relatório polo florianópolis

Download Relatório Polo Florianópolis

Post on 15-Sep-2015

214 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Relatório Polo

TRANSCRIPT

  • RELATRIO EXECUTIVO

    Planejamento Integrado do SRI de SC Relatrio Polo de Florianpolis

    2013

    2013

  • Projeto Planejamento Integrado do SRI de Santa Catarina Polo Florianpolis

    1

    Sumrio

    1. INTRODUO ........................................................................................................................ 2

    2. METODOLOGIA ...................................................................................................................... 3

    2.1. Modelo CERTI do Ecossistema de Inovao .................................................................. 6

    3. PLANEJAMENTO INTEGRADO DO POLO DE FLORIANPOLIS................................................ 9

    3.1. Definio dos setores .................................................................................................... 9

    3.2. Mapa do Ecossistema de Inovao ............................................................................. 10

    3.3. Vertentes e Cenrios do Ecossistema ......................................................................... 11

    3.4. Mapa De Atores........................................................................................................... 33

    3.5. Workshop De Planejamento ....................................................................................... 39

    3.6. Priorizao das Vertentes............................................................................................ 41

    3.7. Proposio de Projetos ............................................................................................... 42

    3.8. Lista de presena ......................................................................................................... 45

    4. CONSIDERAES FINAIS ...................................................................................................... 46

  • Projeto Planejamento Integrado do SRI de Santa Catarina Polo Florianpolis

    2

    1. INTRODUO

    O Sistema CNI, juntamente com as Federaes de Indstria dos Estados de Santa Catarina,

    Minas Gerais, Paraba e Alagoas aprovou junto ao BID o Programa de Fortalecimento dos

    Sistemas Regionais de Inovao no Brasil, que tem por objetivo estimular o fortalecimento da

    capacidade de induo por parte de instituies estaduais de auxlio inovao, o

    favorecimento de parcerias entre universidades e centros tcnicos, cientficos estaduais, para

    a melhor interao entre as instituies locais, pblicas e privadas, nos trs nveis de

    competitividade: empresarial, estrutural e sistmico, como experincia piloto de polticas de

    C&T&I.

    No mbito deste Programa, o Instituto Euvaldo Lodi de Santa Catarina props o projeto

    de Planejamento Integrado dos SRIs do Estado de Santa Catarina, cujo objetivo o de integrar

    as instituies que atuam em prol da inovao e estabelecer uma viso compartilhada das

    prioridades para promover a inovao nas mesorregies do Estado, alinhando iniciativas e

    projetos j existentes. A Fundao CERTI atua em parceria com o IEL/SC na execuo do

    projeto, sendo responsvel pelo desenvolvimento tcnico.

    Ao final deste projeto espera-se ter um consenso entre as instituies de governo,

    iniciativa privada e terceiro setor de quais devem ser as prioridades e estratgias para o

    desenvolvimento do Sistema Regional de Inovao de cada mesorregio.

    Esta ao est integrada e complementa a iniciativa de planejamento do Governo do

    Estado de Santa Catarina, realizada em 2012, o INOVA@SC, que iniciou o planejamento de 6

    Polos de Inovao no Estado e com a iniciativa da FIESC de elaborar um poltica industrial de

    competitividade para o Estado por meio do desenvolvimento de Rotas Estratgicas para os

    setores industriais portadores de futuro.

    O presente documento apresenta os resultados do planejamento integrado de inovao

    do Polo de Florianpolis que contempla a aplicao do Modelo CERTI do Ecossistema de

    Inovao, o mapeamento dos principais atores do Polo e a proposio de projetos prioritrios

    para o Polo.

  • Projeto Planejamento Integrado do SRI de Santa Catarina Polo Florianpolis

    3

    2. METODOLOGIA

    O planejamento integrado do Sistema Regional de Inovao de Santa Catarina considera

    as 6 mesorregies do Estado, representadas por 7 cidades Polo, que foram definidas a partir

    do alinhamento com o projeto INOVA@SC, que iniciou trabalhos de planejamento em 6 Polos

    de Inovao no ano de 2012.

    A Figura 1 apresenta as cidades Polo das meso regies que compem o plano integrado

    de Inovao do SRI de Santa Catarina.

    Figura 1: Cidades Polo do Plano Integrado de Inovao do SRI de Santa Catarina

    A metodologia adotada para o planejamento dos Polos do Sistema Regional de Inovao

    em Santa Catarina a utilizada pelo Centro de Empreendedorismo Inovador da Fundao

    CERTI, que compreendeu seis grandes etapas, conforme ilustra a Figura 2.

  • Projeto Planejamento Integrado do SRI de Santa Catarina Polo Florianpolis

    4

    Figura 2: Metodologia CERTI de Planejamento do Sistema Regional de Inovao de Santa

    Catarina

    A partir do levantamento de informaes em bases de dados primrias e secundrias,

    foram identificados, em cada Polo de inovao definido, os setores com maior

    representatividade econmica, bem como clusters de inovao com potencial de apoiar o

    desenvolvimento da regio do Polo. Com base nestas informaes foram priorizados de trs a

    quatro setores por Polo e elaborado o Mapa de Inovao do Polo. O mapa de inovao

    estabelece o grau de maturidade do Ecossistema de Inovao para cada setor priorizado no

    Polo. Alm disso, foram identificados, em cada Polo, os principais atores que desenvolvem

    atividades de apoio inovao e elaborado o mapa de atores do Polo, com seus servios e

    competncias.

    Estas informaes foram apresentadas em um Workshop de planejamento no Polo, com o

    objetivo de validar o mapa de inovao e o mapa de atores e priorizar vertentes para a

    proposio de projetos. Aps a priorizao de vertentes, foram elaboradas proposies de

    projetos com o objetivo de aumentar a integrao entre as instituies e aumentar a

    capacidade de inovao do Polo. Os componentes de cada etapa da metodologia CERTI so

    descritos a seguir.

    a) Panorama de inovao: levantamento de informaes em bases de dados primrias e

    secundrias para caracterizar em cada Polo a base empresarial (potencial econmico)

    e a base de Cincia e Tecnologia C&T (potencial de desenvolvimento de pesquisas de

    ponta e gerao de novas empresas inovadoras). Na base empresarial foram

  • Projeto Planejamento Integrado do SRI de Santa Catarina Polo Florianpolis

    5

    consideradas informaes sobre o nmero de empresas, o nmero de empregos, o

    quociente locacional de empresas, o ndice de especializao de empregos, a

    representatividade do valor adicionado fiscal, os recursos captados na Financiadora de

    Estudos e Projetos - FINEP para projetos de inovao em Santa Catarina e os projetos

    apresentados ao Programa Sinapse da Inovao. Na base de C&T foram levantados

    dados sobre os grupos e linhas de pesquisa existentes na regio do Polo, as iniciativas

    de inovao (projetos e ambientes), talentos (mestres e doutores) por rea de

    conhecimento, os recursos captados na FINEP para projetos de inovao em Santa

    Catarina pelas empresas e Instituies de Cincia, Tecnologia e Inovao - ICTI, a

    atuao dos Ncleos de Inovao Tecnolgica - NIT, as ICTI, os cursos de graduao,

    especializao, mestrado e doutorado.

    b) Delta de oportunidades: esta etapa consiste na identificao e priorizao de setores

    industriais representativos no Polo. Levou-se em considerao tanto os setores j

    existentes quanto os pretendidos, com potencial de desenvolver a regio do Polo. Para

    isso, foram considerados os dados coletados na base empresarial, base de C&T e

    tendncias (setores portadores de futuro, setores priorizados em polticas federais e

    estaduais, anlise qualitativa das iniciativas em andamento na regio). Por meio da

    matriz de bolhas foram priorizados at quatro setores em cada Polo para a elaborao

    do Mapa de Inovao.

    c) Mapa de inovao: representa o grau de maturidade do setor em relao dez

    vertentes, consideradas importantes para promover a inovao na regio. So elas:

    Talentos, Instituies de Cincia Tecnologia e Inovao (ICTI), Capital, Infraestrutura

    Tecnolgica, Qualidade de Vida, Polticas Pblicas, Ambientes de Inovao, Capacidade

    Inovativa das Empresas, Clusters de Inovao e Governana e Gesto. Cada setor

    analisado em funo do seu grau de maturidade em relao vertente de anlise. As

    dez vertentes constituem o Ecossistema de Inovao do Polo, representado pelo Mapa

    de Inovao.

    d) Priorizao das vertentes: aps discusso e validao das vertentes para os setores do

    Polo, foi realizada a priorizao de trs ou quatro vertentes em cada Polo. A

    priorizao foi realizada por meio de um workshop com aplicao de dinmicas com os

    principais atores do Polo.

    e) Mapa de atores: constitui um mapeamento dos principais atores que apoiam a

    inovao em cada Polo. Para cada ator foram identificados os seus principais servios e

    competncias. Essas informaes foram levantadas em bases secundrias e validadas

  • Projeto Planejamento Integrado do SRI de Santa Catarina Polo Florianpolis

    6

    com os atores em um Workshop de planejamento.

    f) Proposio de projetos: para cada vertente priorizada, foram elaboradas propostas de