revista weekend - edi§£o 266

Download Revista Weekend - Edi§£o 266

Post on 07-Apr-2016

228 views

Category:

Documents

4 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Hipertensão - Com alta incidência entre adultos, a doença tem origem em fatores hereditários, alimentares e comportamentais

TRANSCRIPT

  • 1r e v i s t a

    CA

    PA

    PR

    OM

    OC

    ION

    AL

    Guarulhos, 06/02/2015 ano 6 n. 266revistaweekend.com.br

  • 2

  • 3r e v i s t a

    Guarulhos, 06/02/2015Ano 6 n. 266

    revistaweekend.com.br

    Com alta incidncia entre adultos, a doena tem origem em fatores

    hereditrios, alimentares e comportamentais

    Hipertenso

    Do

    llar

    Ph

    oto

    Clu

    b

    FunCinemas, dicas culturais e utilidade pblica

    WishTraje para o trabalho no Vero

    CookingDicas de pratos e locais para comer na cidade

  • 4

  • 5

  • 6 ALERTA AOS ANUNCIANTESUma quadrilha est ligando para alguns de nossos anunciantes, afi rmando que boletos por ns emitidos precisam ser substi-tudos por outros enviados por email. crime! Um cliente caiu na cilada e pagou os boletos fraudados, emitidos pelo banco Santander, que foi alertado para que busque identifi car qual de seus clientes est usando a ins-tituio para praticar delitos. A Carleto Editorial emite todos os boletos pelo Banco Cooperativo Unicred 090.

    HYPE

    [ COLUNA DO CARLETO ]

    34 anos de Jornalismo com Responsabilidade SocialAv. Joo Bernardo Medeiros, 74, Bom Clima, Guarulhos. CNPJ: 10.741.369/0001-09

    Tel.: (11) 2461-9310

    Diretor Responsvel: Valdir Carleto (MTb 16.674) valdir@revistaweekend.com.br

    Diretor Executivo: Fbio Carleto fabio@revistaweekend.com.br

    Editora Executiva: Vivian Barbosa (MTb 56.794) redacao@carletoeditorial.com.br

    Assistente de Edio Amauri Eugnio Jr.

    Redao: Brbara Cunha // Els Lucas // Michele Barbosa // Talita Ramos

    Fotogra a: Mrcio Monteiro // Rafael Almeida

    Direo de arte: Cntia Brumatti

    Design Gr co: Aline Fonseca // Douglas Caetano // Katia Alves

    Comercial: Laila Inhudes // Maria Jos Gonzaga // Maura Parra Peres //

    Patrcia Matos // Thais Cristine // Thas Tucci // Rose Gedra // comercial@revistaweekend.com.br

    Administrativo: Viviane Sanson // Saiummy Sales Takei

    Distribuio Luiz Aparecido Monteiro

    Impresso e acabamento: DARTHY Editora e Grfi ca Ltda. Tel: (11) 4446-4600

    Tiragem desta edio: 13 mil exemplares

    Venha conferir nas manhs das sextas-feirasDistribuio gratuita em quase 150 condomnios, displays em pontos

    comerciais de grande fl uxo, e em locais com salas de espera

    ESTREIAO novo presidente da Cmara, Professor Jesus (PDT), coman-dou a primeira sesso de sua gesto, na tera-feira. Foi vota-do s um item, do vereador Gil-van Passos (PSDB), sobre assis-tncia psicolgica a vtimas de violncia fsica ou sexual.

    DEBATESA primeira sesso teve acirra-das discusses. Vereadores da oposio criticaram a adminis-trao, que foi defendida pelo lder, Samuel Vasconcelos e pelos tambm petistas Rmu-lo Ornelas e Marcelo Seminal-do. Mas mesmo vereadores da base queixaram-se da limpeza e conservao da cidade.

    VAZAMENTOSO Saae tem tido difi culdade de consertar vazamentos na velocidade ideal, porque a po-pulao est mais atenta a isso, o que provoca aumento da de-manda. Quando o alerta chega no fi m do expediente, raramen-te possvel consertar no mes-mo dia, porque as equipes j esto programadas para outros servios.

    IMPOSTMETROA soma dos impostos federais, estaduais e municipais reco-lhidos pelos guarulhenses j somava R$ 400 milhes no in-cio de fevereiro, segundo o Im-postmetro da ACE Guarulhos, atualizado continuamente.

    DESCOMPASSOA Proguaru responsvel pela maioria dos consertos de buracos decorrentes de servios executa-dos pelo Saae. Porm, o ritmo dos reparos no tem sido sufi ciente para devolver as vias adequadas ao trfego de veculos.

    POR AQUI, POR ALISituaes como essa reprodu-zem-se por toda a cidade, seja na periferia ou nos bairros cen-trais. O buraco da foto est h duas semanas esperando con-serto, na rua Henrique Jos Tes-tai, no Jardim Testai.

    PRESTANDO CONTASO Sindicato dos Metalrgicos

    de Guarulhos promoveu, na sexta--feira, 30/1, coletiva de imprensa, para mostrar as conquistas obtidas pela categoria em 2014, relatadas em livreto editado pela entidade. Se-gundo o presidente, Jos Pereira dos Santos, o sindicato est mobilizado para combater as mudanas preco-nizadas pelo governo federal. Os trabalhadores no podem ser pena-lizados, para resolver problemas de gesto dos governantes, disse.

  • 7

  • 8

  • 9

  • 10

    [ 10 ]

    [ FRASES ]

    [ CLICK ]

    [ ALERTA AOS ANUNCIANTES ]

    A queda da presidente Graa Foster era inevitvel.

    O senador Acio Neves (PSDB) sobre a renncia da presidente da Petrobras.

    A vida de Dilma vai serum inferno.

    O ex-candidato Presidncia Levy Fidelix (PRTB), na festa de comemorao eleio de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) para presidente da Cmara dos Deputados, o que representa uma derrota para o Governo Federal.

    O circo coisa organizadinha, tem hora para entrar epara sair.

    O deputado federal Tiririca (PR-SP), ao dizer que circo mais organizado que a Cmara.

    Vocs tm que pensar duas vezes sobre isso.

    Kalyl Silva, lho do lutador Anderson Silva, desabafando sobre a possibilidade do doping do pai no ser verdadeira.

    [ VEM A... ]

    EnjoySaiba por que dizer no importante para a autoestima e para uma pessoa ser respeitada.

    BelezaQuer hidratar cabelos cacheados, mas no sabe como? Conhea a tcnica co-wash.

    [ PARTICIPE ]

    Seja parte da Weekend!Participe e ajude a bombar esta pgina, mandando suas sugestes de vdeos, sites, fotos e curiosidades para redacao@carletoeditorial.com.br ou nas redes sociais:

    /revistaweekend /weekendrevista /weekendrevista

    De olhos bem fechadosEm ao para apoio a pessoas com de cincia visual, jogadores do Liverpool (ING) encontraram-se com equipe de jogadores com de cincia visual em que eles jogavam com olhos vendados. Confi ra em nosso canal do Youtube.

    HYPEFotos Divulgao

    Eu quero possvel dar um toque pessoal e especial mesa de trabalho. Con ra dicas de produtos para decor-la.

    Se alguma dessas matrias tem algo em comum com seu negcio, entre em contato conosco para uma possvel participao. E-mail: redacao@carletoeditorial.com.br

    Revista GuarulhosParece que foi ontem, mas a primeira dcada dos anos 2000 deixou saudade. A RG reuniu algumas memrias que merecem ser retomadas. Quer voltar no tempo? Visite nossa fanpage.facebook.com/revistarg

    [ FANPAGE ]

    Rep

    rod

    uo

  • 11SA

    C (1

    1) 2

    414-

    5000

    AF_5608D_Anuncio_RG_Weekend_205x270mm.pdf 1 07/02/14 18:32

  • 12

    [ 12 ]

    Por Amauri Eugnio Jr.Fotos banco de imagens

    CAPA

    Sob (alta) pressoos exagera na quantidade de sal durante o almoo. Antnio tem estilo de vida sedentrio e orgulha-se

    de dizer que vai de carro at a padaria. O dia a dia de Luiza estressante ao ponto de sua respirao estar ofegante em alguns momentos do dia. Carlos sempre recorre ao refrigerante quando est com sede.

    Aspectos como os citados acima podem desenca-dear uma srie de complicaes no organismo, mas

    ambos tm algo em comum: esto relacionados com a hipertenso arterial. A doena caracterizada pelo au-mento da presso exercida pelo sangue nos vasos san-guneos, quando h esforo excessivo do corao para bombe-lo. Apesar de os sintomas no serem identifi -cados de imediato, um dos primeiros sinais diz respei-to miocardiopatia doena do miocrdio. Nesse caso, trata-se da dilatao do ventrculo esquerdo, o que pode resultar no AVC (acidente vascular cerebral) ou no IAM (infarto agudo do miocrdio).

    Presso do tempoCom o passar do tempo, os vasos sanguneos tor-

    nam-se enrijecidos, ou seja, perdem elasticidade e deixam de se expandir para a passagem do sangue. Alguns dos fatores mais significativos nesse caso so o acmulo de clcio nos vasos com o transcorrer dos anos - o que faz o sangue bombeado pelo corao ter de passar por espao menor do que o normal - e os nveis elevados de sdio no organismo. A consequn-cia disso (adivinhe!) o aumento da presso arterial, que pode prejudicar o corao, os rins e o crebro. Outro agravante o aumento no volume de sangue, seja por esforo extra do corao, que bate mais vezes ou mais forte, ou dos rins, que no regulam de forma adequada a quantidade de lquidos em circulao. E para impulsionar todo esse volume de sangue, a presso sobe, explica o cardiologista Nilson Carlos Spinola Machado (CRM 44446).

  • 13

  • 14

    [ 14 ]

    CAPA

    Ai, meu corao!

    As principais consequncias da hipertenso arterial so o AVC e o infarto agudo do miocrdio, mas a doen-a pode causar tambm insufi cincia renal e retinopatia hipertensiva leso na retina causada justamente pela hipertenso. Alm disso, a doena acompanhada pelo diabetes, sendo que ambas coexistem e esto correlacio-nadas. Vale ressaltar que a obesidade facilita o desenvol-vimento da hipertenso e do diabetes. Por isso, fazer uma dieta para reduzir o peso diminui o risco de se desenvol-ver e agravar o quadro hipertenso.

    Por outro lado, o controle da hipertenso fundamen-tal para a preveno do AVC e do IAM. O bom controle da presso arterial pode reduzir as chances de AVC em 25%, e a possibilidade de haver IAM em 34%, comenta o ci-rurgio cardaco Leonardo Albuquerque (CRM 111374).

    Interferncia do clima

    Sabe quando a pessoa se sente um pouco mais mole do que o normal nos perodos de calor? Isso acontece pelo seguinte: em ambientes mais quentes e clima idem h queda de presso arterial, porque as artrias fi cam dilata-das. Em contrapartida, o frio condiciona a vasoconstrio e, por isso, a pres-so arterial aumenta. Quando a presso varia durante o dia, isso no causa problemas para o indivduo caso a presso dele seja normal. Se a pessoa for hipertensa, fatores como o frio, excesso de sal e estresse podem causar picos de presso, e levarem ao AVC,