roteiro eps

Download Roteiro EPS

Post on 10-Mar-2016

217 views

Category:

Documents

1 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Roteiro de Educação Para Sustentabilidade

TRANSCRIPT

  • Roteiro de trabalho

    por Joo S. Furtado & Joo F. Lobato

    Instituto Jatobs So Paulo

    2010

    Educao para Sustentabilidade EpS Modelo Instituto Jatobs

  • Instituto Jatobs_identidade institucional Presidente - Betty Feffer Vice Presidente Luiz Alexandre Mucerino Gesto geral - Ivani Tristan Sede: Fazenda dos Bambus, Pardinho, SP Escritrio Administrativo So Paulo Valores 1. tica Humanista realizao das potencialidades humanas, o que significa ser coerente com as necessidades radicais do ser humano, isto , com a natureza humana 2. Sustentabilidade garantir as condies ambientais de atendimento das ne-cessidades do presente sem comprometer o mesmo para as geraes futuras. 3. Desenvolvimento Sustentvel - Busca tica de resultados evolutivos: econ-micos, ambientais e sociais, por meio de relaes equilibradas - por tempo indeterminado 4. Justia social (ou Equidade) direito bsico de todas pessoas em relao a oportunidades, obrigaes e benefcios 5. Democracia Abertura: comportamentos acessveis a todas as partes interessadas. Comunicao efetiva: difuso s partes envolvidas. Participao ampla: reconhecimento da diversidade. 6. Excelncia organizacional utilizao racional dos recursos e servios de qualidade. Misso Influir para ampliao da conscincia e oferecer conhecimento para a construo de um caminho coletivo solidrio e sustentvel Viso Ser referncia de excelncia organizacional em conhecimento e boas prticas pa-ra o Desenvolvimento Sustentvel

    So Paulo Julho 2010

  • Instituto Jatobs. 2010. Educao para Sustentabilidade. Roteiro de trabalho.

    3

    Texto produzido por Joo S. Furtado & Joo F. Lobato. Verso julho 2010.

    Educao para Sustentabilidade_Roteiro de trabalho

    Propsito

    Este texto orienta as pessoas para concepo, implementao e execuo aes no mbito e no escopo do que o Instituto Jatobs entende por Educao para Sustentabilidade (EpS) ou para o Desenvolvimento Sustentvel (DS). O Volume 2 descreve os componentes em detalhes e inclui conceitos e outras informaes ampliadas. O usurio tem a liberdade de modificar a sequncia sugerida para o roteiro, mas, preciso considerar as diretrizes, os conceitos e fundamentos do modelo ou arcabouo de EpS. cuja descrio e fundamentao terica e conceitual apresentada no Volume 2. EpS poder ser usada para diferentes finalidades (sensibilizao, treinamento, capacitao ou educao propriamente dita), nveis de abrangncia ou profundidade e pblicos. O cardpio para as aes educacionais amplo e est exemplificado ao final do texto, sem que a diversi-dade de temas tenha sido esgotada.

    Diretrizes Para que serve o modelo O modelo Instituto Jatobs de EpS para ser usado em aes pedaggicas formais ou

    no-formais para a Sustentabilidade ou para o DS. Sustentabilidade e DS so conside-rados sinnimos, para fins do modelo apresentado e do presente texto.

    Uso obrigatrio e negociado Os uso dos componentes do arcabouo de EpS obrigatrio, sempre que a atividade de

    EpS for executada ou patrocinada pelo IJ. A Viso de Sustentabilidade, definida pela Alta Direo, dever ser inserida nos conceitos, prticas, ferramentas e outros compo-nentes envolvidos.

    O uso do modelo de EpS ser negociado em iniciativas executadas em parceria; quando re-alizadas no espao fsico ou sob a gesto do IJ, se em outras instalaes fsicas.

    Foco de EpS Recomenda-se que EpS seja direcionada para: Cidadania, Sustentabilidade glocal (viso

    global, para atuao local), Sustentabilidade organizacional (pblica, empresarial ou do terceiro setor), Sustentabilidade em polticas pblicas ou em polticas privadas.

    As ferramentas pedaggicas so da escolha dos executores de EpS, respeitando-se, porm, as diretrizes para o uso do modelo.

    No h objees quanto ao uso de ferramentas com diferentes denominaes, tais como Educao ambiental, Educao global, Educao integral, Educao para cidadania, en-tre outras, desde que harmonizadas e que incorporem os elementos do modelo do Instituto Jatobs de EpS.

    Executor Todo agente, seja este econmico, ambiental ou social; pblico ou privado; especialista ou leigo, detentor de algum tipo de conhecimento, habilidade ou de tecnologia organizacional ou produtiva, que realize ao que, no presente caso,esteja alinhada ou harmonizada ao

  • conceito de EpS.

    Recomenda-se que o executor (i) analise este documento sntese, do incio ao fim e (ii) consulte o texto terico-conceitual que descreve os componentes do modelo IJ de EpS e aborda temas ou problemas crticos para a Sustentabilidade ou DS.

    Passos para concepo de aes de EpS

    1. Entendimento do modelo O Modelo terico conceitual de aes de EpS est alinhado ao modelo de DS para ocupa-o de espaos, descrito em documento especfico e ancorado nos seguintes componentes basilares.

    Pilar ambiental, representado pela manuteno da capacidade de suporte da terra e da qualidade dos servios ambientais, e

    Pilar social, representado pelas necessidades humanas essenciais, como valores, re-lacionamentos, atitudes e condies higinicas.

    A ilustrao grfica do modelo Instituto Jatobs de EpS contm os seguintes componentes

    (1) Pilares ambiental e social (2) Condies de Sustentabilidade desejadas (3) Bem-estar esperado para as pessoas (4) Ocupao sustentvel de espao definido (5) Linha de base para elaborao da ao/projeto de ocupao (6) Diretrizes para elaborao de programas ou projetos (7) Pblicos alvo da ao de EpS (8) Viso de Sustentabilidade apropriada aos fins desejados (9) Ferramentas pedaggicas, formais e no-formais aplicveis

  • Instituto Jatobs. 2010. Educao para Sustentabilidade. Roteiro de trabalho.

    5

    Texto produzido por Joo S. Furtado & Joo F. Lobato. Verso julho 2010.

    (10) Programa (11) Projeto(s) adequado(s) (12) Sensibilizao, educao, capacitao e treinamento, como tipo de ao

    Fig. 2.2 Arcabouo geral de aes para EpS Arcabouo do Modelo de Educao para Sustentabilidade do Instituto Jatobs. Uso livre, desde que citada a fonte

  • 2. Alinhamento conceitual As descrio dos componentes do Modelo Instituto Jatobs de DS e ocupao de espaos feita em documento especfico. Termos e expresses relevantes para concepo e imple-mentao de aes de EpS so apresentados a seguir.

    Educao Processo de transmisso e aprendizagem de saberes, apoiado em quatro pilares fundamen-tais: aprender a conhecer, aprender a fazer, aprender a viver com os outros e aprender a ser. Sustentabilidade Qualidade de um sistema ou processo que pode ser mantido por tempo indeterminado, den-tro de determinado estado ou condio. Educao para Sustentabilidade (EpS) Processo e efeito de transmisso de conhecimentos e de experincias s pessoas, a fim de promover aes para criar e aperfeioar as condies para a Sustentabilidade ou de Desen-volvimento Sustentvel humano por tempo indeterminado. EpS no se confunde com Educao sobre Sustentabilidade = processo e efeito de trans-misso de conhecimentos tericos e de experincias a respeito da Sustentabilidade. Condio Circunstncia, qualidade, maneira, situao, modo de ser de algum, algo ou coisa. Desenvolvimento Evoluo e progresso, geralmente associados ao crescimento derivado de aquisio de bens materiais ou imateriais. Evoluo Mudana de patamar, estgio, situao, geralmente entendida como sendo para melhor. Desenvolvimento Sustentvel (DS) Tipo de progresso ou evoluo de alguma coisa ou situao, por tempo indeterminado, baseada no uso equilibrado dos recursos econmicos, ambientais e sociais. A Comisso de Brundtland definiu, 1987, DS como .. o desenvolvimento capaz de atender s necessidades do presente, sem comprometer a capacidade das geraes futuras de aten-derem a suas necessidades. Recursos econmicos Constituem materiais e fatores geralmente monetrios usados para produo, distribui-o, comercializao e consumo de bens e servios.

  • Instituto Jatobs. 2010. Educao para Sustentabilidade. Roteiro de trabalho.

    7

    Texto produzido por Joo S. Furtado & Joo F. Lobato. Verso julho 2010.

    Recursos ambientais So bens naturais (renovveis e no-renovveis) e servios ecolgicos reguladores de fluxos e processos naturais. Recursos sociais Consistem de normas, regulamentos, fatores e demais elementos de direitos humanos (sa-de, alimentao), abrigo, educao, cultura, abrigo, trabalho e governana/ relacionamentos.

    3. Eleio do pblico alvo para ao de EpS

    Anlise e interpretao do perfil das pessoas que sero objeto da ao de EpS, quanto formao educacional; interesses e expectativas; grupo ou grupos aos quais pertencem; re-presentao comunitria; organizao ou organizaes s quais pertencem e outros atributos ou caractersticas socioculturais e econmicas.

    4. Identificao do espao a ser ocupado

    Viso de espao como estratgia de ao de EpS Considerao a respeito da ocupao sustentvel de determinado espao (rea fsica ou vir-tual, institucional ou organizacional) como a forma mais apropriada para se viver em determinada rea ou ambiente, de modo a atender ao bem-estar humano ou o que for esta-belecido, por meio da identificao das relaes entre as atividades socioeconmicas e as condies ambientais. Espao institucional rea fsica onde as pessoas e as comunidades humanas vivem, sob a forma de (i) espaos naturais ecossistemas, nichos, formaes, etc. e (ii) espaos geopolticos - bairros, cida-des, subdivises territoriais de categoria geopoltica mais alta (Planeta, Pas, Estado, Regies Administrativas Intermunicipais, Municpios). Espao organizacional rea fsica ou virtual tal como: empresas e organizaes sem fins lucrativos; entidades re-presentativas de organizaes; entidades ou comunidades profissionais selecionadas; cadeias de valor; setores ou segmentos de atividades; mercado local, regional, nacional ou global; nichos especializados, etc.. Atividades essenciais: caracterizar o espao com o uso de informaes derivadas, por