revolução dos bichos

23
Professor Anderson Ramal

Upload: anderson-ramalho

Post on 13-Dec-2014

11.753 views

Category:

Education


25 download

DESCRIPTION

Revolução dos bichos

TRANSCRIPT

Page 1: Revolução dos bichos

Professor Anderson Ramalho

Page 2: Revolução dos bichos

 Eis a frase do autor de "1984" e "A Revolução dos Bichos", escolhida para a exposição Futebol Pensado, do Sesc Vila Mariana (junho de 2006).

George Orwell Fonte: http://www.ludopedio.com.br/rc/index.php/memoria/museu_view/615

"Futebol é a continuação da guerra por outros meios. É uma mímica da guerra".

Mas quem é George Orwell?

Page 3: Revolução dos bichos

Retorna à Inglaterra em 1928. Vivendo na pobreza - chega mesmo à mendicância

Socialista, vai para a Espanha, em 1936, lutar na Brigada Internacional em apoio ao recém-eleito governo popular. Lutando na Espanha (1938) narra suas experiências na Guerra Civil Espanhola.

Na Segunda Guerra Mundial, trabalha como correspondente de guerra para a BBC. Em 1945, publica A Revolução dos Bichos, até hoje sua obra mais popular.

George Orwell morreu em 1950, na Inglaterra, em conseqüência de uma tuberculose. Entre outras obras, escreveu também Dias na Birmânia (1934), O Caminho de Wigan (1937) e Por Que Escrevo (1946).

George Orwell, pseudônimo de Eric Arthur Blair, nasceu em 1903, em Bengala (Índia), filho de um funcionário britânico e uma francesa. Muda-se para a Inglaterra em 1911, e vai para um internato. De 1917 a 1921, estuda no Eton College, uma das mais tradicionais escolas inglesas, onde tem aulas com o escritor Aldous Huxley. Em 1922, recusa uma bolsa para a universidade e volta à Índia para trabalhar na polícia imperial.

Fonte: http://educacao.uol.com.br/biografias/george-orwell.jhtm

Page 4: Revolução dos bichos

As formas de dominação, a ascensão e busca pelo poder, persuasão e argumentos tudo para convencer os subordinados a acreditarem que são inferiores ao “maior, ou melhor”, o ditador..

O livro de George Orwell busca mostrar de forma bem “humorística”

o processo de translação (metáfora) entre capitalismo e socialismo.

http://www.upgnation.com/product.php?productid=403#!prettyPhoto

Page 5: Revolução dos bichos

Sete Mandamentos do Animalismo

1- Qualquer coisa que ande sobre duas pernas é inimigo;

2- Qualquer coisa que ande sobre quatro pernas, ou tenha asas, é amigo;

3- Nenhum animal usará roupas;

4- Nenhum animal dormirá em cama;

5- Nenhum animal beberá álcool;

6- Nenhum animal matará outro animal;

7- Todos os animais são iguais.

Page 6: Revolução dos bichos

Principais personagens:Sr. Jones(dono da fazenda)

Major (porco que sonhou com a revolução)

Bola de Neve

Porco que fez a revolução seguindo os mandamentos de Major

Page 7: Revolução dos bichos

http://trilogianerd.wordpress.com/2012/04/25/literatura-nerd-1-a-revolucao-dos-bichos/

STÁLIN

TROTSKY

LENIN

MAJOR

DA REVOLUÇÃO RUSSA A REVOLUÇÃO DOS BICHOS

Page 8: Revolução dos bichos

Tipos de Ditaduras expressas no livro:

Dominação pela sedução: Garganta persuadia os animais com seus argumentos convincentes e eles aceitavam pacificamente as mudanças efetuadas, e a dominação pela força bruta: quem se rebelasse contra as ordens era punido fisicamente, torturado por cães treinados e levados até à morte.(Muitos animais foram mortos, e vários desapareceram pela opressão da ditadura)

Page 9: Revolução dos bichos

Resumo de NapoleãoEra amigo de Bola-de-Neve, traiu ele e chegou ao poder, depois de 5 anos passou a conviver e agir como humanos; bebendo, andando, dormindo e negociando como humanos capitalistas onde ele usufruía do trabalho dos outros para se beneficiar. Se manteve no poder graças ao forte poder de persuasão de Garganta que convencia os animais de que aquilo era certo

Page 10: Revolução dos bichos

Referencias Obra X MundoHistoricamente falando a obra representa de uma forma incrível a ascensão ao poder da grande maioria dos ditadores. Pra ser mais exato, durante o século XX no período entre guerras. O exemplo mais comum é Hitler. No Brasil Getulio Vargas.

Page 11: Revolução dos bichos

TEMAS ABORDADOS NA OBRA:

Entender a organização das sociedades a partir de seus regimes de governo.

CAPITALISMO

SOCIALISMO

DITADURA

Page 12: Revolução dos bichos

PROBLEMA:O autor concentra-se em fazer uma crítica à sociedade em que vivia através de uma história de ficção e demonstrar a ganância de poder do ser humano, sua ambição.Quer destacar que as pessoas se comportam de acordo com sua proximidade ou distância em relação ao poder político vigente.

Page 13: Revolução dos bichos

OBJETIVOS:

DO AUTOR:

Sensibilizar por meio da literatura e conscientizar as pessoas de sua sociedade sobre a importância de conhecer e exercer os direitos políticos na escolha não só dos governantes, mas da forma de governo

Page 14: Revolução dos bichos

OBJETIVOS:DA LEITURA:

1- Demonstrar a atualidade da obra: ao ler o texto é possível traçar um paralelo entre os personagens e figuras conhecidas da política atual e do comportamento da sociedade em geral;

2- Destacar a importância da consciência individual e do poder do conhecimento para lidar com as diferentes possibilidades

Page 15: Revolução dos bichos

POR QUE UMA “REVOLUÇÃO”?Revolucionar significa:

Um rompimento com os sistema jurídico, político, social, econômico ou cultural vigente, e a substituição pela formação de um novo sistema.

Em geral, uma revolução fica caracterizada quando o espaço de tempo em que as mudanças ocorrem é curto, pois, se longo, as mudanças passam desapercebidas e acabam sendo consideradas apenas um processo evolutivo.

Uma característica geral de uma revolução é a violência. Esta costuma ocorrer pelo de ser difícil que alguma mudança significativa e rápida ocorra sem o uso da força bruta ou sem reação daqueles que deixaram o poder por conta da insurgência ou ascensão revolucionária.

Outra necessidade que há para que uma revolução se torne bem caracterizada é o sucesso do movimento revolucionário. Caso contrário apenas pode-se considerá-lo como tentativa de revolução, ou uma revolução sufocada.

Page 16: Revolução dos bichos

POR QUE DOS BICHOS?

Possibilidades:1- O uso da fábula para despertar a atenção;2- Levar o leitor a fazer suas próprias associações e reflexões;3- Não induzir comparações;4- Tornar um assunto de difícil discussão mais acessível e aceitável

Page 17: Revolução dos bichos

UM RESUMO:A história, desde a expulsão de Jones até a "transformação completa de

Napoleão em "humano" durou aproximadamente 6 anos. Na Granja do Solar, situada perto da cidade de Willingdon (Inglaterra), viviam os bichos, que como dono tinham o Sr. Jones.

O Velho Major (porco) teve um sonho, sobre uma revolução em que os bichos seriam autossuficientes, sendo todos iguais. Era o princípio do Animalismo. O Major morreu, mas mesmo assim os animais colocaram em prática a ideia do líder, fazendo a Revolução dos Bichos.

Depois da Revolução, a Granja passou a se chamar Granja dos Bichos, e quem a administrava era Bola-de-Neve (porco). Bola-de-Neve seguia os princípios do Animalismo, e mesmo sendo superior (em quesitos de inteligência e cultura) em relação aos outros animais, sempre se considerou igual a todos, não tendo privilégios devido à sua condição.

Bola-de-Neve tinha um assistente, Napoleão (porco), que na ânsia pelo poder, traiu o amigo, assumindo a administração da Granja. Napoleão mostrou-se competente e justo no começo, mas depois passou a desrespeitar os SETE MANDAMENTOS, os quais firmavam as idéias animalistas.

Page 18: Revolução dos bichos

Os SETE MANDAMENTOS do Animalismo eram os seguintes: Qualquer coisa que ande sobre duas pernas é inimigo; Qualquer coisa que ande sobre quatro pernas, ou tenha asas, é amigo; Nenhum animal usará roupas; Nenhum animal dormirá em cama; Nenhum animal beberá álcool; Nenhum animal matará outro animal; Todos os animais são iguais.

Depois de aproximadamente 5 anos, Napoleão já ocupava a casa do Sr. Jones, bebia álcool, vestia as roupas do ex-dono , andava somente sobre duas pernas e convivia com seres humanos, enfim agia em benefício próprio, instalando um regime ditatorial, dominando e hostilizando os demais animais, considerados seres inferiores e sem direitos.

Por essa época, já não era possível distinguir, quando reunidos à mesa, o porco tirano e os homens com quem se confraternizava. Napoleão conseguiu sair vitorioso graças à ajuda de Garganta, porco servil e obediente e que, através de bons argumentos, convencia os animais de que tudo o que acontecia era para o bem deles.

O Senhor Jones era o dono da Granja e, como tal, explorava o trabalho animal em benefício próprio, para acumular capital. Em troca dos serviços prestados, ele pagava com a alimentação, que nem sempre era boa e suficiente.

Page 19: Revolução dos bichos

A Revolução que se deu por ideia do "Major", tinha por princípio básico a igualdade; criando assim, o Animalismo, em que todos são iguais, e todos trabalham para o bem comum.

A princípio todos participavam de assembléias, dando idéias e sugestões, liderados por Bola-de-Neve, bem aceito pelos animais em geral.

Tempos depois instaurava-se na Granja um regime em que não há liberdade de expressão, direito a opiniões etc. Na sede pelo poder e pela riqueza, Napoleão entra em contato com os homens para com eles negociar, comprar, vender, enfim, acumular riquezas e tudo graças ao trabalho dos animais, verdadeiros empregados mal remunerados, ajudando o "patrão" a ter regalias, bens materiais, capital. A situação fica mais crítica do que quando Jones era o dono da Granja porque, mais do que nunca, os direitos humanos, ou seja, dos animais foram violados de forma cruel e tendo consequências gravíssimas como a morte de alguns, o desaparecimento de outros e muita tortura.

Page 20: Revolução dos bichos

A DOMINAÇÃO:Com a leitura da obra é possível identificar que em todos os tipos de governo instaurados existe dominação de uns pelos outros. Neste texto podemos identificar dois tipos:

1- a dominação pela sedução: Garganta persuadia os animais com seus argumentos convincentes e eles aceitavam pacificamente as mudanças efetuadas,

2- a dominação pela força bruta: quem se rebelasse contra as ordens era punido fisicamente, torturado por cães treinados e levados até à morte.

Page 21: Revolução dos bichos

UM PARALELO COM A ATUALIDADE:

Após ler o livro de George Orwell é possível estabelecer relações entre o que ele escreveu em 1945 e os dias atuais, tanto na política como na sociedade.

1- quanto aos tipo de poder: países que vivem no capitalismo, na ditadura, no socialismo.

2- quanto às pessoas: dominantes e dominados.

3- a presença da dominação em (praticamente) todas as relações, mesmo as que não envolvem a política oficial

Page 22: Revolução dos bichos

Links para assistir os filmes sobre a obra

http://www.youtube.com/watch?v=I5KI0b2H6ks

http://www.youtube.com/watch?v=w1wtSvNZ6yc&feature=related

O FILME

O DESENHO

Page 23: Revolução dos bichos

1) Como viviam os animais e os humanos antes da Revolução dos Bichos?

2)  Porque os animais se revoltaram contra o fazendeiro? Eles representam quem na Revolução Russa?

3) Explique como os animais viviam no período do “Animalismo”?

4)  Porque a Revolução dos Bichos não deu Certo? O que alguns porcos começaram a fazer?

5)  O que deveria ser feito para que o “Animalismo” continuasse na fazenda?

Atividade Complementar