Revista ONLINE SulAmerica 1º Edição.

Download Revista ONLINE SulAmerica 1º Edição.

Post on 09-Mar-2016

232 views

Category:

Documents

8 download

DESCRIPTION

Projeto Grfico, Direo de Arte, Coordenao Operacional. Projeto editorial para SulAmerica Seguros ferramenta de relacionamento da empresa com corretores, colaboradores e associados. Projeto realizado na J3P PROPAGANDA.

TRANSCRIPT

<ul><li><p>A n o 0 1 | n 0 1 | A B R . 2 0 1 1</p><p>O conforto da casa por Marcio Kogan</p><p>SulAmrica e IBMParceria sob medida</p><p>SustentabilidadeQuem segura o tempo?</p><p>NOVA REVISTA</p></li><li><p>SulAmrica Previdncia. Se aborrecer pra qu?</p><p>SulAmrica Previdncia.O futuro chega.O aborrecimento no.</p><p>O futuro chega rpido para todo mundo, mas pode chegar sem </p><p>aborrecimentos a voc. s fazer um plano de previdncia da </p><p>SulAmrica, que oferece opes de produtos segmentados por per l, </p><p>com fundos de rentabilidade competitiva e exibilidade total. E voc </p><p>ainda escolhe quanto quer pagar e quando deseja se aposentar. </p><p>A SulAmrica trabalha para fazer tudo de um jeito cada vez mais </p><p>rpido, claro e fcil. A nal, previdncia para evitar que a vida vire um </p><p>aborrecimento e no para ser mais um. </p><p>Para mais informaes sobre os seguros SulAmrica, acesse </p><p>sulamerica.com.br ou consulte seu corretor de seguros.</p><p>Os planos de previdncia da SulAmrica obedecem aos contratos e regulamentos que devem ser lidos previamente sua contratao. A aprovao dos planos pela Susep no implica incentivo ou recomendao sua comercializao. De acordo com a legislao vigente, possvel a opo de tributao por alquotas decrescentes. Sul Amrica Seguros de Pessoas e Previdncia S.A. CNPJ: 01.704.513/0010-37.</p><p>sulamerica.com.br</p><p>1206-005-000 SULA AN previdencia 230x280.indd 1 2/2/11 10:26:57 AM</p></li><li><p>3 _Abril 2011</p><p>Caro leitor,</p><p> com muita satisfao que apresento a voc a ON Line, a nova revista da </p><p>SulAmrica Seguros e Previdncia. A nossa revista foi totalmente reformulada, </p><p>recuperando a linha editorial que deu origem primeira revista SulAmrica. J </p><p>naquela poca, a companhia propunha uma revista moderna, com assuntos de </p><p>interesse geral e grande foco em qualidade de vida. </p><p>O novo projeto editorial revigora uma revista que sempre foi vanguardista. </p><p>Lanada em 1920, com o nome de Revista SulAmrica, a publicao tornou-se </p><p>referncia no mercado editorial daquela poca por trazer reportagens de moda, </p><p>comportamento, sade, literatura, msica e arte, e at tirinhas de humor, alm, </p><p> claro, de algumas pginas sobre a companhia. A procura foi to grande que </p><p>a revista passou a ser vendida em banca, chegando a ser a maior revista em </p><p>circulao no Pas no ano de 1945, com uma tiragem de 90 mil exemplares.</p><p>Ao longo dos anos, a revista passou por algumas transformaes, mas, sem </p><p>dvida, esta que voc comea a folhear agora a mais representativa desta </p><p>nova fase da companhia. Com esttica bonita, moderna e contedo muito mais </p><p>interessante, leve e variado, a revista ON Line est antenada com os assuntos </p><p>do nosso cotidiano e trata de sade e bem-estar, gastronomia, arquitetura, </p><p>automveis, sustentabilidade, famlia, negcios e, como no poderia deixar de </p><p>ser, tambm tratamos de seguro, planejamento familiar e proteo financeira </p><p>para que voc possa curtir a vida sem aborrecimentos. Tenho certeza de que esta </p><p>edio proporcionar bons momentos de informao, diverso e relaxamento. </p><p>Boa leitura!</p><p>Thomaz Cabral de Menezes</p><p>EDITORIAL</p></li><li><p>NBRJ1.1272.023-ANUNCIO 46X28 OI PONTOS REV SULAMERICA.indd 1 1/31/11 11:50:14 AM</p></li><li><p>NBRJ1.1272.023-ANUNCIO 46X28 OI PONTOS REV SULAMERICA.indd 1 1/31/11 11:50:14 AM</p></li><li><p>8 Abril 2011</p><p>12 SOBRE RODASMENOS E MAISCrescem as opes e os prottipos de modelos que emitem menos CO2</p><p>20 VIDA SAUDVELMARCOS LIMAA rotina de um baiano cheio de energia</p><p>24 CASA E ARQUITETURAZONA DE CONFORTOMarcio Kogan abre a casa para a ON Line</p><p>32 BRASIL S/ATECNOLOGIA PARA UM PLANETA MAIS INTELIGENTERicardo Pelegrini, presidente da IBM Brasil, em entrevista exclusiva ON Line</p><p>38 FORA DA FIRMANO LITORAL DESTE OCEANO ATLNTICOExecutivos dividem o tempo entre o trabalho e o mar</p><p>44 SUSTENTABILIDADEUMA SEGURADORA SEGURA O TEMPO?O especialista Walter R. Stahel explica as mudanas climticas</p><p>48 GASTRONOMIAMODERNIDADE COM TECNOLOGIA X RESGATE DA TRADIOQuando o assunto comida, o que vale a qualidade</p><p>54 VIDA EM FAMLIAENCONTROS E DESENCONTROSGeraes intensificamconvvio dentro das famlias</p><p>Sumrio</p></li><li><p>9 _Abril 2011</p><p>Conselho Editorial</p><p>Zeca VieiraDiretor de Marketing Corporativo</p><p>Solange GuimaresSuperintendente de Comunicao Institucional </p><p>Daniela CamposGerente de Comunicao Institucional</p><p>Sara DalsinAnalista de Comunicao Institucional</p><p>FotosPhotocmeraEdi PereiraCarol Carquejeiro</p><p>Projeto Editorial</p><p>Rua Artur de Azevedo, 560 - Pinheiros - SP 05404-001 - Tel:. ( 55 11) 2182-9500 www.j3p.com.br</p><p>Fbio PereiraDiretor de Criao</p><p>Cesar RodriguesDireo de Arte Projeto Grfi co</p><p>Chico VolponiCoordenador de Custom Publishing </p><p>Helder L. Tiso e Luciana FagundesReviso</p><p>Osmar Tavares JuniorArte Final</p><p>Giuliano PereiraDiretor Responsvel </p><p>Sergio ZobaranContedo</p><p>ColaboradoresEduardo ZobaranFranoise TerzianLa Maria Aaro ReisVernica Couto (textos)Paulo Brenta Fernando Frazo (fotos) </p><p>PUBLISHING</p><p>58 CONTA CORRENTECLASSES C E DImpulsionam tudo! O mercado segurador tambm</p><p>62 PERFILEM CARTAZ, NO PALCO, OS REIS DA MSICAMeller e Botelho emplacam mais um sucesso: Hair</p><p>68 CORPORATIVOTEORIA E PRTICA JUNTAS!Roberto Marucco e os projetos para estreitar a relao com clientes e corretores</p><p>71 HUMORPOR DIOGO SALLESO motorista amigo</p></li><li><p>Uma vida mais bonita comea com voc. Voc </p><p>pode mudar tudo com pequenos gestos. </p><p>Do mesmo jeito que uma nova sala transforma </p><p>a casa, um sorriso transforma o dia, um novo </p><p>espelho muda o olhar e uma or transforma os </p><p>sentimentos. Decorao faz a vida mais bonita, </p><p>porque de um jeito ou de outro, tudo decorao.</p><p>PRAA DE ALIMENTAO, AOS DOMINGOS DAS 12 S 19H | AV. DAS NAES UNIDAS, 12.555 | BROOKLIN | SO PAULO | WWW.DEDSHOPPING.COM.BRABERTO DE SEGUNDA A SEXTA DAS 10 S 22H, SBADOS DAS 10 S 20H E DOMINGOS DAS 14 S 19H </p><p>Anncio Institucional Sulamerica 46x28 v2.indd 1 2/7/11 3:07 PM</p></li><li><p>Uma vida mais bonita comea com voc. Voc </p><p>pode mudar tudo com pequenos gestos. </p><p>Do mesmo jeito que uma nova sala transforma </p><p>a casa, um sorriso transforma o dia, um novo </p><p>espelho muda o olhar e uma or transforma os </p><p>sentimentos. Decorao faz a vida mais bonita, </p><p>porque de um jeito ou de outro, tudo decorao.</p><p>PRAA DE ALIMENTAO, AOS DOMINGOS DAS 12 S 19H | AV. DAS NAES UNIDAS, 12.555 | BROOKLIN | SO PAULO | WWW.DEDSHOPPING.COM.BRABERTO DE SEGUNDA A SEXTA DAS 10 S 22H, SBADOS DAS 10 S 20H E DOMINGOS DAS 14 S 19H </p><p>Anncio Institucional Sulamerica 46x28 v2.indd 1 2/7/11 3:07 PM</p></li><li><p>MENOS E MAIS2011 SoBRE RoDAS:</p><p>Crescem as opes e os prottipos de modelos que emitem menos CO2 e ganham mais recursos automticos de segurana</p><p>Sobre Rodas</p></li><li><p>O O 26 Salo Internacional do Automvel, realizado em So Paulo, em novembro do ano passado, reuniu 750.283 visitantes, e 450 modelos (40% deles, em primeira mo) de 42 marcas de fabricantes instalados no Pas e </p><p>de importadores oficiais. A edio de 2010 mostrou o </p><p>avano dos projetos baseados no conceito de susten-</p><p>tabilidade, com verses hbridas de modelos de suces-</p><p>so, como o Porsche Cayenne S Hybrid e o Ford Fusion </p><p>Hybrid, entre outros que prometem reduzir a emisso </p><p>de gases CO ou equivalentes. Alm disso, aumentou </p><p>a presena de modelos estrangeiros, em particular os </p><p>chineses, e houve muitos lanamentos de crossovers, </p><p>seds de luxo e compactos, que ganharam recursos </p><p>tecnolgicos capazes at de detectar eletronicamente </p><p>o pedestre ou estacionar sem ajuda do motorista. Na </p><p>opinio do presidente da Reed Exhibitions Alcnta-</p><p>ra Machado, uma das principais marcas do mercado </p><p>de feiras de negcios, Juan Pablo De Vera, o Salo </p><p>Internacional do Automvel foi o maior evento de </p><p>negcios realizado na cidade de So Paulo em 2010, </p><p>quando completou 50 anos de existncia.</p><p>Os visitantes puderam ver novos automveis h-</p><p>bridos que j circulam em muitos pases. O carro h-</p><p>brido aquele que combina um motor de combusto </p><p>interna, normalmente gasolina, e um motor eltri-</p><p>co, alimentado pela energia gerada pela queima do </p><p>combustvel tradicional. Juntos, conseguem menores </p><p>emisses de gases efeito estufa (GEE), da mesma forma </p><p>que o uso de pilhas ou baterias a combustvel (alimen-</p><p>tadas geralmente por hidrognio, produzido em rea-</p><p>o qumica obtida por meio de gs natural, metanol, </p><p>etc.). O sed Honda Insight hbrido, exposto no evento </p><p>e j venda no Japo, na Europa e nos Estados Uni-</p><p>dos, por exemplo, emite cerca de 101 g/km de CO2 a </p><p>mdia por veculo, no Brasil, de 170 g/km. A Unio </p><p>Sobre Rodas</p><p>GT by Citron: uma das mquinas expostas no Salo Internacional de So Paulo</p></li><li><p>Europeia fi xou para o mercado europeu o limite de 120 g/km para as </p><p>emisses de CO2 at 2012, o que promete aumentar a oferta dos modelos </p><p>menos poluentes.</p><p>A proposta dos carros eltricos est, ainda, em vrios dos produtos con-</p><p>ceituais levados ao Salo, prottipos que a indstria prepara para os con-</p><p>sumidores do futuro, como o francs GT by Citron, de visual ciberntico </p><p>(foto). O carro foi idealizado em parceria com a Polyphony, produtora do </p><p>simulador de corrida Gran Turismo 5, para PlayStation3, e, pelo menos </p><p>no jogo, consegue emisso zero de GEE. Outro produto conceito, o L1 da </p><p>Volkswagen, se diferencia pela leveza (380 kg), com carroceria de plstico </p><p>reforado com fi bra de carbono e estrutura de alumnio. Tem lugar para </p><p>apenas dois passageiros, um atrs do outro, meio moto, meio carro. A porta </p><p>lateral se levanta como asa de gaivota, mas sua principal caracterstica </p><p>o motor bicilndrico turbodiesel associado ao motor eltrico, bem econ-</p><p>mico: 67,1 km/l de diesel, em mdia, com emisses de apenas 39 g/km de </p><p>CO. A BMW trouxe ao Brasil o MW Vision Effi cient Dynamics, seu hbrido </p><p>esportivo para quatro pessoas, que trabalha com um motor 3.0 turbodiesel </p><p>de trs cilindros e dois motores eltricos, consumindo 26,6 km/l e emi-</p><p>Na opinio do presidente da Reed Exhibitions Alcntara Machado, Juan Pablo De Vera, o Salo Internacional do Automvel foi o maior evento de negcios realizado na cidade de So Paulo em 2010, quando completou 50 anos de existncia</p><p>Juan Pablo De Vera</p><p>Verso hbrida da Honda</p></li><li><p>tindo 99 g/km de CO. A produo de gases efeito estufa pode </p><p>ser ainda menor, de 50 g/km, se o motorista usar s os motores </p><p>eltricos. A Toyota mostrou o carro conceito Fine-S, com pilha </p><p>ou bateria de combustvel (fuel cell), alimentada por hidrognio.</p><p>Outra inovao, o Prius Plug-in um hbrido da marca capaz de </p><p>ser abastecido em tomada normal de 220 Volts.</p><p>Mercado aquecidoEntre as outras tendncias observadas no Salo, houve maior </p><p>participao dos importados. Nada menos do que oito montado-</p><p>ras chinesas estiveram presentes: Brilliance, Chana, Chery, Effa </p><p>Motors, Hafei, JAC, Jinbei e Lifan Motors. Alm das importadoras </p><p>SHC e da British Cars, que passaram a importar para o Brasil, em </p><p>2010, modelos da Aston Martin; e os da Bugatti e Bentley. O Salo </p><p>antecipou modelos que estaro venda, como o sed Volkswagen </p><p>Jetta, previsto para chegar ao mercado em 2011, quando a Fiat </p><p>tambm deve comear a entregar o Fiat Bravo, estilo hatch. </p><p>Novos seds de luxo estavam mostra, como o S60 da Volvo, </p><p>com sistema para evitar acidentes, capaz de detectar a presena </p><p>de pedestres em frente ao carro. Se o motorista no reagir a tem-</p><p>po, o automvel freia automaticamente. Em velocidades abaixo </p><p>de 35 km/h, a frenagem total. O sed Hyundai Genesis tambm </p><p>tem oito sensores ultrassnicos e uma cmera na parte de trs </p><p>para alertar sobre a proximidade de objetos ao estacionar. Os </p><p>automveis do tipo crossover, uma febre nas ruas de So Paulo, </p><p>continuam em alta: o Peugeot 3008 (preparado para consumir </p><p>menos); o Mitsubishi ASX (com sistema que trava o carro na </p><p>ladeira); o Citron AirCross (exclusivo para a Amrica do Sul, </p><p>com materiais verdes no acabamento externo, revestimento </p><p>interno e nas peas); o Mini Countryman; o Subaru Impreza XV; </p><p>o Korando C. No outro extremo, os carros compactos causaram </p><p>sensao, com materiais leves e resistentes, como o L1 da VW, </p><p>o Smart, o Minicooper e o Lifan 320. O estande da Chevrolet </p><p>lotou, devido ao carro-rob Bumblebee (rplica do personagem </p><p>16 Abril 2011</p><p>Sobre Rodas</p><p>Modelo S60 da Volvo</p></li><li><p>SulAmrica:Apoio geral e irrestrito s mulheres ao volante Alm da preocupao com a segurana, a vigncia da chamada Lei Seca, que probe </p><p>motoristas de dirigirem aps ingesto de bebidas alcolicas, tambm provoca aumento na procura pelo servio Motorista Amigo. Levantamento feito pelo Seguro SulAmrica Auto coloca cariocas, pau-listas e brasilienses no topo da lista das pessoas mais atentas segurana e que mais utilizam o recurso, em que um motorista leva cliente e veculo para casa em segurana, quando ele no est em condies de dirigir.</p><p>O Rio de Janeiro a regio com maior nmero de chamadas, 44% do total nacional. O uso cada vez maior desse servio sinal de que a populao est cada vez mais consciente do seu papel no trnsito e no dirige se no estiver em condies. uma preocupao com voc e com o prximo, explica Furtado.</p><p>O Distrito Federal concentra 28% dos aciona-mentos do servio Motorista Amigo, seguido pelo Estado de So Paulo, com 10%. Criado h oito anos, o Motorista Amigo est disponvel aos clientes que contrataram os planos 3 ou 4 da Assistncia 24 Horas e pode ser acionado at quatro vezes, du-rante a vigncia do contrato. Para solicitar o servi-o, o cliente deve ligar para a Assistncia 24 Ho-ras. Os telefones constam no carto do segurado.</p><p>Motorista Amigo:Voc e seu carro seguros</p><p>Duas tendncias evidentes no 26 Salo Internacional do Automvel o maior interesse das mulheres pelos carros e a preocupao com a segurana no trnsito tm refl exo direto na SulAmrica Seguros e Previdncia. O SulAmrica Auto Mulher, por exemplo, uma aplice de seguro de automvel desenvolvida especifi camente para o pblico feminino. A seguradora tambm disponibiliza o Motorista Amigo, um servio que pode ser acionado caso o segurado no esteja em condies de dirigir, levando cliente e seu carro para casa em segurana. As clientes que estiverem so-zinhas ou acompanhadas apenas de mulheres dirigindo aps a meia-noite tambm podem usufruir da companhia do motorista amigo no retorno para casa. </p><p>O Auto Mulher foi desenhado com base em pesquisas qualitativas, que apon-taram a segurana como prioridade para o pblico feminino. A ideia garantir a elas proteo em quaisquer circunstncias. Alm disso, o apoio para resolver difi -culdades clssicas, como trocar o pneu, tambm est previsto no Auto Mulher, que envia um profi ssional para isso, quantas vezes a cliente precisar. O mesmo vale para mecnicos, em caso de pane mecnica ou eltrica, sem limite de solicitao. Se o problema no for resolvido no local, um reboque da seguradora levar o carro para a ofi cina. possvel at chamar o guincho para casos de pane seca, quando o veculo para por falta de combustvel. Em caso de roubo ou furto do veculo, a SulAmrica destaca um profi ssional para acompanhar a cliente at a delegacia.</p><p>Prudentes no trnsito, as mulheres se envolvem menos em acidentes e, quando isso ocorre, causam pequenos danos, cujo conserto muitas vezes custa menos do que o valor da franquia, o que faz com que no acionem o seguro. O Auto Mulher d opo de contratao da franquia zero, ou seja, caso a segurada bata o carro, o primeiro conserto por conta da SulAmrica, sem pagamento de franquia, mesmo que o valor do conserto seja menor que o da franquia indicada na aplice. </p><p>17 _Abril 2011</p></li><li><p>do filme Transformers, da Paramount), e pela apresentao do </p><p>Camaro, importado...</p></li></ul>