relatorio auto avalia§ao da be 2009

Download Relatorio Auto Avalia§Ao Da Be 2009

Post on 05-Jun-2015

2.525 views

Category:

Education

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

No ano lectivo 2008-2009 o domínio avaliado na nossa Biblioteca foi o Apoio ao Desenvolvimento Curricular.

TRANSCRIPT

  • 1. Agrupamento de Escolas JosCarlos da Maia Agrupamento de Escolas Jos Carlos da Maia Biblioteca Escolar:Relatrio de Auto - Avaliao

2. 1 - Breve IntroduoA aco da Biblioteca Escolar desenrola-se em vrios domnios, desde a promoo da Leitura e das Literacias, ao desenvolvimento de Projectos, Parcerias e Actividades Livres e de Abertura Comunidade, Gesto da prpria Biblioteca, passando pelo Apoio ao Desenvo lvimento Curricular. neste ltimo que a Biblioteca Escolar se distingue das outras e ao desenvolver aces nesta rea que a BE constitui um contributo essencial para o sucesso escolar e educativo dos alunos, tornando-se um recurso fundamental e indispensvel para o ensino e a aprendizagem. Durante este ano lectivo, o plano de actividades da BE contemplou todos os domnios, mas apenas incidimos o processo de auto-avaliao no Apoio ao Desenvolvimento Curricular, na tentativa de conhecer o impacto que as actividades realizadas pela e com a Biblioteca vo tendo no processo de ensino-aprendizagem. A avaliao um instrumento de melhoria da qualidade. Os resultados obtidos no processo de auto-avaliao devem, por isso, ser objecto de anlise colectiva e de reflexo na escola/ agrupamento e originar a implementao de medidas adequadas aos resultados obtidos. Esta anlise que a seguir se apresenta procurou identificar os sucessos - pontos fortes - no trabalho realizado no domnio de funcionamento da biblioteca escolar seleccionado para avaliar e as limitaes pontos fracos que correspondem a um desenvolvimento menor nesse domnios. Este relatrio pretende ser o instrumento que descreve os resultados da auto-avaliao e que delineia o conjunto de aces a ter em conta no planeamento de aces a desenvolver no futuro. Para alm da anlise do domnio avaliado, este documento prope-se a dar uma viso global do funcionamento da biblioteca escolar e assumir-se como instrumento de recolha e de difuso de resultados a ser apresentado junto dos rgos de gesto e de deciso pedaggica. Aps aprovao, este documento ir integrar o Relatrio de Auto-avaliao do Agrupamento .1 3. 2 ESTRUTURA DO RELATRIO DE AUTO-AVALIAO DA BE O Relatrio encontra-se estruturado em trs Seces: A Seco A Apresentao da avaliao do domnio seleccionado para aplicao do Modelo . Apoio ao DesenvolvimentoCurricular. A Seco B Informao acerca do perfil de desempenho da BE nos domnios que, no sendo objecto de avaliao nesse anolectivo, testemunham o seu desempenho nas diferentes reas de funcionamento da BE. A Seco C Quadro sntese dos resultados obtidos e das aces a implementar A ficha de perfil da Biblioteca Escolar ( Anexo)2 4. SECO A Resultados da auto-avaliao da Biblioteca EscolarDomnio A - Apoio ao Desenvolvimento Curricular3 5. A. Apoio ao Desenvolvimento Curricular A.1. Articulao Curricular da BE com as Estruturas Pedaggicas e os Docentes IndicadoresEvidncias recolhidas Pontos Fortes Identificados Pontos Fracos Identificados - Boa receptividade participao- Actas de reunies de Departamentos da Coordenadora nas reunies de- A participao da Coordenadora nas A.1.1. Cooperao da BE A coordenadora participou pelo menos umaDepartamento reunies de Departamento no foi com os rgos pedaggicos vez ( no de Lnguas participou 3 vezes) em sistemtica e deveria ser mais de gesto intermdia da reunies de todos os departamentos e no - Nas reunies foram abordadas frequente. escola/agrupamento. Conselho de Docentes do 1 ciclo, mas algumaspossibilidades de manteve comunicao regular com todos oscooperao com a BE coordenadores( informaes registadas em 7 - A Coordenadora no participou nas actas); - O Departamento de Lnguas oreunies de conselho de turma. que realiza mais actividades em cooperao com a BE; mas em - Planificaes e planos de actividades dos todos os departamentos foram Departamentos:observados momentos de - O departamento de Lnguas realizou 7articulao com a BE. actividades em conjunto com a BE;- Todas as turmas realizam diversas - O departamento Cientfico desenvolveu 4 - J comea a haver articulao ou actividades curriculares na BE, ao actividades com a BE; planeamento deactividadeslongo do ano, mas estas nem sempre - O Departamento de Expresses realizou 4 conjuntas entre a BE e osso referidas nos PCTs. actividades com a BEprofessores. - O departamento de Cincias Sociais e Humanas organizou 4 actividades com apoio - O contacto informal entre a da BE Coordenadora eosdiversos - Fraca participao da coordenadora departamentos e directores dena planificao dos PCTs turma para organizar actividades foi - Planificaes dos Projectos Curriculares de sistemtico. turma em 16 projectos a BE referida tanto ao nvel da parceria, como dos recursos e - Vrios PCTs referem a BE como estratgias de ensino-aprendizagemestratgiaerecursode aprendizagem e paraa concretizao de projectos diversos.- A participao da coordenadora nas reuniesdoConselho 4 6. IndicadoresEvidncias recolhidasPontos Fortes Identificados Pontos Fracos Identificados Pedaggico(apresentao do Modelo de auto-avaliao, do Plano - Actas do Conselho Pedaggicode Actividades e discusso de A coordenadora da BE participou em 9assuntos de interesse para a reunies de CP havendo nas actas registos comunidade escolar) dos assuntos abordados - A presena da coordenadora no painel do Conselho Pedaggico na avaliao externa do AgrupamentoA.1.2. Parceria da BE com - Planificaes dos Projectos Curriculares de - Praticamente todas as turmas- Estudo Acompanhado e Formao os docentes responsveis turma- a BE referida em Projectos de 14 recorrem Biblioteca para realizar Cvica so as reas curriculares no pelas novas reas turmasactividades no mbito da rea dedisciplinares que menos realizam curriculares no Projecto, no local ou para requisitar actividades na ou em parceria com disciplinares (NAC). - Planificao da rea de Projecto de 8 documentos para consulta em salaBE. turmas que trabalharam vrios temas:de aula Alimentao, Preveno Rodoviria, Culturas e Tradies: Povos do Mundo, Pases de- As actividades desenvolvidos para LnguaPortuguesa;teatro; DSTs,as Jornadas Culturais dedicadas ao- A BE apresentou poucas propostas Adolescncia. tema Encontro de Culturas, nas de trabalho com as NAC quais estiveram envolvidas todas as - Planificao de Estudo Acompanhado de 3 turmasdaescola, foram turmas - actividades de pesquisa e apoio ao maioritariamente realizadas na BE estudoou contaram com o seu apoio ( tendo sido uma boa parte realizadas em rea de Projecto).- Planificao da Formao Cvica de 2- Compilao decontos para turmas:pesquisa e leitura de textos sobre trabalhar diversos valores em - A insuficiente divulgao dos contos valores;Formao Cvica para trabalhar em Formao Cvica - turmas que participaram na elaborao daoriginou a sua fraca utilizao agenda sobre os direitos humanos( 18 turmas); - Criao da Agenda Escolar com os trabalhos realizados em Formao - Agenda escolar organizada pela Biblioteca Cvica sobre os Direitos Humanos com trabalhos realizados pelos alunos em Formao Cvica ( Direitos Humanos) 5 7. IndicadoresEvidncias recolhidas Pontos Fortes Identificados Pontos Fracos Identificados- Ficha de reserva diria da Biblioteca : leitura de documentos impressos, multimdia, Internet e produo grfica, com professor- A programao das actividades cerca de 6 registos semanais para AP.com BE permitiu rentabilizar melhor - Registos dos emprstimos - mdia diria de o espao, o tempo e os recursos 20 documentos ( leitura em sala de aula e no materiais e humanos: devido falta local) de espao e ao tamanho das Questionrio aos professores : turmas, estas eram frequentemente - 53% dos professores j obteve colaboraodivididas em grupos e distribudas por parte da equipa/ coordenador da BE napelas vrias zonas de trabalho. preparao de actividades na BE ou em sala de aula, tendo considerado essa - Nas NAC com um s professor colaborao muitopositiva ou solicitava-se o acompanhamento de - Registou-se alguma carncia de extremamente positivaelementos da equipa da BE; os documentao em certas reas queequipamentos eram reservadosfacilitasse a realizao de alguns Na execuo das actividades na BE ou emprioritariamente para estas turmas. trabalhos de pesquisa sala de aula, 63% diz que j beneficiou na colaborao da equipa da BE, classificando-a - Disponibilizao de materiais para de muito positiva ou extremamenteusar em Estudo Acompanhado e positiva.rea de Projecto ( para leitura nolocal ou em sala de aula) - Questionrio aos alunos 48% dos alunos diz que a situao que os leva mais Biblioteca a realizao de actividades da rea de Projecto - Vrios professores agendaram e - Ficha de planificao de actividade aplanearam,previamente, em - Apenas um nmero reduzido de realizar na BE - 7 planificaes de actividade conjunto com a equipa da BE, as professores utilizou a ficha deactividades a realizar com recurso Planificao de Actividade na BEBEcriada este ano.Questionrio aos professores- Os professores reconhecem a - Nas horas a que decorrem certas A.1.3. Articulao da BE - So vrios os professores ( cerca de 8 utilidade de ter vrios recursosactividades de Apoio Educativo, a BE com os docentes /semana) que procuram a BE paradisponveis que lhes permitem muito solicitada o que, por vezes, responsveis pelos Apoios actividades de Apoio Educativo diversificar estratgias/ actividades e origina falta de condies para Educativos. Folha de reservas da Bibliotecamotivar melhor os alunos mais desenvolver o trabalho individualizado ( horrio semanal de ocupao da BE) desinteressados, o que em sala de que se pretende.6 8. Indicadores Evidncias recolhidasPontos Fortes Identificados Pontos Fracos Identificados aula seria mais difcil. O apoio a Questionrio aos alunos:alunos estrangeiros realizado- A BE no desenvolve um trabalho de- 11% frequenta a BE em actividades de sempre na BE, ao fim do dia. apoio sistemtico aos docentes dosApoio Educativo Apoios Educativos, apenas o fazquando solicitada. Questionrio aos alunos: - A BE um espao regularmente A.1.4. Integrao da BE no- 17% diz que frequenta a BE em actividadesutilizado para ocupa