relatório “monitoramento da lai em 2013

Download Relatório “Monitoramento da LAI em 2013

Post on 08-Jan-2017

215 views

Category:

Documents

2 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • ARTICLE 19, 2014

    ATENO:Esse no um relatrio exaustivo. Novas informaes e alteraes podero ser acrescentadas ou modificadas, conforme o aprofundamento dos casos, envio de novos relatos e o avano das investigaes oficiais.

    Esta obra foi licenciada com uma Licena Creative CommonsAtribuio - Partilha nos Mesmos Termos 3.0 No Adaptada.

    Monitoramento da Lei de Acesso Informao Pblica em 2013

    FIChA TCNICA

    REALIzAo: Artigo 19

    INvEsTIgAo: Luiza Krutzler vega e Rafael sampaio.

    TExTo: Fernanda Balbino Ferreira, Joara Marchezini, Karina Quintanilha, Rafael sampaio e Thiago Firbida.

    suPERvIso E REvIso do CoNTEdo: Paula Martins.

    dIAgRAMAo E ARTE: MooA Estdio

    Publicao Financiada por open society Fundations

  • EquipE ARTiGO 19 BRAsil

    Paula MartinsDiretora

    Joara MarcheziniFernanda BalbinoAcesso Informao

    Jlia LimaThiago FirbidaProteo e segurana de comunicadores e defensores de direitos humanos

    Laura TrescaMarcelo BlancoLiberdade de expresso e tecnologias de informao e comunicao

    Camila MarquesKarina FerreiraMateus BassoPedro TeixeiraOlvia StefanovitsCentro de Referncia Legal

    Joo PenteadoHelosa PadijaPedro IorioComunicao

    Rosimeyre CarminatiYumna GhaniAdministrativo

    Belisrio dos Santos JniorEduardo PanuzzioMalak PoppovikLuiz Eduardo RegulesMarcos FuchsHeber ArajoThiago DonniniConselhos Administrativo e Fiscal

    A Artigo 19 agradece a todas as organizaes e pessoas que contriburam para a elaborao deste relatrio, especialmente a open society Funda-tions, a swedish International development Cooperation Agency (sida) e aos entrevistados.

  • 1.INTRODuO

    Resumo

    2.METODOLOGIA

    Transparncia Ativa

    Transparncia passiva

    3. ANLISE DA TRANSPARNCIA PASSIvA

    Respostas aos pedidos

    Executivo

    legislativo

    Justia

    Recursos

    4. ANLISE DA TRANSPARNCIA ATIvA

    Executivo

    legislativo

    Justia

    Relatrio Estatsticos

    5. ANLISE DA uTILIzAO DAS ExCEES AO ACESSO PELOS RGOS PBLICOS

    6. SOCIEDADE CIvIL E DIREITO INFORMAO

    Reunio com organizaes da sociedade civil

    Atividades da Artigo 19

    7. CONCLuSES E RECOMENDAES

    Recomendaes para a transparncia ativa

    Recomendaes para a transparncia passiva

    Recomendaes de mdio e longo prazo

    ANExO I

    ANExO II

    ANExO III

    8

    10

    12

    12

    15

    21

    21

    24

    27

    30

    33

    35

    35

    39

    41

    42

    43

    47

    48

    53

    55

    57

    58

    60

    62

    81

    96

    SuMRIO

  • 8

    1. INTRODuO

    A ARTiGO 19 apresenta neste relatrio os resultados da auditoria realizada para acompanhar a implementao e efetividade da lei de Acesso informao (lAi)1 em rgos pblicos brasileiros. A avaliao, ocorrida entre setembro e dezembro de 2013, se concentra no mbito federal, em 51 rgos das trs esferas Executivo, le-

    gislativo e Justia.

    O objetivo desta pesquisa realizar uma avaliao independente sobre a lei de Acesso

    informao que sirva de instrumento para a sociedade civil acompanhar e exigir o compro-

    metimento dos rgos pblicos com o direito informao. A ARTiGO 19 entende que a

    ausncia de um rgo governamental central que fiscalize e regule a implementao e o

    cumprimento da lAi aumenta a necessidade de monitoramento constante da sociedade civil

    quanto efetivao do direito informao. Futuras anlises podero ser realizadas com o

    mesmo propsito seja de maneira mais ampla, abordando dezenas de rgos pblicos, seja

    de maneira focada, avaliando poucas entidades2.

    A ARTiGO 19 considera que a auditoria tem perspectiva distinta das autoavaliaes sobre

    a lAi realizadas at agora pelos rgos pblicos: alm de ser um olhar de fora da esfera

    1 lei 12.527/2011, que passou a vigorar no Brasil em 16 de maio de 20122 para pesquisas anteriores da ARTiGO 19 sobre a implementao da lAi, ver: Balano de um ano da lei

    de Acesso informao pblica, publicada em maio de 2013 (veja: http://artigo19.org/?p=2862) e Acesso informao e os rgos de Justia brasileiros (veja: http://artigo19.org/wp-content/uploads/2014/01/balan-co_1_ano_lei_acesso.pdf)

  • 9

    governamental, no mbito da sociedade civil, o objetivo foi fazer pedidos de informao com

    base nas demandas de interesse do cidado comum. Este pode buscar informaes sobre as

    instituies do Estado (seja no site de um ministrio, por um telefone 0800 ou via servio

    de informaes ao Cidado, o siC) e tambm fazer pedidos de informao sobre os mais

    diferentes assuntos utilizando a lAi, por exemplo a respeito de servios pblicos. A formu-

    lao dos pedidos simulou os procedimentos que a lei de Acesso informao determina

    para solicitaes enviadas por pessoa fsica.

    A auditoria visa jogar luz sobre aspectos positivos na implementao da lei pelos entes

    pblicos, mas tambm fazer recomendaes sobre pontos crticos, nos quais ainda neces-

    srio avanar para que o direito informao se concretize.

    Dois aspectos principais da lei de Acesso informao foram avaliados e integram este

    relatrio:

    01 A transparncia ativa3, ou seja, o dever de entidades e rgos pblicos de divulgar, em local de fcil acesso e via internet, informaes produzidas ou mantidas por eles

    que sejam de interesse coletivo. Neste caso foram avaliados 6 critrios de divulga-

    o, divididos em 11 subitens, utilizando uma check-list (uma tabela de checagem

    das informaes e de sua divulgao). Os seguintes critrios foram avaliados: In-formaes institucionais; Programas e projetos; Lista de documentos classificados; Perguntas e respostas mais frequentes; Participao popular; e Contedo executivo-oramentrio.

    02 A transparncia passiva4, ou seja, a divulgao de informaes por um rgo p-blico mediante uma solicitao formal um pedido feito via internet, protocolado

    presencialmente ou por telefone. A lAi determina que os rgos so obrigados a

    responder pedidos de informao em 20 dias, caso no haja solicitao de prorroga-

    o mediante justificativa. segundo a lei, o solicitante no precisa informar o motivo

    de sua requisio, deve apenas identificar-se, sem que essa exigncia inviabilize a

    solicitao. para avaliar o cumprimento deste aspecto, a ARTiGO 19 realizou 474

    pedidos de informao via internet aos 51 rgos pblicos analisados, no perodo de

    17/09/2013 a 30/10/2013. As respostas foram recebidas at dezembro de 2013,

    quando foram ento avaliadas.

    Este relatrio est dividido em captulos: Introduo; Metodologia; Anlise da transparncia passiva; Anlise da transparncia ativa; Anlise da utilizao das excees ao acesso pelos rgos pblicos e nas decises judiciais; A sociedade civil e o direito informao; Conclu-so e recomendaes e Anexos. O contedo completo da lei de Acesso informao poder ser consultado no Anexo i.

    3 Definida principalmente pelo artigo 8 da lei de Acesso informao (lei 12.527/2011)4 Definida principalmente pelo captulo iii da lAi, em seus artigos 10, 11, 12, 13 e 14

  • 10

    RESuMO

    para esta auditoria, foram avaliados 38 rgos do Executivo, entre ministrios, secretarias,

    Advocacia-Geral da unio, Controladoria-Geral da unio, Banco Central, Casa Civil e Gabi-

    nete de segurana institucional; 11 rgos de Justia, sendo 8 do poder Judicirio (supre-

    mo Tribunal Federal, superior Tribunal de Justia, tribunais federais e Conselho Nacional de

    Justia) e 3 com funes essenciais Justia (Conselho Nacional do Ministrio pblico,

    Ministrio pblico Federal e Ministrio pblico do Trabalho); e 2 rgos Legislativos, sendo

    o senado Federal e a Cmara dos Deputados.

    A ARTiGO 19 mediu o grau de cumprimento das solicitaes; a satisfao que as respostas

    dadas geraram quanto aos pedidos feitos; o envio das respostas dentro do prazo previsto

    em lei; a capacidade dos rgos pblicos em responder recursos em primeira instncia; a

    oferta de informaes de forma proativa no site dos rgos; a implementao de servios de

    informao ao Cidado5 (siCs e e-siCs) nos rgos; as medidas de promoo adotadas para

    a lAi; e outros aspectos. Todas as informaes detalhadas da pesquisa esto disponveis no

    site do Observatrio da lei de Acesso informao (http://observatorio.artigo19.org).

    Dos 474 pedidos de informao enviados, 285 (60,1%) foram integralmente respondidos.

    Outros 149 (31,5%) receberam respostas parciais. um nmero pequeno, mas significativo

    (26 pedidos ou 5,5%) no foi respondido, majoritariamente aqueles feitos aos rgos de

    Justia. Outros 8 pedidos (1,7%) tiveram acesso informao negado e em 6 casos (1,3%),

    os rgos pblicos alegaram no ter a informao, em geral explicando que os pedidos de-

    veriam ser encaminhados a outros rgos.

    Com relao avaliao feita quanto ao contedo da resposta, os nmeros se parecem:

    316 ou 66,7% do total de respostas dadas foram consideradas satisfatrias. O nmero

    ultrapassa a metade dos pedidos, mas ainda assim causa preocupao quanto qualidade

    das respostas - se considerarmos que apenas seis em cada dez pedidos tiveram respostas

    satisfatrias. Outras 122 respostas (25,7%) foram consideradas incompletas, e 36 (7,6%)

    tiveram fundamentao inadequada.

    A anlise tanto qualitativa quanto quantitativa dos dados obtidos na auditoria poder ser

    encontrada nos captulos seguintes. Como a quantidade de pedidos de informao enviados

    foi diferente para cada um dos poderes (350 pedidos para os 38 rgos do Executivo; 106

    para os 11 rgos da Justia; e 18 para os 2 rgos do Legislativo), o relatrio se centrar

    em anlises dos nmero

Recommended

View more >