Registo Ed113

Download Registo Ed113

Post on 25-Mar-2016

215 views

Category:

Documents

3 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Registo Ed113 registo

TRANSCRIPT

  • 1

    A arte ao servioda vida

    www.registo.com.pt

    SEMANRIO Director Nuno Pitti | 08 de julho de 2010 | ed. 113 | 0.50 euros

    PUB

    Se nos fecham a escola, a aldeia vai morrer

    Reportagem em Santana do Campo (Arraiolos)

    PdeXumbo

    12/13

    10915

    Invernos secos, veres prolongados e barra-gens com nveis baixos de gua que ponham em causa a qualidade do abastecimento p-blico, deixam de ser problema. Alqueva resolve.Esta a consequncia directa do fim das obras nos canais de aduo de Alqueva para quatro barragens da regio.Com o Roxo e Enxo desde quarta-feira e as albufeiras de Monte Novo e Alvito - h muito ligadas a Alqueva -, cerca de 200 mil alenteja-

    nos podem ser abastecidas a partir da grande barragem.Serpa e Mrtola, Aljustrel e Beja, Alvito, Cuba, Portel, Viana do Alentejo e Vidigueira, vora, Reguengos de Monsaraz e Mouro so os con-celhos que podem, em caso de necessidade, ser abastecidos a partir de Alqueva.Podem ter terminado os veres dramticos de falta de gua em muitas casas alentejanas.

    gua j no vai faltar em casa dos alentejanos

    Promessa de Jos Scrates e Antnio Serrano

    3

    Monsaraz

    Museu Abertoat dia 25

    vora

    Obras do Retail Parkj comearam

    Montemor

    Centro Hipicoorganizaconcurso

    Valverde

    Jornadas sobreAlentejo

    3 5 7 23

    Torre de Coelheiros

    Amlia Espiridio

    A voz do BE na Assembleia

    Municipal de vora

    Sossegada, limpa e dinmica

  • 2 08 Julho 10

    A abrir

    EfEMRIdEO Dia Mundial da Populao, celebra-do a 11 de Julho, comemorado para assi-nalar a data de 1987 quando a populao mundial atingiu os 5 bilies de pessoas. A populao continua a crescer, tendo atingido antes do ano 2000 os 6 bilies. Actualmente a Terra alberga mais de 6,3 mil milhes de inquilinos: 1,2 mil mi-lhes vivem em pases desenvolvidos; os restantes 5,1 mil milhes, esto nos pa-ses mais pobres.Segundo o Fundo das Naes Unidas para a Populao, o crescimento da po-pulao mundial dever estabilizar den-tro de 40 anos. Contudo, o aumento da densidade populacional dificulta a me-lhoria dos padres de vida e a proteco do ambiente. Este fenmeno acontece no s devido ao crescimento popula-cional, como tambm devido aos movi-mentos migratrios. O Dia mundial da Populao lembra-nos o problema da sobre populao e desafia-nos a procurar

    Quem marca os livres o pap!

    Neste jornal alguns textos so escritos segundo o Novo Acordo Ortogrfico e outros no. durante algum tempo esta situao ir manter-se e as duas formas de escrita vo coexistir. Tudo faremos, no entanto, para que no mais curto espao de tempo se tenda para uma harmonizao das formas de escrever no Registo, respeitando as regras do Novo Acordo

    A ligao das condutas de gua da Barragem de Alqueva aos sistemas de abastecimento pblico de diversas zonas do Alentejo o que, para usar as palavras de Jos Scrates, uma boa notcia. Ontem foi inaugurada a ltima ligao Barragem do Roxo, o que ir re-forar o abastecimento pblico dos concelhos de Aljustrel e de Beja e melhorar a capacidade de regadio que, a funcionar h 40 anos, apenas em 10 anos no teve restries ao uso da gua.No total uma populao de 200 mil pessoas e de vrios milhares de agricultores que, a partir de agora, podem dormir mais descansados porque sabem que em anos de seca podero sempre recorrer ao grande depsito de reserva que constitui a Barragem de Alqueva.

    Uma boa notcia, portanto, numa semana marcada por outras notcias nada boas, por exemplo, a notcia de um acen-tuado aumento dos preos. Com a subida do IVA tudo subiu, ao mesmo tempo que os salrios j esto a ser penalizados pela taxa especial criada pelo gov-erno, devido crise. Por todo o lado anunciam-se cortes, despedimentos, precariedade. Passados os meses de vero, em que h, regra geral, maior criao de emprego, muitas famlias temem o aproximar dos meses de Outono, altura

    tambm marcada pela abertura das escolas. Escolas que, nem todas, iro voltar a abrir. O governo pre-tende encerrar este ano as escolas com menos de 11 alunos. Muitos autarcas e pais no aceitam esta deciso. O prprio presidente da Cmara de vora considerou, em declaraes ao REGISTO que esta medida do Ministrio corta a direito, tipo rolo compressor. Diz Jos Ernesto Oliveira que h realidades diferentes, h funes diferentes e, acima de tudo, um pas litoralizado com tendncia a crescer e um interior que precisa de ser valorizado. Esta edio do REGISTO volta a esta questo com uma reportagem numa das escolas que o governo pretende encerrar. Em Santana do Campo, no concelho de Arraiolos, os ha-bitantes tm a certeza: se a escola fecha, a aldeia morre.

    E neste dar vida ao interior de aplaudir a iniciativa do Bloco de Esquerda que, superando di-vises distritais, organiza este sbado em Valverde (vora) as primeiras Jornadas sobre o Alen-tejo. Vrios independentes, e mesmo militantes doutros parti-dos, foram convidados para um dia de debate sobre os principais temas do Alentejo, tendo sem-pre a necessidade e urgncia da regionalizao como pano de fundo.Para um partido que, por exem-plo, em vora apenas tem um eleito na totalidade dos rgos de poder local, no deixa de ser sig-nificativo este esforo de debate e de reflexo sobre o Alentejo que estas primeiras Jornadas neces-sariamente representam.

    Crnica Editorial

    Carlos Jlio

    ww

    w.e

    gois

    thed

    onis

    m.w

    ordp

    ress

    .com

    Ped

    ro H

    enriq

    ues

    Car

    toon

    ista

    Ceia da Silva volta Escola

    Mo amiga fez chegar aos 40 graus Sombra uma listagem com os candidatos ao Concurso Especial para Acesso ao Ensino Superior para Maiores de 23 anos. Entre os candidatos para as entrevistas no Instituto Politcnico de Portalegre (Escola Superior de Educao) figura o nome do actual e activo presidente da Regio de Turismo do Alentejo, Antnio Jos Ceia da Silva.Essa mo amiga considerava estra-nhar este facto, j que na pgina

    da Assembleia da Repblica em que constavam os dados de Ceia da Silva, enquanto ocupava o lugar de depu-tado pelo PS, pode ler-se, no campo das habilitaes literrias que Ceia da Silva tinha a frequncia do 5 ano do Curso de Direito.Aos 40 graus Sombra, Ceia da Silva esclareceu os porqus e ps os pontos nos is: apesar de ter feito o exame de acesso Universidade quando tinha 18 anos e de ter frequentado o Curso de Direito decidiu, agora, voltar a candidatar-se Universidade para seguir uma licenciatura na rea do Turismo. pergunta se no podia ter pedido as possveis equivalncias disse que assim as coisas se tornavam mais fceis. E no deixou de se ques-tionar: mas porqu que tudo o que acontece comigo se torna notcia?Reposta dos 40 graus Sombra: quem famoso, mesmo assim. Tem que ter as costas largas.

    Nunca mais fale comigo

    Na ltima Assembleia Municipal de vora quase se ia vendo o que nunca se viu, ou seja, dois eleitos chegarem a vias de facto. No aconteceu, mas os nimos aqueceram mesmo quan-do, cansado de ouvir ser chamado de mentiroso, Ernesto Oliveira, o presidente da Cmara se pegou com o membro da bancada do PCP, Celino Silva, dizendo que no admitia que ningum lhe chamasse mentiroso e proibindo-o de se lhe dirigir fosse em que caso fosse: na Assembleia, na Cmara ou na rua. A reunio chegou a ser interrompida e quem assistiu cena, embora a hora j fosse tardia, disse que no foi nada bonito de se ver.

    O poeta da EDIA

    Especialmente virado para a poesia estava Henrique Troncho, o presiden-

    te da EDIA, ontem, quarta-feira, quan-do interveio na cerimnia da ligao da barragem do Roxo ao sistema de Alqueva. Com Jos Scrates e Antnio Serrano a ouvirem, Troncho disse que Alqueva pula e avana e que aqui na EDIA s conhecemos o verbo antecipar. No conhecemos o verbo adiar, isto a propsito da concluso de algumas obras terem sido antecipa-das uma dcada em relao ao inicial-mente programado. Tambm Antnio Serrano no se conteve, neste coro de elogios. E ao usar da palavra, o minis-tro da Agricultura disse que podiam ser suas as imagens do filme que abriu a sesso a carregar garrafes de gua nos anos de seca. E que o fechar do ciclo da ligao do abastecimento pblico de gua a Alqueva (a que se vai poder recorrer nos anos de maior escassez de gua) prova que a EDIA no adia, antes antecipa. Tero tido algum ensaio prvio cerimnia?

    40 graus Sombra

    solues para esse problema. A soluo no se encontra s no controlo da na-talidade, mas tambm na melhoria da dignidade das pessoas, particularmen-te das mulheres e da qualidade de vida (condies de sade, educao, habita-o e oportunidades de emprego), espe-cialmente para as crianas, os jovens e os mais idosos.

    vora

    Quinta-feira Sexta-feira Sbado domingo

    Max. 34 Max. 37 Max. 38 Max. 37Min. 21 Min. 18 Min. 19 Min. 18

  • 3

    Regio

    O PSD apelou ao Governo para que defina rapidamente o tipo de gesto da rede secundria de rega do empreendimento de Alqueva, em colaborao com os agricultores alentejanos.Em declaraes aos jornalistas, no Parlamento, o vice-presi-dente do grupo parlamentar do PSD Pedro Lynce disse que a rede de rega nestes empreendi-mentos habitualmente dada aos agricultores para fazerem a sua gesto, mas no caso de Alqueva a situao est muito mal definida. Era urgente, uma vez que neste momento j possvel regar cerca de 51 mil hectares, que o Governo fosse suficiente-mente clere a definir o tipo de gesto que vai fazer para a rede secundria, em colaborao com os agricultores, defendeu o ex-ministro da Cincia e do Ensino Superior.Apesar deste apelo, Pedro Lynce no deixou de se con-gratular com concluso da rede primria que liga a albufeira da barragem de Alqueva s al-bufeiras de abastecimento p-blico, quarta-feira inaugurada pelo primeiro ministro, Jos Scrates.

    Alqueva: PSD apela ao Governo

    At 25 de Julho em Monsaraz

    Rodrigo Leo, Carminho e Lus Represas no Festival Monsaraz Museu Abert