região sudeste novo 2

Download Região sudeste novo 2

Post on 23-Jun-2015

14.168 views

Category:

Documents

5 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 1. Manifestaes Folclricas daRegio SudesteSantarm- Par

2. Regio Sudeste A Regio Sudeste do Brasil composta pelos estados deMinas Gerais, So Paulo, Riode Janeiro e Esprito Santo.Apresenta grande pluralidadecultural, com manifestaesde origem indgena, africana,europia e asitica. 3. Msicas RegionaisFestas tpicas da regio sudeste so influenciadas pela cultura negra africana principalmente, indgena e tambm pela cultura europia, e A partir destas mesclas de culturas e ritmos surgiram novas formas de msica como exemplo o lundu, samba, pagode e o funk carioca. A cultura caipira tambm est muito presente nas cidades interioranas dos estados de So Paulo, Esprito Santo e Minas Gerais. 4. Carnaval Carnaval Evento carioca maisfamoso do mundo atraituristas brasileiros eestrangeiros para prestigiaremos desfiles das escolas desamba. Esse evento tambmtem se destacado no estado deSo Paulo. 5. DANASNa Regio Sudeste podemos destacaras danas: Batuque Catira Fandango 6. Batuque O Batuque uma dana deorigem africana, do ritual daprocriao. Foi severamenteproibida na poca colonial pelospadres. Dana muito popular emalgumas cidades do interior deSo Paulo, nas festas do DivinoEsprito Santo, ou nas festasjuninas. O batuque danado emterreiro ou praa pblica. Umafileira de homens fica ao lado dostocadores. As mulheres ficam auns 15 metros de distncia. 7. Catira ACatira executadaoriginalmente apenas porhomens, embora hoje muitasmulheres, principalmente as maisjovens tambm pratiquem. A dana, muito chamativa devidoao seu vigor e sincronicidade,compe-se de palmateios esapateios ritmados que oscatireiros executam, em duasfileiras (uma em frente outra,formando pares). Comum naregio Sudeste do Brasil. gisane 8. Fandango Fandango nas cidades dolitoral paulista muito popular.O fandango rufado compassos marcados, com batidasde ps, danado at meia-noite. Depois danam osfandangos valsados, maiscalmos. 9. Lendas e Travas lnguaAlguns exemplos de lendas: A gruta dos amores; Missa dos mortos; Nuvem branca do Jaragu. 10. A gruta dos amoresEra no tempo dos tamoio que Itanhant, jovem forte como pedra, iaconstantemente pescar e caar nessa ilha. Remando em sua ligeira ub, aliapanhava os peixes para sua tribo ou caava com sua flecha veloz e certeiraas aves ou caas abundantes. Itanhant, aps a pesca ou caada, repousavanuma loca de pedra; numa sombra amena e acolhedora dessa gruta. Umajovem indiazinha, no vio de seus quinze anos, quantas vezes no foraapanhar a caa para o jovem caador. E ele nunca se apercebera do olharenvolvente da indiazinha gentil. Quanta e quantas vezes ela no repetiraisto. Itanhant no lhe dava a mnima ateno. A indiazinha comeou acurtir sua dor. Subia no alto da pedra que formava a gruta e ao v-lo lembaixo, repousando na sombra, punha-se a chorar. Suas lgrimasmolhavam a pedra. A indiazinha pensou em espantar o seu desengano,cantando. E eram os mais ternos cantos que at hoje se ouviram emPaquet. Diariamente, logo que o dia amanhecia, a indiazinha subia napedra e cantava esperando Itanhant chegar para pescar, caar e descansar. 11. E todos os dias suas lgrimas caam na pedra. Seu canto e suas lgrimas noamoleceram o corao empedernido de Itanhant, mas transpassaram apedra e um certo dia caram sobre os olhos do caador adormecido. Ele seassustou e saiu correndo para sua ub, quando avistou a indiazinha e disse:cunha-por, moa linda. Noutro dia, ao voltar quele local onde semprerepousava, prestou ateno na linda voz da indiazinha. No dia seguinte,apaixonou-se por Poranga a indiazinha. E Itanhant subiu ao alto dapedra da gruta, tomou Poranga nos seus braos fortes e se casaram. Foramfelizes o resto da vida. E as lgrimas de Poranga se transformaram na fontedgua que existe na Gruta dos Amores. E quem quiser encontrar um amorpara a vida inteira, basta tomar, junto com a pessoa amada, umas gotas dagua da Gruta dos Amores... 12. Trava lnguaOs travas lngua to conhecidos e integrados em nossa cultura quantoos mitos e as lendas, aqui tem alguns: A vaca malhada foi molhada por outra vaca molhada e malhada. Um ninho de mafagafos, com cinco mafagafinhos, quemdesmafagafizar os mafagafos, bom desmafagafizador ser. O princpio principal do prncipe principiava principalmente noprincpio principesco da princesa. Trs pratos de trigo para trs tigres tristes. Atrs da pia tem um prato, um pinto e um gato. Pinga a pia, para oprato, pia o pinto e mia o gato. O Tempo perguntou pro tempo quanto tempo o tempo tem, o Temporespondeu pro tempo que o tempo tem o tempo que o tempo tem. 13. A Culinria do Sudeste do PasA culinria do Sudeste muito rica eNo Esprito Santo, o prato tpico diversa, variando de estado para estado. a moquecaNo Rio de Janeiro a comida tpica afeijoada.So Paulo no possui uma cozinhatpica, dado que cada comunidadede imigrantes manteve seus hbitosalimentares, muito embora ainfluncia italiana sejapredominante. O prato maisconsumido em So Paulo a pizza. 14. po de queijoMinas Gerais tem uma das cozinhasIngredientes:mais expressivas do pas, incluindo- 2 xcaras de ch de polvilho azedopratos como o po de queijo, tutu de- 2 xcaras de ch de polvilho docefeijo, feijo tropeiro, angu, etc. - 1 xcara de ch de leite- 1 xcara de ch de leo- 100 g de queijo parmeso ralado- sal- 1 colher de ch de fermento em p O po de queijo, produto - 4 ovos tradicional da culinria mineira, temPreparo: se tornado cada dia mais freqente na 1 - Coloque os dois tipos de polvilho numabacia, misture. Ferva o leite e o leo, juntos. alimentao dos brasileiros face asEscalde o polvilho. facilidadesproporcionadas pelo 2 - Acrescente os ovos, o queijo, fermento esal. Misture bem, amassando a massa para processo de conservao da massa. A homogeneiz-la. expanso deste produto no mercado3 - Faa bolinhas, disponha sobre uma assadeira (no h necessidade de untar) e extrapolou as fronteiras de Minasasse, em forno moderado por mais ou Gerais, e at mesmo do pas.menos 25 minutos. Sirva quente, depreferncia. 15. ArtesanatoArtesanato: no artesanato, destacam-se os trabalhos em pedra-sabo, colchas, bordados,redes, trabalhos em cermica, argila, cip, taquara, conchas do mar, tric, croch e cristais.Em algumas cidades de Minas Gerais e So Paulo, a tecelagem manual continua.Uma de suas formas a confeco de cobertores com padres que recebem nomes especiais,como rosinha do serto e rua de caf.Colchas de retalhos, de crivo e labirinto so outras belas formas de artesanato brasileiro.No Vale do Paraba, em So Paulo, o artesanato de barro segue o estilo naturalista, predominandopeas pequenas e pintadas.Moringas formando um conjunto com cabeas de mulheres e grupos de aves imitando gestoshumanos so tpicas do Vale do Jequitinhonha, no estado de Minas Gerais.A pedra-sabo encontrada em grandes quantidades no Brasil, sobretudo em Minas Gerais, onde foiusada como matria-prima da estatutria barroca.A pedra-sabo encontrada em vrios tons, do verde ao cinza-escuro. 16. ArtesanatoArtesanato Mineiro - imagens feitas em barro Artesanato de Goiabeiras no ESSo PauloSo PauloRio 17. MonumentosO edifcio faz parte do patrimnio Regio Sudestehistrico do estado de So Paulo desde As praias e o centro histrico do1981, quando foi tombado pelo Rio de Janeiro, a diversidadeCondephaat. cultural de So Paulo uma das maiores metrpoles do mundo , os encantos naturais do Esprito Santo e as cidades mineiras de Ouro Preto e Diamantina so cartes-postais da regio Sudeste. "Apesar de ser a regio brasileira mais populosa, industrializada e com maior peso econmico responsvel, sozinha, por 55% do Produto Interno Bruto (PIB) do pas , o Sudeste conseguiu preservar parte significativa de seu patrimnio natural." 18. MonumentosIgreja de So Francisco de Assis deOuro Preto M. G.Igreja do Rosrio E. S.