respostas da biblia

Download Respostas Da Biblia

Post on 23-Jun-2015

2.943 views

Category:

Spiritual

5 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 1. Jesus Cristo.kit.net Em defesa da f CatlicaRespostas da Bblia s acusaes dos crentes contra a Igreja Catlica www.jesuscristo.kit.net - Anunciando o Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo 1

2. Jesus Cristo.kit.net Em defesa da f Catlica NDICEIntroduo..................................................................................... 1. Venerao de Imagens2. Batismo3. Confisso4. Comunho5. Casamento indissolvel?6. Casamento dos Padres?7. O Papa8. Interpretao da Bblia9. Bblia, nica fonte de f?10.Bblia e seitas11.Pecadores na Igreja Catlica12.Virgindade de Maria13.Venerao de Maria e Santos14.Purgatrio15.Santificao do Domingo ou Sbado?16.Pagamento pelos batizados e casamentos17.Valor dos milagres18.Falsos milagres?19.O dom das lnguas20.Alcolatras e Fumantes21.Espiritismo e Cristianismo22.Origens de algumas Igrejas e seitas INTRODUOOs bispos latino-americanos, reunidos com o Papa Joo Paulo II em Santo Domingo, em outubro de 1992, reconheceram que o avano das seitas um srio desafio para o catolicismo na Amrica Latina, e recomendam instruir amplamente o povo, com serenidade e objetividade, sobre as respostas que devem dar s injustas acusaes contra a Igreja Catlica. J no primeiro sculo So Pedro escreveu aos fiis, advertindo-os: Assim como entre o povo (de Israel) houve falsos profetas, do mesmo modo haver tambm entre vs falsos doutores, que introduziro disfaradamente seitas perniciosas. Eles, renegando assim o Senhor que os resgatou, atrairo sobre si uma runa repentina. Muitos os seguiro nas suas desordens e sero deste modo a causa de o caminho da verdade ser caluniado...(II Pd 2,1-2).Para ajudar o povo catlico a defender-se destas injustas acusaes, e saber rechaa- las, fornece-lhe este livrinho as respostas bblicas na sua verdadeira interpretao, baseada na tradio apostlica. Com isso queremos colaborar na realizao do ardente desejo de Jesus:Para que todos sejam um, como Tu, Pai, em Mim e Eu em Ti; para que o mundo creia que Tu me enviaste(Jo 17,21-22) e que haja um s rebanho e um s Pastor (Jo 10,16). Alm disso, o livrinho tenta promover a catequese dos adultos e uma pastoral em prol da vivncia religiosa mais autntica.O Autorwww.jesuscristo.kit.net - Anunciando o Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo 2 3. Jesus Cristo.kit.net Em defesa da f Catlica 1 . VENERAO DE IMAGENSACUSAO : Os catlicos praticam a idolatria, fazendo e adorando imagens, o que Deus probe na Bblia, dizendo : No fars para ti escultura alguma do que est nos cus, ou abaixo sobre a terra, ou nas guas, debaixo da terra ( Ex 20,4 ) . RESPOSTA : O mesmo Deus, no mesmo livro do xodo, manda Moiss fazer dois querubins de ouro e coloca-los por cima da Arca da Aliana ( Ex 25,18-20 ) . Manda-lhe, tambm, fazer uma serpente de bronze e coloc-la por cima duma haste, para curar os mordidos pelas serpentes venenosas ( Num 21,8-9 ) . Manda, ainda, a Salomo enfeitar o templo de Jerusalm com imagens de querubins, palmas, flores, bois e lees ( I Reis 6,23-35 e 7,29 ), etc. Seria uma grande blasfmia desses crentes considerar Deus como incoerente, j que num lugar da Bblia manda fazer imagens, esquecido que no ouro lugar o teria proibido ! Ora, os primeiros cristos martirizados aos milhares porque se recusaram a adorar imagens de deuses falsos, estudaram a Bblia com mais ateno e respeito. Eles no tiravam esses trechos proibitivos de seu contexto e, comparando-os com outros, ficaram convencidos de que Deus probe apenas fazer imagens de deuses falsos, e ador-los - como o faziam os vizinhos pagos, - mas Ele no probe fazer outras imagens.Eis o verdadeiro sentido desta proibio bblica, no seu contexto : Eu sou o Senhor teu Deus que te fez sair do Egito, da casa da servido. No ters outros deuses diante de minha face. No fars para ti escultura alguma do que ( daqueles falsos deuses, que na errada imaginao dos pagos ) est em cima nos cus, ou debaixo sobre a terra, ou nas guas, de baixo da terra. No te prostrars diante deles e no lhes prestars culto, ( imitao dos pagos ) ( Ex 20,2-5 ). Esta proibio, intencionada por Deus, repete-se em vrios lugares da Bblia, como por ex. No adores nenhum outro deus ( Ex 34,14 ) ou No fars para ti deuses fundidos ( Ex. 34-17 ) .Por isso os primeiros cristos pintaram nas catacumbas muitas imagens das cenas bblicas do Antigo e Novo Testamento, e legaram , para a venerao dos sculos posteriores, as imagens de Cristo-Sofredor, na toalha de Vernica, e no sudrio sepulcral, guardado em Turim na Itlia.Alguns santos dos primeiros sculos afirmavam que as imagens da Bblia, Via Sacra, de Jesus crucificado e dos santos so o nico livro que tambm os pobres e analfabetos entendem e aproveitam. Isso vale, ainda hoje, para milhes de pessoas. O sentido da venerao das imagens, segundo a tradio dos apstolos, est resumido nesta bno de imagens, do Ritual Catlico: Deus eterno e Todo-Poderoso, no reprovais a escultura ou pintura das imagens dos santos, para que sua vista possamos meditar os seus exemplos e imitar as suas virtudes. Ns vos pedimos que abenoeis e santifiqueis esta(s) imagen(s), feita para recordar e honrar o vosso Filho Unignito e nosso Senhor Jesus Cristo (ou : o(s) Santo(s) NN. Concebei a todos os que diante dela(s) desejarem venerar e glorificar o vosso Filho Unignito (ou : o(s) Santo(s) NN.), que por seus merecimentos e intercesso, alcancem no presente a vossa graa e no futuro, a glria eterna. Por Cristo, Nosso Senhor. Amm . www.jesuscristo.kit.net - Anunciando o Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo 3 4. Jesus Cristo.kit.net Em defesa da f Catlica2 . BATISMO ACUSAO : O batismo dos catlicos no vlido ! S os adultos que crem podem receber validamente o batismo, que s vale por imerso ! RESPOSTA : Onde esto as provas bblicas para esta afirmativa ? No existem ! a ) Alguns crentes afirmam que Jesus foi batizado no rio Jordo por imerso. Mas, os Evangelhos no falam disso ! Pode ter sido batizado como o apresentam antigas estampas: ficando com os ps no rio, enquanto S. Joo lhe derramava a gua, com a mo, na cabea. Na verdade, o modo de molhar o corpo com a gua no tem importncia ! Seno seria prescrito !b ) Outros afirmam que baptizare, em grego, significa imergir na gua ; logo ... Os biblistas, porm, documentam que em vrias passagens da Bblia esta palavra significa, igualmente, lavar , ou molhar na gua as mos, os dedos, os ps etc. So Paulo usa esta palavra em 1 Cor 10,2 : Todos ( os Israelitas ) foram batizados em Moiss, na nuvem e no mar . ( - como smbolo do batismo cristo ) . Sabemos, porm, que este batismo no aconteceu por imerso pois os Israelitas, junto com todas as crianas, passaram o Mar Vermelho a p enxuto, tocando apenas a areia mida do mar. Quem tomou o batismo por imerso, foram os soldados egpcios! E todos pereceram !( Ex 14,19-20 ). No batismo vale mais a f em Deus e a obedincia a seu legtimo representante do que a maneira de aplicar a gua.c ) Alguns textos bblicos indicam o batismo feito por imposio. Em At 8,36-38 lemos sobre o batismo do eunuco etope, feito pelo dicono Filipe, no caminho entre Jerusalm e Gaza, onde no existe nenhum rio ou lagoa, em que seria possvel batiz-lo por imerso. H apenas pequenas nascentes. At 9,18-19 relata o batismo de Saulo convertido numa casa de Damasco. No havia piscina nem tempo para batismo por imerso; pois, lemos : Imediatamente lhe caram dos olhos como escamas, e recuperou a vista. Levantando-se, foi batizado, e tomando alimento recuperou as foras. Igualmente em Filipos ( At 16,33 ) S. Paulo batizou o carcereiro : Naquela hora da noite ( o carcereiro lavou-lhe as chagas e imediatamente batizou ele e toda a sua famlia . E nos crceres romanos no havia piscina ! d ) Como no caso acima, assim tambm na ocasio do batismo de Ldia e de Estfanas, S. Paulo menciona que Ldia recebeu o batismo com todos de sua casa ; ( At 16,14-15 ) e batizei a famlia de Estfanas ( 1Cor 1,16 ), onde certamente no faltavam crianas pequenas. O prprio Jesus afirma a Nicodemos : Em verdade, em verdade te digo, que quem no nascer da gua e do Esprito Santo, no pode entrar no Reino de Deus . Para os primeiros cristos esta regra valia igualmente para as crianas. Por isso Santo Ireneu (que viveu entre 140 a 204 ) escreveu : Jesus veio salvar todos os que atravs dele nasceram de novo de Deus: os recm-nascidos, os meninos, os jovens e os velhos . (Adv.Haer. livro 2 ).Orgenes ( 185 255 ) escreve: A igreja recebeu dos Apstolos a tradio de dar batismo tambm aos recm-nascidos. (Epist. ad Rom. Livro 5,9). E S. Cipriano em 258 escreve: Do batismo e da graa no devemos afastar as crianas . ( Carta a Fido ) . e ) Na nova e Eterna Aliana o batismo substituiu a circunciso da Antiga Aliana, como rito da entrada para o povo escolhido de Deus. Ora , se o prprio Deus ordenou a Abrao circuncidar os meninos j no 8o. dia depois do nascimento, sem exigir deles uma f adulta e www.jesuscristo.kit.net - Anunciando o Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo 4 5. Jesus Cristo.kit.net Em defesa da f Catlicalivre escolha, ento no seria lgico recusar o batismo s crianas dos pais cristos, por causa de tais exigncias.Por isso a Igreja Catlica recomenda batizar as crianas dentro do primeiro ms, aps o nascimento. Mesmo que as seitas no dem valor Tradio Apostlica, cada homem honesto reconhece os cristos dos primeiros sculos conheciam muito bem e observavam zelosamente a doutrina e as prticas religiosas recebidas dos apstolos. 3 . CONFISSO ACUSAO : Os catlicos confessam-se com os padres, que so pecadores ; os crentes confessam-se somente com Deus ! - porque lemos na Bblia: Quem pode perdoar os pecados, seno s Deus ?(Mc 2,7). RESPOSTA : Quem negava a Jesus o poder de perdoar os pecados, e at taxava de blasfemador, eram os orgulhosos escribas. Jesus , porm, lhes respondeu (Mc 2,10) : Para que saibais que o Filho do homem tem na terra o poder de perdoar os pecados...Jesus curou o paraltico perdoado vista deles. Este poder de perdoar os pecados, Jesus o confiou aos homens pecadores, aos Apstolos e seus legtimos sucessores, no dia mais solene, n