Revolta Sabinada e Malês

Download Revolta Sabinada e Malês

Post on 05-Mar-2016

8 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Trabalho completo sobre revolta de Sabinada e Mals

TRANSCRIPT

<p>Escola Tcnica Estadual Prof Sylvia MelloHistria Professora Cristiane FreitasTurma: 2011</p> <p>Sabinada e Revolta dos Mals</p> <p>Felipe Cardoso, Claudio Junior,Joo Vitor R, Filipe Corra e Otvio Rabassa</p> <p>Pelotas, Rio Grande do sul06 de Dezembro de 2015IntroduoNeste trabalho a seguir falaremos sobre duas revoltas, como aconteceram, como terminou, onde originaram e seus motivos. A Revolta de Sabinada aconteceu na Bahia por militares, integrates da classe mdia junto com a classe rica da Bahia. Essa revolta durou entre 1837 e 1838. Ela ganhou esse nome porque o lder desta revolta, que era jornalista e mdico, se chamava Francisco Sabino lvares da Rocha Vieira Barroso.Juntamente com a Revolta dos Mals que foi um movimento que ocorreu na cidade de Salvador entre os dias 25 e 27 de janeiro de 1835. Os principais personagens desta revolta foram os negros islmicos que exerciam atividades livres, conhecidos como negros de ganho como, por exemplo, alfaiates, pequenos comerciantes, artesos e carpinteiros. Apesar de livres, sofriam muita discriminao por serem negros e seguidores do islamismo. Em funo destas condies, encontravam muitas dificuldades para ascender socialmente.</p> <p>DesenvolvimentoA Revolta dos Mals foi uma situao muito horrvel para os negros em Salvador. Muitos conseguiam pequenos trabalhos como, por exemplo, vendedores ambulantes, alfaiates, carpinteiros, etc.... Esses trabalhadores tinham que dar boa parte de seus lucros para seus senhora e chegavam em alguns casos, comprar a prpria liberdade. Porm, mesmo quando libertos, os negros ainda eram tratados com desprezo de todos. E isso levou a se revoltarem. Uma dessas revoltas ficou conhecida como A Revolta de Malts, que aconteceu entre o dia 24 e 27 de Janeiro de 1835, e foi um movimento de escravos mulumanos, os mals. A revolta foi controlada pelas tropas do governo, com o apoio das classes ricas da Bahia. Muitos negros foram presos, torturados e at mesmo mortos, e foram proibidos de circular noite pelas ruas da capital e de praticar suas cerimonias religiosas tpicas.Os revoltosos, cerca de 1500, liderados pelos muulmanos Manuel Calafate, Aprgio, Pai Incio, dentre outros. Setenta negros morreram, e duzentos foram levados ao tribunais. As condenaes variaram entre a pena de morte, trabalhos forados, o degredo e os aoites. Todos foram torturados, e alguns at a morte. Mais de quinhentos africanos foram expulsos do Brasil e levados de volta frica.E apesar de rapidamente controlada a situao, a Revolta dos Mals serviu para demonstrar s autoridades e s elites o potencial de contestao e rebelio que envolvia a manuteno do regime escravocrata, ameaa que sempre esteve presente durante todo o Perodo Regencial e se estendeu pelo Governo de Dom Pedro II.</p> <p>A Revolta de Sabinada comeou quando os revoltosos eram contrrios s imposies polticas e administrativas impostas pelo governo regencial. Estavam profundamente insatisfeitos com as nomeaes de autoridades para o governo da Bahia, realizadas pelo governo regencial. O estopim da revolta ocorreu quando o governo regencial decretou recrutamento militar obrigatrio para combater a Guerra dos Farrapos, que ocorria no sul do pas.</p> <p>Os revoltosos queriam mais autonomia poltica e defendiam a instituio do federalismo republicano, sistema que daria mais autonomia poltica e administrativa s provncias.Os revolucionrios tiveram apoio de vrios integrantes do exrcito e ento no dia 7 de novembro de 1837 os revoltosos foram para as ruas e invadiram os quarteis militares em Salvador. Declaram a Bahia uma repblica. Deveria ser assim at que o Dom Pedro II atingisse a maior idade.</p> <p>Sabendo disso, o governo central enviou tropas para a regio e reprimiu o movimento com fora total e a cidade de Salvador foi retomada, houve muita violncia na represso. Muitas casas de revoltosos foram queimadas pelas foras militares do governo. Entre os revoltosos e integrantes das foras do governo, ocorreu mais de 2 mil mortes durante a revolta. Mais de 3 mil revoltosos foram presos. Assim, em maro de 1838, terminava mais uma rebelio do Perodo Regencial.</p> <p>ConclusoO grupo gostou de fazer o trabalho falando sobre as revolues de Sabinada e Mals, podendo aprender e estudar mais sobre a histria de alguns anos atrs de nosso prprio pas.</p> <p>Referncias</p> <p>http://escolakids.uol.com.br/revolta-da-sabinada-na-bahia.htm</p> <p>https://pt.wikipedia.org/wiki/Sabinada</p> <p>https://pt.wikipedia.org/wiki/Revolta_dos_Mal%C3%AAs</p>

Recommended

View more >