relatório de estágio mestrado integrado em medicina ...· relatório de estágio – mestrado...

Download Relatório de Estágio Mestrado Integrado em Medicina ...· Relatório de Estágio – Mestrado Integrado

Post on 08-Nov-2018

215 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Relatrio de Estgio

    Mestrado Integrado em Medicina

    Estgio no Servio de Cirurgia Geral do

    Hospital Dr. Nlio Mendona

    Joo Diogo da Costa Batista Pereira

    Orientador: Dr. Carlos Magalhes

    Co-Orientador: Dr. Miguel Silva

    Porto, 2010

  • A cincia ser sempre uma busca e jamais uma descoberta. uma viagem, nunca uma chegada. (Karl Popper)

  • Relatrio de Estgio Mestrado Integrado em Medicina

    Diogo Costa

    I

    Resumo

    No mbito da unidade curricular Dissertao/Projecto/Relatrio de Estgio do

    Mestrado Integrado em Medicina, optei pela realizao de um estgio. Este decorreu no

    Hospital Dr. Nlio Mendona, no Funchal, na rea de Cirurgia Geral, de 11 a 29 de

    Agosto de 2009. O motivo de antecipao deste para o fim do ano lectivo 2008-2009 foi

    essencialmente devido difcil concretizao do mesmo durante o 6 ano

    profissionalizante. Assim, mediante a autorizao do Director Pedaggico e Cientfico do

    Centro Hospitalar do Porto Hospital de Santo Antnio, Professor Doutor Martins da

    Silva, e do Director do Servio de Cirurgia Geral do Hospital Dr. Nlio Mendona, Dr.

    Antnio Quintal, foi ento possvel a realizao deste estgio.

    Durante um perodo total de 100 horas, passei por todas as valncias do servio

    de Cirurgia Geral. Sendo um estgio de carcter profissionalizante, fui integrado nas

    rotinas do servio na enfermaria, participei nas actividades hospitalares, incluindo

    reunies multidisciplinares de deciso teraputica, visitas de servio dirias, banco de

    urgncia semanal, acompanhei o meu tutor na consulta externa e na pequena cirurgia,

    alm de assistir a vrias cirurgias e participar como primeiro ou segundo ajudante

    noutras.

    Este estgio constituiu tambm uma excelente oportunidade de aprendizagem e

    aquisio de conhecimentos sobre uma variedade de patologias, com especial incidncia

    na rea da cirurgia colo-rectal, qual o meu co-orientador se dedica.

    Foi uma experincia valiosa, pois tive a oportunidade de fazer um estgio

    verdadeiramente profissionalizante, ao mesmo tempo que acompanhei um cirurgio geral

    na sua rotina hospitalar, ficando com uma perspectiva diferente da que tinha at ento, e

    com uma vontade ainda maior de um dia vir a seguir esta especialidade.

  • Relatrio de Estgio Mestrado Integrado em Medicina

    Diogo Costa

    II

    Agradecimentos

    Ao Doutor Antnio Quintal e ao Professor Doutor Martins da Silva, por terem

    tornado este estgio possvel.

    Ao Dr. Miguel Silva e ao Dr. Carlos Magalhes, pelo apoio e orientao. E por

    serem dois dos profissionais com quem tive o prazer de trabalhar, em quem tomo o

    exemplo de dedicao, competncia e profissionalismo que um mdico deve ter.

    Ao Dr. Nicodemos Fernandes, Dr. Ivan Subotin, Dr. Faria Paulino, Dr. Duarte

    Franco e Dr. Artur Real, equipa de Urgncia com quem trabalhei, sempre disponveis e

    prontos a ensinar.

    minha famlia, pelo apoio incondicional.

    Carina, pelo despertar.

  • Relatrio de Estgio Mestrado Integrado em Medicina

    Diogo Costa

    III

    Lista de abreviaturas

    AINE Anti-inflamatrio no esteride

    ALT Alanina transaminase

    APACHE II Acute Physiology and Chronic Health Evaluation II

    AST Aspartato aminotransferase

    bpm Batimentos por minuto

    cc Centmetros cbicos

    cm Centmetros

    CPRE Colangiopancreatografia Retrgrada Endoscpica

    dL Decilitro

    EV Endovenosa

    GGT Gama Glutamil Transpeptidase

    g Grama

    HP Helicobacter Pylori

    IM Intramuscular

    L Litro

    LDH Lactato Desidrogenase

    mEq Miliequivalente

    mg Miligrama

    mm Milmetro

    mmHg Milmetro de mercrio

    PaO2 Presso Parcial de Oxignio

    PDS Polidiaxona

    PO Per Os

    SC Subcutneo

    SU Servio de Urgncia

    TAC Tomografia Axial Computorizada

    UI Unidades Internacionais

    UMA Unidades Mao/Ano

    C Grau Celsius

    L Microlitro

  • Relatrio de Estgio Mestrado Integrado em Medicina

    Diogo Costa

    IV

    ndice

    Introduo 1

    Enquadramento 1

    Objectivo.. 3

    Metodologia. 3

    Discusso.... 4

    Enfermaria. 4

    Consulta Externa. 4

    Ecografias Endoanais/Endorectais... 5

    Pequena Cirurgia. 6

    Servio de Urgncia 6

    Bloco Operatrio.. 7

    Casos Clnicos. 7

    Caso 1. 8

    Reviso Terica Perfurao de lcera Duodenal.... 9

    Caso 2. 11

    Reviso Terica Pancreatite Aguda... 15

    Caso 3. 20

    Reviso Terica Fstula Perianal.... 21

    Concluso. 25

    Bibliografia... 26

    Anexos

    Anexo I: Calendrio sumrio de actividades.... 27

    Anexo II: Declarao Hospital Dr. Nlio Mendona. 28

  • Relatrio de Estgio Mestrado Integrado em Medicina

    Diogo Costa

    1

    Introduo

    No mbito da realizao do Mestrado Integrado em Medicina do Instituto de

    Cincias Biomdicas de Abel Salazar, da Universidade do Porto, procurei realizar um

    estgio extra-curricular na rea de Cirurgia Geral, no Hospital Dr. Nlio Mendona, no

    Funchal Madeira. Este s foi possvel com a autorizao do Director Pedaggico e

    Cientfico do Centro Hospitalar do Porto Hospital de Santo Antnio, Professor Doutor

    Martins da Silva, e do Director do Servio de Cirurgia Geral do Hospital Dr. Nlio

    Mendona, Doutor Antnio Quintal.

    Porqu cirurgia geral? Porque sendo uma especialidade pela qual nutro, desde a

    primeira cirurgia que assisti, um gosto especial, quis aproveitar esta oportunidade para

    contactar de perto com o quotidiano de um cirurgio geral, uma vez que no bem esse

    o modelo de ensino que impera no Centro Hospitalar do Porto Hospital de Santo

    Antnio. No Funchal, por duas razes. Em primeiro lugar por ser a cidade onde nasci, em

    segundo, porque devido calendarizao do ano lectivo 2009/2010 este estgio s foi

    possvel nas frias de vero do ano transacto, e assim permitiu-me voltar a um ambiente

    familiar que ao longo destes anos de curso sempre esteve muito distante.

    O presente texto constitui o relato desta experincia, com a apresentao e

    discusso de alguns casos clnicos que acompanhei de perto, assim como outras

    actividades efectuadas no decorrer de aproximadamente 100 horas de estgio.

    Enquadramento:

    A histria da criao do Servio de Sade da Regio Autnoma da Madeira

    remonta ao Sculo XX com o incio da actividade hospitalar no Funchal. Primeiro com a

    construo do Hospital dos Marmeleiros na dcada de quarenta, e depois com o Hospital

    Cruz de Carvalho, na dcada de setenta.

    O Hospital Cruz de Carvalho iniciou a sua actividade a 9 de Setembro de 1973,

    uma inaugurao que contou com a presena do ento Presidente da Repblica,

    Almirante Amrico de Deus Rodrigues Thomaz.

    A inaugurao do novo hospital correspondia, assim, concretizao de uma das

    aspiraes do povo madeirense. Implantado num terreno com rea aproximada de 30 mil

  • Relatrio de Estgio Mestrado Integrado em Medicina

    Diogo Costa

    2

    metros quadrados, em zona citadina e de fcil acesso, a concretizao desta obra foi um

    dos maiores acontecimentos regionais e nacionais naquele ano. A capacidade total, na

    altura, era de 526 camas, e destinava-se a servir a populao da Regio, cerca de 250

    mil habitantes.

    O principal hospital do Funchal, por deliberao do Conselho de Governo, passou

    a designar-se Hospital Dr. Nlio Mendona, em homenagem ao fundador e inspirador do

    Servio de Sade da Regio Autnoma da Madeira, no dia 9 de Setembro de 2009.

    O Servio de Cirurgia Geral, cujas actividades consistem em Consulta Externa,

    Pequena Cirurgia, Internamento, Bloco Operatrio e Urgncia, est localizado no 1 piso

    nascente e 2 piso do edifcio principal do Hospital, e constitudo por 105 camas, 6

    delas em isolamento.

    Figura 1 Fachada sul do Hospital Dr. Nlio Mendona

  • Relatrio de Estgio Mestrado Integrado em Medicina

    Diogo Costa

    3

    Objectivo

    Este estgio teve como objectivo acompanhar um cirurgio geral nas suas

    actividades dirias, numa vertente um pouco diferente daquela experienciada no decurso

    da actividade curricular, sendo integrado activamente nas rotinas do servio, tais como

    enfermaria/internamento, servio de urgncia, pequena cirurgia e bloco operatrio. Ao

    mesmo tempo, uma oportunidade para aprofundar conhecimentos e experincia clnica,

    no mbito da Cirurgia Geral. A um nvel pessoal, era tambm um primeiro teste minha

    aptido para um dia vir a seguir esta especialidade.

    Metodologia

    O estgio decorreu entre 11 e 29 de Agosto de 2009 no Servio de Cirurgia Geral

    do Hospital Dr. Nlio Mendona no Funchal, Madeira, num total de aproximadamente 100

    horas. A descrio completa do programa cumprido por mim encontra-se em anexo

    (Anexo I Calendrio sumrio de actividades).

    A metodologia consistiu em acompanhar as actividades dirias do meu Co-

    Orientador, Dr. Miguel Silva, Assistente Hospitalar Sector de Cirurgia Colo-Rectal,

    tendo sido integrado nas rotinas da sua unidade. No anexo II segue uma declarao

    passada pela secretaria do Servio de Cirurgia Geral, e devidamente autenticada com a

    assinatura do meu Co-Orientador, como comprovativo da minha passagem pelo servio.

  • Relatrio de Estgio Mestrado Integrado em Medicina

    Diogo Costa

    4

    Discusso

    Durante o perodo de estgio e com o apoio do meu orientador e restante equipa

    tive a possibilidade de aprofundar os

Recommended

View more >