relatorio de ações de mobilização social - cemais

Download Relatorio de Ações de Mobilização Social - CeMAIS

Post on 22-Mar-2016

230 views

Category:

Documents

2 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

 

TRANSCRIPT

  • RELATRIODAS AES DEMOBILIZAO

    SOCIAL

    Abril a Julho2013

  • 2Mobilizao Social: Novos desafios

    Desde outubro de 2011 o Cen-tro Mineiro de Alianas Inter-setoriais, em parceria com a Secretaria de Estado de Sade de Minas Gerais, desenvolve o trabalho de mobilizao social para o enfrentamento den-gue nos municpios com maior incidncia de casos registrados da doena no Estado.

    Os resultados alcanados fo-ram significativos no que tange sensibilizao e envolvimento da populao, iniciativa priva-da, administrao pblica e en-tidades sem fins lucrativos.

    Em 2013, o CeMAIS continua lanando mo de estratgias de mobilizao e articulao intersetorial com vistas pro-moo de alianas dos atores sociais de diversos setores para consequente conscientizao e

    participao da sociedade no enfrentamento de questes re-lacionadas sade. Nessa nova etapa de parceria com a SES o trabalho da equipe do CeMAIS tem como objetivos, alm da mobilizao da sociedade para o enfrentamento da Dengue, a mobilizar a sociedade para re-duo da mortalidade mater-na e infantil, atravs do Proje-to Mes de Minas e promover aes para preveno de do-enas pulmonares obstrutivas crnicas, doenas sexualmente transmissveis e cncer.

    No perodo de abril a julho fo-ram mobilizados 20 municpios mineiros para o enfrentamen-to Dengue. E no perodo de 08/07/2013 a 21/07/2013 fo-ram realizadas 07 aes de mo-bilizao para a preveno da Gripe.

    Diretora PresidenteMarisa Seoane

    Diretora ExecutivaMarcela Giovanna

    Diretora Administrativa FinanceiraAnnabella Prates

    Gerente de ProjetosDaniela Medeiros

    Gerente FinanceiroRenato MeloSupervisores

    Cludia OliveiraLuciana Vieira

    Brbara ParreirasAnalista de Monitoramento

    Thas OliveiraTcnicos de Monitoramento

    Ana CludiaPatrcia Aparecida

    Articuladores SociaisAdriana Guedes

    Karla HellenRaquel CoelhoTatiane Ribeiro

    Guilherme MatosLas FigueiredoCamila Carolina

    Assessora de ComunicaoMarcella Sing

    Tcnicos de ComunicaoAlexandre Peixoto

    Flvio Brunelli

  • 31. Mobilizao Intersetorial como

    Estratgia De Combate DengueNo perodo de 12/06/2013 a 15/07/2013 fo-ram mobilizados 20 municpios para o enfren-tamento da Dengue, os quais encontram-se listados no quadro 1. Tais municpios esto distribudos entre nove Regionais de Sade: Belo Horizonte, Diamantina, Divinpolis, Go-vernador Valadares, Patos de Minas, Pirapora, Sete Lagoas, Ub e Uberaba.

    Durante o perodo mencionado foram desen-volvidas vrias aes com o objetivo de en-volver a comunidade local e os diversos seto-res da sociedade no enfrentamento Dengue

    (Quadro 1). A estratgia de mobilizao inclui

    a articulao intra e intersetorial envolvendo

    entidades do poder pblico municipal, iniciati-

    va privada e entidades sem fins lucrativos.

    O objetivo das atividades propostas de mul-tiplicar as aes de mobilizao e informaes relativas temtica da Dengue com o intuito de despertar a corresponsabilidade e promo-ver o empoderamento da comunidade convo-cando-os para se tronarem parceiros efetivos no enfrentamento da dengue.

    Quadro 1: Municpios Mobilizados

    Perodo de Mobilizao

    MunicpioPopulao

    (n habitantes)Regional de Sade Incio Fim

    Formiga 65.128 Divinpolis 12/06/2013 17/06/2013Felixlndia 14.121 Sete Lagoas 13/06/2013 17/06/2013Pirajuba 4.656 Uberaba 13/06/2013 17/06/2013Itapagipe 13.656 Uberaba 18/06/2013 21/06/2013Fronteira 14.041 Uberaba 13/06/2013 17/06/2013Perdigo 8.912 Divinpolis 27/06/2013 01/07/2013Arajos 7.883 Divinpolis 27/06/2013 01/07/2013Pequi 4.076 Sete Lagoas 27/06/2013 01/07/2013So Gonalo do Abaet 6.264 Patos de Minas 27/06/2013 01/07/2013Carneirinho 9.471 Uberaba 27/06/2013 01/07/2013Trs Marias 28.318 Sete Lagoas 27/06/2013 01/07/2013Aimors 24.959 Governador Valadares 27/06/2013 01/07/2013Jaboticatubas 17.134 Belo Horizonte 24/06/2013 28/06/2013Esmeraldas 60.271 Belo Horizonte 24/06/2013 28/06/2013Paineiras 4.631 Sete Lagoas 11/07/2013 15/07/2013Quartel Geral 3.303 Sete Lagoas 11/07/2013 15/07/2013Joo Pinheiro 45.260 Patos de Minas 11/07/2013 15/07/2013Visconde do Rio Branco 37.942 Ub 11/07/2013 15/07/2013Turmalina 18.055 Diamantina 11/07/2013 15/07/2013

    Tabela 1: Aes Promovidas

    N Reunies de articulao

    N Capacitaes Visitas Institucionais

    Aes de Rua Reunio Estratgica

    Reunio de Avaliao

    87 20 77 53 20 20

  • 4Reunio de Articulao com o Grupo

    Votorantim - Trs Marias

    Tem como pblico alvo as insti-tuies que desejam ser parcei-ras na Campanha de enfrenta-mento da Dengue no municpio. Seu objetivo buscar novos parceiros e, assim, disseminar as informaes pertinentes te-mtica.

    1.1 Reunies de Articulao e Visitas Institucionais

    Figura 1: Reunio de Articulao com JAC (Grupo

    de Jovens Adoradores de Cristo) Carneirinho

    1 .2 Capacitao de multiplicadores

    So convidados para essa ativi-dade atores sociais com poten-cial de multiplicao e dissemi-nao das informaes.

    Figura 2: Capacitao de Multiplicadores

    Aimors

    Figura 3 Capacitao de Multiplicadores -

    Felixlndia

  • 5Avalia-se tambm que a reunio com o Ncleo contribuiu para futuras aes de mobilizao de enfretamen-to da Dengue nos municpios. Do total de municpios, somente em 1 (um) foi considerado que a reunio no contribuiu, os outros 19 (dezenove) avaliaram de forma positiva e apontaram as seguintes questes:

    vCriao de novas estratgias que fortaleam o dilogo intersetorial e as atividades de mobilizao social;vEstreitamento da relao entre as referncias Municipal e Regional em mobilizao foi muito positivo;vFicou clara a necessidade de uma rotina de aes de Mobilizao de enfrentamento Dengue no municpio e de sua ampla divulgao;

    vFoi percebida a necessidade do estabelecimento de parcerias para as aes do Ncleo, que at ento eram centralizadas;

    vO encontro deixou clara a necessidade de um trabalho integrado e a formalizao de um dilogo que j existia, porm no era sistematizado;

    vO trabalho de mobilizao proporcionou ao municpio o acesso a uma grande quantidade de ideias e de parcerias com as quais poder trabalhar a temtica do enfrentamento a Dengue e potencializou as aes que

    o Ncleo de Mobilizao j realizava no municpio, alm de demonstar que as aes de mobilizao devem

    ser permanentes;

    vFoi proposto o desenvolvimento de aes em conjunto com o Conselho Municipal de Sade;vHouve uma reflexo sobre outras formas de atuao no sentido de obter maior adeso da comunidade; vA possibilidade de efetivao de parcerias para a reproduo de materiais grficos (Revista Edi Gita e Deu a Louca no Mundo da Fantasia), com a devida superviso e autorizao da SES/MG.

    Conta com a participao de referncias de epide-miologia no eixo municipal e regional. Essa reunio busca fortalecer os trabalhos da mobilizao social no municpio, alm de garantir a continuidade das aes.

    Durante as aes de mobilizao para o enfrenta-mento da dengue constatou-se, no primeiro grupo formado por 20 (vinte) municpios, que apenas 07 (sete) possuam Ncleo de Mobilizao institudo, sendo que em 1 (um) municpio o ncleo existia mas no funcionava. Os outros 13 (treze) municpios no tinham o Ncleo de Mobilizao, mas em 1 (um) mu-nicpio havia uma equipe que realizava o trabalho de mobilizao, porm o ncleo no estava formalizado junto Regional.

    A Regional de Sade participou das Reunies de Arti-culao com o Ncleo de Mobilizao em 16 (dezes-seis) municpios, e no esteve presente nas reunies ocorridas em outros 7 (sete) . Dentre os principais encaminhamentos gerados durante as reunies des-tacam-se:

    v Para os municpios com Ncleo institudo:t Os responsveis pelo Ncleo se comprometeram

    a enviar as aes de mobilizao para SES na data correta, em relatrio prprio e com planejamento;t A criao de uma agenda permanente de reuni-es intersetoriais.

    v Para os municpios sem Ncleo institudo:t Agendamento de reunio para reavaliar a ofi-cializao do Ncleo ou a Formao do Ncleo de Mobilizao Social; t Envio do relatrio de Aes de Mobilizao So-cial em Sade em verso digital;t Foi enfatizada a necessidade de formalizao do Ncleo e acordada a intensificao do envio dos registros de atividades de enfrentamento a Dengue para a Regional de Sade;t Disponibilizao de peas grficas virtuais da campanha;t Elaborao de um mapeamento e sensibilizao de atores sociais de diversas reas no municpio para trabalharem junto na mobilizao, buscando promo-ver a intersetorialidade;t Maior interlocuo entre a Regional e o Municpio na construo de aes de enfrentamento Dengue;t Proposta de realizao de reunies trimestrais na Secretaria de Sade para planejamento das aes de enfrentamento da Dengue.

    1.3 Reunies com o Ncleo de Mobilizao

    Reunio de Articulao com o Grupo

    Votorantim - Trs Marias

  • 6Consistem em aes de visibilidade publica, tais como: Blitz Educativa, Carreata, Passeata, Passeio Ciclstico, Pan-fletagem Educativa, entre outros.

    Conta com a participao dos representantes da Regional de Sade, referncias municipais de epidemiologia, repre-sentantes do Ecoponto e Associao de Catadores mu-nicipal. Essa reunio tem como objetivo alinhar aes da Campanha.

    uma atividade que gera visibilidade s iniciativas existentes no municpio e valoriza a riqueza cultural e social da cidade, alm de envolver vrios parceiros.

    O Dengue Mvel uma ferramenta que utiliza da tro-ca de objetos, possveis focos de dengue (pneus, gar-rafa PET e latinhas), com a finalidade de sensibilizar a populao para o efetivo enfrentamento da Dengue.

    Foram realizados 18 eventos Minha Cidade Sem Den-gue onde, atravs do Dengue Mvel, foram retirados

    do ambiente cerca de 143.933 possveis focos do ve-tor da dengue.

    Foram recolhidos em torno de 72.901 garrafas pet, 63.708 latas e 7.324 pneus, conforme demostra a fi-gura 1.

    Como incentivo participao da populao, for

Recommended

View more >