revista pró-tv 146

Download Revista Pró-TV 146

Post on 29-Jul-2016

213 views

Category:

Documents

1 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Edição de maio/2016 da Revista Pró-TV

TRANSCRIPT

  • Mai

    o 20

    16 |

    N

    146

    O novo visual do

    site da Pr-TV pg. 5

    Est

    a

    uma

    publ

    ica

    o g

    ratu

    ita d

    a P

    r-T

    V /

    Mus

    eu d

    a TV

    Bra

    sile

    ira

    - w

    ww

    .mus

    euda

    tv.c

    om.b

    r

  • Meu conselho do msTodo fim de ms nos reunamos eu e Nelson Gonalves, meu auxiliar, pra fazermos a pauta da Revista Pr-TV.

    E sempre, aps resolvermos a capa, chega o momento do Editorial, que sempre sou eu que fao.

    E ento fico algumas horas, pensando no que escrever. Claro que no gosto de lhes dar conselhos, embora o ttulo seja: O Conselho do ms. Mas acontece que o final de semana que incluiu o feriado de Tiradentes, foi de vrios dias, para todos.

    Escolas fechadas, escritrios fechados, tempo bom... e ento: vida boa, dias de calor, de festa, de alegria. Mesmo com a situao brasileira complicada, todos sentiram vontade de procurar aquilo que mais gostam: a alegria.

    Com isso eu fiquei feliz, embora tenha ficado em

    Vida Alvese

    dit

    ori

    al

    casa. No passeei, mas fui visitada por netos e trs lindas bisnetas que tenho: Liz, Amora e Vivi.

    E elas so adorveis. A maior com 6 anos, a 2 com 3, e a Violeta, de meu neto, com um ano e meio, comeando a falar.

    Gostosas, lindas, enfeitando a minha vida. Alm disso, minha 2 famlia, a que mora comigo: Fabrcio, Nalva e seus filhos: Fabiano e Aninha, no me deixaram um minuto. Foi bom. Foi tudo muito bom.

    Eu disse que no queria dar conselho a ningum, mas acabei dando a mim mesma.

    Procure ser feliz. E ser. Com pouca coisa, com quase nada, mas com o corao pleno, pois a que mora a felicidade. assim que fao e me sinto feliz.

    2

  • ac

    erv

    o

    Atores Rgis Cardoso e Luiz Pini na TV Paulista, na dcada de 1950

    3

  • em

    fo

    co

    4

    5000 biografias

    Em breve, o portal de Biografias ser reformulado, ganhando novo visual

    Um site de uma ONG, como a Pr-TV, tem por finalidade contar aos seus scios e admiradores, o que a entidade.

    Por isso, quando fao a pauta da Revista Pr-TV, ao lado de meu auxiliar Nelson Gonalves, sempre dou alguns palpites. Ele tem aquele temperamento que eu gosto: inteligente, pontual e amigo. E ento nossas reunies e nosso trabalho so sempre agradveis e satisfatrios. Enfim, nos damos bem.

    Assim, disse a ele que meu trabalho de redao de biografias para o site, havia chegado ao nmero 5000. Nmero grande, no? Imenso, pode-se mesmo dizer.

    Auxiliada por funcionrios que buscaram as fontes, em livros, revistas, sites, meu trabalho sempre foi fazer no computador, a redao das biografias. s vezes, porm, a relao dos nomes a buscar foi minha. s vezes deles, que so: lida Alves e Fabiano Novais de Souza. E assim caminhamos juntos, at o nmero 5000, quando achei por bem parar. Lista exageradamente

    grande, pensei. E conclui: chega.

    Passei, ento a me preparar para uma modificao total no site, que aconteceu agora e que foi feita por Elmo Francfort. E nesse novo site, as biografias certamente estaro l, mas o meu trabalho vai ser fazer um Blog, com colaborao de leitores, amigos, colegas, num espacinho que se chamar: Cantinho da Felicidade.

    Estou enjoada de ver o mundo cor de cinza. Cansei de pessoas zangadas, emburradas, enraivecidos. Quero procurar a felicidade, mesmo que seja pequenina, num cantinho qualquer. E, com toda a alegria do mundo, estou achando. H felicidade, sim. s procurar.

    Este texto ento uma despedida do meu trabalho com as biografias. E ao mesmo tempo a apresentao do BLOG, que se Deus quiser, ser nosso e se chamar: Cantinho da Felicidade. Vamos comigo rechear esse cantinho? Obrigada. V.A.

  • 5ac

    on

    tec

    e

    A Pr-TV, durante sua ltima Assembleia Geral, em 30 de abril, inaugurou nova fase. Pensando no futuro, a Pr-TV abriu-se mais aos novos profissionais de TV e aos incentivadores. Na data ocorreu a inaugurao oficial do novo portal www.museudatv.com.br. Mais moderno, dinmico e jovem. Quem acessa poder conhecer com maior transparncia tudo o que a Pr-TV j fez e o que pretende para o futuro. Est bem completo, contando at com vrias sesses: Sobre Ns, Cronologia, o blog da presidente (escrito por Vida Alves), Conquistas, Prmio Pr-TV, Como se Associar... Em breve outras novidades! um novo momento para todos ns.

    Mudanas na sedeNo s na internet que nossa associao est se modificando. Em nossa sede fsica tambm h novidades. Pensando no processo de aproximar a associao dos profissionais de TV mais jovens, foi inaugurado o painel Histria Viva. O nome se d ao fato de demonstrar que a histria da televiso acontece diariamente. Nele esto presentes talentos da gerao atual. Rodrigo Faro, Luciano Huck, Srgio Guiz, Ivete Sangalo, Larissa Manuela, Maysa, Marcelo Tas, Celso Portiolli... Uma parede inteira com dezenas de personalidades. Venha conhecer nossa sede e o novo espao!

    Liberdade, Liberdade!Para quem achava que a novela das 23 horas no ia pegar, a Globo mais uma vez mostrou que vale a pena. Depois de Verdades Secretas ter feito grande sucesso (a primeira que no foi remake no horrio), Liberdade, Liberdade agora tem prendido o pblico. Andrea Horta no papel de Joaquina, filha do inconfidente Tiradentes, est dando um show na tela. Leia mais na pgina 7.

    SBT no impeachmentNo dia 17 de abril as emissoras transmitiram ao vivo a votao para abertura do processo de impeachment da presidente Dilma Roussef. Silvio Santos resolveu apenas fazer flashs e manter a programao normal do SBT. Para quem estava cansado de ver os deputados defendendo seus votos, o canal foi a melhor alternativa. Resultado: bons ndices de audincia para emissora.

    A Noite ConvidaA partir do dia 04 de maio, a TV Gazeta estreia A Noite Convida. A atrao, que ir ao ar todas s quartas, 22h30, ser apresentada por Paula Vilhena. Nela, Paulinha leva uma galera muito especial para os lugares mais divertidos e descolados de So Paulo.

    Div

    ulga

    o

    Elmo Francfort

    Uma nova fase

  • Saudade: Chico de AssisChico de Assis foi ator de rdio ainda bastante jovem. Mas logo entrou na TV Tupi de So Paulo, como cmera-man. Ali teve vrias funes, inclusive como redator. Adaptou a obra de Machado de Assis: Os culos de Pedro Anto. E logo escreveu o original: Na Beira da Vrzea. Entrou depois no importante Teatro de Arena de So Paulo.

    Em1960, ento no Rio de Janeiro, foi assistente de direo no Teatro de Arena. Trabalhou com os maiores diretores, como Antunes Filho, Oduvaldo Vianna Filho, e outros.

    Estudou literatura de cordel, numa fase que passou na Bahia. Uma de suas peas originais: Missa Leiga, foi montada no s no Brasil, como em Portugal, Angola e Moambique.

    Fez mais de 30 peas de teatro e vrias novelas de televiso. Foi tambm professor de arte na FAAP e na ECA da USP.

    Recebeu o Prmio Gasto Tojero, em 1999.Em 2014, recebeu a condecorao: Ordem do Mrito Cultural, por todo seu trabalho.

    Chico de Assis, ainda aparentemente saudvel, em seus 81 anos, foi encontrado morto, em seu apartamento em So Paulo, no dia 3 de janeiro de 2015.

    Foi velado e aplaudido por todos os seus colegas, no Teatro de Arena. V.A.

    Div

    ulga

    o

  • his

    tri

    a

    Histria colonialna telinha

    Neste ms de maio, um importante nome da cultura brasileira celebra seus 82 anos: a professora, escritora e romancista belo-horizontina Maria Jos de Queiroz, que s agora o Brasil comea a conhecer com o destaque que ela merece, por meio a adaptao de seu quarto romance Joaquina, Filha de Tiradentes , publicado pela Editora Marco Zero em 1987, como a nova novela da TV Globo, Liberdade, Liberdade, que estreou no ltimo dia 11 de abril. Trata-se de uma trama que remete ao perodo colonial brasileiro, precisamente o sculo XVIII, de grande movimentao poltica, numa das cidades mais ricas daquela poca, Vila Rica (atual Ouro Preto), nas Minas Gerais, que testemunhou o fato histrico da Inconfidncia Mineira, reprimida ferozmente pela Coroa Portuguesa, com o enforcamento do Lder Tiradentes, no Rio de Janeiro, em 21 de abril de 1792.

    Da comea o folhetim, com o Mrtir da Inconfidncia, interpretado por Thiago Lacerda, sofrendo a pena de morte e sua filha, Joaquina (na infncia interpretada por Mel Maia) sendo recolhida por um membro da corte de Portugal (personagem de Dalton Vigh) e levada por ele para a Metrpole Lusitana.

    A atriz-mirim Sonia Maria Dorce com

    Walter Tasca, na TV Tupi

    Fbio Siqueira

    J adulta, a protagonista Andreia Horta, muda seu nome para Rosa para escapar das punies, extensivas a toda famlia de Tiradentes, j que sua esposa Antonia (interpretada por Letcia Sabatella) tambm fora assassinada naqueles repressivos tempos.

    A Filha de Tiradentes retorna depois de dcadas ao Brasil, a natal Vila Rica e passa a conviver com pessoas que ajudaram a causa da Inconfidncia, como Virginia (Lilia Cabral) ou pessoas que prejudicaram sua famlia, como Mo de Luva (Marco Ricca) e o prefeito Rubio (Matheus Solano). Em sntese este o enredo da nova novela das onze global Liberdade, Liberdade, escrita por Mario Teixeira, a partir de argumento de Marcia Prates e com Direo Geral Artstica de Vincius Coimbra.

    Com certeza, em tempos de fatos histricos, que repercutem na Repblica Brasileira, bem pertinente revisitar a histria da ptria, por meio de acontecimentos fundamentais do perodo colonial brasileiro, como est fazendo Liberdade, Liberdade.

    7

  • 8O querido Baixo

    Chamava a todos de Baixo, ou Baixinho. E assim tambm era chamado Fernando Faro. Olhos claros, voz baixa, educao esmerada, era amado por todos. Por mim tambm, que o conheci na TV Tupi de So Paulo, quando escrevia grandes TVs de Vanguarda e Contador de Histrias. Mas logo p