registros de espécies de aves ameaçadas de extinção ou ... ?· município de timbó....

Download Registros de espécies de aves ameaçadas de extinção ou ... ?· município de Timbó. Gavião-pato…

Post on 08-Nov-2018

212 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 1

    Cotinga 38

    O Estado de Santa Catarina considerado uma das unidades de federao mais bem conhecida, graas a inmeros estudos ali levados a efeito desde o sculo XIX por Berlepsch1 e, posteriormente, por Rosrio10,11 e outros autores1214. A partir do incio do sculo XXI, essa regio apresentou um crescimento contnuo na busca pelo conhecimento de sua avifauna, manifestada pelo engajamento expressivo de pesquisadores trabalhando em campo e tambm pelo turismo de observao de aves.

    No entanto, observa-se que algumas reas do estado ainda no so devidamente conhecidas, necessitando de ateno e amostragens mais efetivas. Devido a este fato o conhecimento sobre a distribuio de espcies ameaadas ou daquelas que contam com poucos e pontuais registros um dos principais fatores para a elaborao de estratgias de preservao e conservao das espcies9.

    Este estudo apresenta registros complementares de 28 espcies pouco conhecidas10

    Registros de espcies de aves ameaadas de extino ou raras para o Estado de Santa Catarina, sul do BrasilDouglas Meyer

    Received 15 June 2014; final revision accepted 19 October 2015Cotinga 38 (2016): OL 18

    published online 25 February 2016

    I present records of 28 species considered to be uncommon or endangered in the state of Santa Catarina, in southern Brazil. All are based on visual and/or auditory encounters during non-systematic surveys of Atlantic Forest remnants in the state, among them records of Stripe-backed Bittern Ixobrychus involucris, Capped Heron Pilherodius pileatus, Tiny Hawk Accipiter superciliosus, Black-and-white Hawk-Eagle Spizaetus melanoleucus, Green-backed Trogon Trogon viridis, Oustalets Tyrannulet Phylloscartes oustaleti, White-crested Elaenia Elaenia chilensis, Veery Catharus fuscescens, and three species of Sporophila seedeaters.

    Figura 1. Mapa demonstrando os municpios amostrados (adaptado Google Earth; imagem de satlite cortesia da Google Inc. Todos os direitos reservados 2016).

  • Cotinga 38

    2

    Registros de aves raras para o Estado de Santa Catarina, Brasil

    ou consideradas ameaadas de extino (global6, nacional5 e estadual3), colhidos durante observaes no-sistemticas ou em trabalhos de levantamento e monitoramento avifaunsticos na vertente atlntica e planalto catarinense. O nvel de ameaa e a lista de espcies ameaadas correspondente sero apresentados por siglas aps o nome da espcie: quase ameaada (NT), em perigo (EN), vulnervel (VU) e criticamente ameaada (CR), e a lista que classificou a ameaa: global (IUCN), nacional (BR) e estadual (SC) respectivamente nesta sequncia. Se possvel, documentao encontra-se associada a depositrios online e respectiva numerao de catlogo: Wikiaves (WA: www.wikiaves.com.br) e / ou Xeno-canto (XC: www.xeno-canto.org). As nomenclaturas cientfica e verncula seguem o Comit Brasileiro de Registros Ornitolgicos2.

    Macuco Tinamus solitarius NTIUCN, VUSCEspcie endmica da Mata Atlntica que apresenta declnio populacional devido a caa e ao desmatamento das reas florestais, sendo ainda registrada na vertente atlntica do estado6,10. Foram registrados dois indivduos no perodo crepuscular em um fragmento de floresta ombrfila densa preservada (271260S 490704W; c.320 m) no municpio de Botuver, durante os dias 25 e 26 de setembro de 2013 (XC173433).

    Jacupemba Penelope superciliaris VUSCEspcie que habita regies com mata densa e capoeires do planalto e encosta atlntica, vem apresentando declnio populacional devido a caa e ao desmatamento das reas florestais10. Foram observados dois indivduos alimentando-se das sobras da colheita de milho no dia 15 de julho de 2009 na Fazenda Dolzan (270120S 500093W; c.500 m) no municpio de Salete. No municpio de So Bento do Sul foram observados trs indivduos no dia 14 de maio de 2011 em um fragmento de mata no bairro Oxford (261323S 492517W; c.860 m). E na localidade Macaco foi registrado um indivduo (272398S 492044W; c.370 m) no dia 23 de maro de 2012, no municpio de Vidal Ramos (XC176913).

    Soco-amarelo Ixobrychus involucrisEspcie que habita banhados e lagoas com vegetao aqutica e palustre, apresenta poucos registros no estado, descritos para os municpios de Jaguaruna, Lontras10, Laguna, Biguau e Itapema4. Foi registrado um indivduo vocalizando espontaneamente no dia 13 de outubro de 2012 em meio a taboa (Typha sp.) na Lagoa da Encantada (280337S 483966W; c.0 m) no municpio de Garopaba (XC178070).

    Gara-real Pilherodius pileatusEspcie que habita rios e lagos com vegetao no entorno sendo considerada rara no Estado de Santa Catarina10. A espcie apresenta poucos registros no estado, descritos para os municpios de Blumenau, Ilhota10, Schroeder (S. Vargas; WA510950) e Joinville (V. E. Florencio; WA1595866). Foi registrado um indivduo no dia 29 de setembro de 2013 (WA1388172) nas arrozeiras (264504S 492745W; c.515 m) do municpio de Doutor Pedrinho. A espcie foi registrada com frequncia neste local, sendo observados dois indivduos no dia 4 de julho de 2015.

    Gavio-pombo-pequeno Amadonastur lacernulatus VUIUCN, BR, SCEspcie endmica da Mata Atlntica que habita florestas da vertente atlntica e apresenta declnio populacional devido ao desmatamento6,10,15. Foi fotografado um indivduo em armadilha fotogrfica no dia 18 de maro de 2014 em um fragmento de floresta ombrfila densa preservada (271212S 490706W; c.225 m) no municpio de Botuver (Fig. 2). Foram registrados quatro indivduos no dia 3 de agosto de 2015 e dois indivduos no dia 11 de agosto de 2015, pousados nas rvores emergentes ou sobrevoando a rea do Jardim Botnico (264818S 491738W; c.70 m) no municpio de Timb (WA1785378). No municpio de Doutor Pedrinho foi fotografado um indivduo (WA1869629) na comunidade de Salto Donner (264655S 492763W; c.520 m) no dia 23 de setembro de 2015 sobrevoando uma rea de mata.

    Gavio-miudinho Accipiter superciliosus VUSCEspcie florestal, considerada rara no Estado de Santa Catarina, que apresenta declnio populacional devido ao desmatamento das reas florestais10. A espcie foi observada em duas ocasies sobrevoando a mata ciliar do Rio Benedito Novo. O primeiro registro foi realizado em 20 de agosto de 2013 e o segundo em 17 de maio de 2014 na localidade Salto Donner (264510S 492789W; c.500 m) no municpio de Doutor Pedrinho.

    Gavio-de-penacho Spizaetus ornatus NTIUCN, CRSCEspcie que habita regies florestais e vem apresentando declnio populacional devido ao desmatamento destas reas6,10. Foi registrado um indivduo sobrevoando as arrozeiras juntamente com Coragyps atratus, durante a colheita, no dia 3 de abril de 2011 na localidade de Tamandu (265513S 500799W; c.585 m), municpio de Rio do Campo (XC174258). Foi observado um indivduo na Fazenda Beira Rio (265950S 500116W; c.475 m) no municpio de Salete no dia 7 de junho de 2011, sobrevoando um fragmento de floresta ombrfila

  • Cotinga 38

    3

    Registros de aves raras para o Estado de Santa Catarina, Brasil

    densa e pousando por pouco tempo em uma rvore emergente. Foi encontrado um indivduo morto no dia 7 de julho de 2011 na localidade Chapado do Tigre (271983S 491708W; c.660 m) no municpio de Vidal Ramos, possivelmente vtima de caadores ou de atropelamento por ter sido encontrado na beira da estrada.

    Gavio-pega-macaco Spizaetus tyrannus VUSCEspcie que habita regies florestais e vem apresentando declnio populacional devido ao desmatamento10. Foi registrado vrias vezes entre os meses de outubro a dezembro do ano de 2008 na Fazenda Beira Rio (265995S 500138W; c.475 m) no municpio de Salete. Um indivduo foi registrado no Stio Tomio (266028S 500005W; c.460 m) no dia 16 de novembro de 2009 pousado na borda de um fragmento de mata nativa com eucaliptos. Na Fazenda Dolzan (270181S 500068W; c.595 m) no dia 3 de maio de 2011 foi observado um indivduo sobrevoando a estrada que d acesso s plantaes de milho. No mesmo local em 4 de junho de 2012 foi avistado um indivduo alimentando dois jovens, na borda da mata (XC129096). No municpio de Vidal Ramos a espcie foi fotografada na localidade Salseiro (272185S 492062W; c.425 m) no dia 01 de setembro de 2011, dois indivduos sobrevoando a mata sendo observados com frequncia durante os anos de 2011 e 2012 (WA437106). Um indivduo foi observado pousado na borda de uma plantao de eucaliptos (Eucalyptus sp.) no dia 23 de dezembro de 2013 na Serra do Ilhu (271661S 500596W; c.580 m), no municpio de Pouso Redondo. No municpio de Doutor Pedrinho foi fotografado um indivduo na localidade Salto Donner (264655S

    492763W; c.520 m) no dia 17 de maro de 2013 sobrevoando uma rea de mata. Um indivduo foi fotografado no dia 24 de fevereiro de 2013 sobrevoando uma grande rea de mata preservada (263716S 492856W; c.820 m) no municpio de Rio dos Cedros. No dia 4 de julho de 2014 foi fotografado um indivduo sobrevoando o Jardim Botnico (264816S 491715W; c.85 m) no municpio de Timb.

    Gavio-pato Spizaetus melanoleucus ENSCEspcie que habita regies florestais e semi-abertas, vem apresentando declnio populacional devido as modificaes ambientais e a caa predatria10. Foi observado um indivduo no dia 25 de setembro de 2013 em um fragmento (271260S 490704W; c.230 m) de floresta ombrfila densa preservada no municpio de Botuver. Um indivduo foi observado no dia 16 de junho de 2014 sobrevoando um fragmento (271010S 493346W; c.340 m) de floresta ombrfila densa no municpio de Lontras. No dia 22 de junho de 2014 foi fotografado um indivduo sobrevoando a rodoviria (270705S 495947W; c.355 m) no centro do municpio de Tai.

    Surucu-grande-de-barriga-amarela Trogon viridis ENSCEspcie florestal considerada rara no Estado de Santa Catarina, que apresenta declnio populacional devido ao desmatamento10. Foi fotografado um casal no dia 19 de junho de 2010 na localidade Guarda do Cubato (274239S 484110W; c.60 m) no municpio de Palhoa (WA1246088).

    Figura 2. Indivduo de Amadonastur lacernulatus, municpio de Botuver, Santa Catarina, Brasil, 18 de maro de 2014 (Dou