saresp 4ª série

Download Saresp 4ª série

Post on 23-Jun-2015

16.265 views

Category:

Education

1 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 1. Lngua Portuguesa4 SrieEnsino FundamentalTarde TARDENome do aluno:Nome da escola:4 SRIE EFTurma: Nmero tringulo:2007

2. Prezado aluno, prezada aluna:Para que a Secretaria da Educao possa melhorar o ensino, precisamos saber o que voc realmente sabe.Para tanto, pedimos que voc responda s questes de Lngua Portuguesa que esto no Caderno de Provae elabore uma redao. A finalidade desta avaliao melhorar o ensino de sua escola. Assim, voc deveprocurar mostrar o que realmente sabe sobre o contedo avaliado, respondendo com cuidado s questes,no deixando questes em branco e considerando esta prova, enfim, como instrumento importante que lhetrar benefcios. Antes de dar suas respostas, leia as instrues abaixo.INSTRUES GERAIS1. As questes da prova esto numeradas e apresentam diferentes alternativas de resposta para vocescolher.2. Antes de responder a cada questo, importante que voc pense sobre as alternativas.3. Para cada questo, escolha uma nica resposta e marque-a no Caderno de Prova.4. Responda a todas as questes.5. Aps responder a todas as questes, marque suas respostas na Folha de Respostas.6. Use lpis preto ou caneta preta.7. Confira se o seu nome est pr-identificado na Folha de Respostas.8. Para cada questo da Folha de Respostas, preencha o espao correspondente letra que indica aresposta que voc assinalou no Caderno.9. Exemplo: se, na questo 1, voc escolheu a letra A, marque sua resposta da seguinte maneira:01A BC D10. Escreva, na capa do Caderno de Prova, seu nome completo, o nome da sua escola, o nome da suaturma e o seu nmero tringulo (nmero que aparece em sua Folha de Respostas entre dois tringulos).11. A Folha de Respostas no poder ser devolvida em branco, nem dever ser rabiscada, amassada,alterada ou rasurada.12. Elabore a redao a partir do tema proposto. Faa um rascunho. Passe o rascunho a limpo, no espaoreservado para a redao.13. Em caso de dvida ou engano, solicite ajuda ao professor. Obrigado 3. LNGUA PORTUGUESAREX em T limpo!Instrues: Para responder s questes de nmeros 1 a 3 leia a histria em quadrinhos abaixo. (Revista Cincia Hoje das Crianas. Ano 20/n. 176, Jan./Fev. 2007)1. Observe as expresses de Rex. Ele comea a histria ...e termina... .(A) triste e contente.(B) exibindo-se e envergonhado.(C) desesperado e animado.(D) bravo e feliz.2. No final da histria, Rex fica envergonhado porque(A) esqueceu de tomar banho.(B) desobedeceu a me.(C) gritou com o amigo.(D) esqueceu datas de aniversrio, no de telefones, letras de msica... .SARESP-LP-4EF-Tarde 3 4. 3. No terceiro quadrinho, Rex diz que se lembra de tudo: datas, nmeros de telefones, capitais dos pases, letras de msicas, placas de carro, campeonatos de futebol. Esta frase termina com reticncias (...) para indicar que Rex(A) no se lembra de mais nada.(B) esqueceu o que iria falar depois.(C) continuaria falando de outras coisas que se lembra se sua me no o tivesse interrompido.(D) seu amigo o interrompeu para avisar-lhe da hora do banho.Instrues: Para responder s questes de nmeros 4 a 9 leia o texto abaixo. (A formiga e pomba www.contandohistoria.com/formiga.html)4SARESP-LP-4EF-Tarde 5. 4. Este texto uma fbula porque apresenta caractersticas como(A) humor e seres encantados.(B) instrues e imagens.(C) tabelas e informaes cientficas.(D) animais como personagens e moral da histria.5. O texto comea dizendo Uma formiga sedenta veio margem do rio para beber gua. Para alcan-la devia descer por uma folha de grama. A palavra sublinhada refere-se a(A) grama.(B) gua.(C) folha.(D) formiga.6. A formiga se salvou da correnteza porque(A) o rio parou de correr.(B) o caador a tirou de dentro do rio.(C) caiu um galho de rvore em que ela se apoiou.(D) ela subiu numa folha de rvore jogada ao rio pela pomba.7. A formiga viu o caador preparado para caar a pomba no momento em que(A) se debatia na correnteza.(B) alcanou a terra.(C) se escondia atrs de uma rvore.(D) foi presa pela rede do caador.SARESP-LP-4EF-Tarde5 6. 8. No incio do texto, diz-se que a formiga estava sedenta. Isto significa que a formiga estava com(A) fome.(B) frio.(C) sede.(D) calor.9. "Uma boa ao se paga com outra". A frase, escrita entre aspas e em letras maiores que as do texto, indica(A) a moral da histria.(B) que a histria acabou.(C) a amizade que se formou entre a pomba e a formiga.(D) que foi o caador de pssaros quem falou.Instrues: As questes de nmeros 10 a 15 baseiam-se no texto apresentado abaixo. rvores por todo o BrasilPau-brasilPau-brasil (Caesalpinia echinata) Aps o descobrimento do Brasil, esta rvore foi muitoderrubada e vendida para os pases da Europa. Issogerou riqueza, o que estimulou a adoo do nome"Brasil" para o nosso pas. A madeira avermelhada dopau-brasil era usada para fazer mveis, casas eembarcaes, enquanto sua casca servia para produzirum colorante chamado brasilena, usado para tingirtecidos e fazer tintas para escrever. Hoje a madeira apenas empregada na confeco de arcos de violino.Abundante no litoral brasileiro sobretudo entrePernambuco e Rio de Janeiro na poca da descobertado pas, o pau-brasil est quase extinto atualmente. Eleapresenta flores perfumadas, que florescem entresetembro a dezembro. A rvore pode atingir 30 metros dealtura e tem vrios nomes populares, como ibirapitanga,orabut, brasileto e pau-de-pernambuco. Uma rvore de30 metros!!! D pra acreditar!!! (Adaptado de Revista Cincia Hoje das Crianas. Ano 15 n. 126. julho de 2002)6 SARESP-LP-4EF-Tarde 7. 10. No texto acima, o pau-brasil (A) um personagem de um conto.(B) o assunto de um texto informativo-cientfico.(C) o personagem de uma histria em quadrinhos.(D) o garoto-propaganda de um anncio publicitrio.11. A madeira do pau-brasil (A) acastanhada.(B) amarelada.(C) avermelhada.(D) amarronzada.12. O corante do pau-brasil era utilizado para(A) fazer tintas para pintura e tingir tecidos.(B) tingir tecidos e fazer corante alimentcio.(C) fazer tintas cosmticas e tingir tecidos.(D) tingir tecidos e fazer tintas para escrever.13. A madeira do pau-brasil era utilizada na fabricao de(A) casas, mveis e barcos.(B) mveis, carroas e casas.(C) barcos, arcos de violino e casas.(D) embarcaes, arcos de violino e casas.14. O autor do texto demonstra sua opinio pela frase(A) "Ele apresenta flores perfumadas".(B) "Isso gerou riqueza, o que estimulou a adoo do nome "Brasil" para nosso pas".(C) "D para acreditar!!!"(D) "tem vrios nomes populares como ibirapitanga, orabut, brasileto e pau-de-pernambuco".SARESP-LP-4EF-Tarde 7 8. 15. Na frase Abundante no litoral brasileiro..., a palavra grifada significa(A) em grande quantidade.(B) esgotado.(C) desaparecido.(D) pouco comum.Instrues:Para responder s questes de nmeros 16 a 21 leia o texto abaixo. FOLHA DE S. PAULO Folhinha +4sbado, 25 de agosto de 2007Sob suspeitaROSANGELA DE MOURAMARIANA DESIMONEcolaborao para a Folha- adaptado.(Folhinha de 25 de agosto de 2007)16. As crianas entrevistadas pela reportagem do jornal(A) j devolveram os brinquedos proibidos.(B) esto muito dispostas a entregar esses brinquedos.(C) esto resistindo a devolver os brinquedos ao fabricante.(D) querem comprar mais desses brinquedos.8 SARESP-LP-4EF-Tarde 9. 17. Esta notcia da Folhinha, do jornal Folha de So Paulo, incentiva as crianas a(A) no entregar os brinquedos proibidos.(B) guardarem esses brinquedos em casa.(C) doar esses brinquedos a crianas carentes.(D) devolverem os brinquedos proibidos ao fabricante.18. A manchete dessa notcia Sob Suspeita. Este ttulo foi escolhido para a reportagem porque(A) alguns brinquedos so perigosos para as crianas.(B) as crianas traquinas esto sendo investigadas.(C) a fbrica que produz os brinquedos perigosos fechou.(D) criminosos esto usando bonecos para cometer roubos.19. Esta reportagem faz um alerta s crianas.Vitria de 9 anos, uma das crianas entrevistadas, diz assim Eu quero ficar com a minha Polly,no quero outra. A opinio desta garota(A) est de acordo com a reportagem.(B) contrria ao que a reportagem alerta.(C) no tem nada a ver com o assunto da reportagem.(D) diferente de todas as outras crianas.20. A reportagem comea dizendo Foi assim, inconformadas e inseguras, que algumas crianasreceberam a notcia do recall da Mattel na semana passada. A palavra recall explicada nopargrafo seguinte porque uma palavra de origem inglesa. Ela usada quando(A) os fabricantes identificam defeitos em produtos e pedem para devolv-los.(B) os fabricantes de produtos lanam novidades no mercado.(C) os consumidores esto insatisfeitos com o produto comprado.(D) as crianas compram ou ganham brinquedos.SARESP-LP-4EF-Tarde 9 10. 21. A ltima frase do texto diz Segurana no brincadeira. A reportagem nos alerta: (A) Devemos brincar com objetos perigosos. (B) Devemos evitar correr riscos mesmo nas brincadeiras. (C) Devemos sempre brincar mesmo que a brincadeira no seja segura. (D) Qualquer brincadeira sempre segura.Instrues: Para responder s questes de nmeros 22 a 26 leia o texto abaixo.10SARESP-LP-4EF-Tarde 11. 22. Esta propaganda da marca Philips pretende vender(A) cofrinhos de porquinhos.(B) porquinhos cor-de-rosa.(C) uma lmpada mais econmica.(D) brinquedos.23. A propaganda oferece economia de energia(A) aos fabricantes da lmpada.(B) aos consumidores.(C) s crianas.(D) aos concorrentes.24. A lmpada cor-de-rosa apresentada na propaganda tem forma de cofrinho porque(A) gasta muita energia.(B) maior que as outras.(C) emite luz cor-de-rosa.(D) economiza energia.25. O anncio desta lmpada diz que quem compr-la estar fazendo um timo investimento porque(A) gastar mais dinheiro comprando-a.(B) economizar dinheiro ao compr-la.(C) ganhar prmios do fabricante.(D) estar perdendo dinheiro ao compr-la.26. A pergunta inicial do texto Quer economizar energia? tem a inteno de(A) fazer uma pesquisa com os leitores da revista.(B) duvidar dos leitores.(C) atrair a ateno do leitor para a propaganda.(D) esperar que o leitor envie uma carta respondendo a pergunta.SARESP-LP-4EF-Tarde 11 12. Instrues:Para responder s questes de nmeros 27 a 30, observe o desenho abaixo.27. Essa