resultado líquido p/l 2014 (p) - ?· industrial, principalmente da indústria automotiva,...

Download Resultado Líquido P/L 2014 (P) - ?· industrial, principalmente da indústria automotiva, construção…

Post on 19-Jan-2019

212 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

CORRETORA DE VALORES MERCADORIAS & FUTUROS FUNDOS DE INVESTIMENTO

Av. Brig. Faria Lima, 1461 - 10andar -www.coinvalores.com.br

Perspectivas Setoriais

Muita produo e poucos compradores! Essa tem sido a realidade da indstria siderrgica. Ainda assim, o setor comeou 2014 cofundo uma recuperao econmica mais consistente nos pases desenvolvidos. Contudo, no decorrer do primeiro semestre, uma conarrefeceram tal otimismo.

Se por um lado a perspectiva de recuperao vem se concretizando em terras norte americanas, por outro, no velho continente aextremamente letrgico. Na China, os nmeros tm sido mornos, porm a produo siderrgica por domstico, a atividade segue cada vez mais anmica e setores demandantes de ao, como indstria de autopeas, de construo cmau humor siderrgico.

O Instituto Ao Brasil (IABr) j revisou sua projeo de produo de ao bruto alta de 5,2% para queda de 2,5%, enquanto a estimativa para consumo saiu de aumento de 3,0% para retrao de 4,1%. Tal desempenho reflete industrial, principalmente da indstria automotiva, construo civil, alm da indstria de mquinas e equipamentos que representam cerca de 80% das vendas de ao.

No obstante, nmeros da World Steel Association (WSA - rene dados dos principais pases produtores) indicam que a oferta de ao mantm trajetria de crescimento. No acumulado do ano at Julho, houve crescimento de 2,4% da produo de ao bruto no mundo na comparao cEuropeia e China como maiores responsveis por tal crescimento.utilizao de capacidade na indstria siderrgica foi de 75,4% em Julho (o menor nvel de 2014).

Sem grande otimismo para a segunda metade do ano, entendemos qcompanhias devem continuar arrumando a casa via controle de custos e despesas bem como investindo em verticalizao operacidiversificao produtiva (CSN entrando no mercado de aos longos e Gerdau no segmento de pla

Notoriamente os resultados das siderrgicas no 3 trimestre dificilmente sero extraordinrios, contudo, a expectativa de qnmero de dias teis e provvel recomposio de estoques possam ao menos

Comparativos do Setor

-59,5

114,4

21,7

Gerdau

Usiminas

Sid Nacional

Resultado Lquido

Jun 2013 Jun 2014

CORRETORA DE VALORES MERCADORIAS & FUTUROS FUNDOS DE INVESTIMENTO

- So Paulo - SP - CEP 01452-921 | Tel.: (11) 3035-4141 | Fax: (11) 3814www.coinvalores.com.br | coin@coinvalores.com.br

Muita produo e poucos compradores! Essa tem sido a realidade da indstria siderrgica. Ainda assim, o setor comeou 2014 com uma viso mais otimista, tendo fundo uma recuperao econmica mais consistente nos pases desenvolvidos. Contudo, no decorrer do primeiro semestre, uma con

Se por um lado a perspectiva de recuperao vem se concretizando em terras norte americanas, por outro, no velho continente aextremamente letrgico. Na China, os nmeros tm sido mornos, porm a produo siderrgica por l continua a todo vapor, inundando ainda mais o mercado. J em territrio domstico, a atividade segue cada vez mais anmica e setores demandantes de ao, como indstria de autopeas, de construo civil e de bens de capital, tem intensificado o

O Instituto Ao Brasil (IABr) j revisou sua projeo de produo de ao bruto ante alta de 5,2% para queda de 2,5%, enquanto a estimativa para consumo saiu de

reflete a menor atividade ndustrial, principalmente da indstria automotiva, construo civil, alm da indstria de mquinas e equipamentos que representam cerca de 80% das vendas de ao.

associao mundial que rene dados dos principais pases produtores) indicam que a oferta de ao mantm trajetria de crescimento. No acumulado do ano at Julho, houve crescimento de 2,4% da produo de ao bruto no mundo na comparao com 2013, com Unio Europeia e China como maiores responsveis por tal crescimento. Alm disso, a utilizao de capacidade na indstria siderrgica foi de 75,4% em Julho (o menor

Sem grande otimismo para a segunda metade do ano, entendemos que as companhias devem continuar arrumando a casa via controle de custos e despesas bem como investindo em verticalizao operacidiversificao produtiva (CSN entrando no mercado de aos longos e Gerdau no segmento de planos).

Notoriamente os resultados das siderrgicas no 3 trimestre dificilmente sero extraordinrios, contudo, a expectativa de que tais mudanas associadas sazonalidade, maior nmero de dias teis e provvel recomposio de estoques possam ao menos amenizar os perversos efeitos desse cenrio permanentemente complicado

Fonte

135.202

141.673

122.000

127.000

132.000

137.000

142.000

jan fev mar abr mai jun

Produo mundial de ao bruto (mil ton.)

2013

390,4

494,5

356,5

14,8 14,8

Siderurgia Gerdau

P/L 2014 (P)

7,68,8

Siderurgia Gerdau

EV/EBITDA 2014 (P)

1,00,8

Siderurgia Gerdau

Cot./VPA

1

CORRETORA DE VALORES MERCADORIAS & FUTUROS FUNDOS DE INVESTIMENTO

4141 | Fax: (11) 3814-0140

m uma viso mais otimista, tendo como pano de fundo uma recuperao econmica mais consistente nos pases desenvolvidos. Contudo, no decorrer do primeiro semestre, uma confluncia de indicadores macroeconmicos

Se por um lado a perspectiva de recuperao vem se concretizando em terras norte americanas, por outro, no velho continente a recuperao ainda segue em ritmo l continua a todo vapor, inundando ainda mais o mercado. J em territrio

ivil e de bens de capital, tem intensificado o

companhias devem continuar arrumando a casa via controle de custos e despesas bem como investindo em verticalizao operacional (principalmente Usiminas) e

ue tais mudanas associadas sazonalidade, maior amenizar os perversos efeitos desse cenrio permanentemente complicado.

Fonte: Economatica e Projees Anlise Coinvalores

132.699

136.819

jul ago set out nov dez

Produo mundial de ao bruto (mil ton.)

2013 2014 Fonte: World Steel Association

14,9

26,8

Usiminas Sid Nacional

P/L 2014 (P)

6,5 6,8

Usiminas Sid Nacional

EV/EBITDA 2014 (P)

0,5

1,98

Usiminas Sid Nacional

Cot./VPA

CORRETORA DE VALORES MERCADORIAS & FUTUROS FUNDOS DE INVESTIMENTO

Av. Brig. Faria Lima, 1461 - 10andar -www.coinvalores.com.br

Gerdau PN

Preo Alvo R$ 18,70

Up Side / 43,4% GGBR4 / R$ 13,04 em 8/Set/14

Breve Descritivo

A Gerdau lder na produo de aos longos (para os setores de construo

civil, indstria e agropecuria) nas Amricas e uma das maiores fornecedoras

de aos longos especiais do mundo. Possui presena industrial em 14 pases,

com operaes nas Amricas, na Europa e na sia, as quais somam capacidade

instalada superior a 25 milhes de toneladas de ao. a maior recicladora da

Amrica Latina.

Projees em MM 2013 2014e 2015e

Receita Lquida 39.863,0 40.859,6 42.085,4

EBITDA 4.729,9 4.085,7 4.502,1

Lucro Lquido 1.583,7 1.457,3 2.065,2

Indicadores 2013 2014e 2015e

COT/VPA Projetado 0,7 0,7

EV/EBITDA 6,6 8,8

Preo/Lucro 14,6 15,8 11,2

Dividend Yield -x- 1,9% 2,7%

Pay Out -x- 30,0% 30,0%

Dvida Lquida (R$ MM) 12.484,4 13.063,4 13.316,5

% de Curto Prazo 11,0% 5,9% 3,8%

Part. De Capital de 3s 45,0% 45,1% 44,0%

ROE (%) 4,9% 4,4% 6,0%

Margem EBITDA 11,9% 10,0% 10,7%

Margem Lquida 4,0% 3,6% 4,9%

Concluso

Passados os efeitos do rigoroso inverno nos EUA, a reviso do

EUA, confirmou nossa expectativa de melhoria econmica

operaes da Gerdau. Ainda assim, questes domsticas como as incertezas atreladas s eleies, que

acabam por represar decises de investimentos, a letargia das reformas infraestruturais bem como as

perspectivas menos otimistas para o segmento de construo civil no curto prazo devem continuar

representando presso para a companhia em bolsa.

J incorporamos a diminuio do programa de investimentos previstos para 2014 (agora em R$ 2,4 bilhes)

e lembramos que a siderrgica aumentar sua produo de minrio de ferro, devendo alcanar 18 milhes

de toneladas/ano em 2016 (atualmente a produo de algo em torno de 11,5 milhes ton./ano).

Destacamos a diversificao geogrfica dos ativos da companhia, sobretudo quando se tra

Amrica do Norte e entendemos que sua prevista diversificao operacional (investimentos em minerao e

aos planos) tambm lhe conferir robustez nos perodos

parecer de compra para GGBR4 para investidores com foco no mdio/longo prazo.

Bruno Piagentini (CNPI)

CORRETORA DE VALORES MERCADORIAS & FUTUROS FUNDOS DE INVESTIMENTO

- So Paulo - SP - CEP 01452-921 | Tel.: (11) 3035-4141 | Fax: (11) 3814www.coinvalores.com.br | coin@coinvalores.com.br

A Gerdau lder na produo de aos longos (para os setores de construo

civil, indstria e agropecuria) nas Amricas e uma das maiores fornecedoras

de aos longos especiais do mundo. Possui presena industrial em 14 pases,

na Europa e na sia, as quais somam capacidade

instalada superior a 25 milhes de toneladas de ao. a maior recicladora da

2015e 2016e 2017e 2018e

42.085,4 43.677,7 45.082,9 46.660,8

4.502,1 5.107,7 5.239,1 5.876,5

2.065,2 2.424,2 3.180,5 3.629,2

2015e 2016e 2017e 2018e

0,7 0,6 0,6 0,6

8,1 7,0 6,5 5,5

11,2 9,5 7,2 6,3

2,7% 3,2% 4,1% 4,7%

30,0% 30,0% 30,0% 30,0%

13.316,5 12.572,8 11.061,