serigrafia - uma impressão

Download Serigrafia - Uma impressão

Post on 25-Jun-2015

376 views

Category:

Design

2 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Trabalho sobre Serigrafia

TRANSCRIPT

  • 1. C E N T R O U N I V E R S I T R I O E S T C I O D E S F I CD I S C I P L I N A : P R O D U O G R F I C AP R O F E S S O R A : S A M A R A F I L U S A L B U Q U E R Q U ESERIGRAFIAEquipe:Pamela Nunes Romualdo 201401127631Maria de Fatima RaulinoRodrigo Holanda Castelo Branco 201207169137Francisco Diego Lima da Silva 201401128424

2. UM POUCO DE HISTRIA... Serigrafia descende da tcnica de impresso pormolde vazado, um mtodo que provavelmentesurgiu da observao das perfuraes que osinsetos fazem sobre as folhas de vegetais. Os egpcios j utilizavam a tcnica de moldevazado na decorao de interiores centenas deanos antes de Cristo. As primeiras telas de que se tem notcia foramproduzidas no Japo h muitos sculos, e eramfeitas com fios de cabelos humanos tranados e asmscaras que vedavam a passagem da tinta eramfeitas com folhas de rvores e papis. 3. UM POUCO DE HISTRIA... No sculo XVI j era reconhecido o profissionalrecortador, que eram contratados por reis eguerreiros para estampar seus feitos e ossmbolos da Igreja nos estandartes dos quepartiam em cruzadas. No final do sculo XIX surge na Franao POCHOIR (pronuncia-se POCHOAR), quehoje conhecido como molde vazado e foiaprimorado e patenteado na Inglaterra porSamuel Simon em 1907, j utilizando uma tramade tecido de seda. A tcnica foi usada no inicio do sculo XX naproduo industrial de tecidos estampados, masa partir da dcada de 1930 passou a ser usadapor pintores e gravadores norte-americanos.Entre eles, Andy Warhol. 4. COMO SE FAZ A MATRIZ DA SERIGRAFIA? A matriz da serigrafia permeogrfica. caracterizada pela permeabilidade,sendo que as suas reas de grafismo permitem que a tinta atravesse-a,atingindo o suporte em seguida.PASSO A PASSO DO PROCESSO DE CONFECO DAMATRIZ1. Materiais utilizados: emulso,sensibilizante, fotolito (laser film),calha, proveta, quadro de madeirae tecido de polister. 5. 2. Primeiro deve-se preparar a matriz,esticando o tecido no quadro demadeira. Desengraxe a tela, lave eseque em ar quente.3. Prepare a emulso e osensibilizante. 6. 4. Passe a mistura na tela. Onmero de camadas pelo ladointerno dependerexclusivamente da espessura dorelevo que quisermos criar dolado externo.5. Deixe secar. 7. 7. Faa a exposio de luz naprensa vcuo.6. Coloque o fotolito com odesenho sobre a tela e em seguidaleve para uma mesa de luz. 8. 8. Retire o fotolito e coloque a tela paralavar.9. Lave com jatos de guacorrente nos lados de dentro efora at abrir totalmente odesenho.10. Verifique o desenho contra aluz. A matriz revelada est pronta. 9. PROCESSO DE IMPRESSO A matriz(tela) colocada sobre o suporte, jesticado numa superfcie plana. aplicadoa tinta e passado o rodo uniformementepela tela. 10. SERIGRAFIA COMPUTADORIZADA Esta surgindo um novo conceito emserigrafia. Na serigrafia computadorizada aestampa sai da impressora diretamentepara o suporte(tecido). 11. SERIGRAFIA EM TODA PARTE O baixo custo permite que se montem empresas em sua prpria residnciae atende bem o mercado de impresso em baixa escala no setor txtil(principalmente camisas). Por mais que seja bastante convencional, o mercado para serigrafia estabastante abrangente e ainda continua em alta, mesmo com outrosprocessos de impresso como os transfers trmicos e a sublimao. 12. BIBLIOGRAFIA Fontes da internethttp://www.fremplast.com.br/blog/2012/04/historia-da-serigrafia/http://direcaodeartedesign.wordpress.com/2011/08/29/andy-warhol-e-a-serigrafia-%E2%80%93-por-jesyka-lemos/http://estampaweb.com/2011/06/o-processo-de-serigrafia-silk-screen/ Fontes BibliogrficasPROENCA,Graa. Historia da arte. 17 edio. So Paulo: tica,2007FERNANDES, Amaury. Fundamentos de produo grfica para quem no produtor grfico. 1 edio. Rio de Janeiro: Rubio,2003. 13. Obrigado a todos!