resumo - teoria de voo

Download Resumo - Teoria de Voo

Post on 11-Feb-2016

53 views

Category:

Documents

3 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Teoria de Vôo PP-Anac

TRANSCRIPT

  • Dvidas: cassioreisbertolo@gmail.com

    Telefone: (27) 9511-2842

    MAIO DE 2013 1 RESUMO - TEORIA DE VOO | AVIATION SUMMARY

  • INTRODUO

    Este um documento no qual consiste simplificar o estudo da aerodinmica e teoria de vo, no excluindo o uso do livro referente a este estudo, livro no qual me basiei para produzir este documento. A maioria desse documento possui conceitos do livro Aerodinmica e teoria de vo do autor Jorge Homa, os quais so de suma importncia e no podem ser trazidos para uma linguagem arcica, devido sua aplicao em perguntas eleboradas pela banca da ANAC (agncia nacional de aviao civil). Visto tal esclarecimento, deixo claro que no copie o que est no livro e transpassei para este resumo, eu apenas estruturei esse documento visando a importncia que cada tpico possui e ter influncia direta em avaliaes, at porque se eu mudar os conceitos do livro estarei prejudicando o seu estudo referente a esta matria, sendo assim espero que este resumo lhes seja til. Gostaria apenas de pedir que qualquer falha ou incoerncia encontrado neste documento seja reportado atravs do email que irei divulgar abaixo.

    Cassio Reis,

    Bom estudo

    2 RESUMO - TEORIA DE VOO | AVIATION SUMMARY

  • 1 - NOES PRELIMINARES

    1.1 Velocidade a distncia percorrida por undidade de tempo. Ex: 100 km/h Tempo Distncia

    Massa - a quantidade de matria contida num corpo. A massa invarivel.

    Fora - tudo aquilo que capaz de alterar um movimento de um corpo. OBS: alterar o movimento significa alterar a velocidade. Uma fora sempre altera o movimento.

    Peso - a fora que resulta da ao da gravidade sobre os corpos.

    Densidade a massa por unidade de volume

    Potncia o trabalho produzido porunidade de tempo. Potncia = fora x velocidade

    Presso fora por unidade de rea.

    Primeira lei de Newton Lei da inrcia (estado de repouso).

    Segunda lei de Newton Acelerao = fora / massa.

    Terceira lei de Newton Lei da ao e reao.

    1.2 Velocidade Absoluta e Velocidade Relativa

    Velocidade absoluta medida em relao a terra.

    Velocidade Relativa medida em relao a outro corpo,

    Vetor possui intensidade, direo e sentido.

    3 RESUMO - TEORIA DE VOO | AVIATION SUMMARY

  • EXERCCIOS 1

    1 Densidade :

    a) A quantidade de matria por unidade de volume b) A quantidade de matria existente num corpo c) O peso do corpo d) O peso por unidade de volume do corpo

    2 Assinalar a afirmativa errada:

    a) A temperatura de um fludo varivel b) A massa de um corpo invarivel c) O peso de um corpo invarivel d) O volume ocupado por um gs varivel

    3 Um avio sobe num ngulo de 30. O vento relativo:

    a) horizontal b) Sobe num ngulo de 30 c) Desce num ngulo de 30 d) vertical

    4 Para que um corpo se mantenha em movimento com velocidade constante e em linha reta, preciso que:

    a) Exista um fora aplicada sobre ele b) As foras sobre ele sejam nulas c) A resultante das foras que atuam sobre ele seja nula d) Nenhuma das acima

    5 No considerado como componente normal do ar atmosfrico:

    a) O oxignio b) O nitrognio c) O vapor dgua d) Os gases nobres

    GABARITO

    1 a) // 2 c) // 3 c) // 4 b) // 5 c)

    4 RESUMO - TEORIA DE VOO | AVIATION SUMMARY

  • 2 FLUIDOS E ATMOSFERA

    1 - FLUIDO todo corpo que no possui forma fsica. Existem duas expcies de fluidos:

    a) Lquidos gua, gasolina, leo. b) Gases ar, oxignio, vapor dgua.

    2 - PARMETROS ATMOSFRICOS so as propriedades do ar atmosfrico. Estas propriedades so variveis.

    a) Densidade b) Temperatura c) Presso DENSIDADE a densidade inversamente proporcional ao volume.

    3 - LEI DOS GASES a lei da fsica que descreve a forma pela qual variam a presso, a densidade e a temperatura de um gs.

    NUM GS A DENSIDADE CONSTANTE, a presso aumenta proporcionalmente temperatura.

    5 RESUMO - TEORIA DE VOO | AVIATION SUMMARY

  • NUM GS A PRESSO CONSTANTE, a densidade diminui proporcionalmente ao aumento da temperatura.

    NUM GS A TEMPERATURA CONSNTANTE, a densidade aumenta proporcionalmente presso.

    4 - PRESSO ATMOSFRICA a presso exercida pelo ar sobre todas as coisas que esto dentro da atmosfera.

    5 - O ALTMETRO um barmetro. A presso da atmosfera decresce com a altitude

    6 RESUMO - TEORIA DE VOO | AVIATION SUMMARY

  • 3 ESCOAMENTO

    1 - ESCOAMENTO

    a) Laminar ou lamelar

    b) Turbulento ou turbilhonado A figura ao lado ilustra os dois tipos de escoamento, atravs do exemplo da fumaa de um cigarro.

    2 - TUBO DE ESCOAMENTO

    a canalizao por onde escoa o fluido. Existem dois tipos de tubo de escoamento:

    a) tubo real

    b) tubo imaginrio

    3 - PRESSO ESTTICA aquela que no depende do movimento do fluido, tal como a presso do ar num pneu.

    4 - PRESSO DINMICA aquela provocada pelo impacto do ar e depende do vento.

    5 - PRESSO TOTAL a soma das duas (esttica e dinmica). O manmetro acima recebe a presso total, porque a presso esttica no cessa quando surge a presso dinmica.

    7 RESUMO - TEORIA DE VOO | AVIATION SUMMARY

  • 5 - VELOCMETRO mede a velocidade do vento relativo do ar externo. No velocmetro existem duas tomadas de presso, a esttica e total (esttica e dinmica), as duas presses estticas se cancelam restando apenas a dinmica.

    6 - Velocidade indicada (VI) Velocidade indicada pelo velocmetro, resultante da presso dinmica e s correta, precisa ao nvel do mar na ISA.

    7 - Velocidade aerodinmica (VA) a velocidade do avio em relao ao ar.

    8 - Teorema de bernoulli um aumento na velocidade do fluido em escoamento causa uma reduo na presso esttica. Esse teorema constantemente aplicado em teoria de alta e motores a reao, onde em suas respectivas propriedades aerodinmicas h convergncia, divergncia.

    8 RESUMO - TEORIA DE VOO | AVIATION SUMMARY

  • EXERCCIOS 2

    1 A presso dinmica depende de:

    a) Peso do fluido e velocidade do escoamento b) Densidade do fluido e velocidade do escoamento c) Fora com a qual o ar se choca d) Todas as acima

    2 Se a linha de presso esttica estiver entupida, deixaro de funcionar:

    a) O altmetro b) O velocmetro c) Ambos os acima d) O altmetro, o velcmetro e o varimetro (climb)

    3 Se um avio subir mantendo a VI constante a VA dever:

    a) Aumentar b) Diminuir c) Permanecer constante d) Permanecer constante somente na atmosfera padro

    4 O teorema de Bernoulli aplicado na construo do:

    a) Tubo de pitot b) Tubo de venturi c) Velocmetro d) Altmetro

    GABARITO

    1 b) // 2 d) // 3 a) // 4 b)

    9 RESUMO - TEORIA DE VOO | AVIATION SUMMARY

  • 4 GEOMETRIA DO AVIO

    1 - SUPERFCIES AERODINMICAS so aquelas que possuem pequena resistncia ao avano, porm no produzem nehuma fora til ao vo.

    Exemplos: Spinner Carenagem da roda

    2 - AEROFLIOS produzem foras teis ao vo.

    Exemplos: Hlice Asa Estabilizador

    3 ELEMENTOS DE UM ASA

    Envergadura (b) Corda (a) Raiz da asa Ponta da asa Bordo de fuga Bordo de ataque

    4 - PERFIL o formato em corte da asa.

    a) Perfil simtrico dividido por uma linha reta em duas partes iguais.

    b) Perfil assimtrico no pode ser dividido em duas partes iguais.

    rea da asa - S = b.c

    10 RESUMO - TEORIA DE VOO | AVIATION SUMMARY

  • 5 ELEMENTOS DE UM PERFIL (mais importantes)

    Corda a linha reta que liga o bordo de ataque ao bordo de fuga. Linha mdia a linha que equidista do intradorso e do extradorso.

    OBS: em um perfil simtrico o intradorso e o extra dorso tero a mesma curvatura.

    6 NGULO DE INCIDNCIA o ngulo formado entre a linha de corda e o eixo longitudinal da aeronave.

    7 - DIEDRO o ngulo formado entre o plano da asa e o plano horizontal de referncia.

    11 RESUMO - TEORIA DE VOO | AVIATION SUMMARY

  • EXERCCIOS - 3

    1 A superfcie aerodinmica aquela que sempre produz:

    a) Pequena resistncia ao avano b) Grande resistncia ao avano c) Pequena resistncia ao avano e sustentao d) Pequena resistncia ao avano e reaes teis

    2 O ngulo formado entre a corda e a trajetria chama-se:

    a) ngulo de ataque b) ngulo de incidncia c) ngulo de trajetria d) ngulo de atitude

    3 A fora de sustentao deve-se a:

    a) Diferena de presso entre o extradorso e intradorso da asa b) Movimento do ar na asa, tornando o avio mais leve que o ar c) Diferena entre a presso dinmica e presso esttica na asa d) Impacto do ar na superfcie inferior da asa

    4 A fora por unidade de rea denomina-se:

    a) Vetor b) Potncia c) Peso d) Presso

    GABARITO

    1 a) // 2 a) // 3 a) // 4 d)

    12 RESUMO - TEORIA DE VOO | AVIATION SUMMARY

  • 5 FORAS AERODINMICAS

    1 O ar escoa com maior velocidade no extradorso do que no intradorso devido curvatura mais acentuada. O aumento de velocidade corresponde a uma reduo na presso. O resultado uma fora que empurra a asa para cima e para trs. Essa fora a resultante aerodinmica (RA) que esta aplicada num ponto da asa denominado centro de presso (CP).

    2 A linha de corda forma um ngulo () alfa com a direo do vento relativo (trajetria deste), esse ngulo denominado ngulo de ataque. Essa uma tpica pergunta de prova: O ngulo formado entre a corda e a trajetria chama-se:

    a) ngulo de ataque b) ngulo de incidncia c) ngulo de trajetria d) ngulo de atitude

    Sustenao (L) a componente da resultante aerodinmica perpendicular ao vento relativo.

    Arrasto (D) a c