Simulado de Histria Geral de Pr-Histria e Antiguidade, 2016

Download Simulado de Histria Geral de Pr-Histria e Antiguidade, 2016

Post on 13-Apr-2017

828 views

Category:

Education

4 download

TRANSCRIPT

  • Simulado de Histria Geral(Pr-Histria e

    Antiguidade Ano 2016 COM GABARITO -

    Pr-vestibular Comunitrio Ganga Zumba

    Prof: Ricardo Jorge

    Exerccio 1. (ENEM 2009) Segundo Aristteles,na cidade com o melhor conjunto de normas enaquela dotada de homens absolutamente justos, oscidados no devem viver uma vida de trabalhotrivial ou de negcios - esses tipos de vida sodesprezveis e incompatveis com as qualidadesmorais, tampouco devem ser agricultores osaspirantes cidadania, pois o lazer indispensvelao desenvolvimento das qualidades morais e prtica das atividades polticas. VAN ACKER, T.Grcia. A vida cotidiana na cidade-Estado. SoPaulo: Atual, 1994.

    O trecho, retirado da obra Poltica, de Aristteles,permite compreender que a cidadania:

    A) possui uma dimenso histrica que deve sercriticada, pois condenvel que os polticosde qualquer poca fiquem entregues ociosidade, enquanto o resto dos cidadostem de trabalhar.

    B) era entendida como uma dignidade prpriados grupos sociais superiores, fruto de umaconcepo poltica profundamentehierarquizada da sociedade.

    C) estava vinculada, na Grcia Antiga, a umapercepo poltica democrtica, que levavatodos os habitantes da plis a participaremda vida cvica.

    D) tinha profundas conexes com a justia,

    razo pela qual o tempo livre dos cidadosdeveria ser dedicado s atividadesvinculadas aos tribunais.

    E) vivida pelos atenienses era, de fato, restritaqueles que se dedicavam poltica e quetinham tempo para resolver os problemas dacidade.

    Reposta: B

    Comentrio: A resposta correta a letra B, pois aopo interpreta acertadamente a sentenaestabelecida por Aristteles, que vincula o direito cidadania a um grupo seleto de indivduos. Destemodo, devemos perceber que at mesmo a polticaateniense, smbolo maior da democracia naAntiguidade, fora estabelecida a partir de uma sriede critrios que limitavam o pleno gozo dacidadania pelos homens que habitavam essa cidade-Estado.

    Fonte: http://educacao.globo.com/provas/enem-2009/questoes/58.html

    Exerccio 2. (ENEM 2009) Para Plato, o que haviade verdadeiro em Parmenides era que o objeto deconhecimento um objeto de razo e no desensao, e era preciso estabelecer uma relaoentre objeto racional e objeto sensvel ou materialque privilegiasse o primeiro em detrimento do

    Simulado de Histria Geral (Pr-Histria e Antiguidade) - Ano 2016Pgina - 1

    http://educacao.globo.com/provas/enem-2009/questoes/58.htmlhttp://educacao.globo.com/provas/enem-2009/questoes/58.html

  • segundo. Lenta, mas irresistivelmente, a Doutrinadas Ideias formava-se em sua mente. ZINGANO,M. Plato e Aristteles: o fascnio da filosofia. SoPaulo: Odysseus, 2012 (adaptado).

    O texto faz referencia relao entre razo esensao, um aspecto essencial da Doutrina dasIdeias de Plato (427 a.C.-346 a.C.). De acordo como texto, como Plato se situa diante dessa relao?

    A) Estabelecendo um abismo intransponvelentre as duas.

    B) Privilegiando os sentidos e subordinando oconhecimento a eles.

    C) Atendo-se posio de Parmenides de querazo e sensao so inseparveis.

    D) Afirmando que a razo capaz de gerarconhecimento, mas a sensao no.

    E) Rejeitando a posio de Parmenides de quea sensao superior razo.

    Resposta: D

    Comentrio: De acordo com Plato, a realidade e oconhecimento so formulados em mundos distintos:o inteligvel e o sensvel. As ideias nascem em ummundo inteligvel, real e imutvel dominadas pelarazo e pelos conceitos sendo, portanto, perfeitos. Jo mundo das sensaes seria uma mera cpia domundo inteligvel o que as tornariam imperfeitas.Dessa maneira, para Plato as sensaes podem nosconfundir e induzir ao erro, sendo somente a razo aresponsvel pela formao do conhecimento.

    Fonte: http://educacao.globo.com/provas/enem-2012/questoes/25.html

    Exerccio 3. (ENEM) Durante a realeza, e nosprimeiros anos republicanos, as leis eramtransmitidas oralmente de uma gerao para outra.A ausencia de uma legislao escrita permitia aospatrcios manipular a justia conforme seusinteresses. Em 451 a.C., porm, os plebeusconseguiram eleger uma comisso de dez pessoas os decenviros para escrever as leis. Dois deles

    viajaram a Atenas, na Grcia, para estudar alegislao de Slon. Coulanges, F. A cidade antiga.So Paulo: Martins Fontes, 2000.

    A superao da tradio jurdica oral no mundoantigo, descrita no texto, esteve relacionada :

    A) adoo do sufrgio universal masculino.

    B) extenso da cidadania aos homens livres.

    C) afirmao de instituies democrticas.

    D) implantao de direitos sociais.

    E) tripartio dos poderes polticos.

    Resposta: B

    Comentrio: Aps a eleio dos decenviros, oSenado foi obrigado a promulgar a Lei das DozeTbuas, que substituram as leis transmitidasoralmente. Essa conquista abriu caminho para aextenso da cidadania aos plebeus. Ela foi resultadode um longo processo de lutas sociais iniciado em494 a.C., quando os plebeus conquistaram o direitode eleger um representante, o Tribuno da Plebe,para dialogar com os poderes controlados pelospatrcios. A partir de ento, eles conquistaramdiversos outros direitos, como o de casar-se compatrcios, o acesso a magistraturas, etc. Sobre asdemais alternativas: o sufrgio universal masculinoe a tripartio dos poderes no estavam emcogitao nesse momentos (A e E); a extenso dacidadania, evidentemente, afirmou certasinstituies democrticas, como o Conselho daPlebe, mas essa afirmao veio como consequenciada extenso da cidadania (C); os direitos sociaiseram objeto de lutas entre patrcios e plebeus, comomostrariam as vicissitudes da proposta de reformaagrria dos irmos Graco no sculo II a.C., mas noforam implantados na poca a que se refere otexto.

    Exerccio 4. (SM) Sob a Repblica romana (509-27a.C.), os plebeus tiveram de lutar muito paraconquistar direitos e serem considerados cidados.Leia o texto a seguir:

    Simulado de Histria Geral (Pr-Histria e Antiguidade) - Ano 2016Pgina - 2

    http://educacao.globo.com/provas/enem-2012/questoes/25.htmlhttp://educacao.globo.com/provas/enem-2012/questoes/25.html

  • Somente depois de mais de dois sculos de lutaentre plebeus insatisfeitos e patrcios poderosos que os plebeus conseguiram progressivamente obterdireitos polticos iguais aos nobres. Por volta de 450a.C., os plebeus conseguiram que as leis segundo asquais as pessoas seriam julgadas fossem registradaspor escrito, numa tentativa de evitar injustias dotempo em que as leis no eram escritas e oscnsules, sempre da nobreza de sangue,administravam a justia como bem entendiam,conforme suas conveniencias. O conjunto denormas finalmente redigidas foi chamado A Leidas Doze Tbuas, que se tornou um dos textosfundamentais do Direito romano, uma dasprincipais heranas romanas que chegaram at ns.A publicao dessas leis, na forma de tbuas quequalquer um podia consultar, [] foi importante,pois o conhecimento das regras do jogo da vidaem sociedade um instrumento favorvel aohomem comum e potencialmente limitador dahegemonia e arbtrio dos poderosos. Funari, PedroPaulo. Grcia e Roma. 4. ed. So Paulo: Contexto,2009. p. 83.

    Considerando as informaes do texto, escolha umou mais entre os itens abaixo:

    I. A Lei das Doze Tbuas foi um instrumentofundamental de apropriao do poder por parte dospatrcios em prejuzo dos plebeus.

    II. A luta plebeia por direitos e garantias naforma de leis escritas foi um passo histricoimportante na luta pela conquista da cidadania.

    III. A forma de preservao da lei por meio datradio oral era algo que garantia a todos osantigos romanos acesso irrestrito aos seus direitos.

    IV. O Direito Romano constitui um dos legadosmais importantes da sociedade romana culturaocidental contempornea.

    So corretos apenas os itens:

    A) I e II.

    B) III e IV.

    C) I e III.

    D) II e IV.

    E) II e III.

    Resposta: D

    Comentrio: A Lei das Doze Tbuas foi um passodecisivo no processo que levou conquista dacidadania pelos plebeus. J o Direito Romano foifundamental para a constituio das normasjurdicas das sociedades ocidentais contemporneas.Os demais itens so incorretos porque: a Lei dasDoze Tbuas no tinha por objetivo ser uminstrumento de apropriao do poder por parte dospatrcios em prejuzo dos plebeus (I); as leis noescritas beneficiavam os patrcios, pois estescontrolavam os cargos que julgavam as leisconforme os interesses de seu prprio grupo social(III).

    Exerccio 5. (ENEM) Ao visitar o Egito do seutempo, o historiador grego Herdoto (484-420/30a.C.) interessou-se por fenmenos que lhepareceram incomuns, como as cheias regulares dorio Nilo. A propsito do assunto, escreveu oseguinte: Eu queria saber por que o Nilo sobe nocomeo do vero e subindo continua durante cemdias; por que ele se retrai e a sua corrente baixa,assim que termina esse nmero de dias, sendo quepermanece baixo o inverno inteiro, at um novovero.

    Alguns gregos apresentam explicaes para osfenmenos do rio Nilo. Eles afirmam que os ventosdo noroeste provocam a subida do rio, ao impedirque suas guas corram para o mar. No obstante,com certa frequencia, esses ventos deixam desoprar, sem que o rio pare de subir da formahabitual. Alm disso, se os ventos do noroesteproduzissem esse efeito, os outros rios que corremna direo contrria aos ventos deveriam apresentaros mesmos efeitos que o Nilo, mesmo porque elestodos so pequenos, de menor corrente. Herdoto.Histria. (Trad.). livro II, 19-23. 2. ed. Chicago:Encyclopaedia Britannica Inc., 1990. p. 52-3.(Adaptado.)

    Simulado de Histria Geral (Pr-Histria e Antiguidade) - Ano 2016Pgina - 3

  • Resposta: A

    Comentrio: Segundo alguns gregos, a fora dosventos provenientes do noroeste impediria o avanodas guas do Nilo em direo ao mar e seria essa acausa das cheias. Herdoto rejeita essa explicao,apoiando seus argumentos em observaesempricas, e no em ideias preconcebidas. Eleafirma que as guas do Nilo continuavam a subirmesmo quando os ventos paravam de soprar e queos outros rios no sofriam os mesmos efeitos doNilo (item I). Os itens II e III so incorretos porque:quando os ventos paravam, o Nilo continuava asubir (II); os rios de menor porte a que se refereHerdoto corriam em direo contrria aos ventos, eno na mesma direo, como afirma o item III. Valelembrar que as cheias do Nilo eram provocadaspelas chuvas de vero em sua nascente.

    Exerccio 6. (FGV-SP) Com relao s civilizaesegpcias e mesopotmicas, INCORRETOafirmar:

    A) O torno para a fabricao de cermicausado no Egito foi, durante sculos, maislento e ineficiente do que aquele empregadona Mesopotmia.

    B) As tcnicas de produo utilizadas peloEgito faranico e pela Mesopotmia sefixaram, em sua maioria, durante o surto deinovaes tecnolgicas que se estendeu de3200 a 2700 a.C.

    C) Comparando-se o Egito Mesopotmia,pode-se constatar certo atraso do primeiroem relao segunda, onde certasinovaes tecnolgicas foram introduzidasanteriormente.

    D) As atividades agrcolas eram suprfluas naeconomia egpcia antiga, dada a poucafertilidade do solo, e de extremaimportncia na Mesopotmia, onde secultivam cereais como o trigo e a cevada.

    E) O instrumento baseado no princpio do

    contrapeso, para a elevao de recipientescom gua, foi introduzido no Egito nosculo XIV a.C., apareceu em um sinetomesopotmico cerca de seis sculos antes.

    Resposta: A

    Exerccio 7. Apesar da dominao, os macedniospreservaram a cultura mista, grega e macednica,recebe o nome de cultura:

    A) helenstica

    B) grega-macednica

    C) macedones

    D) grecolenistica

    E) macedolenistica

    Resposta: A

    Comentrio: a regio onde ficava localizada aGrcia era denominada Helas.

    Exerccio 8. Na arquitetura do Egito Antigopodemos destacar as pirmides. Qual era a principalfuno das pirmides?

    A) Serviam como residencia dos faras e todanobreza, por isso eram grandes e luxuosas.

    B) Para estocar a produo de gros e guardaras riquezas do fara e sua famlia.

    C) Servir de templo religioso, pois nelas eramrealizados os rituais egpcios.

    D) Proteger e conservar o corpo do faramumificado e seus pertences pessoais paraa vida aps a morte.

    Resposta: D

    Exerccio 9. Qual das alternativas abaixo apresentaaspectos do legado romano para as civilizaesposteriores?

    A) O direito romano, presente at os dias de

    Simulado de Histria Geral (Pr-Histria e Antiguidade) - Ano 2016Pgina - 4

  • hoje na cultura do Ocidente, assim como olatim, que deu origem a lngua portuguesa,francesa, italiana e espanhola.

    B) A religio politesta romana que at hoje predominante no mundo ocidental.

    C) As tcnicas de construo de pirmides e aMedicina, atravs do processo demumificao de corpos.

    D) A lngua inglesa, a democracia e a educaovoltada para as artes e cultura.

    Resposta: A

    Exerccio 10. (Fuvest-SP) O modo de produoasitico pode ser caracterizado EXCETO por:

    A) poder poltico centralizado, teocrtico esociedade estamental.

    B) economia agropastoril, sujeitas scondies geoclimticas, incluindo ochamado Crescente Frtil.

    C) organizao fortemente marcada pelareligiosidade que, por vezes, contribuiu atmesmo para a centralizao poltica.

    D) domnio da religio monotesta naconstituio do Imprio Persa.

    E) traos de originalidade fencia, peladescentralizao poltica das cidades-estados e economia voltada para o comrciomartimo.

    Resposta: D

    Exerccio 11. Quais os principais povos daAntiguidade habitaram a regio da Mesopotmia?

    A) Egpcios, gregos, romanos e hunos.

    B) Babilnicos, assrios, sumrios, caldeus,amoritas e acdios.

    C) Visigodos, burgndios, ostrogodos evndalos.

    D) Hebreus, hititas e egpcios.

    Resposta: B

    Exerccio 12. (Adaptada) Entre 4000 e 3000 a.C,formaram-se grandes civilizaes em proximidadesde rios:

    A) O Egito e a Mesopotmia

    B) A ndia e a Sibria

    C) O Paquisto e o Ir

    D) Israel e Jeric

    E) Israel e Nazar

    Resposta: A

    Comentrio: A civilizao egpicia se desenvolveunas margens do rio Nilo, e entre os rios Tigre eEufrates desenvolveu-se vrios povos.

    Exerccio 13. Sobre a religio grega FALSOafirmar que:

    A) Os gregos antigos eram monotestas, ouseja, acreditavam na existencia de apenasum deus.

    B) Os gregos antigos eram politestas, ou seja,acreditavam na existencia de vrios deuses.

    C) Os gregos antigos faziam consultas aosdeuses no orculo de Delfos.

    D) Em homenagem aos deuses, principalmentea Zeus (deus dos deuses), os gregos criaramos Jogos Olmpicos.

    Resposta: A

    Exerccio 14. (UFPR) Xerxes no enviou arautosa Atenas e a Esparta para exigir a submissodessas cidades. Dario os tinha enviadoanteriormente com esse fim, mas os atenienses oshaviam lanado no Bratro enquanto que oslacedemnios atiraram-se nos num poo, dizendo-

    Simulado de Histria Geral (Pr-Histria e Antiguidade) - Ano 2016Pgina - 5

  • lhes que dali tirassem terra e gua para levarem aorei. Esprtias e Bulis, ambos espartanos de altalinhagem, ofereceram-se para sofrer castigo queXerxes, filho de Dario, quisesse impor-lhe pelamorte dos arautos enviados a Esparta. []Partindo para Susa, foram ter casa de Hidames,persa de nascimento e governador da costamartima da sia. [] Depois de convid-los aparticipar da sua mesa, assim lhes falou:Lacedemnios, por que recusais de tal forma aamizade que o nosso soberano vos oferece? Podeisver, pela situao privilegiada que desfruto, que elesabe premiar o mrito; e como tem em alta contavossa coragem, estou certo que daria tambm, acada um de vs, um governo na Grcia, sequissseis reconhec-lo como soberano. Senhor responderam os jovens sabeis ser escravo, masnunca experimentastes da liberdade, ignorando,por conseguinte, as suas douras. Se j a tivsseisalgum dia conhecido, estimular-nos-ei a lutar porela, no somente com lanas, mas at commachados. (HERDOTO. Histria. So Paulo:Tecnoprint, s/d, p. 340)

    Com base no texto de Herdoto e nosconhecimentos sobre o conflito entre gregos epersas na Antiguidade, considere as afirmativas aseguir:

    1. A narrativa de Herdoto concebe o tempocomo cclico, uma vez que, para ele, oconhecimento da histria permite acorreo dos erros do passado.

    2. Em seu texto, Herdoto atribui s GuerrasGreco-Prsicas o significado de um conflitoentre homens livres e escravos.

    3. Herdoto demonstra, por meio da suanarrativa, que a inviolabilidade dos arautos,fundada no direito das gentes, era umcostume poltico compartilhado por gregose persas.

    4. As atitudes dos atenienses e espartanos,narradas no texto de Herdoto, revelam porque os persas chamavam os gregos de os

    brbaros da Antiguidade Clssica.

    Assinale a alternativa correta.

    A) Somente as afirmativas 1 e 2 soverdadeiras.

    B) Somente as afirmativas 1 e 4 soverdadeiras.

    C) Somente as afirmativas 2 e 3 soverdadeiras.

    D) Somente as afirmativas 1, 3 e 4 soverdadeiras.

    E) Somente as afirmativas 2, 3 e 4 soverdadeiras.

    Resposta: C

    Exerccio 15. Qual o marco que os historiadoresdefinem para o comeo da Histria e o fim da Pr-histria:

    A) A agricultura

    B) A criao de gado

    C) A energia eltrica

    D) A utilizao da plvora

    E) A escrita

    Resposta: E

    Exerccio 16. Na regio mais prxima ao MarMediterrneo o rio Nilo formava um grande delta,cujas terras eram muito frteis. Essa regio ficouconhecida como:

    A) Alto Egito

    B) Baixo Egito

    C) Nbia

    D) Grande Osis

    E) 2 catarata

    Resposta: B

    Simulado de Histria Geral (Pr-Histria e Antiguidade) - Ano 2016Pgina - 6

  • Exerccio 17. (ENEM) Os quatro calendriosapresentados abaixo mostram a variedade nacontagem do tempo em diversas sociedades.

    Com base nas informaes apresentadas, pode-seafirmar que:

    A) o final do milenio, 1999/2000, um fatorcomum s diferentes culturas e tradies.

    B) embora o calendrio cristo seja hojeadotado em mbito internacional, cadacultura registra seus eventos marcantes emcalendrio prprio.

    C) o calendrio cristo foi adotadouniversalmente porque, sendo solar, maispreciso que os demais.

    D) a religio no foi determinante na definiodos calendrios.

    E) o calendrio cristo tornou-se dominantepor sua antiguidade.

    Resposta: B

    Comentrio: O calendrio cristo foi adotado porquase todas as regies do planeta como resultado daexpanso dos pases europeus a partir do sculo XV.Ao subjugar povos de outros continentes, oseuropeus impuseram a eles sua cultura e,particularmente, a religio crist. Alguns dessespovos, contudo, conservaram seus calendriosoriginais. Desse modo, a diversidade das formas decontagem do tempo se manteve dentro de certoslimites. As demais alternativas so incorretasporque: o final do milenio no o mesmo paratodas as religies e culturas (A); o calendrio cristo

    no foi adotado por outros povos por ser solar (C); areligio teve papel fundamental na definio doscalendrios (nascimento de Jesus Cristo, fuga deMaom, etc.) (D); no foi o fato de ser antigo quetornou dominante o calendrio cristo (E).

    Exerccio 18. (UFSM-RS) A regio daMesopotmia ocupa lugar central na histria dahumanidade. Na Antiguidade, foi bero dacivilizao sumeriana devido ao fato de:

    A) ser ponto de confluencia de rotascomerciais de povos de diversas culturas.

    B) ter um subsolo rico em minrios,possibilitando o salto tecnolgico da idadeda pedra para a idade dos metais.

    C) apresentar um relevo peculiar e favorvelao isolamento necessrio para ocrescimento socioeconmico.

    D) possuir uma rea agricultvel extensa,favorecida pelos rios Tigre e Eufrates.

    E) abrigar um sistema hidrogrfico ideal para alocomoo de pessoas e apropriado paradesenvolvimento comercial.

    Reposta: D

    Comentrio: Marcando o perodo da histria emque observamos o nascimento das chamadassociedades hidrulicas, a Mesopotmia atraiudiversas civilizaes em virtude de seus amplosrecursos hdricos. Com o desenvolvimento agrcolaali observado, podemos ver a formao de vrioscentros urbanos, onde temos a elaborao decomplexas atividades culturais, religiosas epolticas.

    Exerccio 19. O que foi a poltica do po-e-circodurante o Imprio Romano?

    A) Poltica promovida pelo imperador romanopara arrecadar mais impostos, atravs dacobrana de taxas em atividades de lazer e

    Simulado de Histria Geral (Pr-Histria e Antiguidade) - Ano 2016Pgina - 7

  • sobre o comrcio de po.

    B) Poltica dos reis romanos para aumentar ocomrcio de po e outros alimentos queutilizavam o trigo como matria prima.

    C) Distribuio de alimentos (principalmentepo) e diverso (principalmente luta degladiadores) como forma do imperadoragradar os mais pobres, diminuindo astenses sociais e evitando revoltas econflitos em Roma.

    D) Poltica promovida pelos senadoresromanos com objetivo de proibir o circo e avenda ilegal de pes em Roma.

    Resposta: C

    Exerccio 20. (ENEM 2009) No perodo 750-338 a.C., a Grcia antiga era composta por cidades-Estado, como por exemplo Atenas, Esparta, Tebas,que eram independentes umas das outras, maspartilhavam algumas caractersticas culturais, comoa lngua grega. No centro da Grcia, Delfos era umlugar de culto religioso frequentado por habitantesde todas as cidades-Estado.

    No perodo 1200-1600 d. C., na parte da Amazniabrasileira onde hoje est o Parque Nacional doXingu, h vestgios de quinze cidades que eramcercadas por muros de madeira e que tinham atdois mil e quinhentos habitantes cada uma. Essascidades eram ligadas por estradas a centroscerimoniais com grandes praas. Em torno delashavia roas, pomares e tanques para a criao detartarugas. Aparentemente, epidemias dizimaram

    grande parte da populao que l vivia. Folha de S.Paulo, ago. 2008 (adaptado).

    Apesar das diferenas histricas e geogrficasexistentes entre as duas civilizaes elas sosemelhantes pois

    A) as runas das cidades mencionadas atestamque grandes epidemias dizimaram suaspopulaes.

    B) as cidades do Xingu desenvolveram ademocracia, tal como foi concebida emTebas.

    C) as duas civilizaes tinham cidadesautnomas e independentes entre si.

    D) os povos do Xingu falavam uma mesmalngua, tal como nas cidades-Estado daGrcia.

    E) as cidades do Xingu dedicavam-se arte e filosofia tal como na Grcia.

    Reposta: C

    Comentrio: A partir do texto, podemos observarque a nica comparao vivel que as duascivilizaes tinham cidades autnomas eindependentes entre s, marcadas pelos muros aoentorno que delimitavam as cidades indgenas,assim como as cidade-Estado, que eramindependentes, tendo suas produes e rituaisprprios, apesar de partilharem laos culturais,como a lngua com outros povos ao redor.

    Fonte: http://educacao.globo.com/provas/enem-2009/questoes/74.html

    Fontes:EDIES SM (ED.). Ser protagonista Competencias Histria ENEM. 1. ed. [s.l.] Edies SM Ltda., 2014a.http://www.suapesquisa.com/questoes/grecia_antiga.htm; http://www.suapesquisa.com/questoes/roma_antiga.htmhttp://www.enemvirtual.com.br/antiga-grecia-exercicios/;http://www.suapesquisa.com/questoes/mesopotamia.htmhttp://tudodeconcursosevestibulares.blogspot.com.br/2013/04/egito-antigo-resumo-com-questoes.htmlhttp://exercicios.brasilescola.uol.com.br/exercicios-historia/exercicios-sobre-mesopotamia.htm; http://www.vestibular1.com.br/simulados/historia/egito_mesopotamia.htm

    Simulado de Histria Geral (Pr-Histria e Antiguidade) - Ano 2016Pgina - 8

    http://www.vestibular1.com.br/simulados/historia/egito_mesopotamia.htmhttp://exercicios.brasilescola.uol.com.br/exercicios-historia/exercicios-sobre-mesopotamia.htmhttp://tudodeconcursosevestibulares.blogspot.com.br/2013/04/egito-antigo-resumo-com-questoes.htmlhttp://www.suapesquisa.com/questoes/mesopotamia.htmhttp://www.enemvirtual.com.br/antiga-grecia-exercicios/http://www.suapesquisa.com/questoes/roma_antiga.htmhttp://www.suapesquisa.com/questoes/grecia_antiga.htmhttp://educacao.globo.com/provas/enem-2009/questoes/74.htmlhttp://educacao.globo.com/provas/enem-2009/questoes/74.html