slide coleta seletiva

Download Slide coleta seletiva

If you can't read please download the document

Post on 05-Jun-2015

9.404 views

Category:

Documents

164 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 1. COLETACOLETA SELETIVASELETIVA

2. DEFINIO Coleta seletiva de lixo um processo que consiste na separao e recolhimento dos resduos descartados por empresas e pessoas. Desta forma, os materiais que podem ser reciclados so separados do lixo orgnico (restos de carne, frutas, verduras e outros alimentos). Este ltimo tipo de lixo descartado em aterros sanitrios ou usado para a fabricao de adubos orgnicos. 3. IMPORTNCIA A coleta seletiva contribui para a minimizao de resduos, pois, um conceito que abrange mais do que a simples coleta seletiva e envio do lixo para reciclagem. Pressupes trs regrinhas bsicas que devem ser seguidas: primeiro pensar em todas as maneiras de REDUZIR o lixo, depois, REAPROVEITAR tudo o que for possvel, e s depois pensar em enviar materiais para RECICLAR. Essa forma de atuao chamada de 3 R, que a letra inicial de cada uma das palavras-chave. Portanto, a coleta seletiva de lixo de extrema importncia para a sociedade. Uma sociedade consciente e bem educada no gera lixo e sim materiais para reciclar, alm de gerar renda para milhes de pessoas e economia para as empresa, tambm significa uma grande vantagem para o meio ambiente uma vez que diminui a poluio dos solos e rios. Este tipo de coleta de fundamental importncia para o desenvolvimento sustentvel do planeta. 4. fcil e divertido!!! 5. RAZES PARA RECICLAR 50 kg de papel velho = uma rvore poupada 1.000 Kg de papel reciclado = 20 rvores poupadas 1.000 Kg de vidro reciclado = 1300Kg de areia extrada poupada 1.000 Kg de plstico reciclado = milhares de litros de petrleo poupados 1.000 Kg de alumnio reciclado = 5000Kg de minrios extrados poupados Note que areia, petrleo e minrios so recursos naturais no renovveis. 6. ALGUNS BENEFCIOS DA COLETA SELETIVA Menor reduo de florestas nativas; Reduz a extrao dos recursos naturais; Diminui a poluio do solo, da gua e do ar; Economiza energia e gua; Possibilita a reciclagem de materiais que iriam para o lixo; Conserva o solo. Diminui o lixo nos aterros e lixes; Prolonga a vida til dos aterros sanitrios; Diminui os custos da produo, com o aproveitamento de reciclveis pelas indstrias; Diminui o desperdcio; Melhora a limpeza e higiene da cidade; Previne enchentes; Diminui os gastos com a limpeza urbana; Cria oportunidade de fortalecer cooperativas; Gera emprego e renda pela comercializao dos reciclveis; 7. AS SOLUES CONVENCIONAIS OsOs aterros sanitriosaterros sanitrios so grandes terrenos onde o lixo depositado,so grandes terrenos onde o lixo depositado, comprimido e depois espalhado por tratores em camadas separadas por terra.comprimido e depois espalhado por tratores em camadas separadas por terra. As extensas reas que ocupam, bem como os problemas ambientais queAs extensas reas que ocupam, bem como os problemas ambientais que podem ser causados pelo seu manejo inadequado, tornam problemtica apodem ser causados pelo seu manejo inadequado, tornam problemtica a localizao dos aterros sanitrios nos centros urbanos maiores, apesar delocalizao dos aterros sanitrios nos centros urbanos maiores, apesar de serem a alternativa mais econmica a curto prazo.serem a alternativa mais econmica a curto prazo. OsOs incineradoresincineradores, indicados sobretudo para materiais de alto risco, podem, indicados sobretudo para materiais de alto risco, podem ser utilizados para a queima de outros resduos, reduzindo seu volume. Asser utilizados para a queima de outros resduos, reduzindo seu volume. As cinzas ocupam menos espao nos aterros e reduz-se o risco de poluio docinzas ocupam menos espao nos aterros e reduz-se o risco de poluio do solo. Entretanto, podem liberar gases nocivos sade, e seu alto custo os tornasolo. Entretanto, podem liberar gases nocivos sade, e seu alto custo os torna inacessveis para a maioria dos municpios.inacessveis para a maioria dos municpios. As usinas deAs usinas de compostagemcompostagem transformam os resduos orgnicos presentestransformam os resduos orgnicos presentes no lixo emno lixo em aduboadubo, reduzindo o volume destinado aos aterros. difcil cobrir o, reduzindo o volume destinado aos aterros. difcil cobrir o alto custo do processo com a receita auferida pela venda do produto. Almalto custo do processo com a receita auferida pela venda do produto. Alm disso, no se resolve o problema de destinao dos resduos inorgnicos, cujadisso, no se resolve o problema de destinao dos resduos inorgnicos, cuja possibilidade de depurao natural menor.possibilidade de depurao natural menor. 8. RESULTADOS DE ALGUNS PROJETOS Ambientais:Ambientais: Os maiores beneficiados por esse sistema so o meio ambiente e a sade daOs maiores beneficiados por esse sistema so o meio ambiente e a sade da populao. A reciclagem de papis, vidros, plsticos e metais - que representam empopulao. A reciclagem de papis, vidros, plsticos e metais - que representam em torno de 40% do lixo domstico - reduz a utilizao dos aterros sanitrios,torno de 40% do lixo domstico - reduz a utilizao dos aterros sanitrios, prolongando sua vida til. Se o programa de reciclagem contar, tambm, com umaprolongando sua vida til. Se o programa de reciclagem contar, tambm, com uma usina de compostagem, os benefcios so ainda maiores. Alm disso, a reciclagemusina de compostagem, os benefcios so ainda maiores. Alm disso, a reciclagem implica uma reduo significativa dos nveis de poluio ambiental e doimplica uma reduo significativa dos nveis de poluio ambiental e do desperdcio de recursos naturais, atravs da economia de energia e matrias-primas.desperdcio de recursos naturais, atravs da economia de energia e matrias-primas. Econmicos:Econmicos: A coleta seletiva e reciclagem do lixo domstico apresenta, normalmente, um custoA coleta seletiva e reciclagem do lixo domstico apresenta, normalmente, um custo mais elevado do que os mtodos convencionais. Iniciativas comunitrias oumais elevado do que os mtodos convencionais. Iniciativas comunitrias ou empresariais, entretanto, podem reduzir a zero os custos da prefeitura e mesmoempresariais, entretanto, podem reduzir a zero os custos da prefeitura e mesmo produzir benefcios para as entidades ou empresas. De qualquer forma, produzir benefcios para as entidades ou empresas. De qualquer forma, importante notar que o objetivo da coleta seletiva no gerar recursos, mas reduzirimportante notar que o objetivo da coleta seletiva no gerar recursos, mas reduzir o volume de lixo, gerando ganhos ambientais.o volume de lixo, gerando ganhos ambientais. Polticos:Polticos: Alm de contribuir positivamente para a imagem do governo e da cidade, a coletaAlm de contribuir positivamente para a imagem do governo e da cidade, a coleta seletiva exige um exerccio deseletiva exige um exerccio de cidadaniacidadania, no qual os cidados assumem um papel, no qual os cidados assumem um papel ativo em relao administrao da cidade. Alm das possibilidades deativo em relao administrao da cidade. Alm das possibilidades de aproximao entre o poder pblico e a populao, a coleta seletiva pode estimular aaproximao entre o poder pblico e a populao, a coleta seletiva pode estimular a organizao da sociedade civil.organizao da sociedade civil. 9. IMPLANTANDO A COLETA SELETIVA A coleta seletiva e a reciclagem de resduos so solues desejveis, porA coleta seletiva e a reciclagem de resduos so solues desejveis, por permitirem a reduo do volume de lixo para disposio final.permitirem a reduo do volume de lixo para disposio final. O fundamento da coleta seletiva a separao, pela populao, dos materiaisO fundamento da coleta seletiva a separao, pela populao, dos materiais reciclveis (papis, vidros, plsticos e metais) do restante do lixo.reciclveis (papis, vidros, plsticos e metais) do restante do lixo. A implantao da coleta seletiva pode comear com uma experincia-piloto, queA implantao da coleta seletiva pode comear com uma experincia-piloto, que vai sendo ampliada aos poucos. O primeiro passo a realizao de uma campanhavai sendo ampliada aos poucos. O primeiro passo a realizao de uma campanha informativa junto populao, convencendo-a da importncia da reciclagem einformativa junto populao, convencendo-a da importncia da reciclagem e orientando-a para que separe o lixo em recipientes para cada tipo de material.orientando-a para que separe o lixo em recipientes para cada tipo de material. aconselhvel distribuir populao, ao menos inicialmente, recipientes aconselhvel distribuir populao, ao menos inicialmente, recipientes adequados separao e ao armazenamento dos resduos reciclveis nas residnciasadequados separao e ao armazenamento dos resduos reciclveis nas residncias (normalmente sacos de papel ou plstico).(normalmente sacos de papel ou plstico). A instalao de postos de entrega voluntria (PEV) em locais estratgicos melhoraA instalao de postos de entrega voluntria (PEV) em locais estratgicos melhora a operao da coleta seletiva em locais pblicos. A mobilizao da sociedade, aa operao da coleta seletiva em locais pblicos. A mobilizao da sociedade, a partir das campanhas, pode estimular iniciativas em conjuntos habitacionais,partir das campanhas, pode estimular iniciativas em conjuntos habitacionais, shopping centers e edifcios comerciais e pblicos.shopping centers e edifcios comerciais e pblicos. Deve-se buscar elaborar um plano de coleta, definindo equipamentos eDeve-se buscar elaborar um plano de coleta, definindo equipamentos e periodicidade de coleta dos resduos. A regularidade e eficcia no recolhimento dosperiodicidade de coleta dos resduos. A regularidade e eficcia no recolhimento dos materiais so importantes para que a populao tenha confiana e se disponha amateriais so importantes para que a populao tenha confiana e se disponha a participar. No vale a pena iniciar um processo de coleta seletiva se h o risco departicipar. No vale a pena iniciar um processo de coleta seletiva se h o risco de interromp-lo, pois a perda de credibilidade dificulta a retomada.interromp-lo, pois a perda de credibilidade dificulta