relatorio final 14 conferencia

Download Relatorio Final 14 Conferencia

Post on 29-Oct-2015

35 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • ACESSO E ACOLHIMENTO COM QUALIDADEUM DESAFIO PARA O SUS

    Todos Usam o SUS!

    Ministerio da Saude

    Conselho Nacional de Saude

    Braslia 2012

    Relatorio Final

  • Relatrio Final da 14 Conferncia Nacional de Sade

  • APRESENTAO .........................................................................................................XX

    PROPOSTAS APROVADAS NA 14 CONFERNCIA NACIONAL DE SADE ...............XX

    MOES APROVADAS NA 14 CONFERNCIA NACIONAL DE SADE ....................XX

    CARTA DA 14 CONFERNCIA NACIONAL DE SADE ..............................................XX

    ATOS NORMATIVOS DA 14 CONFERNCIA NACIONAL DE SADE .......................XX

    DECRETO .................................................................................................................X

    PORTARIAS ..............................................................................................................XX

    REGULAMENTO .......................................................................................................XX

    CONSIDERAES PARA A 15 CONFERNCIA NACIONAL DE SADE .....................XX

    FICHA TCNICA ...........................................................................................................XX

    SUMRIO

  • Expediente do Relatrio Final da 14 Conferncia Nacional de Sade

    Tiragem: 1. edio 2012 XX.000 exemplares

    Elaborao, distribuio e informaes:MINISTRIO DA SADE

    Conselho Nacional de Sade Esplanada dos Ministrios, bloco G,

    Edifcio Anexo, ala B, 1. andar, salas 103 a 115CEP: 70058-900, Braslia DFTels.: (61) 3315-2151 / 2150Faxes: (61) 3315-2414 / 2472

    E-mail: cns@saude.gov.brHome page: www.conselho.saude.gov.br

    CoordenaoRozngela Fernandes Camapum

    Projeto grco e DiagramaoDelton Assis

    Impresso no Brasil / Printed in Brazil

    Ficha CatalogrcaBrasil. Ministrio da Sade. Conselho Nacional de Sade.

    Relatrio Final da 14 Conferncia Nacional de Sade: Todos Usam o SUS. SUS na Seguri-dade Social Poltica Pblica, Patrimnio do Povo Brasileiro /Ministrio da Sade, Conselho

    Nacional de Sade. Braslia: Editora do Ministrio da Sade, 2012. XXX p. : il. (Srie C. Projetos, Programas e Relatrios)

    ISBNXX

    Catalogao na fonte Coordenao-Geral de Documentao e Informao Editora MS OS XXXX/XXXX

    Ttulos para indexao:

    Em ingls: Final Report of the 14th National Health Conference: All use SUS. SUS in Social Security Public Policy, Heritage of the Brazilian people

    Em espanhol: Informe Final de la 14 Conferencia Nacional de Salud: Todos utilizan el Sistema nico de Salud. SUS en la Seguridad Social

    Politica Publica, Patrimonio del Pueblo Brasileo

  • APRESENTAO

    Apresentamos o Relatrio Final da 14 Conferncia Nacional de Sade, de-batido e aprovado por 2937 delegados oriundos de todos os estados da federao. Estes representantes da sociedade e dos trabalhadores, presta-dores e gestores da sade debruaram-se sobre as 15 diretrizes e propostas

    originrias dos municpios e estados em um processo ascendente que inovou o sistema de controle social desenvolvido pelo SUS.

    O Centro de Convenes Ulysses Guimares, em Braslia, foi o palco do mais impor-tante evento sobre sade do pas, a 14 Conferncia Nacional de Sade, que aconteceu entre os dias 30 de novembro e 4 de dezembro de 2011. Sob o tema Todos usam o SUS! SUS na Seguridade Social, Poltica Pblica e Patrimnio do Povo Brasileiro, mais de quatro mil participantes, entre delegados e convidados, debateram o tema para contribuir na construo das polticas pblicas na rea da sade.

    E com a sensao do dever cumprido apresentamos o Relatrio Final da 14 Confe-rncia Nacional de Sade. O presente documento foi construdo com base nas 343 pro-postas votadas e aprovadas nos Grupos de Trabalho (GTs) e na Plenria Final. Em con-sonncia com o Relatrio Final, mas direcionado especicamente sociedade brasileira outro documento foi aprovado, intitulado Carta da 14 Conferncia Nacional de Sade.

    Para chegar a este momento, foram realizadas 4.374 conferncias (municipais e es-taduais) nos 27 estados brasileiros, o que signica a realizao de 78% do total de con-ferncias esperadas. Somente com base neste aspecto a 14 Conferncia Nacional de Sade pode ser considerada um marco na histria das lutas pela sade pblica no pas.

    As diretrizes e propostas debatidas durante os quatro dias de conferncia resultaram em sugestes de importantes mudanas no padro de funcionamento do Sistema ni-co de Sade, o SUS real. O que ora apresentamos representa de foram dedigna o que delegados de todo o pas almejam para sade dos brasileiros.

    O que a sade prescinde, o que necessita ser mudado e o que pode e deve ser feito para que o Sistema nico de Sade, o nosso SUS, cumpra sua misso est registrado neste documento, que se torna pblico agora. Bem como os desaos para os prximos quatro anos do SUS.

    Conselho Nacional de Sade

  • Relatrio Final da 14 Conferncia Nacional de Sade

  • Relatrio Final da 14 Conferncia Nacional de Sade

    PROPOSTAS APROVADAS NA 14 CONFERNCIA NACIONAL DE SADE

  • 10 Relatrio Final da 14 Conferncia Nacional de Sade

    PROPOSTAS APROVADAS NA 14 CNS

    DIRETRIZ 1:

    EM DEFESA DO SUS PELO DIREITO SADE E SEGURIDADE SOCIAL

    1 Fazer cumprir a lei de Seguridade Social, valorizar os direitos constitudos, articular, intensicar e fortalecer as parcerias entre a Previdncia Social, a Sade e a Assistncia Social, melhorando a qualidade do atendimento, garantindo agilidade aos processos, desenvolvendo a intersetorialidade por meio de programas, projetos e aes transver-sais, dando prioridade promoo e preveno sade.

    2 Garantir que o SUS se mantenha como Poltica de Sade Pblica e ocial do Esta-do Brasileiro, assegurando a gesto das polticas especcas e de todos os seus servios prprios, nos trs nveis de governo, exclusivamente pelo setor pblico. Considerando-o como grande gestor, no segmentado, que deve exercer o controle, a regulamentao e a scalizao de todos os servios e aes de sade, inclusive os de natureza privada, de modo a estabelecer a preponderncia do interesse pblico sobre o privado e a ga-rantia dos direitos dos cidados em todos os mbitos institucionais.

    3 Rearmar o SUS como poltica pblica e patrimnio do povo brasileiro, que exige respeito e no pode conviver com desvios na aplicao dos seus recursos, cujas aes devem reetir a realidade e atender vulnerabilidade e diversidade social, melhorando o acesso e acolhimento em toda sua rede, conforme os princpios da universalidade, equidade e integralidade da ateno em sade, para melhorar a qualidade de vida e garantir assistncia digna sade de todas as pessoas.

    4 Criar e desenvolver uma Poltica Nacional de Seguridade Social, articulando e for-mando um amplo conjunto de direitos sociais em um sistema de proteo social univer-

  • 11 Relatrio Final da 14 Conferncia Nacional de Sade

    sal e equnime, com xao de um Oramento da Seguridade Social (OSS) que inclua o setor sade e cumpra o artigo 196 da Constituio Federal, fortalecendo o Sistema nico de Sade (SUS) como uma poltica de Estado, tendo os seus princpios e diretrizes garantidos na gesto pblica, de maneira que os interesses de mercado no estejam acima dos interesses pblicos, sendo a sua implantao de responsabilidade comparti-lhada dos entes federados, dos conselhos de sade e a da sociedade civil organizada.

    5 Fortalecer a Poltica Nacional de Humanizao no SUS e expandi-la para o Sistema nico de Assistncia Social (SUAS) e Previdncia Social.

    6 Ampliar e qualicar os canais de participao social na poltica de seguridade so-cial, promovendo debates peridicos com as comunidades e divulgando amplamente as polticas pblicas de assistncia social e previdncia, inclusive para os prossionais e os usurios do SUS, para efetivao do direito Seguridade Social expresso na Consti-tuio Federal.

    7 Reativar os Conselhos de Seguridade Social nas esferas municipal, estadual/DF e federal como espaos de denio de estratgias e responsabilidades complementares voltadas valorizao da vida, preveno das doenas, violncias, uso de drogas, aci-dentes, violaes de direitos e de armao da cultura da paz.

    8 Discutir com os Ministrios da Sade e da Assistncia Social a Resoluo n 39/2010 do Conselho Nacional de Assistncia Social (CNAS), que dispe sobre o processo de reordenamento dos benefcios eventuais no mbito da Poltica de Assistncia Social em relao Poltica de Sade, fortalecimento e integrao entre a Previdncia Social e Programa de Sade do Trabalhor, objetivando o fluxo de informaes.

    9 Extinguir a Desvinculao das Receitas da Unio (DRU), principalmente quando incide sobre o oramento da Sade e de outras polticas pblicas e realizar auditoria da dvida pblica, com suspenso de seu pagamento para garantir a capacidade do Estado Brasileiro de investir em polticas pblicas.

    10 Redenir a partilha dos recursos do Oramento da Seguridade Social (OSS) entre os componentes desse sistema de modo a aumentar a parcela referente ao setor sade.

    11 Organizar de forma integrada a rede de servios dos Ministrios da Sade, Pre-vidncia e Desenvolvimento Social, atravs do SUS, SUAS e previdncia nos estados/DF

  • 12 Relatrio Final da 14 Conferncia Nacional de Sade

    PROPOSTAS APROVADAS NA 14 CNS

    e municpios, garantindo a aplicao dessas diretrizes conforme as realidades locais, remetendo a esses entes as suas responsabilidades.

    12 Instituir, por meio de parceria entre os Ministrios da Educao e da Sade, nas disciplinas apropriadas, contedos curriculares relacionados com as polticas pblicas, SUS, cidadania, participao da comunidade, controle social, educao em sade, den-tre outros, nos currculos escolares do ensino fundamental e mdio e na grade curricular dos cursos de graduao de universidades pblic