roteiro homilético do 1.º domingo da quaresma – roxo – ano a – 09.03.2014

Download Roteiro homilético do 1.º domingo da quaresma – roxo – ano a – 09.03.2014

If you can't read please download the document

Post on 24-May-2015

338 views

Category:

Spiritual

33 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

ROTEIRO HOMILÉTICO DO 1.º DOMINGO DA QUARESMA – ROXO – ANO A – 09.03.2014 FONTE: http://www.buscandonovasaguas.com/ LEITURAS: Gn 2,7-9;3,1-7 // Sl 50(51), 3-4.5-6a.12-13.14.17(R/.3a) // Rm 5,12-19 ou mais breve 5,12.17-19 // Mt 4,1-11 (Tentação de Jesus)

TRANSCRIPT

  • 1. A Quaresma um tempo sagrado para aprofundar o Plano de Deus e rever a nossa vida crist. E ns somos convidados pelo Esprito ao DESERTO da Quaresma para nos fortalecer nas TENTAES, que frequentemente tentam nos afastar dos planos de Deus. As Leituras nos ajudam nesse sentido...

2. A 1 Leitura apresenta a tentao de Ado e Eva: (Gen 2,7-9.3,1-7) Deus criou o homem para a felicidade e para a vida plena. No entanto o homem preferiu construir o "paraso" a seu modo. Rompendo com o projeto de Deus, "sentiu-se nu", despojado dos dons de Deus, incapaz de ser feliz. A finalidade do autor no uma descrio histrica ou cientfica, mas uma Catequese sobre a Origem do Mundo e da Vida. 3. - O Homem vem "da terra", no entanto recebe tambm o "sopro de Deus". - Deus criou o homem para ser feliz, em comunho com Deus e indica-lhe o caminho da imortalidade e da vida plena. - A escolha errada do homem, desde o incio da histria, destri a harmonia no mundo e a Origem do Mal. - "Jardim, plantas, gua abundante": o ideal de felicidade desejado por um povo que vive os rigores do deserto rido. 4. - "rvore da vida": smbolo da imortalidade concedida ao homem. - "rvore do conhecimento do bem e do mal": representa a auto-suficincia de quem busca a prpria felicidade longe de Deus. - "Nus": Despojados da dignidade inicial. - "A Serpente": representa a Religio Canania, que cultuava a serpente. Por ela, os israelitas eram tentados a abandonar o caminho exigente da Lei. smbolo de tudo o que afasta os homens de Deus e de suas propostas. 5. A 2 Leitura nos prope dois exemplos: Ado e Jesus. (Rm 5,12-19) Ado representa o homem que escolhe ignorar as propostas de Deus e decidir, por si s, os caminhos da salvao e da vida plena; Jesus o homem que escolhe viver na obedincia a Deus. O esquema de Ado gera egosmo, sofrimento e morte; o esquema de Jesus gera vida plena e definitiva. 6. O Evangelho fala das tentaes de Jesus. (Mt 4,1-11)Na sua quaresma no DESERTO, Jesus tentado trs vezes a abandonar o plano de Deus e procurar outros caminhos, mas Ele se recusa. Esse relato no uma reportagem histrica, mas uma Catequese, cujo objetivo mostrar que tambm Jesus foi tentado, mas foi fiel vontade do Pai. Os 40 dias simbolizam os anos passados por Israel no deserto. Jesus revive a experincia da fome e da confiana 7. Mateus sintetiza em trs tentaes todas aquelas provas, que Jesus enfrentou e venceu durante toda a sua vida:1) Tentao da Abundncia (Riqueza): Jesus tentado a transformar as pedras em pes, como no tempo do Man. Jesus vence a prova, demonstrando a necessidade essencial de alimentar-se da Palavra de Deus: "Nem s de po vive o homem..." 8. 2) Tentaodo Prestgio: Jesus poderia ter escolhido um caminho de xito fcil, mostrando o seu poder atravs de gestos espetaculares e sendo admirado e aclamado pelas multides.Jesus rejeita todo o desejo de prestgio e afirma: "No tentars o Senhor teu Deus".No fora Deus para solucionar magicamente problemas humanos. 9. 3) Tentao do Poder: Jesus poderia ter escolhido um caminho de poder, de domnio. Jesus rejeita essa tentao, afirmando: "S a Deus adorars". As trs tentaes apresentadas so faces de uma nica tentao: ignorar as propostas de Deus e escolher um caminho pessoal. Jesus recusou a tentao do po, da glria e do poder... Para Ele, s uma coisa verdadeiramente decisiva e fundamental: a comunho com o Pai e o cumprimento obediente do seu projeto 10. Na Palavra de Deus, encontra a fora e a resposta para venc-las... As Tentaes continuam ainda hoje... Ainda hoje somos tentados a esquecer as propostas de Deus e seguir outros deuses.A Quaresma um tempo favorvel para rever quais so os dolos, que adoramos no lugar de Deus e que condicionam as nossas decises e opes. 11. As tentaes de ontem e de hoje, so fundamentalmente as mesmas: - Tentao da Riqueza: de "ter mais": dinheiro, bens, conforto, comodidade... At recusamos compromissos voluntrios, pois podem prejudicar o conforto... achando que para ser feliz, basta ter muitos bens... 12. - Tentao do Prestgio, da fama: Adoramos ser elogiados, aparecer... At exigimos de Deus sinais do seu amor: E se o milagre no acontece, a nossa f vacila!... - Tentao do Poder: procuramos o Poder a todo custo e o exercemos com prepotncia... em todos os ambientes... + As tentaes continuam ainda... Qual a nossa atitude diante delas?Pe. Antnio Geraldo Dalla Costa CS - 09.03.2014 13. MEU DOMINGO Com a Palavra de DeusMeditada por:Pe. Antnio Geraldo Dalla Costa CS Ilustrao:Nelso Geraldo FerronattoMsica: Ns vivemos de toda a palavra. Letra: Fr Jos M Cadenassi Msica: Pe. Jos Weber CNBB CF2014http://www.buscandonovasaguas.com