revista ribatejo invest / janeiro 2016

Download Revista Ribatejo Invest / janeiro 2016

Post on 25-Jul-2016

220 views

Category:

Documents

7 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Dar a conhecer o que de melhor se faz a nvel empresarial na regio do Ribatejo foi o objetivo a que nos propusemos cumprir desde a primeira edio da Revista Ribatejo Invest. Ao longo destes quatro meses, visitmos dezenas de empresas, falmos com muitos empresrios e demos a conhecer os seus produtos e servios, os seus projetos, as suas preocupaes e as expetativas para o futuro. Nesta edio, para alm de apresentarmos as oportunidades no mbito do Portugal 2020, damos a conhecer alguns novos investimentos da regio, bem como a capacidade o trabalho de empresas como a Renova, a Mundifer e a Cabena.

TRANSCRIPT

  • Janeiro 2016 | N. 4

    +

    Empreendedorismo e Inovao

    Meio milho de euros para apoiarempreendedorismo na Lezria do Tejo

    Desenvolvimento Regional

    Font Salem investe 8,6 milhes de euros para ampliao da produo

    IKI Mobile escolhe Coruche para instalar fbricade telemveis

    Maria do Cu Albuquerque: A manuteno da economia s se faz com empresas bem preparadas

    2016 inicia com novos avisos

  • 3www.nersant.pt JANEIRO 2016

    08

    NDICE

    Janeiro 2016 | N. 4

    FICHA TCNICA

    10

    40

    Diretora:Maria Salom Rafael

    Conselho Redatorial:Cludia MonteiroSandra Pereiraribatejo.invest@nersant.pt

    Isento de registo na ERC ao abrigo do decreto regulamentar 8/99 de 9/6 artigo 12., n. 1 a)

    Publicidade:Maria Joo Rodriguesmaria.joao@nersant.pt

    Propriedade:NERSANT, AE.Vrzea de Mesies - Apartado 1772354-909 Torres NovasTel.: 249 839 500 | Fax: 249 839 509 www.nersant.pt

    Periodicidade:Mensal

    Tiragem:250 exemplares

    DESENVOLVIMENTO REGIONAL 04 Breves06 Empresas08 Novos investimentos: Adega da Falua10 Produtos / Marcas: RENOVA13 Poder Local16 Entrevista a Maria do Cu Albuquerque, Presidente da Cmara Municipal de Abrantes

    INFORMAO E APOIO 20 Portugal 202022 Sustentabilidade Ambiental26 Segurana Social Direta27 Gesinov Social

    VIVER O TEJO24 Museus, Artes e Ofcios

    INFORMAO E APOIO 29 Medida Vida Ativa30 Business Intelligence: Decidir com Sabedoria32 Sistemas de Informao para a Gesto

    EMPREENDEDORISMO E INOVAO34 Notcias38 Empreendedorismo: Mundifer

    INTERNACIONALIZAO40 Empresas exportadoras: Cabena42 Notcias44 Informao de mercado: Brasil e o Estado da Bahia

    38

  • 4 www.nersant.ptJANEIRO 2016

    DESENVOLVIMENTO REGIONAL

    Editorial

    Ribatejo Invest

    Dar a conhecer o que de melhor se faz a nvel empresarial na regio do Ribate-jo foi o objetivo a que nos propusemos cumprir desde a primeira edio da Revista Ribatejo INVEST.

    Ao longo destes quatro meses, visitmos dezenas de empresas, falmos com muitos empresrios e demos a conhecer os seus produtos e servios, os seus projetos, as suas preocupaes e as expetativas para o futuro.

    Visitmos empresas com apenas um colaborador, que nasceram ao abrigo de projetos de criao do prprio emprego apoiados pela NERSANT, mas estivemos tambm em algumas das maiores empresas da regio e do pas.

    A diversidade das atividades econmicas existentes no distrito, que mais uma vez pudemos constatar e que procurmos transpor para as pginas desta Revista , como tantas vezes temos a rmado, uma mais-valia que nos tem permitido mitigar os efeitos de uma crise econmica que j destruiu tantas empresas e postos de trabalho.

    Apesar dos problemas que persistem e que continuam a dificultar o crescimento (e em alguns casos a prpria sobrevivncia) das nossas empresas, como o caso do acesso ao crdito bancrio, da burocracia, da carga scal excessiva, temos empresas que continuam a investir, a criar emprego e a inovar.

    Infelizmente, muitos outros projetos que a regio tanto precisa, continuam na gaveta porque, como sabemos, a instabilidade e a incerteza no favorecem o desenvolvimento econmico. Aguardamos ainda que a Instituio Financeira de Desenvolvimento (Banco de Fomento) e o Portugal 2020 entrem rapidamente em velocidade cruzeiro e assegurem s nossas empresas os apoios que elas tanto precisam e pelos quais j desesperamos.

    Maria Salom Rafael

    Presidente da Direo da NERSANT

    A Pistelli Engenharia Portugal instalou uma cobertura tensionada para trs quadras de tnis, com cerca de 2700m, no Clube de Tnis de Paos de Brando na Cidade Santa Maria da Feira. Esta cobertura possui um aspeto futurista e grandioso, principalmente pelo design, que se enquadra perfeitamente num espao verde circundante. Para alm disso, a cobertura permite proteger os jogadores de tnis da chuva, vento e sol, ao mesmo tempo permite a visualizao dos jogos nos vrios ngulos, uma vez que a mesma aberta junto ao pavimento.Este tipo de cobertura serve para

    qualquer recinto desportivo e permanente (no desmontvel), sendo fabricada medida do cliente. A Pistelli Engenharia (Insu ar), uma empresa que est instalada em Constncia.

    PISTELLI ENGENHARIA INSTALOU COBERTURA INOVADORA EM SANTA MARIA DA FEIRA

    O Hotel Marriott Lisboa instalou uma soluo de Sinaltica Digital desenvolvida pela Bindopor DDS Digital Dynamic Signage. O sistema DDS agora instalado, gere e informa acerca da ocupao das diversas

    salas de reunio e presta informao de carcter geral aos hspedes do Hotel.A soluo de Sinaltica Digital desenvolvida pela Bindopor, empresa de Ourm, foi selecionada pelo Marriott Lisboa de entre um grupo alargado de fornecedores nacionais e internacionais. A soluo adotada, integra 19 terminais distribudos pelo Lobby e zona MICE. A plataforma de gesto de contedos, intuitiva e user-friendly, permite ao operador criar, gerir, programar no tempo e disponibilizar em tempo real e de forma individual, a informao para cada terminal.

    BINDOPOR INSTALA SINALTICA DDS NO HOTEL MARRIOTT

    A ECS Capital, que acolheu os Hotis CS quando estes se tornaram insol-ventes, apresentou a nova marca NAU Hotels & Resorts que substitui a ante-rior designao. A Bindopor a empre-sa responsvel pela implementao da nova imagem, tendo iniciado a primeira fase do processo, que substitui no exterior a Sinaltica que identi ca as 10 unidades do grupo Hoteleiro.Com a nova marca, a ECS Capital pretende ganhar fora junto dos opera-dores internacionais e reposicionar os hotis, que agora se viram para seg-mentos diversos do mercado. Segundo Pedro Almeida, presidente do Conse-lho de Administrao da NAU, o caminho da NAU velejar para a frente.No mbito desta nova marca, inaugu-rou em dezembro, nas proximidades

    da Torre de Belm, a nova unidade NAU, tendo a Bindopor desenvolvido o projeto de Way nding e produzido a Sinaltica interior e exterior. No interior, a opo recaiu por peas em lato com tetos e gra smos a baixo relevo e acabamento tipo francs. No exterior os diversos elementos seguem as normas da marca.Como habitualmente, a Bindopor desenvolveu um trabalho colaborativo com os arquitetos Jorge Cruz Pinto e Maria Cristina Mantas, bem como com a Designer de Interiores Nini Andrade Silva.

    E NOS NOVOS HOTIS NAU

  • 5www.nersant.pt JANEIRO 2016

    O MIRANTE PASSA A SER PROPRIEDADE DA EMPRESA VALEDOTEJO E MUDA SEDE SOCIAL PARA SANTARM

    Ao m de vinte e oito anos de existncia, O MIRANTE deixa de pertencer sociedade Joaquim Antnio Emdio e Maria de Ftima Emdio, com sede na Chamusca, passan-do para a posse da empresa Valedotejo - Comunicao Social Lda., com sede em Santarm.A informao foi tornada pblica em Bena-vente, no decurso da cerimnia de entrega dos galardes Empresa do Ano, iniciativa que O MIRANTE realiza h 15 anos em con-junto com a NERSANT Associao Empre-sarial da Regio de Santarm.Falando para galardoados, empresrios, autarcas e convidados em geral, que mar-caram presena no cine-teatro municipal, o Director-Geral de O MIRANTE, Joaquim Antnio Emdio, anunciou tambm que a renovao dos sites do jornal (Semanal e Dirio), est a ser feita pelos designers gr- cos que tm a seu cargo os sites das publi-caes do grupo Impresa, nomeadamente do jornal Expresso e da Revista Viso.

    INOVARCUS ELABORA PROJETO DE ARQUITETURA PARA IPSS DE OURM

    A empresa INOVARCUS est a trabalhar com a ACRA - Associao Cultural e Recre-ativa de Alburitel para a elaborao de um projeto de arquitetura do novo edifcio desta IPSS, que permitir responder de forma adequada s solicitaes da populao. As atuais instalaes da ACRA so mani-festamente insu cientes para os pedidos de prestao de servios que so solicitados nas vrias valncias, sobretudo na valncia de Lar de Idosos. Neste sentido, e sendo a ACRA uma Instituio com objetivos cons-tantes, entendeu necessria a construo de novas instalaes para albergar todas as Respostas Sociais.

    Neste momento, foi j adquirido o terreno e elaborado projeto de arquitetura que possi-bilita a prestao de servios a 30 utentes em Centro de Dia, 30 em Apoio Domicilirio e 40 em Lar. O edifcio possui condies de ser mais rentabilizado em termos de nme-ro de camas, dada a alterao recentemen-te veri cada na Lei. Possui gabinetes de direo e pessoal, cozinha do tipo industrial com apoio de dispensa geral de frios, gabi-netes de sade, capela, sala de refeies e sala de estar e de atividades ldicas, espa-os de sade como massagem, manicura e pedicura. Mantendo o intuito de servir a populao em geral, mesmo a mais jovem

    e de meia idade, foi tambm contemplado um ginsio tirando partido da orientao do edifcio com a envolvente natural.O projeto de arquitetura deste novo edifcio est a ser desenvolvido pela INOVARCUS, e, logo que seja concretizado, permitir a criao de 20 novos postos de trabalho diretos.

    TECNIPEC RENOVA CERTIFICAO DO SISTEMADE GESTO DA QUALIDADE

    A Lloyds Register LRQA, em representao da Lloyds Register Quality Assurance Limited, emitiu os certi cados de aprovao relativos norma ISO 9001:2008, renovando a acreditao ao Sistema de Gesto da Qualidade da Tecni pec, tanto a nvel nacional - pelo Instituto Portugus de Acreditao (IPAC) - como internacionalmente - pelo United Kingdom Accreditation Service (UKAS).O procedimento anual foi realizado mediante uma auditoria externa levada a cabo por auditores da Lloyds Register LRQA, no seguimento de visitas e vistorias fbrica de raes em Montalvo, fbrica de pr-misturas em Vendas Novas e aos escritrios em Lisboa. A certi cao ao Sistema de Gesto da Qualidade da Tecnipec aplicvel conceo, produo e comercializao de pr-misturas e alimentos compostos para animais.

    Com a recente reviso da norma, denominando-a ISO 9001:2015, a Tecnipec tem agora um prazo de 3 anos para obter a respetiva certi cao, sendo o objetivo aproveitar a auditoria externa deste ano para cumprir esse desgnio.