relatório final de estágio mestrado integrado em medicina ...repositorio- de estgio... · g/kg...

Download Relatório Final de Estágio Mestrado Integrado em Medicina ...repositorio- DE ESTGIO... · g/Kg durante

Post on 30-Nov-2018

213 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Relatrio Final de Estgio

    Mestrado Integrado em Medicina Veterinria

    CINCO CASOS CLNICOS DE MEDICINA E CIRURGIA DE ANIMAIS DE

    COMPANHIA

    Joo Pedro Alves de Barros

    Orientador:

    Dr. Augusto de Matos

    Co-orientadores:

    Dr Heidi Rathke

    Dr. Lus Montenegro

    Porto 2010

  • ii

    Relatrio Final de Estgio

    Mestrado Integrado em Medicina Veterinria

    CINCO CASOS CLNICOS DE MEDICINA E CIRURGIA DE ANIMAIS DE

    COMPANHIA

    Joo Pedro Alves de Barros

    Orientador:

    Dr. Augusto de Matos

    Co-orientadores:

    Dr Heidi Rathke

    Dr. Lus Montenegro

    Porto 2010

  • iii

    RESUMO

    O meu estgio final de Mestrado Integrado em Medicina Veterinria no Instituto de

    Cincias Biomdicas Abel Salazar foi realizado na rea de Medicina e Cirurgia de Animais de

    Companhia. Teve lugar no Queens Veterinary School Hospital, na Universidade de Cambridge

    e no Hospital Veterinrio Montenegro, no Porto, durante 6 e 10 semanas, respectivamente.

    No Queens Veterinary School Hospital, Universidade de Cambridge, realizei o meu

    estgio nas reas de neurologia e medicina de animais de companhia, tendo realizado consultas

    parcialmente, auxiliado na execuo dos exames complementares de diagnstico, cuidado do

    paciente durante o seu perodo de internamento, assistido a cirurgias e monitorizado o animal no

    perodo ps-cirrgico, sempre sob a superviso de um mdico veterinrio. Tive oportunidade de

    realizar bancos de urgncia e cuidados intensivos juntamente com um mdico veterinrio,

    efectuando a administrao de medicaes, procedimentos vrios e monitorizao de pacientes

    na Unidade de Cuidados Intensivos.

    No Hospital Veterinrio Montenegro, tive a satisfao de integrar a equipa do Hospital, o

    que me possibilitou uma grande interveno prtica ao nvel do exerccio da clnica veterinria.

    Tive a possibilidade de acompanhar consultas externas, auxiliar e executar exames

    complementares de diagnstico, efectuar exames fsicos e administraes de frmacos,

    monitorizar anestesias, assistir e auxiliar cirurgias de tecidos moles, ortopedia, neurologia e

    oftalmologia, executar procedimentos cirrgicos simples, realizar bancos de urgncia e cuidados

    intensivos e compreender e estabelecer a relao com o cliente, permitindo-me uma ampla

    integrao dos conhecimentos adquiridos durante o curso.

    Acima de tudo, o estgio final de curso permitiu-me conhecer e experimentar a dinmica

    das Cincias Veterinrias nas realidades inglesa e portuguesa, contribuindo grandemente para o

    enriquecimento da minha formao profissional.

    O presente relatrio descreve e discute uma seleco de cinco casos clnicos, integrados

    em cinco reas distintas, que tive oportunidade de acompanhar.

  • iv

    AGRADECIMENTOS

    Ao meu orientador, Dr. Augusto de Matos, por ter aceite ser meu orientador, se ter

    mostrado sempre disponvel e me ter transmitido tantos conhecimentos durante todo o meu

    percurso acadmico no ICBAS.

    Aos meus co-orientadores, Dr Heidi Rathke por ter esclarecido sempre as minhas

    dvidas, se preocupar que tudo corresse bem na minha estadia e pela sua simpatia e Dr. Lus

    Montenegro por me ter acolhido no seu hospital, pela integrao na sua equipa e por querer

    sempre o melhor para os seus estagirios.

    A todos os meus professores, que tanto contriburam para poder chegar aqui.

    A todos os mdicos veterinrios do ICBAS, pela pacincia e pelos conhecimentos

    prticos que me proporcionaram.

    A todos os mdicos veterinrios do Hospital Veterinrio Montenegro, Rafa, Cota,

    Cludia Rodrigues, Cludia Oliveira, Marta, Rui, Daniel, Nuno e Mota por me ensinarem tanto

    em to pouco tempo, por serem uma referncia para mim e pelo bom ambiente que conseguem

    criar. Aos enfermeiros veterinrios, Carla e Eduardo pelo apoio e amizade. Elisa pelo carinho

    e boa disposio.

    A todos os meus amigos, colegas de curso e colegas estagirios pela amizade e pelo

    companheirismo que sempre demonstraram.

    minha me, por toda a dedicao, amor e determinao ao longo da minha vida. Ao

    meu pai, por todo o apoio, compreenso e carinho. minha irm, pelo exemplo e pela fora que

    me transmite. minha restante famlia, pela ajuda incondicional.

    Li, pela inspirao, pela sua coragem, compreenso e pacinciapor existir na minha

    vida!

    Sem vocs, tudo isto no era possvel!

  • v

    LISTA DE ABREVIATURAS

    % - Percentagem

    C Graus Clsius

    AF Fibrilhao atrial

    AINEs Anti-inflamatrios no esterides

    AST Aspartato AminoTransferase

    APTT Tempo de tromboplastina activada

    BUN Blood urea nitrogen (ureia nitrogenada sangunea)

    CLTL Corpectomia lateral toraco-lombar

    CMD Cardiomiopatia dilatada

    DI Disco intervertebral

    FA fosfatase alcalina

    FE Fraco de encurtamento

    FIV Vrus da Imunodeficincia Felina

    FeLV Vrus da Leucemia Felina

    dl- decilitro

    g grama

    HVM Hospital Veterinrio Montenegro

    IECAs Inibidores da enzima de converso da angiotensina

    IC Insuficincia cardaca

    IR Insuficincia renal

    IRC Insuficincia renal crnica

    IRA Insuficincia renal aguda

    Kg Kilograma

    LCR Lquido cefalorraquidiano

    LES Lpus Eritematoso Sistmico

    mg miligrama

    ml mililitro

    MNS Motoneurnio superior

    MNI Motoneurnio inferior

    MPE membro plvico esquerdo

    MPD membro plvico direito

  • vi

    MP membros plvicos

    MTE membro torcico esquerdo

    MTD membro torcico direito

    OD olho direito

    OE olho esquerdo

    PIF Peritonite infecciosa felina

    PIO Presso intra-ocular

    PLI Pancreatic Lipase Immunoreactivity

    ppm pulsaes por minuto

    PVC Presso venosa central

    PT Protenas totais

    QVSH Queens Veterinary School Hospital

    RM Ressonncia magntica

    rpm respiraes por minuto

    RX Raio-X

    SNC Sistema Nervoso Central

    TAC Tomografia axial computorizada

    TC Tomografia Computorizada

    TRC Tempo de Repleo Capilar

    TFG Taxa de filtrao glomerular

    VD ventrculo direito

    VE ventrculo esquerdo

    VPC contraco ventricular prematura

  • vii

    NDICE GERAL

    RESUMO................................................................................................................................................. iii

    AGRADECIMENTOS ........................................................................................................................... iv

    LISTA DE ABREVIATURAS ............................................................................................................... v

    NDICE GERAL .................................................................................................................................... vii

    CASO CLNICO DE UROLOGIA: Insuficincia Renal Aguda Secundria a Antibiticos..............1

    CASO CLNICO DE NEUROLOGIA: Hrnia Discal Toraco-lombar................................................7

    CASO CLNICO DE PNEUMOLOGIA: Quilotrax Idioptico........................................................13

    CASO CLNICO DE OFTALMOLOGIA: Luxao Anterior do Cristalino Secundria a

    Trauma.....18

    CASO CLNICO DE CARDIOLOGIA: Cardiomiopatia Dilatada........24

    ANEXO I...................................................................................................................................................30

    ANEXO II.................................................................................................................................................36

    Bibliografia ................................................................................................................................. .36

  • 1

    Caso Clnico de Urologia: Insuficincia Renal Aguda secundria a antibiticos

    Identificao do animal: Kizzy, candeo, fmea, castrada, Border Terrier de 4 anos de idade e

    11,5 Kg de peso.

    Motivo da consulta: anorexia, vmitos e oligria.

    Anamnese: A Kizzy vive num ambiente rural em Royston, contactando com mais dois ces.

    Esto todos vacinados e desparasitados, tanto para endo como para ectoparasitas. A dieta da

    Kizzy consiste em rao seca de qualidade superior e livre acesso a gua. No tem o hbito de

    roer objectos estranhos ou alimentos para alm da sua comida habitual. As fezes so normais.

    Desde h cerca de 3 dias que apresenta perda de apetite com vmitos de cor amarela, espumosos,

    sem relao com ingesto de comida e com uma frequncia de uma a duas vezes por dia. Nestes

    ltimos dias tem urinado uma vez por dia e uma quantidade mnima, mas no demonstra

    desconforto ou esforo ao urinar. A urina no apresenta alteraes visveis. A nica interveno

    cirrgica foi a castrao ao ano de idade e recentemente fez um tratamento para uma dermatite

    bacteriana por Gram-negativos com amicacina, por via intramuscular, durante 10 dias. Na

    anamnese dirigida aos outros sistemas no h alteraes a referir.

    Exame de estado geral: A Kizzy encontra-se deprimida. Na avaliao da condio corporal

    classifica-se como normal. O grau de desidratao inferior a 5%. As mucosas esto rosadas,

    brilhantes e com TRC inferior a 2 segundos. Os movimentos respiratrios so do tipo costo-

    abdominal, com profundidade normal e relao inspirao-expirao de 1:1,3, regulares e com

    frequncia de 24 rpm. O pulso tem caractersticas normais e uma frequncia de 90 ppm. A

    temperatura de 38

Recommended

View more >