socioeconomia & ciência animal - ?· planilha de excel, ojeda desenvolveu um modelo matemático...

Download Socioeconomia & Ciência Animal - ?· planilha de Excel, Ojeda desenvolveu um modelo matemático determinístico,…

Post on 11-Nov-2018

218 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Universidade de So Paulo Prefeitura do Campus de Pirassununga

    Faculdade de Medicina Veterinria e Zootecnia - Departamento de Nutrio e Produo Animal Programa de Ps-Graduao em Nutrio e Produo Animal - Laboratrio de Anlises Socioeconmicas e Cincia Animal

    1

    Socioeconomia & Cincia Animal

    Boletim Eletrnico do LAE/FMVZ/USP Edio 088, de 31 de julho de 2015

    EDITORIAL Esta edio traz em destaque a evoluo do uso do nitrognio pela agropecuria mundial. Devido importncia deste elemento qumico na nutrio de plantas e animais, e devido ao seu impacto no ambiente, este assunto passa a ganhar espao na sociedade. Estudos tm mostrado que ainda no somos eficientes nesse uso, muito embora j tenhamos tcnicas agronmicas e zootcnicas que poderiam em muito contribuir para isso. A edio traz tambm as principais concluses de duas pesquisas recentemente concludas em Pirassununga, no novo no Programa de Ps-graduao em Gesto e Inovao na Indstria Animal, da FZEA/USP. A jornalista da Agncia USP de Notcias, Valria Dias, assina as matrias intituladas Modelo simula melhores opes em biotecnologias reprodutivas e Mercado de tilpia tm potencial para expanso. Confira! Selecionamos artigos recentemente publicados nas revistas: Cincia Rural, Pesquisa Veterinria Brasileira, Revista Brasileira de Zootecnia, Revista Brasileira de Cincia Avcola, Animal, Journal of Animal Science, Aquaculture, Aquaculture International, Global Journal of Agricultural Economics and Econometrics, Livestock Science, Poultry Science, Worlds Poultry Science e Agricultural Science. Atualizamos as sees de livros, eventos, oportunidades de trabalho etc. E finalmente chegamos no ms de realizao do IV Simpsio de Sustentabilidade e Cincia Animal, o SISCA. O evento ser realizado nos prximos dias 19 e 20 de agosto, na Universidade Federal Fluminense, em Niteri. No dia 21 de agosto, como

    1Texto originalmente publicado no MilkPoint. Disponvel em: http://www.milkpoint.com.br/radar-tecnico/sistemas-de-producao/a-agropecuaria-mundial-tem-sido-eficiente-no-uso-de-nitrogenio-96049n.aspx 2 Professor do Departamento de Nutrio e Produo Animal da Faculdade de Medicina Veterinria e Zootecnia (FMVZ) da Universidade de So Paulo. Atualmente desenvolve programa

    parte da programao, acontecer o primeiro Frum Sustentabilidade e o Ensino da Medicina Veterinria. Informaes sobre a programao do evento constam em: www.sisca.com.br.

    Seguimos atualizando diariamente a pgina do LAE no Facebook, com notcias diversas, eventos, publicaes, dicas, dentre outros. Acesse e curta a pgina: www.facebook.com/LAE.FMVZ.USP Boa leitura! Os editores DIVULGAO I

    A AGROPECURIA MUNDIAL TEM SIDO EFICIENTE NO USO DE NITROGNIO?1

    Augusto Hauber Gameiro2

    O nitrognio (N) um elemento fundamental para a composio das espcies, a diversidade, a dinmica e funcionamento de muitos ecossistemas terrestres, aquticos e marinhos. Embora seja utilizado para atender s necessidades humanas, tais como a produo agrcola, as suas consequncias ambientais so srias e de longo prazo. O uso excessivo de fertilizantes pode contribuir para a contaminao dos solos e das guas com nitrato, com a acidificao do solo, e com a emisso de dixido de carbono, xido nitroso e de amnia para a atmosfera. A poluio

    de ps-doutorado no Institut des Sciences et Industries du Vivant et de lEnvironnement (AgroParisTech), na Frana. E-mail: gameiro@usp.br

  • Universidade de So Paulo Prefeitura do Campus de Pirassununga

    Faculdade de Medicina Veterinria e Zootecnia - Departamento de Nutrio e Produo Animal Programa de Ps-Graduao em Nutrio e Produo Animal - Laboratrio de Anlises Socioeconmicas e Cincia Animal

    2

    por nitratos tem sido uma preocupao atual na Europa e Amrica do Norte. A importncia do esterco como fonte de nutrientes para as culturas vegetais reconhecida h milnios. A gesto adequada dos sistemas de produo pecuria mostra que as combinaes de intensificao, melhor utilizao dos dejetos animais na produo agrcola, o suprimento preciso de N e de outros elementos para se atender s exigncias nutricionais dos animais, podem efetivamente reduzir os fluxos desses nutrientes, reduzindo os impactos ambientais. Mas como tem sido a eficincia da agropecuria mundial - e da brasileira em especfico - no uso de N? Em artigo cientfico recentemente publicado, pesquisadores franceses e italianos procuraram responder essa importante pergunta. Neste texto procurarei resumir as principais concluses obtidas e alertar para a necessidade de que a agropecuria brasileira veja com mais cuidado a questo. A primeira reflexo que a maioria do N aplicado na agropecuria perdida para o ambiente. No mnimo duas concluses se podem tirar deste fato: i) estamos jogando dinheiro fora; e ii) estamos causando danos ambientais. Os pesquisadores Luis Lassaletta e Gilles Billen, junto com seus colaboradores, analisaram criteriosamente a eficincia no uso do N em 124 pas no perodo de 50 anos (1961 a 2009), considerando as 178 culturas vegetais mais importantes (Lassaletta et al., 2014). Mais especificamente, eles estudaram a relao entre a produtividade da agricultura (chamemos de P) e a quantidade de N utilizada para obt-la (chamemos de N). A produtividade foi expressa em quantidade de N na produo (quilo de N por hectare e por ano). Assim, obteve-se um indicador chamado Eficincia no Uso do Nitrognio (EUN) originado pela relao entre P e N. Assim: EUN = P/N. Pode parecer um pouco complicado, mas relativamente fcil de entender: quanto maior a eficincia no uso do nitrognio, significa que mais produo foi obtida para uma mesma quantidade de nitrognio utilizada (EUN). Por outro lado, se a eficincia no uso do N for baixa significa que uma quantidade maior de N teve de ser utilizada para se conseguir a mesma produo (EUN).

    Para o clculo da quantidade de N, foram consideradas as quatro fontes mais importantes: esterco animal, fertilizantes sintticos, fixao simbitica e disposio da atmosfera. A fonte principal das informaes foi o banco de dados da FAO (FAOStat). Diversos critrios e coeficientes tcnicos foram definidos para as estimavas. Detalhes metodolgicos podem ser obtidos no artigo, que est publicamente disponvel (open access) em: http://iopscience.iop.org/1748-9326/9/10/105011. Os resultados mostram que a evoluo da eficincia no uso do N foi distinta para os diferentes pases. Dessa forma, os pesquisadores organizaram os pases em quatro principais grupos, que eles chamaram de tipos. Procurei organizar em um nico quadro (ver prxima pgina), o perfil desses pases, alguns exemplos e a explicao para o comportamento observado. Considerando o mundo como um todo, o estudo mostrou que houve uma queda na EUN de 1961 at o incio dos anos 80. Em 1961 a eficincia no uso do N era de, aproximadamente, 68%, tendo cado para 45% em 1980. De 1980 at os dias atuais, houve estabilizao na EUN, com uma mdia mundial em torno de 47%. Alm da eficincia em si, a pesquisa procurou mostrar a origem do N utilizado na agricultura. E neste ponto os resultados so ainda menos animadores, uma vez que a fonte que vem crescendo mais rapidamente a dos fertilizantes sintticos, que supostamente causam os maiores impactos ambientais (especialmente por serem de origem no-renovvel). Os autores ainda concluem que, apesar do volume de esterco animal gerado mundialmente ser bastante expressivo, essa fonte de N no tem sido utilizada eficientemente, havendo enorme desperdcio da mesma, que no chega nas lavouras como poderia. Em outras palavras, a adoo de sistemas integrados de produo, entre animais e vegetais, pode ser um dos melhores caminhos para elevar essa eficincia. Nesse mesmo sentido, priorizar a utilizao do N de fontes simbiticas (como a produo de leguminosas) outro caminho com grande potencial a ser explorado.

  • Universidade de So Paulo Prefeitura do Campus de Pirassununga

    Faculdade de Medicina Veterinria e Zootecnia - Departamento de Nutrio e Produo Animal Programa de Ps-Graduao em Nutrio e Produo Animal - Laboratrio de Anlises Socioeconmicas e Cincia Animal

    3

    Referncia utilizada: Lassaletta, L., Billen, G.; Grizzetti, B.; Anglade, J.; Garnier, J. 50 year trends in nitrogen use efficiency of world cropping systems: the relationship between yield and nitrogen input to cropland. Environmental Research Letters, v.9, 9pp, 2014.

    3Texto originalmente publicado em Agncia USP de Notcias no dia 23/07/2015. Disponvel em: http://www.usp.br/agen/?p=214639

    DIVULGAO II

    MODELO SIMULA MELHORES OPES EM BIOTECNOLOGIAS REPRODUTIVAS3

    Valria Dias

    Um modelo que simula as melhores opes de biotecnologias reprodutivas para rebanhos leiteiros pode ser um grande aliado dos pecuaristas na tomada de deciso sobre qual a

  • Universidade de So Paulo Prefeitura do Campus de Pirassununga

    Faculdade de Medicina Veterinria e Zootecnia - Departamento de Nutrio e Produo Animal Programa de Ps-Graduao em Nutrio e Produo Animal - Laboratrio de Anlises Socioeconmicas e Cincia Animal

    4

    melhor tcnica reprodutiva a utilizar. O trabalho foi desenvolvido pelo mdico veterinrio e zootecnista Oscar Alejandro Ojeda Rojas em seu mestrado profissional pelo Programa de Ps-graduao em Gesto e Inovao na Indstria Animal, da Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA), da USP, em Pirassununga. Ojeda trabalhou simulando quatro cenrios distintos de biotecnologias reprodutivas: a inseminao artificial seguida de deteco de cio usando smen convencional, a inseminao artificial seguida de deteco de cio usando smen sexado, a inseminao artificial em tempo fixo usando smen convencional, e a inseminao artificial em tempo fixo usando smen sexado. A inseminao artificial uma tcnica muito usada em rebanhos leiteiros a qual