revista capital 17

Download Revista Capital 17

Post on 05-Jul-2015

138 views

Category:

Documents

29 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

OPINIOA propriedade privada da terra:

Um direito do cidado

MAPUTO A alavanca do Turismo

PWCPriceWaterhouseCoopers

Consultoria em fiscalidade

Publicao mensal da S.A. Media Holding . Maio de 2009 . 60 Mt . 350 Kwz . 25 Zar . 4 USD . 3,5 EUR

A mulher enrgica The energic woman

Miquelina Menezes

Revista Capital 1

N17 . Ano 02

OPINO

2 Revista Capital

OPINO

Revista Capital 3

4 Revista Capital

EditorialOs altos e os baixos

N

o curto espao de alguns dias Maputo regurgitou de eventos ligados livre iniciativa e que, de uma forma ou de outra, movimentaram gestores, empresrios e outros actores do panorama econmico nacional, assim como bom nmero de convidados estrangeiros. Vejam-se, por exemplo, o IV Festival Internacional de Publicidade, a segunda reunio da Rede Regional da frica Austral sobre Governao Corporativa, a 8 edio da Bolsa de Turismo de Moambique e, porque no, o almoo do Senhor Presidente da Repblica com empresrios, integrado na Presidncia Aberta na Provncia de Maputo. Quando o estigma da crise econmica parece acentuar a teoria do sobe e desce, bom constatar que existe capacidade de resposta para a tentao do imobilismo. Ainda no sentido ascendente dos indicadores econmicos deste ltimo ms podem incluir-se a inflao negativa, na cidade de Maputo, do ndice de preos no consumidor, menos 1,29 pontos percentuais que em igual perodo do ano transacto, assim como a resistncia do Metical face ao Dlar. Embora o Continente Africano no enferme dos mesmos males que flagelam a Europa e a Amrica do Norte crditos desenfreados, especulao financeira, fundos mal parados e outras prolas no gnero razes principais na origem da actual recesso, a verdade que as preocupaes nacionais tambm no podem considerar-se de pouca monta. cabea das ms notcias a informao tornada pblica no final da reunio do Frum Econmico Mundial que decorreu na frica do Sul, na Cidade de Cabo, que Moambique, ocupa a 130 posio em termos de atractivos para negcios, num total de 135 pases analisados. Atrs de ns e como pases ainda menos competitivos para atrair investimentos, classificaram-se apenas as economias da Mauritnia, Burundi, Zimbabwe e Chade. E a classificao pouco melhora noutras reas. 98 na eficincia da fora de trabalho; 107 em tamanho de mercado; 116 na tecnologia; 122 na sofisticao do mercado financeiro; 127 na eficincia do mercado de bens e 129 na qualidade de formao e educao superior. Como se no bastasse, tambm o Grupo dos 19 pases e entidades que constitui o principal ncleo de doadores no auxlio econmico a Moambique, emitiu pareceres apreensivos em relao aos avanos verificados em diversas reas. Frank Sheridan, Embaixador da Irlanda e presidente em exerccio do G19, referiu mesmo que alguns membros salientaram que o auxlio poderia ter sido mais elevado se os resultados obtidos tivessem sido mais animadores. Apesar disso o apoio total ao oramento de 2010 ser decerca de 472 milhes de Dlares USA, contra os 445 verificados em 2009. beira do final do primeiro semestre de 2009, pode dizer-se que o nosso pas tem uma enorme margem de progresso quanto melhoria dos objectivos a atingir at Dezembro. A anlise dos aspectos menos conseguidos e a sua clere rectificao parece ser uma das melhores vias. Cabe aqui uma palavra de apreo e agradecimento Dr. Helga Nunes. Durante mais de ano e meio esteve ao leme da edio da Revista CAPITAL e bastante contribuiu para a situao em que hoje nos encontramos. Por razes profissionais que se prendem com a sua carreira acadmica e a manifesta falta de tempo para se dedicar a este seu projecto, diminui a sua colaborao enquanto Directora Editorial mas mantm-se na equipa, com o mesmo entusiasmo do primeiro dia.

Ricardo Botas

ricardo.botas@capital.co.mz

Ficha TcnicaPropriedade e Edio: Southern Africa Media Holding, Lda. Rua da S, 114 3. andar, 311 / 312 Tel./Fax +258 21 329337 Tel. +258 21 329 338 revista.capital@capital.co.mz Director Geral: Ricardo Botas ricardo.botas@capital.co.mz Directora Editorial: Helga Neida Nunes helga.nunes@capital.co.mz Redaco: Srgio Mabombo Srgio.mabombo@capital.co.mz; Stlvio Mate stelvio.mate@capital.co.mz ; Xandro Jorge xandro.jorge@capital.co.mz; Secretariado Administrativo: Slvia Dias silvia.dias@ capital.co.mz ; Cooperao: CTA; Ernst & Young; Ferreira Rocha e Associados; PriceWaterHouseCoopers Colaboradores: Ednilson Jorge; Ftima Mimbire; Filipe Ribas; Leonardo Jnior; Lus Muianga Colunistas: E. Vasques; Edgar Baloi; Federico Vignati; Hermes Sueia; Jos V. Claro; Levi Muthemba; Nelson Sate; Rolando Wane; Samuel Zita Fotografia: Lus Muianga; Sara Diva Ilustraes: SA Media Holding; Marta Batista; Pinto Zulu; Raimundo Macaringue; Rui Batista; Vasco B. Design e Grafismo: SA Media Holding Departamento Comercial: Neusa Simbine neusa.simbine@capital.co.mz ; Ana Cludia Machava ana.claudia@capital.co.mz ; Mrcia Naene marcia.naene@capital.co.mz Impresso: Magic Print Pty, Jhb Distribuio: Nito Machaiana nito.machaina@ capital.co.mz ; SA Media Holding; Mabuko, Lda. - Registo: n. 046/GABINFO-DEC/2007 - Tiragem: 7.500 exemplares. Os artigos assinados reflectem a opinio dos autores e no necessariamente da revista. Toda a transcrio ou reproduo, parcial ou total, autorizada desde que citada a fonte.

Revista Capital 5

Sumrio10BREVESTurismoCrise e biocombustveis constituem a actualidade que domina as notcias breves desta edio da Revista CAPITAL.

12FOCOO despertar dos monstrosExiste uma perspectiva de criao de cem mil postos de trabalho na Indstria Txtil. Ednilson Jorge fez as contas aos projectos e s implicaes.

14ENTREVISTAMiquelina Menezes

A mulher enrgicaUma vida ligada energia deixar marcas no comportamento do indivduo? A resposta dada na entrevista conduzida por Ricardo Botas com fotografia de Lus Muianga, que tambm marca a continuidade da comunicao em ingls na revista CAPITAL.

26

OPINIO

37

RESENHA JURDICA

Imagem: uma nova forma de estar e fazer negcioA sociedade, os consumidores, as organizaes, quem sai beneficiado? A anlise e as dvidas de Drio de Samuel.

Capital SocialMais uma parceria da Revista CAPITAL, esta com o Gabinete de Advogados Ferreira Rocha e Associados, rasga horizontes jurdicos no mbito do direito empresarial. O Dr. Rodrigo Ferreira Rocha debrua-se sobre o capital social das empresas.

6 Revista Capital

TURISMOSer que o turismo em Maputo pode alavancar a economia da cidade?As belezas naturais, a oferta hoteleira e os esforos do municpio sero suficientes para o salto qualitativo do turismo na capital? Federico Vignati e Lus Sarmento investigaram, Hega Nunes fotografou.

24

32PWCO novel regime de benefcios fiscais da hotelaria e turismo.O incio da parceria com a PriceWaterHouseCoopers assinalado com a anlise do novo regime de incentivos fiscais, aplicveis ao sector da hotelaria e turismo. A anlise do Dr. Joo Martins, Partner da PWC.

34OPINIOA propriedade privada da terra Um direito do cidadoA eterna problemtica da posse da terra, desta vez na perspectiva do colunista Mehboob Azadi. As tradies e o direito constitucional nem sempre andam de mos dadas.

38

ESTILOS DE VIDA

Jazz com Chet Baker, o filme O leitor, o livro A chave do sucesso e o restaurante Caipirinha, juntam-se a uma promoo muito especial para preencher mais estes Estilos de Vida. Na Pena Capital, Jos V. Claro troca o seu reino por um Four by four.

Revista Capital 7

BOLSA DE VALORES Capitoon EM ALTABIOCOMBUSTVEIS. O senado brasileiro aprovou uma parceria com o governo moambicano para a produo de biocombustveis, levando a que Moambique venha a ganhar uma particular relevncia em termos produtivos. AGRITERRA. A organizao Agriterra abriu o seu segundo estabelecimento agrcola de compra e processamento em Moambique. O empreendimento encontra-se localizado em Tete e foi implementado de acordo com a estratgia da bem sucedida companhia DECA no Chimoio, que tem vindo a operar no mercado desde 2005. As actividades em Tete encontram-se orientadas para a aquisio de milho. GAPI. O Gapi e os Institutos Superiores Politcnicos reuniram-se com o objectivo de debater o modelo de incubao de empresas, que se espera vir a incrementar o autoemprego de jovens no pas. Os estudantes so assim convidados a olhar para as zonas rurais como plos de desenvolvimento, seguindo as estratgias de combate pobreza.

SOMA E SEGUEDOADORES. Os 19 doadores e agncias, que contribuem directamente para apoiar o Oramento de Estado moambicano, prometeram um budget total no valor de 471.8 milhes de dlares para 2010. O valor representa um aumento de seis por cento em relao aos 445.2 milhes de dlares de 2009.

Coisas que se dizemEis mais um Ilumminati James Shikwati, um dos poucos bons economistas africanos, disse, numa das suas mais famosas entrevistas revista alem Der Spiegel, intitulada Pelo amor de Deus, parem de ajudar a frica, que a ajuda a frica mais prejudicial do que benfica. E diz, com certza, que se os pases industrializados realmente querem ajudar os africanos deveriam finalmente cancelar essa terrvel ajuda. Os pases que receberam mais ajuda ao desenvolvimento (nos ltimos 40 anos) so os que esto em pior situao. Apesar dos bilies que foram despejados em frica, o continente continua pobre. Lzaro Mabunda, in Exame de Conscincia Desde que no haja um camarocdio, tudo bem! () em termos daquilo que a nossa gesto, no prevemos que o camaro acabe. O que pode acontecer no haver crescimento e acredito que jamais haver muito mais camaro do que o que h, actualmente. Temos que ir para outras solues como a aquacultura. Cadmiel Muthemba, ministro das Pescas de Moambique Obama, escravo do teleponto Quer se utilizem fichas com notas ou o teleponto, o povo americano est muito mais preocupado com o contedo dos planos do que com o mtod