ritmo de trabalho - autentica§£o .• tempo normal: tempo m©dio do...

Download Ritmo de trabalho - Autentica§£o .• Tempo normal: tempo m©dio do operador normal (Tn=Tm*FA)

Post on 04-Jan-2019

212 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

Engenharia do Processo Mtodos e Tcnicas de Gesto

10/7/2005 Pg. 1

ESTUDO DOS TEMPOS

Ritmo de trabalho

Factor de actividade:

relaciona o ritmo de trabalho do operador com o ritmo de trabaho normal um trabalhador normal um trabalhador representativo e qualificado

Exemplo: Mediu-se o tempo de execuo de uma dada tarefa por um trabalhador com um factor de actividade de 90%: 90 segundos o tempo normal para a execuo desta tarefa de 90*0,9 = 81 segundos

A determinao do FA pode ser especfica para cada trabalhador, ou com base em mtodos clssicos de julgamento.

Margens e Tempos:

Determinao do tempo normal:

tempo medido

tempo normal

tempo normal devido aelementos ocasionais

FA

Determinao do complemento de repouso:

complemento de fadiga

complemento p/ necessidadespessoais

complementos totais

tempo normal de execuo

complemento auxiliarcomplemento suplementar

complementos especiais

tempo normal complemento de repouso

Tempo mdio, medido ou actual: tempo mdio do operador analisado Tempo normal: tempo mdio do operador normal (Tn=Tm*FA) Tempo padro: tempo global de execuo, em que se adiciona ao tempo

normal os imprevistos e repouso (Tp=Tn +complementos de repouso)

Engenharia do Processo Mtodos e Tcnicas de Gesto

10/7/2005 Pg. 2

Cronometragem

Passos bsicos:

1. Seleccionar e reistar informao acerca do operador e da operao 2. Verificar a regulamentao dos mtodos e condies de trabalho 3. Dividir a operao em elementos 4. Registar os tempos observados requeridos para cada elemento 5. Determinar o nmero de ciclos a medir para o nvel de preciso e

confiana exigidas 6. Determinar o tempo mdio para cada elemento 7. Atribuir um ritmo do operador a cada elemento 8. Determinar o tempo normal 9. Determinar as margens 10. Determinar o tempo padro

Determinao da dimenso da amostra Mtodo prtico: 20 a 50 em funo do bom senso Mtodo da tabela:

Tempo de ciclo (min)

n de medies

0,1 200 0,25 100 0,5 60 0,75 40 1,0 30 2,0 20 5,0 15 10,0 10 20,0 8 40,0 5 > 40,0 3

Engenharia do Processo Mtodos e Tcnicas de Gesto

10/7/2005 Pg. 3

Mtodo Estattico:

variabilidade preciso nvel de confiana

N: n de ciclos a cronometrar n: n de ciclos cronometrados t: tempo elementar cronometrado p: preciso Z: factor do nvel de confiana (68,3% : Z=1)

(95,5% : Z=2) (99,7% : Z=3) Mtodo do coeficiente de variabilidade:

Se p=10% e Z=95%: mdia da amotra est numa vizinhana de 10% da mdia da populao, pelo menos em 95% dos ciclos de trabalho.

( )[ ]( )

N =n.Z n. t t

(n 1).p . t

2 2 2

2 2

CVt medio

=

Engenharia do Processo Mtodos e Tcnicas de Gesto

10/7/2005 Pg. 4

Exemplo 1: Foram registadas 10 cronometragens (10 ciclos) a um operador com um factor de actividade de 90%. Por cada 100 peas existe a necessidade de mudar a ferramenta, que demora em mdia 10 min. A margem considerada para repouso e atrasos pessoais so da ordem dos 20% do tempo de produo.

Leitura 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Tempos (min) 7 7 8 9 8 10 10 8 9 7

Pretende-se determinar: a) O tempo normal b) O tempo padro c) Determine o nmero de peas que pode produzir por dia (8 horas de trabalho). d) Verifique se a dimenso da amostra adequada para que se tenha uma confiana

de 95% e uma preciso de 5% no valor do tempo normal. e) Determine a preciso do valor medido com uma confiana de 95%. a) Tempo mdio operador = 8,3 min Tempo normal do operador = T. mdio * FA = 7,5 min T. normal global = T. normal + elem. ocasionais = 7,47 + 10/100 = 7,6 min b) Tempo padro = T.normal + margens = 7,6 * 1,2 = 9.1 min c) N de peas = Tempo total / Tempo padro = 480/9.1 = 52.7 52 peas/dia d) Aplicando a frmula, em que n=10 e os t so os 10 tempos medidos (7,7,8):

( )[ ]( )

[ ]N =

n.Z n. t t

(n 1).p . t

10.2 10.701- 6889(10 1).0,05 .6889

2 2 2

2 2

2

2

=

=

31 2,

As 10 leituras so insuficientes para garantir os valores de confiana e

preciso requeridos.

Pelo grfico CV = 1,1/8,3 = 0,1325 13,25% ; para Conf=95% 30 leituras

Engenharia do Processo Mtodos e Tcnicas de Gesto

10/7/2005 Pg. 5

e) ( )[ ]

( )[ ]

p =n. Z n. t t

(n 1). N. t

10.2 10.701- 6889(10 1).10.6889

2 2 2

2

2

=

=

0 088 8 8%, ,

Existe uma probabilidade de 95% do valor medido estar no intervalo de

[8,3*(1-0,088) ; 8,3*(1+0,088)] [7,57 ; 9,03] Exemplo 2: Numa determinada tarefa com trs elementos foram registadas as seguintes cronometragens (10 ciclos) em segundos e atribudos os seguintes factores de actividade:

Operador FA 1 90 7 7 8 9 8 10 10 8 9 7 2 100 14 14 18 15 14 14 15 16 16 14 3 110 8 7 8 9 9 7 7 8 7 8

A empresa tem dois perodos de paragem para repouso de 15 min cada. A empresa trabalha 8 horas por dia. a) Determinar o tempo normal e o tempo padro b) Determinar o tempo de produo de 1000 unidades c) Verificar se a dimenso das amostras adequada a)

Operador FA tempo mdio(min)

tempo normal (min)

1 90 8,3 7,5 2 100 15,0 15,0 3 110 7,8 8,6 31,1 seg

Tempo normal = 31,1 seg Tempo padro = T. normal + margens

Engenharia do Processo Mtodos e Tcnicas de Gesto

10/7/2005 Pg. 6

Clculo das margens: mtodo 1: Margens do tempo total Margens = tempo parado/tempo total = 30/480 = 0,0625 Tempo padro = T. normal / (1-margens) = 31,1 / 0,9375 = 33,17 seg mtodo 2: Margens do tempo de produo Margens = tempo parado/tempo produo = 30 / (480-30) = 0,0667 Tempo padro = T. normal * (1+margens) = 31,1 * 1,0667 = 33,17 seg

b) Tempo para produzir 1000 unidades = 33170 seg = 9,2 horas c) Pelo mtodo do coeficiente de variabilidade:

Operador tempo mdio (min)

desvio padro coeficiente de variabilidade

dimenso da amostra

1 8,3 1,1 0,13 20 2 15,0 1,3 0,08 10 3 7,8 0,8 0,10 15

S para o operador 2, as dez leituras garantem 95% de confiana e 5% de preciso no valor medido.

Observaes instantneas

Realizar observaes intermitentes, instantneas e espaadas aleatoriamente Permite grande flexibilidade no que se pretende estudar Pode ser feito sem conhecimento dos operadores Medir tempos de trabalho e de no trabalho para determinar margens de

repouso e margens para necessidades pessoais. Estimar os nveis de ocupao de mquinas e os nveis de utilizao de

ferramentas. Estimar a percentagem de tempo devotada a cada actividade. Medir uma operao e determinar um tempo padro.

Engenharia do Processo Mtodos e Tcnicas de Gesto

10/7/2005 Pg. 7

Tempo normal:

temponormal

tempo totaldo estudo

fraco de tempoem ocupao FA

n de unidades produzidas Tempo padro:

Tempo padro = tempo normal + margens do tempo de produo ou

Tempo padro = tempo normal / (1 - margens do tempo total) Dimenso da amostra:

( )N

Z fp f

=

2

2

1

f: proporo de tempo despendido na actividade p: preciso: Z: nvel de confiana (68,3% : Z=1) (95,5% : Z=2) (99,7% : Z=3)

Exemplo: Durante 24 horas foi realizado um estudo de tempos atravs do mtodo das observaes instantneas numa empresa de servios de forma a estabelecer um tempo padro para o processamento de encomendas com uma preciso de 5% e uma confiana de 95%.

Nesse intervalo de tempo foram processadas 320 encomendas. Em 850 das 1000 observaes realizadas o operador estava ocupado. Foi atribudo ao operador um factor de actividade de 105%. poltica da empresa atribuir 10% de margens ao tempo total.

a) Determinar o tempo normal b) Determinar o tempo padro c) Verificar a dimenso da amostra

Engenharia do Processo Mtodos e Tcnicas de Gesto

10/7/2005 Pg. 8

a) tempo normal24h 0,85 1,05

3200,0669h 4,02min. =

= =

b) tempo padro4,02

1 10%4,47min/encomenda. =

=

c) ( ) ( )

NZ 1 f

p f2 1 0,850,05 0,85

284 10002

2

2

2=

=

= <

Pelo que 1000 observaes so suficientes. Na realidade a preciso do resultado obtido, para um nvel de confiana de 95% de:

( ) ( )p

Z fN f

,,

=

=

=

2 21 2 1 0 851000 0 85

0 026 2 6%, , O intervalo de confiana a 95% do nvel de ocupao do operador, com as medies

efectuadas de:

[0,85*(1-0,026) ; 0,85*(1+0,026)] [82,8 %; 87,2%]

Engenharia do Processo Mtodos e Tcnicas de Gesto

10/7/2005 Pg. 9

Diagrama homem/mquina

Um operador carrega a mquina em 2 minutos e descarrega em 1 minuto. Esto disponveis muitas mquinas deste tipo e o seu run-time automtico de 4 minutos. Cada operador representa um custo de 2000$ /h e a mquina representa um custo de 8500$/h. Construo do diagrama homem / mquina para um posto de trabalho constitudo por um homem e duas mquinas.

Trabalho :

Desenho n.:

Inicio: Fim:

Data Follha de

Nome :

Mtodo:

Grfico n.:

DIAGRAMA HOMEM / MAQUINA

t (min)

2

4

6

8

10

12

14

16

run-time

run-time

run-time

run-time

run-time

HOMEM MQUINA 1 MQUINA 2