... Caymmi ... Copacabana . - Ns somos parentes, sabia? - Essa no, Ary! - Sim; na casa do Major, o primo Candinho tava sempre l, Yvonne o trata de primo, parente ... eu tambm: so Arantes, so Tostes ... de Minas. - Minha mulher Stella, filha de Candinho, sim, ela me fala, sim. Veja o que o destino! Francisco Alves - gravao - a primeira da gloriosa Aquarela do Brasil. Sabem de quem aquela voz linda que est no coro, cantando "Brasil! Brasil! Pra mim!" ... sabem? No; no ? Pois Stella Maris depois,

Stella Tostes Caymmi, minha mulher e minha cantora preferida e parenta do querido e admirado Ary Barroso. Fui ver meu Ary na casa de sade. Dei um beijo nele; sa. Deus mais!

Dorival CaymmiRio, 25 - Nov. - 1994 (Sexta-feira)

Entre 'amigos

1,

de futebol em Ub, o goleiro Ary no centro, de culos, 1918. 2. Ary com a seleo brasileira de futebol, 1937.

o time

3. Ary com Mrio Lago, dcada de 40. 4. Ary Barroso com Lupiscnio Rodrigues, 1946.

5. Ary com o amigo Alvaro, parceiro da msica Kekereke, dcada de 40.

6. Ary com Carmem Miranda e Max Gordon, EUA, dcada de 40. 7. Ary e Mary Anderson, EUA,1944.

8. 3' ida de Ary para os EUA, com os amigos no navio Brasil, 1949. 9. Ary com a atriz Vivian Blaine, EUA, 1944.

Entre amigos1. Ary com o cantor Edson Lopes, 1953. 2. Ary com Manuel Bandeira, dcada de 50. 3. Ary com a atriz Helosa Helena, 1958.

4. Ary com os amigos Slvio Caldas, Floriano Faissal e Fernando Lobo, dcada de 50. 5. Ary com Fernando Lobo, dcada de 50.

6. Ary com o cantor Ernani Filho, Argentina, dcada de 50. 7. Ary Barroso e a cantora Luciane Franco, 1960. 8. Ary com Dircinha Batista, dcada de 50.

9. Ary com o time do Bangu no Mxico. Em destaque de camisa branca o zagueiro Zzimo, 1958.

9

Songbook o AIy Barroso

Entrevista Imaginria

I

Ary Barroso

E

sta' "entrevista" foi baseada em pronunciamentos feitos por Ary Barroso em artigos, crnicas, reportagens e at mesmo em entrevistas que concedeu durante a sua longa e vitoriosa carreira. Nada do que atribudo a ele neste trabalho foi inventado. Recuperando confisses, conceitos e desabafos do grande compositor, radialista, jornalista, homem de televiso, bomio, vereador durante quatro anos e chefe de farnlia, acreditamos oferecer ao leitor a oportunidade de conhecer melhor uma figura de forte personalidade, amante da polmica, ciclotmico em 'matria de humor e sempre muito franco. A palavra, portanto, est com Ary Barroso: SRGIO CABRAL - Os mineiros dizem que voc, nascido em Minas Gerais, preferiu ser cidado carioca e compositor baiano. ARY BARROSO - Eu fiz a Aquarela de Minas Gerais, mas os mineiros no deram a menor importncia. SRGIO - Ento, por que voc comps tantas msicas para a Bahia? ARY - Outro erro em que incidem o de suporem que descobri musicalmente a Bahia. No verdade. Eu que me descobri na Bahia. Os seus ritmos, os seus candombls, as suas capoeiras, sua gente, em geral, foram uma revelao para mim. Fiquei de tal modo impressionado que o jeito foi exteriorizar a minha admirao atravs da msica. SRGIO - Soube que voc ganha muito dinheiro com direitos autorais. verdade? ARY - Tenho, pelo menos, 15 msicas executadas diariamente no Brasil inteiro: Aquarela do Brasil, Na Baixa do Sapateiro, No Rancho Fundo, Faceira, Maria, Morena boca de ouro, Tu, Por causa desta cabocla, Brasil moreno, No tabuleiro da baiana, Boneca de piche, Terra seca, Ocultei, Maria das Dores, Risque, alm de outras menos popularizadas. Com tudo isto, ganho uma mdia de Cr$ 19 mil. H colegas, sem esse repertrio, que tiram de Cr$ 30 mil a Cr$ 40 mil. T?

Ary Barroso, Rio,1959.

SRGIO - Por sinal, Antnio Maria anda dizendo que voc est rico. ARY - Para Antnio Maria ler: possuo um automvel Chevrolet, modelo 1953, cujo acabei de pagar h dois meses mais ou menos (foram 20 prestaes), um rdio, uma televiso, um piano, uma geladeira, trens de cozinha, tapetes, meu busto de bronze

Um smoking para pagar em cinco vezes(presente de amigos como Simes de Castro), algumas garrafas de scotch (que acabaro), uns temos, um smoking novinho que mandei fazer para pagar em cinco vezes ... que mais? A casa onde vivo, um pequeno stio em Araras, dois lotes no Vale do Sol e duas posses em Gramacho, que no me pertencem mas aos meus filhos Flvio e Mariza. Gostou? SRGIO - E a sade como vai? ARY - Fui ao cardiologista. Trecho

das prescries mdicas: fumar, no mximo, 10 cigarros por dia (eu fumo trs maos) e evitar preocupaes srias (ando cheio delas). Posso tomar scotch puro, moderadamente (bebo com soda e quase sem moderao). E da? SRGIO - Est, pelo menos, fumando menos? ARY - S eu sei quanto tenho sofrido. SRGIO - Mas voc est resolvido a deixar de fumar? ARY - Ando fumando exageradamente. Tenho ensaiado diminuir o fumo. Fico no ensaio. No tenho o que se chama fora de vontade. Alm do mais, quem deixa de fumar assim, de estalo, desanda a engordar que no pra mais. Lamartine Babo engordou. Carlos Frias engordou. Quem me fez ficar de boca aberta foi o Geysa Bscoli. Era to magro quanto o Hber de Bscoli. Agora est enorme. Engordou 16 quilos! No fuma nem bebe mais o seu chopezinho. Engordou

12

Songbook

o Ary

Barroso

Ary com Radams Gnattali, Jorge Curi, Slvio Caldas e Femando Lobo, Rio, dcada de 50.

13

Songbook

o Ary BarrosoFOTOS ARQ

Recommended

View more >