Resumo de ciências

Download Resumo de ciências

Post on 04-Dec-2014

17.294 views

Category:

Documents

3 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

 

TRANSCRIPT

<ul><li> 1. Resumo de Cincias 1 trimestre<br>No existe milagre para ter uma vida saudvel, basta fazer exerccios fsicos diariamente, no comer alimentos ricos em variados tipos de gorduras (ou que no faam bem para sade), e no se automedicar. Nenhum produto seja ele qual for, pode te trazer uma boa sade, eles no podem fazer milagres. Se voc quer ter uma sade boa, vai ter que ter hbitos saudveis. <br><ul><li>Nveis de organizao do corpo humano: clula &gt; tecido &gt; rgo &gt; sistema &gt; organismo. </li> <li> 2. Unicelular: tem apenas uma clula. </li> <li> 3. Acelular: no tem clula. </li> <li> 4. Pluricelular: tem mais de 2 clulas.</li></ul>Organelas e suas funes em uma clula humana:<br>Membrana Nuclear (plasmtica): Reveste a clula e controla a<br>entrada e sada de substncias da clula.<br>Ncleo: Onde est localizado o material gentico.<br>Citoplasma: Composto por:<br>Matria do 2 trimestre apartir do slide 9<br></li> <li> 5. -Parte slida: organelas citoplasmticas.<br>-Parte liquida: gua + sais minerais.<br>Ribossomos:Produzem protenas, e so responsveis pelo crescimento e reparo da clula.<br>Vacolos: Controlam a quantidade de gua na clula, armazenam substncias, e participam da digesto (intracelular).<br>Retculo endoplasmtico: Responsvel pelo transporte de substncias na clula.<br>Lisossomo:Responsveis por eliminar ou partes danificadas (desgastadas), ou substncias txicas da clula.<br>Mitocndria: Responsvel pela respirao celular, e por produzir energia para o funcionamento da clula.<br>Complexo de Golgi: Armazena protenas que ainda sero usadas pela clula.<br>As clulas musculares so alongadas para facilitar a contrao dos msculos.<br>Os glbulos vermelhos so arredondados para facilitar a sua locomoo. J os neurnios, ou clulas nervosas so longas e tem uma diviso (ramificao) em suas extremidades, para facilitar a capitao e a transmisso dos impulsos nervosos. <br></li> <li> 6. A pele humana formada por duas camadas: a derme e a epiderme.A derme formada pelo tecido conjuntivo, e esta localizada abaixo da epiderme. A epiderme formada pelo tecido epitelial, e est acima da derme.<br> As clulas que se localizam na epiderme, esto constantemente se dividindo e formando novas clulas. Quando uma dessas clulas fica velha, ela migra para a parte mais externa e l ela morre. E depois de um tempo ela substituda por outra que vem das camadas internas.<br>Tecido epitelial: Tem a funo te revestir interna e externamente um rgo.<br>Tecido conjuntivo: Preenche o espao vazio entre os tecidos, mantendo os unidos. Tambm d resistncia e elasticidade ao rgo.<br>Tecido muscular: D a capacidade de contrao ao rgo. formado por clulas musculares. Existem tecidos musculares em todas as partes do corpo, nos permitindo fazer movimentos voluntrios ou no.<br>Tecido nervoso: Est presente em todas as partes do corpo, e formado por neurnios. Ele responsvel por mandar mensagens com comandos de uma parte do corpo para outra. Essas mensagens so chamadas de impulsos nervosos. Ou seja eles levam e trazem informaes, permitindo que nosso crebro se comunique com todas as regies do nosso corpo.<br></li> <li> 7. Esquema dos tipos bsicos de tecidos do corpo humano:<br>Tecido epiderme: Parte mais externa da pele humana, formada pelo tecido epitelial.<br>Tecido derme: Camada localizada abaixo da epiderme, formada pelo tecido conjuntivo.<br>Tecido adiposo: Serve como reserva de energia, e como isolante trmico. Est localizado abaixo da derme e formado pelo tecido conjuntivo.<br>Tecido muscular:Produzem os movimentos do corpo, e so em grande parte formados pelo tecido muscular. Se divide em:<br>-Tecido muscular liso: Obedece a comandos involuntrios. A bexiga uma exceo, pois formada pelo tecido liso e seu movimento voluntrio. <br>-Tecido muscular estriado: Obedece movimentos voluntrios. O corao uma exceo, pois formado pelo tecido estriado cardaco e os movimento so involuntrios.<br>Tecido nervoso: formado por neurnios e serve para mandar informaes (impulsos nervosos) de uma parte do corpo para outra.<br>Tecido cartilaginoso: formada por cartilagem, um tipo de tecido conjuntivo. <br>Tecido sanguneo: o nico tecido liquido do corpo. um tecido conjuntivo. Realiza o transporte de substncias.<br>Tecido sseo:Tecido conjuntivo, que d resistncia ao rgo. <br></li> <li> 8. Em todo rgo est presente o tecido epitelial, o tecido conjuntivo, o tecido muscular e o tecido nervoso.<br> Quando h um grupo de rgo juntos desempenhando funes especficas, esse grupo chamado de sistema.<br>O corpo recebe muitos estmulos do ambiente. Muitos so percebidos pelos nossos sentidos: olfato (permite sentir o cheiro das coisas), paladar, (permiti sentir o gosto das coisas), audio (nos permite ouvir os sons), o tato (nos permite sentir as coisas quando as tocamos) e a viso (que nos permite ver as coisas e distinguir uma cor da outra).<br>Todos esses estmulos sensoriais so percebidos pelo sistema nervoso, que os interpreta (no crebro) e responde a eles, regulando os sistemas do corpo. Tudo isso ocorre por meio de impulsos nervosos. Nenhum sistema do corpo age isoladamente.<br>Sistema circulatrio basicamente, distribui substncias pelo corpo <br> Sistema respiratrio serve basicamente para inspirar e expirar o ar<br> Sistema urinrio serve para eliminar substncias txicas ou que no so mais necessrias para as clulas. <br> Sistema digestrio basicamente, extrai os nutrientes do alimento j digerido, e distribui pelo corpo atravs do sistema circulatrio. A parte dos <br>A integrao entre os sistemas.<br></li> <li> 9. alimentos que permaneceu no corpo sem ser digerida, so eliminadas por meio das fezes.<br>Respirao pulmonar o processo pelo qual o ar entra nos pulmes e sai em seguida. J a respirao celular um evento que ocorre dentro das clulas e que consiste na transformao de gs oxignio e de determinados nutrientes, como a glicose (um acar que provm de vrios alimentos), em gs carbnico e gua. A respirao celular depende totalmente da pulmonar, pois dela que provm os gases necessrios (para celular).<br>Sistema esqueltico e sistema muscular: isso s decoreba. tem tudo na pgina 33 do livro. Boa sorte.<br>Existem quatro tipos de fraturas no osso:<br>Fratura completa: Duas parte do seu osso de deslocam, se partem totalmente<br>Fratura exposta: O osso perfura a sua perna e fica visvel. Qualquer um que olhar sua perna poder v-lo. A perna foi um exemplo.<br>Fratura incompleta: formada apenas uma trinca no seu osso, uma rachadura. Ela cicatriza rpido. <br>Fratura mltipla: Vrias partes do seu osso so ou quebradas, ou trincadas.<br></li> <li> 10. Um esqueleto humano chega a ter 206 ossos. O esqueleto serve para dar sustentao ao corpo, e para protege alguns rgos internos. Exemplo: o crebro protegido pelos ossos do crnio. Os ossos do corpo humano tem a capacidade de se regenerar, ou seja as clulas se multiplicam at encobrir a leso. <br>Os locais onde dois ossos se juntam, so chamados de articulaes ou de juntas. O corpo humano tem articulaes fixas, como as que existem entre os ossos do crnio, e as articulaes mveis, como a que existe no joelho. Em todos os tipos de articulaes, os ossos sem mantm unidos por um tecido conjuntivo denominado ligamento.<br> Nas articulaes mveis, os ligamentos so flexveis, permitindo que os ossos se movimentem em mais de uma posio, sem se deslocar da junta (articulao).<br> Na maioria das articulaes mveis, a extremidade dos ossos revestida por cartilagem, que um tecido conjuntivo liso, resistente ao desgaste. <br>Tecido cartilaginoso- Reveste as extremidades dos ossos impedindo o atrito entre eles. um tecido conjuntivo. Permite que um osso deslize sobre outro durante o movimento da junta, sem prejuzo para nenhum deles. <br>Articulaes ou juntas<br></li> <li> 11. Para facilitar o movimento dos ossos, existe um liquido chamado liquido sinovial, que lubrifica a articulao.<br>Luxao quando um osso de uma junta sai de sua posio normal em consequncia de um impacto violento.<br>Rompimento dos ligamentos quando o impacto to grande, que alm de luxar provocam leses nos ligamentos, chegando at a romp-los. A recuperao leva meses. Durante esses meses, os tecidos machucados se regeneram, e o ligamento se refaz.<br>Ainda tem dvidas? Ento de uma olhada nesses sites (no leia o site inteiro, pois tero muitas coisas que no cairo na prova)! <br>http://www.webciencia.com/11_24juntas.htm<br>http://www.cabuloso.com/Anatomia-Humana/Sistema-de-sustentacao/Esqueleto.htm<br>http://www.coladaweb.com/biologia/biologia-celular/organelas-citoplasmaticas<br>Os links esto abaixo da apresentao. Apenas os copie e cole no URL<br></li> <li> 12. Resumo de Cincias - primeiro trimestre<br> Os msculos do corpo humano so quem proporcionam os movimentos do esqueleto. Existem msculos responsveis pelos movimentos internos do corpo. Exemplo: bombeamento de sangue e contraes dos rgos.<br> Existem trs tipos de msculos no corpo humano:<br><ul><li>Msculos esquelticos: Esto ligados aos ossos e permitem moviment-los. Esse tipo de msculo responsvel pelos movimentos mais notveis do corpo, como o movimento de qualquer membro do corpo. Exemplo: correr, pular, etc. Os msculos esquelticos tem movimento voluntrio, e so um tipo de msculo estriado, assim como o msculo cardaco. Eles so responsveis pelo movimento do esqueleto. </li> <li> 13. Msculos lisos: So encontrados em rgos internos, como intestino e estmago. O movimento desses msculos involuntrio, ou seja, ele no depende da nossa vontade. </li> <li> 14. Msculo cardaco: O msculo cardaco encontrado apenas no corao. Ele se parece muito mais com os msculos esquelticos. Porm, o seu movimento involuntrio, e nesse aspecto (do movimento), se parece mais com os msculos lisos.</li></ul>O Botulismo: O botulismo uma doena causada pela ingesto de<br></li> <li> 15. alimentos contaminados com uma toxina (substncia txica) produzida <br>bactria Clostridium botulinum. Apenas mnimas quantidades dessa toxina, bastam para interferir no funcionamento dos msculos e provocar paralisia geral, o que pode provocar a morte por parada respiratria e cardaca.<br> A toxina botulnica (aps passa por processos qumicos como ser purificada, dosada e diluda) empregada com finalidade esttica. injetada em msculos para paralis-los e evitar as rugas de expresso relacionadas a eles. Porm, com o botox, podem aparecer efeitos indesejveis, como dores de cabea, nuseas, fraqueza muscular e tambm, dores e inflamao por meses no local onde foi aplicado o botox.<br>Como os msculos movem os ossos?<br> As extremidades dos msculos esquelticos esto ligadas ao osso, por meio do tendo (que esta presente em cada extremidade do msculo). O tendo um tecido conjuntivo. Um msculo esqueltico est ligado a um osso em pelo menos dois locais.<br> Os msculos tem a importante propriedade de poderem se contrair e relaxar. Quando se contraem, os msculos esquelticos puxam os ossos ao qual esto ligados, mas quando relaxam, no empurram os ossos. <br></li> <li> 16. Msculos esquelticos podem puxar o osso ao qual esto ligados, mas no pode empurr-los.<br> O esqueleto pode se movimentar ao redor das juntas mveis , pois os msculos que movem os ossos dessas juntas, trabalham em pares. Cada um desses pares formado por um msculo chamado flexor e por outro chamado extensor. O flexor puxa os ossos e flexiona a junta, enquanto que o extensor puxa os ossos para faz-los voltar posio inicial, estendendo a junta.<br>Alavancas<br>As alavancas so mquinas simples que facilitam a realizao de tarefas. Em muitas articulaes mveis, os ossos, ou o conjunto deles atuam como se fossem alavancas. Nelas, um ou mais msculos realizam esforo para vencer a resistncia do prprio peso daquela parte do corpo e de objetos que eventualmente sejam carregados pela pessoa.<br>A coluna vertebral<br>A coluna vertebral (antes espinha dorsal), constituda por 33 vrtebras. Entre duas vrtebras consecutivas, h um disco de cartilagem que funciona <br></li> <li> 17. como um amortecedor de choques e impede que uma vrtebra encoste na outra e raspe nela.<br> Cada vrtebra mantida em sua posio original por um conjunto de ligamentos e msculos, o que d a coluna vertebral certa flexibilidade e nos permite realizar movimentos como: mov-la para cima e para baixo, rod-la junto com o tronco, um pouco para direita ou para esquerda.<br> Todas as vrtebras tem um orifcio central . Ao longo da coluna vertebral esses orifcios formam um tubo, no qual existe um feixe de nervos denominado medula nervosa, ou medula espinal. Esses nervos so fundamentais (entre outros fatores) para a comunicao do crebro com as regies do tronco, com os membros superiores e inferiores. Essa comunicao realizada por meio de impulsos nervosos.<br>Msculos<br>Os exerccios podem proporcionar diferentes benefcios. Porm, pratic-los sem orientao de um professor e sem acompanhamento mdico pode causar ou agravar problemas de sade. Levantar objetos pesados, utilizar equipamentos e se posicionar erroneamente , pode oferecer riscos coluna vertebral e medula espinal. Levantar objetos muitos pesados pode causar o esmagamento dos discos de cartilagem, a ponto da cartilagem sair de sua <br></li> <li> 18. posio normal (ocupada pelo disco). Quando isso acontece, diz-se que a pessoa tem uma hrnia de disco. A cartilagem pressiona os nervo...</li></ul>