Questões - Origem e diversidade das espécies

Download Questões - Origem e diversidade das espécies

Post on 09-Apr-2018

216 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

<ul><li><p>8/8/2019 Questes - Origem e diversidade das espcies</p><p> 1/20</p><p>Biologia</p><p>Questes retiradas de Provas de Exames Nacionais</p><p>Tema das questes: Origem e diversidade das espcies</p><p>Grupo I (Prova Modelo 2000)</p><p>Na figura 1 esto representados o cavalo actual e dois ancestrais da sua histria evolutiva,referentes a pocas diferentes, assim como algumas caractersticas estruturais dos mesmos.</p><p>Figura 1</p><p>1 - Utilizando os dados da figura 1 relativos evoluo do cavalo, refira, justificando, se houve:1.1 alterao no tipo de alimentao.1.2 melhoria da capacidade de fugir dos predadores.</p><p>2 - Como interpreta, de acordo com o Neodarwinismo, a evoluo considerada em 1.2?</p><p>3 - Considerando a alterao verificada, ao longo do tempo, no tamanho do corpo dos animaisesquematizados na figura 2, indique qual dos grficos (I, II, III, IV) abaixo representadoscorresponde ao modo como a seleco natural actuou.</p></li><li><p>8/8/2019 Questes - Origem e diversidade das espcies</p><p> 2/20</p><p>Figura 2Nota: Curva ------ populao ancestral Curva _________ populao actual</p><p>3.1 - Justifique a resposta dada na questo anterior.</p><p>4 - A menor unidade biolgica que pode evoluir ao longo do tempo :A - uma determinada clula.B - um organismo individual.C - uma populao.D - uma espcie.E - um ecossistema.(Transcreva a letra da opo correcta.)</p><p>5 - Se uma populao for pequena, verificar-se- uma maior probabilidade de ocorrer:A - fluxo de genes;B - deriva gentica;C - seleco natural;D mutaes.(Transcreva a letra da opo correcta.)</p><p>Grupo II (Exame 1 fase 1 chamada 2000 via Ensino)O esquema da figura 3 mostra a evoluo convergente dos membros anteriores de uma Ave c deum Mamfero (morcego).</p></li><li><p>8/8/2019 Questes - Origem e diversidade das espcies</p><p> 3/20</p><p>Figura 3</p><p>1 - Explique em que consiste uma evoluo convergente.</p><p>2 - Embora a asa da ave e a membrana alar do morcego sejam convergentes na forma, tambmpodem ser consideradas estruturas homlogas. Explique esta aparente contradio.</p><p>3 - A figura evidencia argumentos anatmicos a favor das ideias evolucionistas.3.1 - Indique outros dois tipos de argumentos que tambm apoiem estas ideias.</p><p>4 - Todos os animais da figura 3 pertencem ao mesmo filo.4.1 - Identifique o referido filo.4.2 - Indique duas caractersticas exclusivas do respectivo filo.</p><p>Grupo III (Exame 1 fase 2 chamada 2000 via Ensino)</p><p>O esquema da figura 4 mostra o procedimento experimental realizado por Redi, no sculo XVII,sobre o tema "A origem da vida".</p><p>Figura 4</p><p>l - O que pretendia Redi demonstrar com esta experincia?</p></li><li><p>8/8/2019 Questes - Origem e diversidade das espcies</p><p> 4/20</p><p>2 - Explique a funo do frasco B.</p><p>3 - Os resultados desta experincia apoiam a:a) abiogneseb) biognesec) gerao espontnea</p><p>d) hiptese autotrficae) hiptese heterotrfica(Transcreva a opo correcta)</p><p>4 - Escolha, de entre os seguintes, os dois pressupostos apoiados pela hiptese heterotrfica:a) a evoluo biolgica foi precedida de uma evoluo qumica.b) os primeiros seres vivos a surgir na Terra seriam heterotrficos.c) os primeiros seres vivos a surgir na Terra seriam autrotrficos.d)seres complexos surgiram num meio simples.</p><p>Grupo IV (Exame 1 fase 1 chamada 2000 Agrupamento 1)Com Darwin surgiu uma nova viso dos seres e do mundo.1. Faa corresponder, a cada uma das letras das afirmaes que se seguem, um dos nmerosromanos (I, II) da chave.</p><p>Afirmaes:A A adaptao ao meio resulta da interaco entre as variaes resultantes daexpresso dos genes e as condies ambientais.B A observao e a experimentao so usadas para testar hipteses acerca daevoluo.C As variaes so imperfeies sem consequncias.D Cada espcie resulta de uma criao especial.</p><p>E As caractersticas genticas permitem estabelecer relaes filogenticas entre asespcies.</p><p>Chave:I Viso pr-darwinianaII Viso ps-darwiniana</p><p>2. Nas ilhas do arquiplago das Galpagos, Darwin observou a existncia de espciesdiferentes de tartarugas gigantes, ocupando cada espcie a sua ilha. Estas espcies detartarugas apresentavam grandes semelhanas entre si. Refira em que medida estes factosforam utilizados por Darwin para apoiar as suas ideias sobre a evoluo.</p><p>3. De entre as condies a seguir mencionadas, transcreva as letras das que estorelacionadas com o processo evolutivo proposto por Darwin.A Sobrevivncia diferencialB Manuteno do fundo genticoC Reproduo diferencialD Variaes entre os indivduos de uma populaoE Formao de clones</p><p>4. Numa experincia foram usadas duas populaes de moscas da fruta: a populao Y, constituda por moscas homozigticas em relao generalidade das suascaractersticas; a populao Z, produzida por intercruzamento de duas populaes homozigticas,relativamente maioria dos caracteres e diferentes entre si.Colocou-se, separadamente, igual nmero de moscas de cada uma das populaes, Y e Z, emdois recipientes de cultura iguais.</p></li><li><p>8/8/2019 Questes - Origem e diversidade das espcies</p><p> 5/20</p><p>O grfico da figura 5 representa a variao do tamanho de cada uma das populaes, durantecerca de 25 geraes.</p><p>Figura 5</p><p>4.1. Com base nos resultados desta experincia, qual das populaes apresenta maior</p><p>capacidade de sobrevivncia?</p><p>4.1.1. Apresente uma explicao para o diferente crescimento das duas populaesconsideradas na experincia.</p><p>Grupo V (Exame 1 fase 2 chamada 2000 Agrupamento 1)</p><p>A evoluo condicionada por vrios factores que podem alterar o fundo gentico daspopulaes.1. Na figura 6 est representado, esquematicamente, um tipo de seleco natural observado</p><p>nas chitas (Acinonyx jubatus).</p><p>Figura 6</p><p>1.1. Com base nos dados do grfico da figura 1, faa corresponder a cada uma das letras dasafirmaes seguintes um dos nmeros da chave.</p><p>AfirmaesA - A seleco natural favoreceu os alelos responsveis pelo aumento de peso.B - Ao longo do tempo foi variando o fentipo predominante nas chitas,C - Actualmente a diversidade fenotpica, relativa ao peso, observada nas chitas maior.D - As chitas de maior peso foram eliminadas ao longo do tempo,E - A evoluo verificada no peso das chitas contribuiu para um maior sucesso reprodutor.</p><p>Chave</p><p>1 - Apoiada pelos dados.2 - Contrariada pelos dados.3 - No h dados suficientes.</p></li><li><p>8/8/2019 Questes - Origem e diversidade das espcies</p><p> 6/20</p><p>1.2. Admita que as chitas actuais esto em perigo de extino e apresentam reduzidavariabilidade gentica. Estabelea uma relao entre estes dois dados.</p><p>1.3. Explique, de acordo com a teoria neodarwinista, a evoluo observada no peso das chitas.</p><p>2. O estudo comparado de embries de diferentes seres levou alguns evolucionistas apronunciarem-se de forma distinta.</p><p>Karl von Baer afirmou que: os embries passam por fases em que se assemelham aembries de animais considerados em degraus infeiriores da Scala Naturae.</p><p>Thomas Huxley afirmou que: todo o animal, no decurso do seu desenvolvimento, trepa a suarvore filogentica.</p><p>2.1. Explique em que diferem as afirmaes feitas por Karl von Baer e por Huxley.</p><p>2.2. Qual das duas afirmaes , actualmente, mais aceite?</p><p>Grupo VI (Exame 2 fase 2000 Agrupamento 1)</p><p>A enorme diversidade de seres vivos actuais resulta de um processo de evoluo biolgica aolongo do tempo.</p><p>1 - Com base na teoria evolucionista de Darwin, critique a seguinte frase:"Nos trpicos, para o homem poder suportar a intensa radiao solar, as clulas da sua peleadquiriram a capacidade de fabricar grande quantidade de melanina, resultando da opermanente tom escuro da sua pele."</p><p>2 - De acordo com a moderna teoria da evoluo, so considerados factores evolutivos:A - mutao, crossing-overe cruzamento ao acaso.B - mitose, deriva gentica e fecundao.C - mutao, recombinao gnica e seleco natural.D - mitose, segregao cromossmica e seleco natural.E - mitose, fecundao e seleco natural.(Transcreva a letra da opo correcta.)</p><p>Grupo VII (Exame 1 fase 1 chamada 2001 Via Ensino)</p><p>Leia com ateno o seguinte texto:</p><p>"O ambiente afecta a forma e a organizao dos animais, o que significa que, quando o ambientese torna muito diferente, produz no decurso do tempo as correspondentes modificaes na formae na organizao dos animais.Se um novo ambiente, que se tornou permanente para determinada raa de animais, induz novoshbitos nesses animais, isto , se os conduz a novas actividades que se lhes tornam habituais, oresultado ser o uso de uma parte do animal em prejuzo de outra e, em alguns casos, o totaldesuso de uma parte no mais necessria."</p><p>1 - Este texto dever ter sido escrito por:a) Buffon.b) Maupertuis.c) Lamarck.d) Danvin.</p></li><li><p>8/8/2019 Questes - Origem e diversidade das espcies</p><p> 7/20</p><p>(Transcreva a opo correcta.)</p><p>1.1. Justifique a sua escolha, apresentando duas razes.</p><p>2 - Refira uma diferena entre fixismo e evolucionismo.3 - "Os peixes que vivem no fundo escuro dos oceanos so cegos."</p><p>3.1 - Explique o facto acima exposto de acordo com o neodarwinismo.</p><p>Grupo VIII (Exame 1 fase 2 chamada 2001 Via Ensino)</p><p>Pensa-se que os mamferos actuais descendem de uma nica espcie ancestral, um pequenoinsectvoro, a partir do qual os mamferos evoluram e se espalharam rapidamente. Hoje so umgrupo com formas muito variadas, tal como demonstra o esquema da figura 7.</p><p>Figura 7</p><p>1 - De acordo com os dados fornecidos sobre a diversificao dos mamferos, faa corresponderV (de verdadeiro) e F (de falso) a cada uma das afirmaes que se seguem:</p><p>A - O isolamento geogrfico foi um factor fundamental na diversificao.B - A seleco natural actuou sobre todas as mutaes de igual modo.C - Ocorreu a colonizao de nichos ecolgicos diferentes.D - As trocas de genes entre as vrias populaes impossibilitaram o isolamento reprodutivo.E - O processo esquematizado uma radiao adaptativa.</p><p>2 - A diversidade de aspecto entre a baleia e o morcego poder ser explicada por:a) convergncia evolutiva.b) divergncia evolutiva.c) paralelismo evolutivo.d) analogia.(Transcreva a opo correcta.)</p><p>3 - Justifique a opo efectuada na pergunta 2.</p><p>4 - Faa corresponder a cada afirmao uma letra da chave:</p></li><li><p>8/8/2019 Questes - Origem e diversidade das espcies</p><p> 8/20</p><p>AFIRMAES:I - A transmisso dos caracteres adquiridos foi importante para a evoluo das espcies.II - As espcies de seres vivos foram criadas tal como se nos apresentam.III - A natureza fornece variaes e aquelas que so prejudiciais so eliminadas.IV - O desuso dos rgos leva ao seu atrofiamento.</p><p>V - As mutaes so seleccionadas e transmitidas descendncia.</p><p>CHAVE:A - Darwinismo B - Lamarckismo C - Neodarwinismo D - Fixismo</p><p>Grupo IX (Exame 2 fase 2001 Via Ensino)</p><p>As borboletas da espcie Biston betularia sofreram nos ltimos 130 anos uma evoluo muitogrande em relao cor. Essas borboletas existem sob duas formas: uma clara, com levesmanchas escuras, e a outra escura, de cor uniforme. As borboletas claras so nocturnas e</p><p>repousam durante o dia nos troncos das rvores cobertos de lquenes, sendo praticamenteinvisveis por se confundirem com o substrato. O aparecimento da variedade de cor uniforme(designada por variedade carbonria) foi registado por volta de 1850. Com a industrializaocrescente de vrias regies inglesas, a fuligem produzida pelas fbricas enegreceu lentamentemuros e troncos de rvores. Progressivamente, nas regies industriais, a variedade escuraaumentou, substituindo a variedade clara.</p><p>1 - Como explicaria Lamarck a predominncia de borboletas escuras nas regiesindustrializadas?</p><p>2 - Refira, segundo Lamarck, qual o agente transformador das borboletas claras em borboletasescuras.</p><p>3 - Explique o aparecimento de borboletas escuras segundo a teoria neodarwinista.</p><p>4 - Para Darwin, um dos factores fundamentais para explicar a evoluo era(m)...a) ...as migraes.b) ...a deriva gentica.c) ...a seleco natural.d) ...as mutaes.(Transcreva a opo correcta.)</p><p>5 - Mencione uma diferena entre fixismo e evolucionismo.</p><p>6 - Indique qual das seguintes expresses um argumento paleontolgico a favor da evoluo:a) A membrana alar dos morcegos e as asas das Aves so rgos homlogos.</p><p>b) Os fenmenos de mitose e meiose so muito semelhantes nos vrios reinos.c) As Pteridosprmicas so formas de transio entre Filicneas e Gimnosprmicas.d) O golfinho e o tubaro so exemplo de evoluo convergente.(Transcreva a opo correcta.)</p><p>Grupo X (Exame 1 fase 1 chamada 2001 Agrupamento 1)</p><p>Segundo Dobzhansky (geneticista do sculo XX), nada em Biologia faz sentido a no ser luz da</p><p>evoluo.</p></li><li><p>8/8/2019 Questes - Origem e diversidade das espcies</p><p> 9/20</p><p>1 - A cada uma das letras que identificam as afirmaes que se seguem, faa corresponder umdos nmeros romanos da chave.</p><p>AFIRMAES:A - As alteraes climticas desempenham um papel importante na evoluo dos organismos.B - As cobras, pelo hbito de rastejarem e passarem atravs de orifcios, aumentaram o seu</p><p>comprimento.C - O tamanho de uma populao de organismos est relacionado com a luta pela sobrevivncia.D - O uso indiscriminado de antibiticos pode conduzir proliferao de bactrias resistentes.E - As modificaes nos seres vivos so explicadas pela necessidade de adaptao ao meio.</p><p>CHAVE:I - De acordo com o pensamento de Lamarck.II - De acordo com o pensamento de Darwin.III - De acordo com o pensamento de Lamarck e de Darwin.</p><p>2 - Fundamente a resposta dada pergunta anterior, relativamente afirmao A.</p><p>3 - Na figura 8 est representada graficamente a distribuio percentual de espcies de plantas</p><p>poliplides por diferentes latitudes em algumas regies do hemisfrio Norte. Das afirmaesseguintes, transcreva as letras que identificam aquelas que esto de acordo com dados dogrfico.</p><p>Figura 8</p><p>A - Entre os 50 e os 60 de latitude existe a maior percentagem de espcies formadas porduplicao cromossmica.B A percentagem mais elevada de espcies poliplides encontra-se nas regies de latitudesuperior a 60.C - O isolamento geogrfico entre populaes de diferentes ilhas deu origem formao deespcies poliplides.D - As regies de temperaturas mais elevadas no so favorveis existncia de uma grandepercentagem de espcies poliplides.E - Relativamente s latitudes consideradas no grfico, a percentagem de espcies poliplidesaumenta com a latitude.</p></li><li><p>8/8/2019 Questes - Origem e diversidade das espcies</p><p> 10/20</p><p>4 - Sementes de uma planta com 2n = 24 cromossomas foram embebidas numa soluo decolchicina, soluo que inibe a formao das fibras do fuso acromtico nas clulas em diviso.Aps a germinao dessas sementes, as plantas apresentaram:A - 2 cromossomas.B - 24 cromossomas.</p><p>C - 36 cromossomas.D - 48 cromossomas.(Transcreva a letra da opo correcta.)</p><p>5 - Fundamente a resposta dada pergunta anterior.</p><p>Grupo XI (Exame 1 fase 2 chamada 2001 Agrupamento 1)</p><p>Na Europa existem borboletas da espcie Biston betularia, que apresentam duas variedades,uma de cor clara e outra de cor escura. Esta espcie habita nas rvores cobertas de lquenes de</p><p>cor clara e so presas de aves insectvoras.Em zonas industriais, o aumento da poluio pode conduzir ao enegrecimento dos troncos dasrvores. Esta situao altera a facilidade com que os predadores detectam cada uma dasvariedades de borboletas.O grfico da figura 9 representa a variao da percentagem de borboletas de cor escura emzonas industriais da Inglaterra, durante um certo perodo de tempo.</p><p>Figura 9</p><p>1 - Com base nos dados fornecidos, explique a variao da frequncia das borboletas de corescura no perodo compreendido entre 1970 e 1980.</p><p>2 - Faa uma previso da variao da frequncia das borboletas de cor clara, no perodocompreendido entre 1970 e 1980, usando como re...</p></li></ul>

Recommended

View more >