sistemas socioecológicos em comunidades da reserva extrativista

Download sistemas socioecológicos em comunidades da reserva extrativista

Post on 07-Jan-2017

221 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 0

    INSTITUTO NACIONAL DE PESQUISAS DA AMAZNIA INPA

    PROGRAMA DE PS-GRADUAO EM GESTO DE REAS PROTEGIDAS DA

    AMAZNIA MPGAP

    SISTEMAS SOCIOECOLGICOS EM COMUNIDADES DA RESERVA

    EXTRATIVISTA CHICO MENDES E PROJETO DE ASSENTAMENTO,

    NA BACIA HIDROGRFICA DO RIOZINHO DO RLA, ACRE,

    BRASIL: DIAGNSTICO PARTICIPATIVO SOBRE USOS E

    IMPACTOS DIFERENCIADOS SOBRE OS RECURSOS NATURAIS

    MGDA VANESSA MARTINS DE SOUSA

    Manaus, Amazonas

    Outubro, 2012

  • 1

    MGDA VANESSA MARTINS DE SOUSA

    SISTEMAS SOCIOECOLGICOS EM COMUNIDADES DA RESERVA

    EXTRATIVISTA CHICO MENDES E PROJETO DE ASSENTAMENTO,

    NA BACIA HIDROGRFICA DO RIOZINHO DO RLA, ACRE,

    BRASIL: DIAGNSTICO PARTICIPATIVO SOBRE USOS E

    IMPACTOS DIFERENCIADOS SOBRE OS RECURSOS NATURAIS

    Orientadora: Maria Auxiliadora Drumond

    Co-Orientadora: Maria de Nazar Costa

    Dissertao apresentada ao Instituto

    Nacional de Pesquisas da Amaznia como

    requisitos para obteno do ttulo de

    Mestre em Gesto de reas Protegidas na

    Amaznia.

    Manaus, Amazonas

    Outubro, 2012

  • 2

    BANCA EXAMINADORA

    Membros

    Dra. Rita de Cssia Guimares Mesquita

    Instituto Nacional de Pesquisas da Amaznia/ INPA

    Dra. Maria Ins Gasparetto Higuchi

    Instituto Nacional de Pesquisas da Amaznia/ INPA

    Dr. George Henrique Reblo

    Instituto Nacional de Pesquisas da Amaznia/ INPA

    Manaus, Amazonas

    Outubro, 2012

  • 3

    Sinopse: Este trabalho teve como objetivo analisar como dois diferentes sistemas seringal

    em reserva extrativista e assentamento exercem impactos diferenciados sobre os recursos

    naturais na bacia hidrogrfica do Riozinho do Rla, Acre, Brasil.

    Palavras-chave: Projeto de Assentamento, Seringal, Reserva Extrativista Chico Mendes,

    diagnstico participativo, recursos naturais.

  • 4

    DEDICATRIA

    Dedico este trabalho a vocs que sempre me fizeram acreditar na realizao dos meus

    sonhos e trabalharam muito para que eu pudesse realiz-los, meus pais, minha famlia e em

    especial minha tia Edileuza.

    A voc Eziel, companheiro no amor, na vida e nos sonhos, que sempre me apoiou nas

    horas difceis desta longa jornada e compartilhou comigo as alegrias.

  • 5

    AGRADECIMENTOS

    Em primeiro lugar agradeo a Deus por estar comigo nos momentos mais difceis

    desta jornada, por ter sido o meu refgio, fortaleza e ter me dado fora para lutar durante a

    realizao desse trabalho.

    Registro meus profundos agradecimentos a todos os que compartilharam o trilhar de

    mais esse caminho percorrido, contribuindo, direta e indiretamente, para que eu realizasse esta

    pesquisa, auxiliando-me e dando-me foras nos momentos em que mais precisei.

    Agradeo, especialmente, minha famlia, pelo apoio para que eu concretizasse essa

    pesquisa: minha me, minha av, minhas tias, minha sogra e sogro, cunhados e, em especial,

    meu esposo, Eziel que esteve sempre ao meu lado, entendendo-me nos momentos de

    ausncia, dando-me apoio e carinho.

    Ao meu amigo Jesus Rodrigues, tcnico da Secretria de Estado de Meio Ambiente do

    Estado do Acre, que contribuiu grandemente na orientao desse trabalho com sua

    experincia prtica e terica, vivenciado nas Unidades de Conservao Estaduais. Foi um

    grande amigo nos momentos de grandes dificuldades.

    A todos moradores da Comunidade Samama e Projeto de Assentamento Oriente que

    me receberam de braos abertos em suas residncias e me acompanharam nos varadouros e

    ramais durante a aplicao das entrevistas semiestruturadas, em especial: Dorinha, Francisca,

    Francisco, Eunice e Manuel Vitoriano.

    professora Doutora Maria Auxiliadora Drumond, minha Orientadora, que me

    possibilitou grandes aprendizagens, por meio do grande incentivo e orientao que me foram

    concedidos durante essa jornada. E tambm a minha Co-orientadora Doutora Nazar

    Macdo, pelo incentivo e a troca de conhecimentos sobre as reas de estudos, devido sua

    vasta experincia na Bacia Hidrogrfica do Riozinho do Rla.

    A Cooperativa de Trabalho do Acre COOTAC pelo apoio a logstica de campo,

    atravs do Projeto Construo Participativa e Sustentabilidade Hdrica, patrocinado pela

    Petrobrs atravs do Programa Petrobrs Ambiental. E tambm aos colegas: Lcia, Socorro,

    Smia, Lidiane, Jairo e Selva que me apoiaram durante as dificuldades encontradas na

    compatibilizao das atividades do trabalho na cooperativa e as atividades do Mestrado.

    Aos colegas e professores do mestrado, por tudo o que com eles aprendi durante a

    construo do meu estudo. Em especial aos colegas: Glia, Adriana, Dani, Amanda, Vera,

  • 6

    Antnia, Dina, Beth, Mrcia, Naldo, Klebson, Warley e Hueliton. Valeram os momentos de

    conversas, discusses e distraes.

    A Maria de Aparecida Lopes pelo incentivo e apoio logstico no incio desse mestrado,

    durante sua atuao como coordenadora no Departamento de reas Protegidas da SEMA.

    A Secretaria de Estado de Meio Ambiente SEMA do Estado do Acre, na pessoa da

    Coordenadora do Departamento de reas Protegidas e Biodiversidade, Cristina Lacerda pelo

    apoio na logstica das atividades de campo e estruturao desse trabalho.

    Aos colegas da Secretaria de Estado de Meio Ambiente: Dani, tila, Claudenir,

    Marysson, Silvana, Josino, Sara, Claudiane, Ana Negreiros, Maria Antnia, Mavi, Marli pelo

    apoio motivacional durante a elaborao deste trabalho.

    minha amiga Tayla, pela amizade e pelo o grande apoio na elaborao dos mapas

    deste trabalho.

    A Coordenadora do Curso de Mestrado Profissionalizante em Gesto de reas

    Protegidas na Amaznia MPGAP, Rita Mesquita pela pacincia e dedicao na coordenao

    deste Mestrado.

    Ao Centro Estadual de Unidades de Conservao CEUC do Estado do Amazonas,

    em especial a Mrcia Lederman que prestou grande apoio na logstica de estruturao do MP-

    GAP.

    A todos os professores do Curso de graduao em Gesto Ambiental Unio

    Educacional do Norte UNINORTE pelo incentivo e aprendizagem durante a minha vida

    acadmica, em especial: Roberto Matias, Valdirene Maia e Guaracy Maia.

    A todos, muito obrigada.

  • 7

    A tarefa no tanto ver aquilo que ningum viu, mas pensar o

    que ningum ainda pensou sobre aquilo que todo mundo v.

    (Arthur Schopenhauer)

  • 8

    RESUMO

    O objetivo deste estudo foi analisar como dois diferentes sistemas seringal e assentamento

    exercem impactos diferenciados sobre os recursos naturais na bacia hidrogrfica do Riozinho

    do Rla. A pesquisa foi realizada na poro do Projeto de Assentamento Oriente localizada no

    municpio de Rio Branco e no Seringal Boa Vista, localizado no municpio de Xapuri, na

    Reserva Extrativista Chico Mendes, ambas as reas localizadas no Estado do Acre. Este

    trabalho foi desenvolvido de acordo com os princpios da pesquisa qualitativa que permitiu a

    participao dos atores envolvidos das reas estudadas durante todas as etapas do diagnstico.

    Compreendeu um conjunto de diferentes tcnicas, que foram utilizadas para diagnosticar e

    interpretar os usos atuais dos recursos naturais das comunidades estudadas. As principais

    ferramentas participativas utilizadas no diagnstico foram: entrevistas semi-estruturadas com

    grupos foco, calendrio sazonal, diagrama histrico, diagrama de Venn, rvore de problemas-

    causa-efeito e planilhas sobre vegetao, fauna e pesca. Os resultados mostraram impactos

    ambientais ocasionados por ambas s reas de estudo sobre os recursos naturais, entretanto,

    estes impactos foram mais expressivos no Projeto de Assentamento Oriente.

    Palavras-chave: Projeto de Assentamento, Seringal, Reserva Extrativista Chico Mendes

    diagnstico participativo, recursos naturais.

  • 9

    ABSTRACT

    This study has the purpose to analyze impacts on natural resources in two different areas in

    Riozinho do Rlas hydrographic Basin. The research was conducted in an area of Xapuris

    Municipality at Seringal Boa Vista in Chico Mendes conservation unit, and at Orientes

    Settlement Project located in Rio Brancos Municipality both in Acre State. The study is

    based on qualitative principles of research method that had allowed stakeholders participation

    during all stages of diagnosis in the areas studied. A number of different techniques were used

    to diagnose and interpret the current uses of natural resources by the communities studied.

    The main participatory tools used during the diagnosis were: semi-structured interviews with

    focus groups, (hunting and fisheries) seasonal calendar, historical diagram, Venn diagram,

    cause-effect problems tree and worksheets on vegetation, wildlife and fisheries. The results

    demonstrates environmental impacts on natural resources caused by both areas of study,

    however, these impacts were more significant in Orientes Settlement Project.

    Key Words: Settlement Project, Seringal Boa Vista in Chico Mendes Conservation unit,

    Participatory, Appraisal, natural resources.

  • 10

    SUMRIO

    1. INTRODUO ................................................................................................................................ 15

    2. HIPTESE ........................................................................................................................................ 19

    3. OBJETIVOS ............................................................................

Recommended

View more >