relatório final de mapeamento de capacidade de suporte a ... ?rio-mapeamento-capacidade-de-  ·...

Download Relatório Final de Mapeamento de Capacidade de Suporte a ... ?rio-Mapeamento-Capacidade-de-  · Relatório…

Post on 08-Nov-2018

214 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Relatrio Final de Mapeamento de Capacidade de Suporte a Impactos Cumulativos

    2

    A Reestruturao e atualizao do mapeamento do projeto

    zoneamento ecolgico-econmico do Cear zona costeira e

    unidades de conservao costeiras dispe de quatro subprodutos

    elencados a seguir:

    REESTRUTURAO E ATUALIZAO DO MAPEAMENTO DO

    PROJETO ZONEAMENTO ECOLGICO-ECONMICO DO

    CEAR ZONA COSTEIRA E UNIDADES DE CONSERVAO

    COSTEIRAS

    RELATRIO FINAL DE MAPEAMENTO DE USO E COBERTURA

    DO SOLO

    RELATRIO FINAL DE MAPEAMENTO DE POTENCIALIDADE DE

    USO

    RELATRIO FINAL DE MAPEAMENTO DE CAPACIDADE DE

    SUPORTE A IMPACTOS CUMULATIVOS

    RELATRIO FINAL DE CARACTERIZAO AMBIENTAL E DOS

    MAPEAMENTOS

  • Relatrio Final de Mapeamento de Capacidade de Suporte a Impactos Cumulativos

    3

    REESTRUTURAO E ATUALIZAO DO MAPEAMENTO DO PROJETO

    ZONEAMENTO ECOLGICO-ECONMICO DO CEAR ZONA COSTEIRA E

    UNIDADES DE CONSERVAO COSTEIRAS

    RELATRIO FINAL DE MAPEAMENTO DE CAPACIDADE DE SUPORTE A

    IMPACTOS CUMULATIVOS

    Fortaleza

    Novembro/2016

  • Relatrio Final de Mapeamento de Capacidade de Suporte a Impactos Cumulativos

    4

    SUPERINTENDNCIA ESTADUAL DO MEIO AMBIENTE SEMACE

    RUA Jaime Benvolo, 1400 Ftima CEP: 60050-081

    Fortaleza Cear

    Telefones: (85) 3101.5568 (85) 3101.5521 Fax: (85) 3101.2211

    Stio: www.semace.ce.gov.br

    e-mail: semace@semace.ce.gov.br

    GEOAMBIENTE

    Av. Shishima Hifumi, 2.911 Urbanova CEP: 12244-000

    So Jos dos Campos - SP

    Telefone: (12) 3878.6800 Fax: (12) 3878.6801

    info@geoambiente.com.br

    www.geoambiente.com.br

    permitida a reproduo total ou parcial deste documento, desde que citada a fonte.

    Os conceitos emitidos em trabalhos assinados so de inteira responsabilidade de seus autores.

    C387r Cear. Superintendncia Estadual do Meio Ambiente

    Reestruturao e atualizao do mapeamento do projeto Zoneamento Ecolgico-Econmico do Cear zona costeira e unidades de conservao costeiras- Relatrio Final de Mapeamento de Capacidade de Suporte a Impactos Cumulativos / Superintendncia Estadual do Meio Ambiente; GEOAMBIENTE Fortaleza: SEMACE, 2016.

    475 p.; il.

    Contedo: 1- Relatrio Final de Mapeamento de Uso e Cobertura do Solo; 2- Relatrio Final de Mapeamento de Potencialidade de Uso; 3- Relatrio Final de Mapeamento de Capacidade de Suporte a Impactos Cumulativos; 4- Relatrio Final de Mapeamento de Capacidade de Suporte a Impactos Cumulativos.

    1. Zona costeira Cear. 2. Zoneamento Ecolgico-Econmico - Cear. 3. Litoral Cear. 4 Unidades de Conservao Cear. I GEOAMBIENTE. II. Ttulo.

    CDU: 551.468(813.1)

    http://www.semace.ce.gov.br/mailto:semace@semace.ce.gov.brmailto:info@geoambiente.com.br

  • Relatrio Final de Mapeamento de Capacidade de Suporte a Impactos Cumulativos

    5

    Governo do Estado do Cear

    Camilo Sobreira de Santana

    Secretaria do Meio Ambiente

    Artur Jos Vieira Bruno

    Superintendncia Estadual do Meio Ambiente

    Jos Ricardo de Arajo Lima

    COMISSO DE ANLISE E AVALIAO DA SEMACE

    Carolina Braga Dias - Gegrafa, Doutora em Cincias Marinhas

    Tropicais

    Elizete de Oliveira Santos - Gegrafa, Doutora em Geografia

    Francisco Heury Fernandes da Silva - Gelogo, Mestre em

    Geologia

    Lincoln Davi Mendes de Oliveira - Qumico industrial, Mestre em

    Qumica Inorgnica

    AUTORIA DO PROJETO ORIGINAL

    Luz Jos de Almeida Correia Gegrafo, Doutor em Geografia

  • Relatrio Final de Mapeamento de Capacidade de Suporte a Impactos Cumulativos

    6

    EQUIPE DE ELABORAO DA GEOAMBIENTE

    Coordenao Geral Izabel Cristina Franchitto Cecarelli - Geloga, Mestre em Sensoriamento Remoto Coordenao do Projeto Andr Luis de Pdua Santos - Engenheiro Cartgrafo Jlio Bandeira Guerra - Gegrafo, Mestre em Sensoriamento Remoto Coordenao Tcnica dos Mapeamentos de Unidades Geoambientais, Potencialidade de Uso e Capacidade de Suporte a Impactos Cumulativos e de anlise ambiental integrada Alex da Silva Sousa - Gegrafo, Mestre em Geografia Fsica Coordenao Tcnica do Mapeamento de Uso e Cobertura do Solo Rogrio de Sousa Bueno Silva - Engenheiro Ambiental Equipe Tcnica de Mapeamentos de Unidades Geoambientais, Potencialidade de Uso e Capacidade de Suporte a Impactos Cumulativos e de anlise ambiental integrada Carina de Souza Rodrigues - Gegrafa, Mestre em Sensoriamento Remoto Jennifer Fortes Cavalcante Renk - Gegrafa Anglica dos Santos Silva - Geloga Dione Aline Ribeiro dos Santos - Engenheira Civil, Mestre em Controle Ambiental Equipe Tcnica de desenvolvimento da aplicao WebGIS Danilo Mori Palomo - Cientista da Computao Tiago Pinheiro de Oliveira - Cientista da Computao

  • Relatrio Final de Mapeamento de Capacidade de Suporte a Impactos Cumulativos

    7

    Equipe Tcnica de Mapeamento de Uso e Cobertura do Solo Luciana Satiko Arasato - Biloga, Mestre em Sensoriamento Remoto Ana Carolina Rezende Rodrigues - Engenheira Agrnoma, Mestre em Sensoriamento Remoto Guilherme Henrique de Sousa Maringela Aparecida Martins Maia - Tcnica em Agropecuria Gustavo Henrique dos Santos Marcus Vinicius de Souza Muniz Las Queiroz de Arajo Patrcia Zanelato Gabriel Baioco da Silva Cardozo Viviane Siqueira Mendes Vilas Boas Botelho Renato Marques da Silva Processamento de dados de Sensoriamento Remoto Ulisses Elsio Costa - Graduado em Gesto Ambiental

    Elaborao de layouts cartogrficos

    Slvia Luiz - Engenheira Cartgrafa

    Consultores

    Prof. Dr. George Satander S Freire - Gelogo, Universidade

    Federal do Cear

    Prof. Dr. Norberto Olmiro Horn Filho - Gelogo, Universidade Federal de Santa Catarina

    Superviso Editorial

    Francisca Snia Sousa de Andrade

    Normalizao Bibliogrfica

    Maria Zuleide Lopes Leandro

    Diagramao | Capa

    Israel Rodrigues Joca

  • Relatrio Final de Mapeamento de Capacidade de Suporte a Impactos Cumulativos

    8

    APRESENTAO

    Uma das questes mais tormentosas que enfrenta o Poder Pblico na atualidade harmonizar

    o desenvolvimento econmico, a imperiosa necessidade de gerar postos de trabalho, criar

    emprego, melhorar a qualidade de vida das populaes, com o dever absoluto de proteger o

    meio ambiente. Apesar dos esforos despendidos pelos Governos, nos primeiros anos da

    poltica ambiental nos pases desenvolvidos, no fito de reduzir, quic cessar a degradao do

    meio, a realidade demonstra que no houve avanos significativos. Observa-se que em alguns

    lugares na verdade tem piorado, especialmente nos pases onde grassa a pobreza, a educao

    incipiente e os frutos do desenvolvimento econmico e do ambiente saudvel no so

    partilhados paritariamente entre as populaes.

    O Superintendente da SEMACE, consciente de suas obrigaes, frente ao dilema que ora lhe

    posto, qual seja, o de proteger o meio e reduzir a degradao ambiental, promove com

    seriedade e lisura os processos de licenciamento, fiscalizao e monitoramento ambiental no

    Estado do Cear, ao tempo que adota, entre suas metas polticas e administrativas, a

    integrao rigorosa do princpio da preveno e da correo na gesto ambiental. A criao

    legal de instrumentos de gesto apenas uma das ferramentas utilizadas para integrar e

    incrementar as aes na instituio, colaborando para o crescimento econmico com o fomento

    de tcnicas e estudos atualizados, de modo a libertar os servidores da instituio do

    determinismo e da mesmice.

    O Projeto de Reestruturao e Atualizao do Mapeamento do Zoneamento Ecolgico

    Econmico do Cear ZEE (Zona Costeira e Unidades de Conservao Costeiras),

    objetiva viabilizar o desenvolvimento sustentvel a partir da compatibilizao do

    desenvolvimento socioeconmico com a conservao ambiental. Este mecanismo de gesto

    ambiental consiste na delimitao de zonas ambientais e atribuio de usos e atividades

    compatveis segundo as caractersticas (potencialidades e restries) de cada uma delas. Tem

    como finalidade o uso sustentvel dos recursos naturais, bem como o equilbrio dos

    ecossistemas existentes.

    Contudo, a conciliao dos objetivos do desenvolvimento com os da conservao ambiental,

    requer ainda uma profunda reformulao do modo e dos meios aplicados nos processos de

    deciso dos agentes pblicos e privados. No basta estabelecer um rigoroso planejamento e

    ordenamento territorial, concebido segundo os objetivos da conservao ambiental, do

    desenvolvimento econmico e da justia social, se isso no for acompanhado da criao e do

    fortalecimento de novas condies institucionais e financeiras, que concorram para sua

    implementao, com uma integrao horizontal, vertical e temporal das diversas aes que

    atuam num dado territrio.

  • Relatrio Final de Mapeamento de Capacidade de Suporte a Impactos Cumulativos

    9

    Assim sendo, esse estudo fundamenta uma anlise detalhada e integrada da regio,

    considerando os impactos decorrentes da ao humana e da capacidade de suporte do

    meio ambiente. A partir desta anlise prope diretrizes especficas para cada unidade

    territorial (zona) identificada, estabelecendo, inclusive, aes voltadas mitigao ou

    correo de impactos ambientais danosos eventualmente identificados no meio

    ambiente.

    Jos Ricardo Arajo Lima Superintendente da SEMACE

    Desenvolvimento e preservao, um s caminho.

    O ZEE,

    Art. 3 O ZEE tem por objetivo geral organizar, de forma vinculada, as decises dos agentes

    pblicos e privados quanto a planos, programas, projetos e atividades que, direta

Recommended

View more >