revista pró-tv 142

Download Revista Pró-TV 142

Post on 24-Jul-2016

215 views

Category:

Documents

2 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Edição especial de final de ano da Revista Pró-TV.

TRANSCRIPT

  • Esp

    ecia

    l de

    Fim

    de

    Ano

    201

    5 | N

    14

    2E

    sta

    um

    a pu

    blic

    ao

    gra

    tuita

    da

    Pr

    -TV

    / M

    useu

    da

    TV B

    rasi

    leir

    a -

    ww

    w.m

    useu

    datv

    .com

    .br

    Marlia Pra:

    uma artista completa

  • A ltima do anoEsta a ltima Revista Pr-TV do ano. A de nmero 142. s vezes nem a fazemos, pois sabemos que, em dezembro todos esto mais ligados s atividades de Natal, que s leituras de revistas e afins.

    Mas no pudemos deixar de realiz-la. Nosso corao assim pediu. Vrios foram os motivos.

    Um deles, inegvel, foi a perda de Marlia Pra. Quem no a admirou? Quem no a amou? Principalmente ns, os colegas, que a admiramos e amamos demais.

    Alm disso, h as festas de Natal, que todas as emissoras promovem. Sobre algumas delas falar o nosso colaborador Elmo Francfort, na sua sesso Acontece.

    E h os agradecimentos para todos. Para os que escrevem conosco, e so eles: o meu amigo Elmo Francfort; a Marcela Bezelga, e a sua coluna sobre leitura; o Fbio Siqueira, tima pessoa; o Diego Nunes, com seus temas diferentes; as meninas lida Alves e Luciana Bandeira, que trabalham nos arremates das coisas e o Nelson Gonalves Jr, que faz a pauta e monta a Revista Pr-TV. Enfim, so vrios. Alm dos eventuais: Marcos Zago e gon Bonfim.

    Todos timos, todos amigos, todos empenhados e dedicados ao trabalho.

    Vida Alvese

    dit

    ori

    al

    E no poderamos deixar de agradecer tambm a quem nos l, nos acompanha, nos prestigia. So muitos, graas a Deus.

    Sendo assim, nosso agradecimento aqui vai: Deus lhes pague.

    s vezes queixo da vida. Principalmente quando chega o fim de ano, e temo no ter condies de pagar as contas. Mas sempre d tudo certo, e me envergonho de minhas lamrias. E penso: Ser que sou fricoteira? Ou sou humana? E esses so defeitos de todos ns?. Fico com as duas hipteses, misturadas. Sou humana, verdade e cheia de defeitos, mas sou tambm atriz, cheia de fricotes.

    Amigos, sendo assim, me perdoem e me entendam.

    Estou madurona, at demais. E estou nessa profisso desde tenra idade. Eu no tinha 10 anos, quando peguei o microfone pela primeira vez... E agora fiz 87... Muito, no?

    Mas, se vida beno, que Deus nos d... s tenho que agradecer, por Ele ter me dado tanto.

    Acho que meu editorial est chegando ao fim... Mas sempre me d vontade de escrever mais, mais e mais... e agradecer mais, mais e mais... pois considero todos aqui citados, e todos os que me lem, meus amigos, de corao.

    2

  • ac

    erv

    o

    Ator Paulo Gracindo na novela "Gabriela" da TV Globo (1975)

    3

  • ac

    on

    tec

    e

    4

    Elmo Francfort

    Globo promove Show da Virada 2016

    4

    Um encontro dos principais nomes da msica brasileira para celebrar a chegada de 2016! Assim o Show da Virada, exibido pela Globo nas ltimas horas do ano e que, pela primeira vez, foi gravado em Salvador (BA) na noite do dia 25 de novembro. O espetculo teve fogos de artifcio para celebrar o novo ano e encontros inesquecveis no palco. O novo formato tem apresentao de Fernanda Lima, cinco cantores como anfitries do show e convidados especiais. Para comear a noite, Ivete Sangalo levantou o pblico com os sucessos Acelera, Festa e Tempo de Alegria e convidou o rapper paulista Emicida para cantar Passarinhos, em dueto indito. A baiana tambm cantou com Thiaguinho a msica Vou voltar pro Rol e Hey, Mundo. Em seguida, foi a vez de Luan Santana

    Div

    ulga

    o

    / TV

    Rec

    ord

    Ivete Sang alo no Show da Virada

    subir ao palco e embalar os baianos com os hits Tudo o que voc quiser e Tanto faz. O cantor chamou a funkeira Ludmilla para dividir a cano 24 horas por dia e, por primeira vez juntos, dividiu a msica Amei te ver com Tiago Iorc. O terceiro anfitrio da noite foi a banda Capital Inicial, que agitou Salvador com muito rock. Para a festa, dividiu o palco com a banda Scalene na msica Surreal. Dinho Ouro Preto tambm convidou os paulistanos da banda MALTA para tocar Dona da Voz. E como o samba no podia faltar, o grupo Sorriso Maroto ganhou a companhia dos sertanejos Paula Fernandes, em A paz desse amor, e Victor & Leo na msica Dez minutos sem voc. Com o vocalista do Psirico, Mrcio Victor, o grupo de pagode cantou Pega Pega. Os sucessos Tudo tem sada e Instigante tambm no ficaram de fora do 'Show da Virada'. Para encerrar a noite, a banda Avies do Forr cantou com Gustavo Lima e Mumunzinho os hits T faltando eu e Fulminante, respectivamente, e fez o pblico danar com Avies chegou, Safadin e Lei da vida. Com direo de Raoni Carneiro, o 'Show da Virada' ser exibido no dia 31 de dezembro.

    91 Corrida So Silvestre ter 30 mil atletasA 91 Corrida Internacional de So Silvestre ter, mais uma vez, seu limite tcnico de corredores. A prova ter 30 mil atletas, que coloriro as ruas e avenidas da Capital Paulista no dia 31 de dezembro. O evento, considerado o mais tradicional e importante do gnero na Amrica Latina, confirma, assim, essa condio, prometendo mais uma edio emocionante. A Corrida Internacional de So Silvestre, com percurso de 15 km, comear na Avenida Paulista, altura da Rua Frei Caneca, e a chegada ser em frente ao prdio da Fundao Csper Lbero, na Av. Paulista, 900. O peloto de elite feminino ter a largada s 8h40. Logo em seguida, s 9h, ser a vez do peloto

    Div

    ulga

    o

    / TV

    Glo

    bo

    de elite masculino, peloto especial (masculino e feminino) e atletas em geral. Cadeirantes largaro s 8h e demais atletas com deficincia s 9h. A 91 Corrida Internacional de So Silvestre uma realizao e propriedade da Fundao Csper Lbero, promovida pelo site Gazeta Espor t i va , com t ransmisso exclusiva da TV Gazeta e da Rede Globo. Conta com o especial apoio do Governo do Estado de So Paulo e da Prefeitura da Cidade de So Paulo.

    Atletas da So Silvestre em frente ao Masp, na Avenida Paulista

    Div

    ulga

    o

  • Saudade: Chico de AssisChico de Assis foi ator de rdio ainda bastante jovem. Mas logo entrou na TV Tupi de So Paulo, como cmera-man. Ali teve vrias funes, inclusive como redator. Adaptou a obra de Machado de Assis: Os culos de Pedro Anto. E logo escreveu o original: Na Beira da Vrzea. Entrou depois no importante Teatro de Arena de So Paulo.

    Em1960, ento no Rio de Janeiro, foi assistente de direo no Teatro de Arena. Trabalhou com os maiores diretores, como Antunes Filho, Oduvaldo Vianna Filho, e outros.

    Estudou literatura de cordel, numa fase que passou na Bahia. Uma de suas peas originais: Missa Leiga, foi montada no s no Brasil, como em Portugal, Angola e Moambique.

    Fez mais de 30 peas de teatro e vrias novelas de televiso. Foi tambm professor de arte na FAAP e na ECA da USP.

    Recebeu o Prmio Gasto Tojero, em 1999.Em 2014, recebeu a condecorao: Ordem do Mrito Cultural, por todo seu trabalho.

    Chico de Assis, ainda aparentemente saudvel, em seus 81 anos, foi encontrado morto, em seu apartamento em So Paulo, no dia 3 de janeiro de 2015.

    Foi velado e aplaudido por todos os seus colegas, no Teatro de Arena. V.A.

    Div

    ulga

    o

    sa

    ud

    ad

    e

    6

    Trs grandes perdasDezembro marcou a partida de trs grandes nomes do nosso meio artstico.

    No dia 3, o humorista Usliver Joo Baptista Linhares, mais conhecido como Tutuca, faleceu no Rio de Janeiro, aos 83 anos.

    Sua carreira comeou na dcada de 1950, onde participou do programa Balana Mas No Cai.

    Ao longo das ltimas cinco dcadas, fez cinema e foi presena marcante nos principais programas de humor da televiso brasileira.

    Entre seus personagens mais conhecidos esto o Clementino, faxineiro que tinha o bordo Ah se ela me desse bola, Magnlio Ponto Fraco e o Chefinho.

    Outra lamentvel partida aconteceu em 7 de dezembro, no Rio de Janeiro, onde morreu o jornalista Carlos Lemos, aos 86 anos.

    Aps iniciar sua carreira na Tribuna da Imprensa, Carlos fez histria no Jornal do Brasil, onde trabalhou por 27 anos, de reprter chefe de redao.

    Um perfeccionista apaixonado por jornalismo, que ainda dirigiu

    O jornalista Carlos Lemos

    Nelson Gonalves Jr.

    o Sistema Globo de Rdio, foi chefe da sucursal do Jornal O Globo em Braslia, alm de diretor da Agncia Globo e do setor de imprensa da CBF.

    Por fim, em 12 de dezembro, aos 89 anos, nos deixou Nydia Lcia, umas das principais atrizes do TBC - Teatro Brasileiro de Comdia, conhecido por ter profissionalizado o teatro brasileiro.

    Nascida na Itlia, Nydia chegou ao Brasil em 1939, com 13 anos de idade. Alm de fazer muito sucesso no TBC, esteve tambm no Teatro Srgio Cardoso, na poca chamado de Teatro Bela Vista.

    Tambm fez sucesso na televiso, em novelas das TVs Paulista, Tupi e Bandeirantes.

    O humorista Tutuca

    Foi casada com o ator Srgio Cardoso, com quem montou a Companhia de Teatro Nydia Lcia - Srgio Cardoso, tornando-se tambm uma grande empresria teatral.

    Ainda atuou como produtora, diretora, escritora e professora de Comunicao.

    Escreveu sua autobiografia, alm dos livros Leonardo Villar: Garra e Paixo, Srgio Cardoso: Imagens de Sua Arte , Rubens de Falco Um Internacional Ator Brasileiro, Raul Cortez sem medo de se expor e Eu vivi o TBC, todos para a Coleo Aplauso, da Imprensa Oficial.

    Um nome inesquecvel do teatro brasileiro, que em 2008 ainda fora agraciada com o ttulo de Cidad Paulistana.

    Trs grandes perdas para o ms de dezembro...e agora s nos resta a saudade...

    A atriz Nydia Lcia

  • 7em

    fo

    co

    Boni foi para o cu

    A atriz-mirim Sonia Maria Dorce com

    Walter Tasca, na TV Tupi

    Elmo Francfort

    Se voc estranhou o ttulo acima, tranqui