rede suas - pombal(pb)

Download REDE SUAS - POMBAL(PB)

Post on 03-Apr-2016

220 views

Category:

Documents

2 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

 

TRANSCRIPT

  • Secretaria Municipal do Trabalho e Ao Social | 1Secretaria Municipal do Trabalho e Ao Social | 1

  • 2 | Prefeitura Municipal de Pombal

    Prefeita: Pollyanna Werton DutraVice-prefeito: Geraldo A. de Assis Junior

    Sec. de Educao: Vanusa de M. M. BandeiraSec. de Ao Social: Alzira Laisse F. de LimaSec. de Adm. : Jordo MartinsSec. da Agricultura: George Felipe PaixoSec. de Finanas: Vanuzia ArajoSec. de Infra estrutura: Silvano do Sec. de Indstria e Comrcio: Francimar FragosoSec. Meio Ambiente: Gilberto Sousa SilvaSec. Sade; Rosilene FreitasSec. Planejamento: Maria Daguia de MoraisSec. Transporte: Clcio M. de MeloSec. do Trnsito: Wertevan GentilProc. Munic.: Jlia Mrcia M. Loureno

    EXPEDIENTE

    03 Carta da Prefeita ao Povo de Pombal Apresentao da cartilha 04 Novos Tempos em Pombal Palavra da Secretria Municipal do Trabalho e Ao Social

    05 O Plano Brasil Sem Misria na perpectiva do municpio de Pombal

    06 Perfil das Famlias Inseridas no Cadnico do Municpio de Pombal 07 Classificao e Quantitativo dos Benefcios do PBF

    09 A Operacionalizao do Plano Brasil Sem Misria no municpio de Pombal luz dos Objeitovs de Desenvolvimento do Milnio - Garantia de Renda, Acesso a Servios Acesso a Incluso Produtiva 16 SEMTRAS em nmeros

    18 Proteo Social Bsica

    20 Proteo Social Especial

    21 Habitao

    22 Mulher

    23 Trabalhadores do Campo

    N

    DI

    CE

    O Plano Brasil Sem Misria foi lanado em junho de 2011 com o desafio de superar a extremapobrezanopas.Opblicodefinidocomo prioritrio foi o dos brasileiros que, a despeito dos avanos sociais e econmicos do pas nos ltimos anos, continuavam em situao de extremapobreza,ouseja,comrenda

    familiar mensal inferior a R$ 70 por pessoa. Com o Brasil Sem Misria, a frmula de clculos dos benefcios do Programa Bolsa Famlia para as famlias mais po-bresfoimodificada.Agora,todasasfamliasbeneficiriasdoProgramasuperamopatamardaextremapobreza. Considerandoqueaextremapobre-

    No acompanhamento do Plano Brasil Sem Misria, o MDS utiliza as informaes do Cadastro nico. Ele prov dados individualizados, atualizadosnomximoacadadoisanos, sobre os brasileiros com renda familiar de at meio salrio mnimo per capita, permitindo saber quem so, onde moram, o perfil de cadaum dos membros das famlias e as caractersticas dos seus domiclios.

    O CADASTRO NICO E O PBLICO-ALVODO PLANO NO NOSSO MUNICPIO

    O PLANO BRASIL SEM MISRIA NA PERSPECTIVA DO MUNICPIO DE POMBAL

    Secretaria Municipal do Trabalho e Ao Social | 2

    za se manifesta de mltiplas formas alm da insuficincia de renda, oPlano foi estruturado em trs eixos:garantiaderenda,inclusoprodutiva e acesso a servios. So mais de 100 aes, programas e polticasdistribudasnostrseixos,que envolvem 22 ministrios. O Mi-nistrio do Desenvolvimento Social e Combate Fome (MDS) coordena o Brasil Sem Misria. Todos os estados brasileiros aderiram ao Plano.

    LANAMENTO DO PLANO BRASIL SEM MISRIA NO MUNICPIO DE POMBAL

    Pg. 09

    Pg. 04

    Pg. 16

    Pg. 05

  • Secretaria Municipal do Trabalho e Ao Social | 3

    Pombal: Uma cidade de oportunidades Sempre alinhado e em par-ceria com o Governo Federal o nos-so projeto de mudar e construir uma Pombal mais justa vem se concretizan-do. Como gestora, tenho a misso de buscar, empreender esforos e conse-guir resultados favorveis para quem necessita, como a lgica da poltica da Assistncia Social em nosso pas. Pombal hoje uma Cidade de Opor-tunidades, porque no apenas assiste famlias, mas cria benefcios favorveis para melhoria de sua populao.

    Em nossa cidade construmos a rede de servios sociais que tem como porta de entrada os Centros de Referncia de Assistncia Social (CRAS), que atuam nas reas de vulnerabilida-de e risco social. Em Pombal temos duas unidades, que vem impedindo a quebra dos vnculos familiares e me-lhorando a qualidade de vida dessas famlias comatendimentoqualificadoe cursos que incluem os beneficirios no mercadoformal de trabalho.

    O nosso governo municipalizou o Brasil Sem Misria. Conseguimos fazer um mapeamento da situ-ao das famlias para agregar transferncia de ren-da, acesso aos servios pblicos, nas reas de edu-cao, sade, assistncia social, saneamento, energia eltrica, incluso produtiva e segurana alimentar. Estaremosnessalutaatofinaldanossagesto.

    Somos um dos municpios do pas que me-lhor trabalha com as condicionalidades e transitorie-dade do Bolsa Famlia e os nossos conselhos setoriais exercem o controle social da forma mais democrtica

    e republicana frente s polticas pblicas aqui imple-mentadas. Temos o Observatrio Municipal dos Obje-tivos de Desenvolvimento do Milnio que nos auxilia nas aes de governo e no cumprimento das metas do milnio. Monitoramos e avaliamos nossos indica-dores sociais para alinhar e corrigir s nossas aes e assim melhorar os servios que oferecemos ao povo.

    Enfim, trabalhar sempre ser o nosso alvo, porqueQuem elegeu a busca no pode recusar a traves-sia.... (Guimares Rosa).

    Pollyanna DutraPrefeita de Pombal - PB

    e republicana frente s polticas pblicas aqui imple-

    pollYanna dutra e dona FranCISCa da ConCeIoAgricultora, cone da solidariedade e da honestidade de nossa gente, assim que con-quistou a aposentadoria em 2005, Dona Francisca foi uma das primeiras pombalenses a devolver espontaneamente o carto do Programa Bolsa Famlia para que outras pessoas fossembeneficiadas.

  • 4 | Prefeitura Municipal de Pombal

    Em nome de todos que fazem a Secretaria Municipal do Trabalho e Ao Social do Municpio de Pombal PB SEMTRAS e da Rede Municipal de Proteo Social, disponibilizamos a presente cartilha que faz um diagnstico a cerca da execuo do Plano Brasil Sem Misria no municpio luz dos Objetivos de Desenvolvimento do Milnio e do funcionamento do sistema de garantia de renda, acesso a servios e incluso produtiva como estratgias para a su-perao da extrema pobreza. No que corresponde a su-perao, os ltimos relatrios que monitoram os indicadores de desen-volvimento do municpio do conta dos avanos conquistados nas mais diversas reas. Entre eles, o aumen-to do ndice de Desenvolvimento Hu-mano do Municpio IDHM, que nos passou de 0,364 em 1991 para 0,634 em 2010. Estas conquistas so frutos da elevao da expectativa de vida da populao, do aumento da renda e da elevao nos indicadores da educao do municpio. Sparaexemplificar,em1991um pombalense nascia tendo a expec-tativa de vida em torno de 59 anos. Hoje a esperana de vida de nossa

    gente de pouco mais de 72 anos. Os dados tambm do conta do aumento da renda per capta que foi de R$ 177,92 em 1991, para R$ 401,60 em 2010, e da elevao dos ndices da educao, que foi de 0,167 em 1991 para 0,515 em 2010. Some-se a isto os diver-sos investimentos realizados nos ltimos 10 anos em

    sade, proteo social, meio ambien-te, segurana alimentar e nutricional, qualificaoprofissional,infraestrutu-ra e saneamento bsico, entre outros, que veremos que os avanos so par-te do esforo de uma poltica pensada pelo, para e com o povo. Mais que nmeros, nosso compro-misso com a cidadania. A cada avan-o, uma renovao dos nossos com-promissos; a cada dificuldade, umareflexo; e a cada superao fica acerteza que estamos fazendo polticas pblicas baseadas na alma do serta-nejo que, como j disse Euclides da Cunha, antes de tudo, um forte.

    Alzira Laisse F. de LimaSecretria Municipal do Trabalho

    e Ao Social - SEMTRAS

    Novos tempos em Pombal

  • O Plano Brasil Sem Misria foi lanado em junho de 2011 com odesafiodesuperaraextremapo-breza no pas. O pblico definidocomo prioritrio foi o dos brasileiros que, a despeito dos avanos sociais e econmicos do pas nos ltimos anos, continuavam em situao de extremapobreza,ouseja,comrendafamiliar mensal inferior a R$ 70 por pessoa. Com o Brasil Sem Misria, a frmula de clculos dos benefcios do Programa Bolsa Famlia para as famliasmaispobresfoimodificada.Agora, todas as famlias benefici-rias do Programa superam o pata-mardaextremapobreza.

    Considerandoqueaextre-ma pobreza se manifesta de ml-tiplas formasalmda insuficinciade renda, o Plano foi estruturado emtrseixos:garantiaderen-da, incluso produtiva e acesso a servios. So mais de 100 aes, programas e polticas distribudas nos trs eixos, que envolvem 22ministrios. O Ministrio do De-senvolvimento Social e Combate Fome (MDS) coordena o Brasil Sem Misria. Todos os estados brasileiros aderiram ao Plano. Mas, para que o Brasil Sem Misria funcione da maneira mais adequada possvel, fundamental que haja forte envolvimento dos

    No acompanhamento do Plano Brasil Sem Misria, o MDS uti-liza as informaes do Cadastro ni-co. Ele prov dados individualizados, atualizadosnomximoacadadoisanos, sobre os brasileiros com renda familiar de at meio salrio mnimo per capita, permitindo saber quem so, onde moram, o perfil de cadaum dos membros das famlias e as caractersticas dos seus domiclios.

    O CADASTRO NICO E O PBLICO-ALVODO PLANO NO NOSSO MUNICPIO

    O PLANO BRASIL SEM MISRIA NA PERSPECTIVA DO MUNICPIO DE POMBAL

    Secretaria Municipal do Trabalho e Ao Social | 5

    municpios. Um dos motivos para a centralidade dos municpios o Ca-dastro nico, porta de entrada para o Brasil SemMisria. Afinal, o res-ponsvel pelo registro das famlias no Cadastro o poder pblico municipal, que tambm tem papel de destaque no funcionamento das redes de sade, educao e assistn-cia social, essenciais para a supera-odaextremapobreza.

    LANAMENTO DO PLANO BRASIL SEM MISRIA NO MUNICPIO DE POMBAL

  • 6 | Prefeitura Municipal de Pombal6 | Prefeitura Municipal de Pombal

  • Secretaria Municipal do Trabalho e Ao Social | 7Secretaria Municipal do Trabalho e Ao Social | 7

  • 8 | Prefeitura Municipal de Pombal8 | Prefeitura Municipal de Pombal

  • Secretaria Municipal do Trabalho e Ao Social | 9