revisão av2-1

Download Revisão Av2-1

Post on 10-Dec-2015

95 views

Category:

Documents

2 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Caso Concreto 1

    Lei atentamente a assertiva adiante:

    luz do Cdigo Civil de 1916 afirmou Caio Mrio da Silva Pereira: ?a ordem jurdica oferece a cada um a possibilidade de contratar, e d-lhe a liberdade de escolher os termos da avena. Segundo as suas preferncias. Concluda a conveno, recebe da ordem jurdica o condo de sujeitar, em definitivo, os agentes. Uma vez celebrado o contrato, com observncia dos requisitos de validade, tem plena eficcia, no sentido de que se impe a cada um dos participantes, que no tm mais a liberdade de se forrarem s suas consequncias, a no ser com a cooperao anuente do outro. Foram as partes que acolheram os temor de sua vinculao, e assumiram todos os riscos. A elas no cabe reclamar, e ao juiz no dado preocupar-se com a severidade das clusulas aceitas, que no podem ser atacadas sob a invocao de princpio de equidade?.

    luz das novas disposies do Cdigo Civil/2002:

    a) A assertiva acima ainda guarda alguma validade face nova ordem jurdica civil e constitucional. Fundamente a sua resposta.

    b) Elabore um conceito de funo social do contrato, indicando se a funo social do contrato pode justificar inadimplemento contratual.

    Gabarito:

    a) A assertiva no guarda validade face nova ordem jurdica civil e constitucional, pois o ?pacta sunt servanda? j no deve mais ser aplicado de maneira absoluta, ou seja, deve ser analisado luz da boa-f objetiva, probidade e funo social do contrato.

    b) Como se trata de conceito aberto o professor deve analisar se h o mnimo de coerncia na resposta do aluno. A funo social que se atribui ao contrato no pode ignorar sua funo primria e natural, que a econmica. Ao contrato cabe uma funo social, mas no uma funo de assistncia social. O instituto econmico e tem fins econmicos a realizar, que no podem ser ignorados pela lei e muito menor pelo aplicador da lei. A funo social um plus que se acrescenta funo econmica que, portanto, no pode ser ignorada. Contrato sem funo econmica no contrato. A funo social no se apresenta como meta do contrato, mas como limite da liberdade do contratante de promover a circulao dos bens patrimoniais. Mas como um limite que interfere profundamente no contedo do negcio, pelo papel importante que o contrato tem de desempenhar na sociedade.

    Questo objetiva 1

    (TJMS - Juiz Substituto - 2009 - adaptada) A propsito dos contratos, examine as assertivas abaixo e indique a alternativa correta:

    a) Obrigao e contrato se confundem porque deste advm o acordo de vontades que visa a constituio, modificao ou extino de direitos; em suma, um conjunto de obrigaes a serem cumpridas pelas partes.

    b) Nem toda relao jurdica contratual possui, alm das partes e do consensualismo, um objeto.

    c) O objeto da relao jurdica patrimonial pode ser imediato ou mediato, sendo o primeiro o contrato propriamente dito e o ltimo, o bem da visa suscetvel de apreciao econmica.

    d) O objeto mediato se limita ao seu aspecto econmico e ao fato de ser corpreo.

    e) Vale, em regra, o contrato que implique transmisso de direitos autorais.

    Gabarito: C.

    Questo objetiva 2

    (MPRS - 2001) A superao do paradigma voluntarista do contrato encontra-se justificada pela:

  • I. Utilidade social do contrato. II. Objetivao do vnculo contratual. III. Concepo da causa como funo econmico-social do contrato. IV. Justia da relao contratual no caso concreto. V. Expanso das hipteses de vcios do consentimento.

    Assinale a alternativa correta:

    a) Somente as alternativas I e III esto corretas.

    b) Somente as alternativas II e III esto corretas.

    c) Somente as alternativas I, II, III e IV esto corretas.

    d) Somente as alternativas I, II, IV e V esto corretas.

    e) Somente as alternativas I e IV esto corretas.

    Gabarito: C - assertivas I a IV esto corretas.

    Caso Concreto 1

    Jovenal, prestador de servios em Curitiba, aps troca de e-mails com informaes sobre o servio (via

    Internet) com Maria (residente em Colombo, regio metropolitana de Curitiba) apresenta-lhe on-line

    (tambm via Internet/Messenger) proposta para realizar pintura de sua residncia, indicando o preo que

    cobraria pela empreitada e o material necessrio. Responda as questes abaixo:

    i. Pode-se afirmar que houve negociao preliminar? Se afirmativa a resposta, de que forma?

    ii. A proposta feita on-line por Jovenal vincula? Justifique sua resposta e destaque, em caso afirmativo, o que significaria a obrigatoriedade da oferta.

    iii. Qual o prazo de validade da oferta feita por Jovenal? iv. Em que momento poderia ser considerada aceita a proposta e formado

    finalmente o contrato? v. Identifique o lugar da celebrao do contrato.

    Gabarito:

    i. Pode-se afirmar que houve negociao preliminar? Se afirmativa a resposta, de que forma? Sim, por meio do prvio contado pela Internet.

    ii. A proposta feita on-line por Jovenal vincula? Justifique sua resposta e destaque, em caso afirmativo, o que significaria a obrigatoriedade da oferta. A oferta vincula o proponente Jovenal se contiver todos os elementos essenciais do negcio proposto e se do contrrio no resultar dos termos dela (art. 428, CC, ).

    iii. Qual o prazo de validade da oferta feita por Jovenal? No h prazo. A aceitao deve ser imediata porque considerada proposta feita a pessoa presente.

    iv. Identifique o lugar da celebrao do contrato. Colombo, art. 435, CC.

    Questo objetiva 1

    (TJSC - Juiz Substituto - 2010) Assinale a alternativa correta:

    I. A liberdade de contratar exercida em razo e nos limites da funo social do contrato. No sistema do Cdigo Civil, quando h no contrato de adeso clusulas ambguas ou

  • contraditrias, nem sempre adota-se a interpretao mais favorvel ao aderente. Contudo, nos contratos de adeso, so nulas as clusulas que estipulem a renncia antecipada do aderente a direito resultante da natureza do negcio.

    II. nulo o negcio jurdico quando: celebrado por pessoa absolutamente incapaz; for ilcito, impossvel ou indeterminvel o seu objeto; o motivo determinante, comum a ambas as partes, for ilcito; tiver por objetivo fraudar lei imperativa; derivar de erro, dolo, coao, estado de perigo, leso ou fraude contra credores. O negcio jurdico nulo no suscetvel de confirmao, nem convalesce pelo decurso de tempo.

    III. lcito aos interessados prevenir ou terminar o litgio mediante concesses mtuas. A transao, se recair sobre direitos contestados em juzo, ser feita por escritura pblica ou por temo nos autos, assinado pelos transigentes e homologado pelo juiz.

    IV. O texto do Cdigo Civil contempla, sempre que necessrio, clusulas gerais. As clusulas gerai conferem ao sistema jurdico flexibilidade e capacidade de adaptao evoluo do pensamento e do comportamento social e importam em avanada tcnica legislativa de enunciar, atravs de expresses semnticas relativamente vagas, princpios e mximas que compreendem e recepcionam a mais variada sorte de hipteses concretas de condutas tipificveis, j ocorrentes no presente ou ainda por realizarem no futuro.

    a) Somente as proposies I e II esto incorretas.

    b) Somente as proposies III e IV esto incorretas.

    c) Somente as proposies I e III esto incorretas.

    d) Somente as proposies I , II e IV esto incorretas.

    e) Todas as proposies esto incorretas.

    Gabarito: A - As assertivas I e II so incorretas ? arts. 423 e 171, CC.

    Questo objetiva 2

    (MPE-PR - 2009 - adaptada) Sobre a formao e interpretao dos contratos, podemos afirmar:

    a) A funo social do contrato e o princpio da boa-f objetiva no constituem limitadores da liberdade de contratar, quando presentes na relao jurdica, como partes, pessoas capazes agindo no exerccio de sua atividade profissional.

    b) Pode-se revogar a oferta ao pblico, pela mesma via da sua divulgao, desde que ressalvada essa faculdade no instrumento que contemple a oferta realizada.

    c) Somente quando evidenciada uma relao de consumo, possvel sustentar o princpio da interpretao mais favorvel ao aderente, em sede de contrato de adeso.

    d) No caso de contrato de adeso firmando tendo como partes duas pessoas capazes, agindo no exerccio de sua atividade profissional, vlida a clusula de renncia antecipada do aderente, mesmo quando se trate de direito resultante da natureza do negcio.

    Gabarito: B - arts. 427 e 429, CC.

    Caso Concreto 1

    Lcia promete sua Comisso de Formatura que trar para cantar em uma festa destinada a arrecadar fundos para a Comisso sua tia Ivete Sangalo. Os membros da Comisso, conhecedores do relacionamento prximo que Lcia possui com sua tia, com razes concretas e objetivas para acreditar na promessa, no contratam nenhuma banda e iniciam os preparativos de divulgao do evento que, ento, ter como uma das principais atraes a mencionada cantora. Ocorre que um dia antes do incio da festa, Lcia telefona para o presidente da Comisso e o comunica que embora tenha realizado inmeros esforos no conseguir trazer a tia para cantar na festa. Diante dessa situao, responda:

  • a) Qual o tipo de obrigao (utilize pelo menos duas classificaes) assumida por Lcia em face da Comisso de f