resum£o avi´nica

Download Resum£o Avi´nica

Post on 18-Nov-2015

18 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

avi

TRANSCRIPT

Resumo Avinica 1 ( FRASES )

1. A matria pode ser definida como algo que possui massa e ocupa lugar no espao.2. A molcula a menor parte da matria que ainda retm as propriedades qumicas.3. Os tomos so compostos por prtons (+), eltrons (-) e nutrons (+ -).4. Os prtons e nutrons existem no ncleo do tomo.5. Os eltrons existem na rbita do tomo.6. A quantidade de eltrons igual quantidade de prtons.7. Os nutrons so iguais aos prtons em tamanho e peso.8. Todos os efeitos da eletricidade so conseqncias de uma partcula minscula chamada ELTRON.9. Quando a carga positiva total dos prtons, no ncleo do tomo, equilibra-se com a carga negativa total de eltrons da rbita, pode-se dizer que o tomo possui carga neutra.10. Um tomo carregado negativamente chama-se on negativo, enquanto que um carregado positivamente chama-se on positivo.11. O tomo mais simples que existe o tomo do hidrognio que possui apenas 01 eltron e 01 prton.12. Em acordo com a teoria eletrnica a corrente flui do negativo para o positivo.13. Eltrons so partculas minsculas de eletricidade.14. A frico a principal fonte de eletricidade esttica.15. As principais substncias que produzem eletricidade esttica so: vidro, mbar, ebonite, flanela, seda, nylon, rayon.16. Uma vareta de vidro quando esfregada com a pelica, torna-se carregada negativamente.17. Uma vareta de vidro quando esfregada com a seda, torna-se carregada positivamente.18. A eletricidade esttica interfere nas comunicaes das ACFTS, motivo pelo qual todos os equipamentos de rdio devem ser blindados.19. Todos os tipos de materiais conduzem alguma corrente.20. Em uma esfera oca, as cargas distribuem-se igualmente em sua superfcie.21. Em objetos irregulares, as cargas distribuem-se nas extremidades.22. Defini-se como corrente contnua quando o fluxo de eltrons corre apenas em uma direo.23. Em uma corrente contnua, a forma de onda uma reta.24. O cobre considerado o melhor condutor.25. Um material considerado condutor, quando no retm o fluxo de eltrons.26. Nas ligaes em srie, os terminais positivo e negativo devem ser ligados entre si.27. Cargas opostas se atraem enquanto que cargas iguais se repelem.28. A atrao entre as cargas opostas existe porque o excesso de eltrons da carga negativa procurar sempre um lugar em que haja carncia de eltrons.29. A fonte de eletricidade do microfone a presso que gera corrente.30. Os principais materiais que sob presso geram corrente so: quartzo, turmalina e sais de rochelle.31. A fotoclula um sanduche de ferro, material translcido e recheio de selnio.32. A pilha primria caracterizada por no permitir recarga e dispensar apenas pequenas quantidades de energia.33. As baterias secundrias permitem recarga e dispensam uma grande quantidade de energia por um perodo pequeno de tempo.34. Quando duas ou mais pilhas primrias ou secundrias so unidas, forma-se uma bateria.35. O lquido do interior das pilhas ou baterias, que transportam os eltrons do plo positivo para o negativo, chama-se eletrlito.36. A placa negativa mais comum nas pilhas secas o zinco, material que forma a carcaa da pilha.37. A placa positiva mais comum nas pilhas secas o carbono.38. As baterias secundrias mais comuns na aviao so as de chumbo-cido e nqueo-cdmio.39. O eletrlito das baterias de chumbo-cido o cido sulfrico a 25%.40. O melhor neutralizante para o cido sulfrico o bicarbonato de sdio.41. O eletrlito das baterias de nqueo-cdmio o hidrxido de potssio a 30%.42. O eletrlito mais comum nas pilhas secas o cloreto de amnia.43. A capacidade de armazenamento das baterias medida em amper-hora.44. A condio de carga das baterias deve ser checada semanalmente, atravs da densidade do eletrlito, com a utilizao do densmetro.45. Nas ACFTS multimotoras, as baterias so conectadas em paralelo com a barra essencial DC.46. O magnetismo a principal fonte de energia que existe atualmente.47. Magnetismo a propriedade do material em atrair ferro.48. O m natural composto por um minrio chamado de magnetita.49. O ferro se magnetiza e desmagnetiza muito rapidamente e, por esse motivo, os ms de ferro doce so chamados de ms temporrios.50. Os ms feitos de liga de ao, pelo contrrio, so chamados de ms permanentes.51. Nos ms, o sentido do fluxo da corrente do plo norte para o plo sul.52. Movendo-se um m prximo a um condutor ou um condutor prximo a um m, produz-se eletricidade.53. Relutncia magntica a oposio ao fluxo magntico.54. Alta relutncia magntica alta oposio ao fluxo magntico.55. Uma bobina formada quando se enrola vrias vezes um condutor (fio).56. Para se aumentar a quantidade de eletricidade em uma bobina, deve-se aumentar a quantidade de fios enrolados (espiras) na bobina ou aumentar a velocidade da bobina ou do m ou aumentar o poder do m.57. A regra da mo esquerda serve para determinar o sentido das linhas de fora de um campo magntico.58. Coulomb a medida utilizada para a quantidade de eltrons.59. Ampre Coulomb por segundo, ou seja, a quantidade de eltrons que passa em um condutor por segundo.60. Para medir corrente em um circuito, deve-se ligar o ampermetro em srie.61. O ampermetro possui um shunt que uma baixa resistncia, ligada em paralelo, a fim de ampliar a sua escala.62. A FEM (fora eletromotriz) que faz a corrente se movimentar em um circuito.63. O valor da tenso quem determina a corrente em um circuito.64. A resistncia a oposio ao fluxo de eltrons.65. O resistor serve para oferecer resistncia em um circuito.66. Materiais diferentes oferecem resistncias diferentes.67. Quanto maior o comprimento do condutor, maior ser a resistncia.68. Quanto maior a temperatura no condutor, maior ser a sua resistncia.69. Quanto maior a seo transversal de um condutor, menor ser a sua resistncia.70. Resistores de fio so utilizados para altas correntes.71. Resistores de carvo so utilizados para baixas resistncias.72. O Reostato um resistor varivel usado para variar a quantidade de corrente fluindo em um circuito.73. Circuito aberto igual resistncia infinita.74. Nos circuitos em srie, a corrente ser sempre a mesma em todos os pontos.75. Quando h resistncias em srie, deve-se soma-las para obter-se a resistncia total.76. Quanto maior a tenso, maior ser a corrente.77. Quanto menor a tenso, menor ser a corrente.78. Quanto maior a resistncia, menor ser a corrente.79. Quanto menor a resistncia, maior ser a corrente.80. Em qualquer circuito deve haver tenso, corrente e resistncia.81. A corrente produzida por uma tenso gerada e limitada pela resistncia.82. H um cdigo de cores para identificao dos resistores.83. Um gato preto subiu na estante marrom cheia de enfeites vermelhos. Na estante havia um p de laranja cheio de flores amarelas. Acima do p de laranja havia uma grama verde com um carro azul cheio de flores violetas. Tudo isso ocorreu numa tarde cinza de um dia branco.84. Preto - 085. Marrom - 186. Vermelho - 287. Laranja - 388. Amarelo - 489. Verde - 590. Azul - 691. Violeta - 792. Cinza - 893. Branco - 994. A tolerncia dos resistores observada na quarta faixa. Quando no houver a quarta faixa, a tolerncia ser de 20%. Quando a quarta faixa for prateada, a tolerncia ser de 10%. Quando a quarta faixa for dourada, a tolerncia ser de 5%.95. O voltmetro deve ser ligado em paralelo ao circuito e respeitando-se as polaridades positiva e negativa.96. A lei de OHM diz que a resistncia igual tenso sobre a corrente.97. O ohmmetro nuca dever ser utilizado com o sistema energizado.98. Um circuito simples formado por uma resistncia em uma fonte.99. Fusveis so resistores de metal com valores de resistncia baixos que fundem, protegendo o condutor e equipamento, quando ultrapassada determinada corrente.100. Os fusveis devem ser ligados em srie com o que ele pretende proteger.101. Os principais materiais de fabricao dos fusveis so os estanhos e os bismutos.102. Devem-se utilizar fusveis com valores ligeiramente maiores que a corrente do circuito.103. As principais protees dos circuitos so os fusveis e disjuntores.104. Os disjuntores e fusveis devem abrir o circuito antes que haja fumaa no condutor.105. A chave faca possui dois ou mais plos e serve exclusivamente para fechar ou abrir o circuito ou parte dele.106. O circuito em paralelo caracterizado por possuir duas ou mais resistncias ligadas lado a lado, oferecendo, dessa forma, mais de um caminho para a corrente fluir.107. Nas ligaes em paralelo, os terminais de mesma carga devem ser ligados entre si.108. No circuito em paralelo, a tenso sempre a mesma.109. Quando as resistncias so iguais, no circuito em paralelo, a resistncia total igual ao valor de um dos resistores, dividido pela quantidade deles.110. Quando as resistncias so iguais, no circuito em paralelo, a corrente individual em cada resistor igual corrente total dividido pela quantidade de resistores.111. No circuito em paralelo, quando as resistncias so diferentes, a resistncia total igual : R1. R2 R1+R2112. Quanto maior for o nmero do fio, menor ser o seu dimetro.113. O maior fio (o mais grosso ou de maior bitola) o de nmero 000.

114. Os fios so identificados por nmeros e letras.115. Fios de trem de pouso - G.116. Fios de comandos de vo - C.117. Fios de instrumentos de vo - F.118. Fios de motor - E.119. Fios de iluminao - L.120. Fios de alarmes de emergncia W.121. Fios de radar - S.122. Fios de rdios de navegao - R.

123. Os chicotes de fios nunca devem ultrapassar a quantidade de 75EA fios agrupados.124. Nunca devem se passar fios por de baixo da bateria.125. Os principais conectores NA so:126. Classe A - de alumnio - para finalidades gerais.127. Classe B - de alumnio - Onde se precise acessar aos pinos.128. Classe C - de alumnio - pressurizados.129. Classe D - de alumnio - para vibrao.130. Classe K - de ao - para fogo.131. Os condutes so formados por fluorocarbono e so projetados para suportar de -70 260C.132. O dimetro do condute deve ser 25% maior que o do chicote.133. Na corrente alternada (VAC), os equipamentos so mais leves e menores.134. Na corrent