seleção e utilização de epi para trabalho em altura epi para trabalho em...

Click here to load reader

Post on 28-Mar-2018

222 views

Category:

Documents

4 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Seleo e utilizao de EPI para trabalho

    em altura

    Cartilha de segurana

  • Seleo e utilizao de EPI para trabalho em altura

    CuritibaSet/2011

    Copyright Altiseg - Todos os direitos reservados. A reproduo no autorizada desta publicao constitui violao do copyright.

    Cartilha de segurana

    Realizao:

    2 edio

  • 1. Introduo2. O EPI e seu papel na preveno. O que preciso saber. 2.1 O que EPI? 2.2 Qual a legislao que rege o EPI para trabalho em altura? 2.3 Quando devemos utilizar EPI? 2.4 Qual deve ser o EPI?3. Definies e composio A. Cinturo paraquedista B. Cinturo abdominal C. Talabarte de segurana antiqueda D. Talabarte de posicionamento E. Trava-queda para uso em linha flexvel F. Trava-queda para uso em linha rgida G. Trava-queda retrtil H. Absorvedor de energia I. Conector4. Marcao do EPI5. Sistemas de proteo contra queda 5.1 Sistema de proteo contra queda com trava-queda retrtil 5.2 Sistema de proteo contra queda com trava-queda sobre linha de vida flexvel 5.3 Sistema de proteo contra queda com trava-queda sobre linha de vida rgida 5.4 Sistema de proteo contra queda para deslocamentos com talabarte de segurana6. Riscos relacionados ao uso do equipamento7. Como selecionar 8. Cuidados 8.1 Aes preventivas 8.2 Indicaes prticas9. Manuteno10. Prepare-se antes de subir11. Glossrio

    030404040405060708080910101111111213131415161718191920212223

    Sele

    o e

    util

    iza

    o de

    EPI

    par

    a tra

    balh

    o em

    altu

    ra

    01

    ndice

    Copyright Altiseg - Todos os direitos reservados.

  • Copyright Altiseg - Todos os direitos reservados.

  • Esta cartilha tem por objetivo difundir e homogeneizar o conhecimento a respeito dos Equipamentos de Proteo Individual (EPI) para trabalho em altura. Seu alcance deve abranger: trabalhadores, empresrios e reas governamentais.

    1.1 O que trabalho em altura?De acordo com NR 18, item 23.3, toda a atividade executada acima de 2 metros do piso de referncia, seja em elevao (escadas, andaimes, plataformas, etc) ou em profunidade (poos, escavaes, dutos etc).

    1.2 Por que prevenir?Trabalho em altura pode apresentar diversos riscos vida do trabalhador. A queda de pessoas e de materiais uma das principais causas de mortes no Brasil. Para o trabalhador, a preveno a melhor forma de evitar acidentes e garantir sua integridade fsica. J para a empresa, a preveno representa o cumprimento das leis, produtividade, economia e principalmente respeito vida.

    1.3 Como prevenir? A principal forma de preveno para trabalhos em altura se faz com uso correto de equipamentose treinamento adequado para os trabalhadores eenvolvidos.

    Sele

    o e

    util

    iza

    o de

    EPI

    par

    a tra

    balh

    o em

    altu

    ra

    Introduo1

    03

    2m

    Copyright Altiseg - Todos os direitos reservados.

  • 2

    2.1 O que EPI?Equipamento de Proteo Individual (EPI) todo dispositivo ou produto de uso individual, utilizado pelo trabalhador, destinado proteo de riscos suscetveis de ameaar a segurana e a sade no trabalho - de acordo com NR 6, item 6.1.

    2.2 Qual a legislao que rege o EPI para trabalho em altura?As condies para comercializao e exigncias do Ministrio do Trabalho (MTE) seguem:

    2.3 Quando devemos utilizar o EPI?Sempre que as medidas de ordem geral no ofeream completa proteo contra os riscos de acidentes do trabalho ou doenas profissionais e do trabalho, enquanto as medidas de proteo coletiva estiverem sendo implantadas e para atender a situaes de emergncia de acordo com NR 6, item 6.3.

    NR 6 - Norma Regulamentadora

    INMETRO - Instituto Nacional de Metrologia, Normatizao e Qualidade Industrial

    NBRs - Normas Tcnicas

    Carti

    lha

    de se

    gura

    na

    O EPI e seu papel na preveno. O que preciso saber.

    04Copyright Altiseg - Todos os direitos reservados.

  • 2.4 Qual deve ser o EPI?Os EPIs devem ser escolhidos adequados aos riscos pr identificados. Sua utilizao obrigatria e de extrema importncia sade e segurana do trabalhador.

    Sua escolha deve se basear no estudo e avaliao de riscos existentes no local de trabalho:

    So indicados para o uso somente os EPIs que possam assegurar de forma plena a proteo prevista.

    Tempo de exposio ao risco;

    Frequncia;

    Gravidade;

    Condies do local de trabalho e seu entorno;

    Tipos de danos possveis ao trabalhador; e

    Estrutura fsica do trabalhador (ex.: Tam. 1 e 2).Se

    leo

    e u

    tiliza

    o

    de E

    PI p

    ara

    traba

    lho

    em a

    ltura

    05

    Uma vez identificado o risco, devem ser seguidas as seguintes etapas:

    ELIMINAR ou ISOLAR o risco;

    Utilizar PROTEO COLETIVA;

    Utilizar EPI.

    Copyright Altiseg - Todos os direitos reservados.

  • 3Um sistema de proteo individual contra queda de altura garante a reteno segura de uma queda, de forma que:

    A altura de queda seja mnima;

    A fora de reteno (fora de impacto) no provoque leses corporais;

    Uma vez retida a queda, a posio do usurio deve ser adequada a espera de auxlio.

    Um sistema contra queda de altura composto por:

    Um cinturo tipo paraquedista.

    Um elo entre o cinturo e um ponto

    de ancoragem.

    Um ponto deancoragem confivel.

    Esse elo entre o cinturo e a ancoragem se dar por meio de um trava-queda ou de um talabarte de segurana, preferencialmente com absorvedor de energia. Vale lembrar que um cinto no protege contra os efeitos da reteno de queda.

    Carti

    lha

    de se

    gura

    na

    Definies e composio

    06Copyright Altiseg - Todos os direitos reservados.

  • A. Cinturo paraquedista

    Equipamento de proteo destinado a reter o trabalhador em caso de queda.O cinturo paraquedista composto por fitas, fivelas de ajuste, fivelas de engate, pontos de conexo e outros elementos que quando vestido e ajustado de forma adequada, retm uma pessoa em caso de queda e depois durante a suspenso.

    NBR 15836

    Sele

    o e

    util

    iza

    o de

    EPI

    par

    a tra

    balh

    o em

    altu

    ra

    Des

    enho

    s m

    eram

    ente

    ilus

    trat

    ivos

    .

    07

    17

    a

    bA

    95

    3

    4

    9

    8

    2

    6

    1 - Fitas primrias superiores2 - Fita secundria3 - Fita primria subplvica4 - Fita primria da coxa5 - Apoio dorsal para posicionamento6 - Fivela de ajuste7 - Elemento de engate dorsal para proteo contra queda8 - Fivela de engate9 - Elemento de engate para posicionamentoa - Etiqueta de identificaob - Etiqueta de indicao de engate para proteo contra queda - "A" para ponto nico e "A/2", quando existirem dois pontos simultneos de engate.

    Copyright Altiseg - Todos os direitos reservados.

  • Carti

    lha

    de se

    gura

    na

    08

    NBR 15835Equipamento que envolve, no mnimo, a cintura do trabalhador ajustvel e possui elemento(s) de engate aos quais fixado o talabarte de posicionamento ou restrio. O cinturo abdominal tem a finalidade de posicionar o trabalhador.

    Para proteo contra queda, acima de 2 metros, ser preciso utilizar tambm um cinturo paraquedista.

    Fita abdominal Acolchoamentointerno

    Pontos de conexopara o talabarte de

    posicionamento

    Fivelas de ajuste

    B. Cinturo abdominal

    C. Talabarte de segurana antiqueda

    Elemento de conexo entre o cinturo paraquedista e o ponto de ancoragem. O talabarte de segurana poder ser confeccionado em corda sinttica, cabo de ao, fita sinttica ou corrente.

    NBR 15834 e NBR 14629

    Talabarte duplo em Y

    Ponto de conexo com o cinturo

    Pontos de conexo com a estrutura

    Desenhos meramente ilustrativos.

    Copyright Altiseg - Todos os direitos reservados.

  • Talabarte com comprimento acima de 0,9 m precisa obrigatoriamente ter um ABS (absorvedor de energia) que atenda a NBR 14629.

    D. Talabarte de posicionamento

    Elemento de conexo entre um cinturo abdominal a um ponto de ancoragem, de maneira a constituir um suporte para posicionamento ou restringir movimentao evitando assim que um indivduo alcance zonas onde exista o perigo de queda de altura. Quando houver o risco de queda, o talabarte de posicionamento deve sempre ser utilizado em um sistema onde exista um cinturo paraquedista e um talabarte de segurana antiqueda.

    NBR 15835

    Ponto de conexopara o cinturo

    Proteo paracontato com a

    estrutura

    Proteo paracontato com a

    estrutura

    Dispositivo deregulagem

    Ponto de conexopara o cinturo

    Ponto de conexopara o cinturo

    Ponto de conexopara o cinturo

    Talabarte de posicionamento com regulagem.

    Talabarte de posicionamento simples.

    Desenhos meramente ilustrativos.

    Sele

    o e

    util

    iza

    o de

    EPI

    par

    a tra

    balh

    o em

    altu

    ra

    09Copyright Altiseg - Todos os direitos reservados.

  • Carti

    lha

    de se

    gura

    na

    10Desenhos meramente ilustrativos.

    E. Trava-queda para uso em linha flexvel

    O equipamento acompanha o trabalhador durante a subida e descida, sem a necessidade de ao manual. Possui funo de bloqueio automtico em caso de queda. destinado a deslizar sobre linha de vida apropriada e flexvel confeccionada em corda sinttica ou cabo de ao, tendo sua ancoragem fixa em um ponto acima do sistema de segurana.

    NBR 14626

    Ponto de conexocom o cinturo

    Extensor

    Trava-queda paralinha flexvel

    Corda

    Trava-queda paralinha rgida

    Cabo de ao

    Ponto de conexocom o cinturo

    F. Trava-que