Real Escotismo

Download Real Escotismo

Post on 14-Sep-2015

227 views

Category:

Documents

9 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Real Escotismo

  • Contedo

    1 Capa 1

    2 Prefcio 2

    3 Denio 3

    4 Honra para um escoteiro 4

    5 Promessa 5

    6 Lei Escoteira 6

    7 Simbologia 8

    8 Flor-de-lis 9

    9 Cumprimento 10

    10 Sinal Escoteiro 11

    11 Saudao 12

    12 Lema Escoteiro 1312.1 Fontes, contribuidores e licenas de texto e imagem . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 14

    12.1.1 Texto . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1412.1.2 Imagens . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1412.1.3 Licena . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 14

    i

  • Captulo 1

    Capa

    Real Escotismo

    Tudo o que realmente o Escotismo .Diferente de outros aqui ilustraremos o Escotismo em sua

    forma mais pura e global.Entrar

    1

  • Captulo 2

    Prefcio

    IntroduoOl,nesse livro vamos ver um pouco doMovimento Escoteiro,mas em sua formamais pura, mais prxima de quando elefoi criado.

    Para aumentar o seu, j vasto vocabulrio, todavez que uma palavra no for cotidiana haverum link, em cinza, para nosso projeto irmo,Wikicionrio. Quando o link for rosa a ligao para a Wikipdia.

    ndice

    2

  • Captulo 3

    Denio

    Escotismo um movimento voluntariado que tem o in-tuito de empoderar o jovem, por meio de um sistema devalores que prioriza a Honra baseado na Promessa Esco-teira e na Lei Escoteira, e atravs da prtica, do trabalhoem equipe e da vida ao ar livre, fazer com que o jovem as-suma seu prprio crescimento e tornar-se um exemplo defraternidade, lealdade, altrusmo, responsabilidade, res-peito e disciplina.Ao contrrio que muito pensam, escoteiros no vendembiscoitos, no cam em esquinas uniformizados para aju-dar idosas atravessarem a rua e muito menos esperam quealgum se lesione para que possam aplicar os primeirossocorros.Sim, so corteses , com uniforme ou sem uniforme aju-daram uma senhora, mas isso reexo da Promessa quezeram, a Promessa que coloca a sua Honra a cima desua vida, que o coloca sob as Leis Escoteiras.

    3

  • Captulo 4

    Honra para um escoteiro

    A Honra para um Escoteiro ser digno de toda con-ana. Como um Escoteiro, nenhuma tentao, por maiorque seja, e embora seja secreta, ir persuadi-lo a prati-car uma ao desonesta ou escusa, mesmo muito pequena.Voc no voltar atrs a uma promessa, uma vez feita. Apalavra de um Escoteiro equivale a um contrato. Para umEscoteiro, a verdade, e nada mais que a verdade. Baden-Powell

    4

  • Captulo 5

    Promessa

    Cerimnia da Promessa

    A Promessa Escoteira sintetiza o embasa-mento moral do Movimento Escoteiro. Nomomento da Promessa, os membros do Mo-vimento se comprometem voluntariamente, ase conduzir de acordo com a orientao moraldo Movimento, reconhecendo a existncia dedeveres que tem de serem cumpridos. Os ele-mentos da Promessa Escoteira esto contidosnos Princpios do Movimento Escoteiro.

    Assim um verdadeiro escoteiro s torna-se umquando faz a Promessa, mas para as suas ati-vidades de sede, se ele no sentir-se preparadopara fazer a promessa ele no obrigado a tal.Assumindo o compromisso ele deve seguir arisca o que prometer dentro do grupo esco-teiro ou fora dele.

    A promessa ao longo dos anos teve seu textoadaptado, mas com o mesmo sentido, anal elase difundiu por centenas de pases, repblicasinclusive teve que se adequar a cultura local.

    5

  • Captulo 6

    Lei Escoteira

    A Lei escoteira um cdigo de conduta, assumido aose realizar a Promessa Escoteira, onde retm-se os prin-cpios do Movimento Escoteiro, a Honra, a Palavra, in-tegridade, lealdade, presteza, amizade, cortesia, respeitoe proteo da natureza, responsabilidade, disciplina, co-ragem, nimo, bom-senso, respeito pela propriedade eauto-conana.Quando Lord Baden-Powell idealizou a Lei Escoteira, de-cidiu no estabelecer leis proibitivas, mas conceitos paraformao de pessoas benvolas, para que, desta forma,o jovem escoteiro tivesse onde se espelhar e pudesseorientar-se.

    Conceitos inerentes Lei Escoteira

    Os dez artigos da Lei Escoteira

    (verso traduzida da original escrita por Lord Banden-Powell,seguidos de breves observaes feitas pelo prprio)

    1. A Honra, para Escoteiros, ser digno de conana.

    A Honra para um Escoteiro ser digno de todaconana. Como um Escoteiro, nenhuma tenta-o, por maior que seja, e embora seja secreta,ir persuadi-lo a praticar uma ao desonestaou escusa, mesmo muito pequena. Voc novoltar atrs a uma promessa, uma vez feita.A palavra de um Escoteiro equivale a um con-trato. Para um Escoteiro, a verdade, e nadamais que a verdade. Baden-Powell

    2. O Escoteiro leal ao Rei, sua ptria, aos seusescotistas, aos seus pais, aos seus empregadores, e aosseus subordinados.O Escoteiro leal Ptria, Igreja, s au-toridades do governo, aos seus pais, seus che-fes, seus patres e aos que trabalham como seussubordinados. Como um bom cidado, voc de uma equipe, 'jogando o jogo' honestamente,para o bem do conjunto. Voc merece a con-ana do governo de sua ptria, do MovimentoEscoteiro, dos seus amigos e companheiros de

    Carto Postal, demonstrando o esprito, o dever, em ajudar atodos

    Patrulha, de seus patres ou de seus emprega-dos, que esperam que voc seja correto, fazendoo melhor possvel, em benefcio deles, aindaquando eles no correspondem sempre bem aoque voc espera deles. Alm disso, voc lealtambm a si mesmo; voc no quer diminuir seurespeito a si mesmo jogando mal de propsito;nem vai querer decepcionar ou car em faltacom outro homem, nem, tampouco, com outramulher. Baden-Powell

    3. O Dever para o Escoteiro ser til e ajudar o prximo.

    6

  • 7O dever do Escoteiro ser til e ajudar a todos.Como Escoteiro, seu mais alto objetivo servir.Voc deve merecer a conana de que, em qual-quer ocasio, estar pronto a sacricar tempo,trabalho, ou, se necessrio, a prpria vida pelosdemais. O sacrifcio o sal do servio. Baden-Powell

    4. O Escoteiro amigo de todos e irmo dos de-mais escoteiros, no importando a que pas, classe oucredo o outro possa pertencer." amigo ou irmo, no importando a que pas,classe ou credo o outro possa pertencer. ComoEscoteiro, voc reconhece as demais pessoascomo sendo, com voc, lhos do mesmo Pai,e no faz caso de suas diferenas de opinio,casta, credo ou pas, quaisquer que elas sejam.Voc domina os prprios preconceitos e procuraencontrar as boas qualidades que tenham; o de-feito deles qualquer um pode criticar. Se vocpe em prtica esse amor pelas pessoas de ou-tros pases e ajuda a fazer surgir a paz e aboa vontade internacionais, isto ser o Reino deDeus na terra. O mundo inteiro uma fraterni-dade. Baden-Powell

    5. O Escoteiro corts.Como os antigos cavaleiros, voc, sendo umEscoteiro, , sem dvida, polido e atencioso comasmulheres, velhos e crianas. Mas, alm disso,voc polido mesmo com aqueles que esto con-tra voc. Aqueles que tm razo, no preci-sam perder a calma; aqueles que no tm razo,no podem se dar ao luxo de perd-la. Baden-Powell

    6. O Escoteiro amigo dos animais.Voc reconhecer como companheiras as ou-tras criaturas de Deus, postas, como voc, nestemundo, durante certo tempo, para gozar suasexistncias. Maltratar um animal , portanto,um desservio ao Criador. Um Escoteiro deveter um grande corao. Baden-Powell

    7. O Escoteiro obedece s ordens dos seus pais, doseu monitor ou do seu chefe escoteiro.

    O Escoteiro obedece, de boa vontade, sem va-cilar, s ordens de seus pais, Monitores e Che-fes. Como Escoteiro, voc se disciplina e pe-se,profunda e voluntariamente, s ordens das au-toridades constitudas, para o bem geral. A co-munidade mais feliz a comunidade mais disci-plinada; a disciplina, porm, deve vir do ntimo,e nunca ser imposta de fora. Por isso, tem umgrande valor o exemplo que voc der aos demaisnesse sentido. Baden-Powell

    Gravura de Norman Rockwell publicada originalmente em 1918

    8. O Escoteiro sorri e assobia sobre todas diculdades.

    Como Escoteiro voc ser visto como o homemque no perde a cabea e que agenta qualquercrise com nimo alegre, coragem e otimismo.Baden-Powell

    9. O Escoteiro econmico.Como Escoteiro, voc olhar para o futuro eno ir dissipar tempo e dinheiro com prazeresdo momento, mas, ao contrrio, far uso dasoportunidades do momento tendo em vista o fu-turo sucesso. Voc far isso com a idia de noser um nus, mas uma ajuda para os demais.

    Baden-Powell

    10. O Escoteiro limpo no pensamento, na palavra ena ao.

    O Escoteiro limpo em pensamento, palavra eao. Como Escoteiro, espera-se que voc tenhano s uma mente limpa, como tambm umavontade limpa; seja capaz de controlar quais-quer tendncias intemperadas do sexo; d umexemplo aos demais sendo puro, franco, ho-nesto em tudo que pensa, diz ou faz. Baden-Powell

  • Captulo 7

    Simbologia

    Toda Simbologia escoteira tem algum signicado que re-mete aos seus pilares, muitas vezes acham que umaforma de militarismo, mas ilustraremos que no, umaforma de respeito e de valores.

    8

  • Captulo 8

    Flor-de-lis

    A Flor-de-lis o smbolo do movimento escoteiro, astrs ptalas representando os trs pilares da promessa es-coteira, dever para com Deus e Ptria, dever para comos outros, dever para consigo prprio e o apontar para oNorte em mapas e bssolas, mostra para onde o jovemdeve ir, sempre para cima.

    9

  • Captulo 9

    Cumprimento

    Escoteiros, diferente do habitual aperto com a mo di-reita, cumprimentam-se com a mo esquerda, devido auma passagem vivida por Baden-Powell, aonde o chefede uma tribo indgena estende a mo esquerda, com oargumento de que para tal ele tem de largar o escudo, de-positando toda sua conana no outro, mesmo que esteseja seu adversrio.E caso ainda no tenha visto a pessoa no dia o escoteirodeve fazer a Saudao e aps estend