sao camilo saude - 143

Sao Camilo Saude - 143
Sao Camilo Saude - 143
Sao Camilo Saude - 143
Sao Camilo Saude - 143
Download Sao Camilo Saude - 143

Post on 15-Mar-2016

212 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Sao Camilo Saude - 143

TRANSCRIPT

  • Produo exclusiva da Assessoria de Comunicao da Regional Centro Sudeste

    Salto / Itu (SP) - II Seminrio dos Hospitais Camilianos de Salto e Itu destaca experincia no cuidado aos doentes

    Assim como na primeira, a segunda edio do Seminrio da Pastoral da Sade dos Hospitais Camilianos de Salto e Itu, realizado ontem, 1, na Sala Palma de Ouro, reuniu colabora-dores, diretoria, mdicos, parceiros da comunidade e lideranas religio-sas da regio para discutirem aes concretas em prol de um sistema de sade mais humanizado e de acesso aos doentes. A mesa foi composta pelo diretor do Instituto Camiliano de Pastoral da Sade, ICAPS, Pe. Ansio Baldesin, junto ao diretor administrativo do So Camilo de Salto, Marcos Paiva, diretor administrativo do So Camilo de Itu, Klebson Carvalho, lideranas religiosas de ambos os hospitais, m-dicos e autoridades polticas locais. Experincias junto aos doentes, fa-miliares e profissionais da sade foi a principal palestra da noite, proferi-da pelo diretor do ICAPS, Instituto Camiliano de Pastoral da Sade, Pe. Ansio Baldesin. Aspectos que envol-

    vem o relacionamento com o enfer-mo, o que dizer a um enfermo, tem-po ideal para uma visita, qual o me-lhor comportamento e o que respon-der mediante perguntas, aes e sentimentos foram abordados na pa-lestra. A enfermidade envolve no somente as condies fsicas do doente, mas toda uma abordagem social que con-sidera suas convices, crenas, me-dos e insegurana. necessrio inte-grao da famlia e dos profissionais para oferecer o melhor tratamento e recuperao, afirma o Pe. Ansio.

    O Seminrio que teve incio s 18h abordou em uma das palestras as aes concretas das entidades cami-lianas para fazer valer os direitos dos usurios do SUS, proferida pela as-sessora jurdica dos Hospitais, Dra. Aline Kellner. A terceira palestra da noite foi pro-ferida pelo Dr. Alberto Silva. O tema foi Como viver bem at os 115 anos. De forma dinmica e bem hu-

    morada foram relatados fatos de ca-sais idosos e pessoas que conciliam hbitos saudveis para uma vida lon-ga e de qualidade. A preveno foi o tema central da palestra, j que capaz de evitar doenas crnicas e degenerativas. Ambos os grupos de Pastoral da Sa-de dos Hospitais estiveram no Semi-nrio. O So Camilo de Salto e Itu somam mensalmente mais de 400 visitas aos leitos dos enfermos, reali-zados pelos agentes que buscam ele-var a autoestima, humanizar o ambi-ente de internao e solidarizar com cada paciente. Ao final de cada tema, os palestran-tes foram homenageados e a plateia concorreu a brindes sorteados no evento.

    Mesa que deu incio ao Seminrio

    Publico superou expectativa do evento

    Palestras e integrao entre participantes

  • Pgina 2

    Timteo (MG) - Vital Brazil volta a operar dentro de sua capacidade e servios ortopdicos retornam

    O ms de setembro marcou o fim do cenrio de superlotao que vivia o Hospital e Maternidade Vital Brazil. Com a abertura do Hospital So Ca-milo, em Coronel Fabriciano, o HMVB registrou uma queda significativa no nmero de atendimentos que esta-vam em excesso, ordenando o fluxo e

    favorecendo uma assistncia de mais qualidade. Se antes o HMVB mantinha acima de 100% a taxa de ocupao, essa esta-tstica alcanou os 85% em setembro. O movimento cirrgico tambm redu-ziu de 505 para 390 procedimentos em setembro e as internaes agora contam com vagas para eventuais urgncias. Os mdicos relatam ter mais tranquilidade na prestao de servios. Com a reduo no nmero de aten-dimentos que extrapolava a capaci-dade do Hospital, conseguimos aten-der com mais tempo, segurana e qualidade aos pacientes, afirma o diretor clnico, Dr. Abner Arajo. As cirurgias eletivas puderam ser re-tomadas com a disponibilidade de

    leitos que antes eram destinados clnica mdica, que est no So Ca-milo de Fabriciano.

    Ortopedia: A ortopedia tambm foi retomada aps convnio com o go-verno do estado e negociao com um grupo de 12 mdicos que atuam em regime de planto presencial por 12h (diurno) e sobreaviso de outras 12h (noturno). O Hospital espera re-alizar uma mdia de 410 atendimen-tos e outras 70 cirurgias/ms Tanto o Vital Brazil, como o So Ca-milo esto cumprindo com suas me-tas e fazendo valer o direito da popu-lao de um atendimento de qualida-de. Isso mostra que com parceria e responsabilidade no cumprimento dos pagamentos, as coisas fluem natural-mente, finaliza Vanide Alves.

    Itabirito (MG) - So Vicente de Paulo disponibiliza Teste do Coraozinho

    Para complementar os servios ofere-cidos na maternidade do Hospital So Vicente de Paulo, o Teste do Cora-ozinho agora uma realidade para os recm-nascidos do HSVP. Junto aos testes da orelhinha e do pezinho, o teste do coraozinho um exame importante para identificar possveis patologias do recm-nascido. O teste deve ser realizado na primei-ra hora de vida e pode ajudar no tra-tamento de doenas identificadas precocemente, como cardiopatia congnita. A Dra. Sandra Damasceno

    uma das pediatras responsveis pe-lo exame no Hospital. "Os recm-nascidos do Hospital So Vicente de Paulo agora contam com mais um segurana na assistncia, a partir da disponibilizao desse teste. Ele simples e indolor, em que medi-mos a frequncia cardaca e a satura-o de oxignio no sangue do beb. O teste d ao pediatra parmetros para a suspeita de cardiopatia congnita", afirma a Dra. O exame diagnostica possveis ano-malias e previne doenas que possam

    vir a se manifestar, finaliza a direto-ra Rosngela Carvalho.

    Ocupao: era acima de 100% foi para 85%

    O teste d oferece parmetros para a suspeita de cardiopatia congnita

    Rondonpolis (MT) - HRR conclui Jornada Virtual de Liderana

    Entre os dias 14 a 25 de setembro, o Hospital Regional promoveu a Jornada Virtual de Liderana com participa-o de gestores, coordenadores de setor e demais gern-cias a fim de ampliar o acesso ao papel do lder e favore-cer a atuao de cada gestor em seu departamento. Por meio de uma videoconferncia no auditrio do Hos-pital, os lderes trocaram experincias, interagiram sobre as novidades na rea de Recursos Humanos e sobre a im-portncia de aes baseadas em conhecimentos tcnicos para fazer resultados por meio das pessoas. Mais de 20 pessoas responderam avaliao de reao e a maioria considerou as palestras relevantes, com expec-tativa alcanada e com objetivos cumpridos em relao ao propsito da Jornada. Como ponto forte da Jornada, foram relatadas as estratgias para liderar com as dife-renas, a importncia da comunicao para superar bar-reiras internas, comprometimento dos participantes e que a liderana deve ser proativa e sempre o exemplo.

    A maioria dos mdulos e palestras enfocou sobre com-portamento que gera resultados e abrange todas as clas-ses profissionais. O lder precisa avaliar seus liderados de acordo com cada performance e sempre elaborar estrat-gias para atingir objetivos, afirmou Maria Cristina Fa-gundes, coordenadora do setor de Gesto de Pessoas.

    Equipe de Lderes do HRR

  • Formosa (GO) - Departamento de Qualidade do Hospital So Camilo promove treinamento sobre papel do lder

    Pgina 3

    Aimors (MG) - HSJSC capta mais de 90 bolsas em Campanha de Doao de Sangue com Hemominas

    Desde que foi implantado no Hospital So Camilo de Formosa, o Departa-mento de Qualidade busca cumprir os requisitos para tornar o Hospital uma instituio que busca otimizar o nvel dos servios prestados e que mantm controle de qualidade que considera seus produtos, pessoas e servios. Uma das aes previstas pelo Depar-tamento foi o treinamento sobre o papel do lder, realizado num perodo de dois meses contnuos que abordou todos os aspectos que envolvem as funes de um lder que estuda, de-lega e acompanha mudanas e toma-das de decises na empresa. A proposta do treinamento foi estu-dar e compreender mais sobre o que praticar a liderana, tornar percep-tvel a responsabilidade de cada um enquanto lder. Todos os superviso-

    res, coordenadores e gerentes setori-ais participaram, afirmou a coorde-nadora da Qualidade e orientadora do treinamento, Ana Cludia Guimares. Foram utilizados como base terica alguns livros, apresentados vdeos, artigos e outros suportes intelectuais a fim de integrar todos os colabora-dores nessa jornada que discutiu a liderana em todos os aspectos. O encerramento do treinamento contou com participao de um palestrante renomado na cidade. Hlio Henrique Administrador, Master Coach, Pa-lestrante e Professor e proferiu uma palestra com o tema O lder Coach. Todos os participantes classificaram com excelncia a palestra. papel do lder perceber mudanas compor-tamentais em sua equipe no que diz respeito produtividade e, a partir

    dela, rever atitudes para com os fun-cionrios a fim de despertar neles mais eficincia individual e coletiva com capacitaes, reviso de rotinas e de metas em busca de melhor pro-dutividade, finaliza a diretora admi-nistrativa, Vnia Fernandes.

    Em mais uma edio da Campanha de Captao de Doadores de Sangue pro-movida pelo Hospital So Jos e So Camilo em parceria com o Hemomi-nas, centenas de pessoas sero bene-ficiadas com o sucesso da Campanha. Mais de 100 pessoas compareceram para a doao e 92 bolsas de sangue foram captadas no Hospital. A Campanha tem a finalidade de abastecer o estoque do Hemocentro Regional, responsvel por suprir a demanda de pacientes de hospitais da regio, inclusive o So Jos e So Camilo.

    A realizao desse evento teve tam-bm o intuito de conscientizar a po-

    pulao quanto a este ato nobre, que contribui grandemente para quem recebe e valoriza quem doa. Uma atitude segura e simples que ajuda a salvar vidas, afirma a diretora admi-nistrativa Mrcia Baslio. Como forma de agradecer a presena dos participantes foram entregues canecas sobre a campanha, um gesto para lembrar a solidariedade com o prximo. O evento contou com a par-ticipao e a integrao dos colabo-radores do HSJSC e a contribuio de vrios voluntrios.

    92