relatório final de estágio mestrado integrado em medicina ...· resumo iii o presente relatório

Download Relatório Final de Estágio Mestrado Integrado em Medicina ...· RESUMO iii O presente relatório

Post on 26-Jan-2019

216 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

Relatrio Final de Estgio

Mestrado Integrado em Medicina Veterinria

MEDICINA E CIRURGIA DE ANIMAIS DE COMPANHIA

Mafalda Sarmento Rebocho Veloso Martins

Orientadora:

Prof. Doutora Paula Ferreira Proena Co-Orientador: Dr. Hugo Vilhena

Porto 2014

ii

Relatrio Final de Estgio

Mestrado Integrado em Medicina Veterinria

MEDICINA E CIRURGIA DE ANIMAIS DE COMPANHIA

Mafalda Sarmento Rebocho Veloso Martins

Orientadora: Prof. Doutora Paula Ferreira Proena Co-Orientador: Dr. Hugo Vilhena

Porto 2014

RESUMO

iii

O presente relatrio final de estgio resultado do trabalho desenvolvido ao longo de

dezasseis semanas de estgio curricular, no mbito da concluso do Mestrado Integrado em

Medicina Veterinria, na rea da Medicina e Cirurgia de Animais de Companhia.

O estgio teve lugar no Hospital Veterinrio do Baixo Vouga (HVBV), onde passei por

diferentes turnos que incluram perodos diurnos, noturnos, fins-de-semana e feriados de forma

a poder contatar com todo o tipo de situaes, incluindo urgncias mdicas e cirrgicas. Desta

forma, contatei com diversas realidades do dia-a-dia clnico, compartilhando e participando

num sistema rotativo e integrador destinado aos estagirios, pelas diferentes reas:

internamento, consultas, cirurgia, anestesiologia e exames complementares de diagnstico

(raio-x, ecografia, ecocardiografia, anlises clnicas). Foi-me permitido auxiliar o clnico na

aproximao ao paciente, realizar exames complementares de diagnstico, discutir os

resultados com a equipa mdica bem como contribuir para a execuo do plano teraputico.

Era responsvel por informar o mdico veterinrio sobre o estado geral dos animais internados

bem como colaborar no tratamento e bem-estar dos mesmos. No departamento cirrgico

estava encarregue de organizar a preparao da sala cirrgica, auxiliar nas diferentes cirurgias,

monitorizar a anestesia bem como o acompanhamento ps-cirrgico.

Ao longo do perodo de estgio foi possvel de modo positivo, atingir os objetivos pr-

estabelecidos, como o contacto com a prtica clnica real, desenvolvimento da capacidade de

comunicao com o proprietrio, desenvolvimento da capacidade de pesquisa de informao

relevante para o maneio dos casos clnicos reais e a integrao e adaptao dos

conhecimentos ministrados durante o Mestrado Integrado em Medicina Veterinria prtica

clnica, adaptando-se sempre s condicionantes dessa realidade.

O principal objetivo deste relatrio fazer a exposio de cinco casos clnicos de

diferentes reas da medicina e cirurgia de animais de companhia. Os temas escolhidos foram:

gastroenterologia, urologia, cirurgia de tecidos moles, endocrinologia e oncologia clnica.

AGRADECIMENTOS

iv

Em primeiro lugar, dedico todo o meu esforo e empenho minha Av Isaura, que sempre

apoiou todas as minhas opes e paixes. Por ser a minha fonte de inspirao, de paz interior

e o meu anjo da guarda.

Aos meus pais, pelo apoio incondicional, por permitirem que o meu sonho se concretizasse e

por nunca deixarem de acreditar em mim. minha irm Maria, pelo mimo e ateno que me

d, que apesar de ser "pequenina" tem me ajudado nesta etapa e diz-me regularmente: "Tenho

muito orgulho em ti!", dando-me desta forma foras para continuar esta jornada.

minha orientadora, professora Paula Proena, pela sua disponibilidade, eficincia, carinho,

calma e pacincia que teve sempre para comigo, no s nesta fase final, como ao longo de

todo o meu percurso acadmico no ICBAS.

Ao meu co-orientador e ex-professor, Dr. Hugo por quem sempre tive tanta admirao, pela

disponibilidade, pelas crticas construtivas, pela preocupao, simpatia e a sua tranquilidade

contagiante.

fantstica equipa do HVBV, por me terem recebido to bem, pelos momentos de

aprendizagem e companheirismo que me proporcionaram, e pelos sorrisos no internamento,

que deixam muitas saudades. Um obrigada especial ao enfermeiro Nuno pela pacincia e por

dar tanta alegria ao internamento, Dr. Raquel Tom pela ajuda na escolha dos casos

clnicos, Dr. Carla Marrinhas por toda ajuda e disponibilidade e por fim ao Dr. Hlder

Craveiro, por todos os seus ensinamentos, incluindo: "cada um com os seus problemas!", pela

ajuda incansvel e pela sua amizade. Agradeo ainda ao Dr. Artur Alves e ao Dr. Pedro

Moreira por me mostrarem a realidade dos domiclios.

A todas as minhas colegas estagirias, em especial: Rakas, Catarininha, Verinha, e Vera por

tornarem os dias mais divertidos, por estarem sempre ao meu lado e pelo apoio incondicional

que me deram ao longo desta jornada!

Ao Mrio, por ser o meu alicerce essencialmente no ICBAS, por me apoiar e aturar todas as

minhas inseguranas! Ao Fernando e Joana Lopes, por todos os sbios conselhos de estudo, e

por estarem ao meu lado nas horas de desespero.

AGRADECIMENTOS

v

Aos meus meninos de sempre: Afonso, Semedo, Filipe e Joo Pedro, por me aturarem h tanto

tempo, por estarem sempre ao meu lado e por fazerem parte da minha vida! Xika, que

apesar dos Km's de distncia est sempre perto e pronta para me apoiar!

minha tia Paula e tio Z Antnio, por me terem emprestado a sua casa, tornando assim

possvel a realizao deste estgio!

Ao tio Pi por acreditar tanto em mim!

Ao meu tio Aroso por estar sempre ao meu lado quando preciso! Ana Cristina por ter

arranjado tempo para me ouvir tocar piano quando eu mais precisava, e por ser mais do que

uma tia!

So, por fazer parte da minha famlia, e por nos ajudar quando precisamos.

Ao Carlos, por me conhecer melhor a mim do que eu mesma, pela pacincia e compreenso,

por me aturar as minhas inseguranas h tantos anos e manter-se sempre ao meu lado! sua

me e famlia por se preocuparem tanto comigo e tratarem-me como fazendo parte da famlia.

D. Isabel, por todo o carinho que tem por mim, e por ouvir os meus desabafos.

Por fim, agradeo a todos os meus professores por tudo o que me ensinaram, com especial

carinho aos professores Margarida Arajo, Paulo Costa e Armando Lemos pelas palavras de

incentivo e pelo "colo" que me deram nas horas de maior angstia ao longo deste percurso

acadmico.

Ao meu Pach que apesar de ser o co mais independente que conheo e ter um feitiozinho

muito especial, sempre teve a pacincia para me deixar treinar para os exames e me dar

ateno quando preciso.

Um grande bem-haja a todos!

ABREVIATURAS

vi

% - percentagem

< menor

> - maior

- menor ou igual

maior ou igual

produto registado

Ab - antibitico

ADH - hormona antidiurtica

AINEs anti-inflamatrios no esterides

ALB - albumina

ALT alanina aminotransferase

AVP - arginina vasopressina

BID a cada 12 horas

bpm batimentos por minuto

BUN ureia azotada no sangue

Ca - Clcio

CAAF - citologia aspirativa por agulha fina

CID coagulao intravascular

disseminada

CIF cistite idioptica felina

Cl - cloro

cm centmetros

cPLI - lipase pancretica especfica canina

CRE - creatinina

CRI - taxa de infuso continua

DI - Diabetes Insipidus

DIC - Diabetes Insipidus Central

DIN - Diabetes Insipidus Nefrognica

DM - Diabetes Mellitus

DP - Dilise peritoneal

DU - densidade urinria

ECG - eletrocardiograma

EN - alimentao entrica

FA fosfatase alcalina

Fig. - figura

FLUTD doena do trato urinrio inferior

dos felinos

g/dl grama por decilitro

g/kg - gramas por kilo

GI - gastrointestinal

GLU - glucose

h hora

Htc - hematcrito

HVBV - Hospital Veterinrio do Baixo

Vouga

IM via intramuscular

IR - Insuficincia Renal

IRA - Insuficincia Renal Aguda

IRC - Insuficincia Renal Crnica

ITU infeo do trato urinrio

IV via endovenosa

K - potssio

kg quilograma

L litro

LR lactado de Ringer

MAD membro anterior direito

MAE membro anterior esquerdo

MCT - mastocitoma

mEq/L miliequivalente por litro

mg/dl miligrama por decilitro

mg/kg miligrama por quilo

ml/kg/h mililitro por quilograma por hora

mOsm/kg - milimoles por kilograma

Na - sdio

NaCl 0,9% - soluo salina isotnica

dimetro

C grau Celsius

OVH - ovariohisterectomia

PA - pancreatite aguda

PN - alimentao parentrica

PO via oral

ABREVIATURAS

vii

PP - polidipsia psicognica

PPAM - prova de privao de gua

modificada

PT - protena total

Pu/Pd - poliria/polidipsia

QID a cada 6 horas

ref - referncia

RM - ressonncia magntica

rpm respiraes por minuto

RT - radioterapia

SC via subcutnea

SID a cada 24 horas

T4 - tiroxina

Tab. - tabela

TC tomografia computorizada

TID a cada 8 horas

TLI tripsina imunorreactiva canina

TNF - - fator de necrose tumoral

TP - tempo de protrombina

Recommended

View more >