questionário de partículas magnéticas

Download Questionário de Partículas Magnéticas

Post on 20-Jul-2016

24 views

Category:

Documents

4 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Questionrio de Partculas Magnticas

    1- INDIQUE OS MATERIAIS RELACIONADOS ABAIXO QUE PODEM SER SUBMETIDOS A EXAME

    COM PARTICULAS MAGN-TICAS.

    A-ALUMNIO

    B-MAGNSIO

    C-COBRES E SUAS LIGAS, EXCETO LATO.

    D-CHUMBO

    E-AOS CARBONO E DE BAIXA LIGA

    2-QUANDO UMA PEA DE AO TRABALHA EM ATRITO, COM OUTRA, ESTANDO PELO

    MENOS UMA DELAS MAGNETIZADA, PODE OCORRER QUE APRESENTEM INDICAOES

    QUANDO FOREM SUBMETIDAS A EXAME POR MEIO DE PARTCULAS MAGNTICAS. ESTAS

    INDICAES SE APRESENTAM COMO RISCOS, DE ASPECTO DEFINIDO OU DIFUSO, E SO

    DENOMINADAS.

    A-TRINCAS

    B-CONSTRUES

    C-TRABALHO A FRIO

    D-ESCRITA MAGNTICA

    3-INDICAES CAUSADAS POR FUGA DO CAMPO MAGNTICO, OU CORPO DE UMA PEA,

    DEVIDO A RAIOS DE CHAVE A OU FUROS EXISTENTES NAS PROXIMIDADES DA SUPERFCIE

    EXAMINADA SO DENOMINADAS.

    A-DEFEITOS

    B-ESCRITA MAGNTICA

    C-ZONAS LIMITES

    D-INDICAES NO RELEVANTES

    4- INDICAES RESULTANTES DE DEFEITOS SUBSUPERFICIAIS SE APRESENTAM COM

    ASPECTO.

    A-DEFINIDO E FINO.

    B-DEFINIDO E LARGO

    C-IMPRECISO

    D-LARGO E DIFUSO

    5- O QUE SO INDICAES NO RELEVANTES.

    A-SO INDICAES QUE APARECEM EM PARTES PLANAS DA PEA.

    B-SO INDICAES RESULTANTES DE DESCONTINUIDADES SUBSUPERFICIAIS QUE NO

    PUDERAM SER IDENTIFICADAS.

    C-SO INDICAES FALSAS QUE APARECEM QUANDO AS PARTICULAS MAGNTICAS NO SO

    ADEQUADAS AO TIPO DE MATERIAL DA PEA.

    D-SO INDICAES ASSOCIADAS COM VAZAMENTO DE CAMPOS MAGNTICOS PROVOCADAS

    POR CONDIES QUE NO TERO INFLUNCIA NO COMPORTAMENTO DA PEA EM SERVIO.

    6-QUAL CAMPO MAGNTICO RESIDUAL MAIS DIFCIL DE ELIMINAR.

  • A-CIRCUNFERENCIAL

    B-PULSANTE

    C-TRIPOLAR

    D-LONGITUDINAL

    7- NO EXAME DE PEAS POR MEIO DE PARTICULAS MAGNTICAS, POR VIA SECA, USANDO-

    SE A TECNICA DOS ELETRODOS, A AMPERAGEM USADA FUNO.

    A-DA ESPESSURA DA PEA

    B-DO DIMETRO DA PEA

    C-DO COMPRIMENTO TOTAL DA PEA

    D-DA DISTNCIA ENTRE OS ELETRODOS

    8-INDIQUE O MTODO DE MAGNETIZAO DE MAIOR SENSIBILIDADE.

    A-RESIDUAL

    B-CONTNUO

    9-AS INDICAES DAS DESCONTINUIDADES ABERTAS PARA SUPERFCIE SERO MAIS CLARAS

    SE FOR USADO.

    A-CORRENTE CONTNUA

    B-CORRENTE ALTERNADA

    10-DESEJA-SE EXAMINAR A SUPERFCIE INTERNA DE UM TUBO POR MEIO DE PARTICULAS

    MAGNTICAS. INDIQUE A MANEIRA MAIS ADEQUADA PARA CONSEGUIR A MAGNETIZAAO,

    COM O OBJETIVO DE DETECTAR DESCONTINUIDADES LONGITUDINAIS.

    A-PASSANDO CORRENTE ELTRICA ENTRE AS EXTREMIDADES DO TUBO

    B-PELO PROCESSO DOS ELETRODOS, APOIANDO UM EM CADA EXTREMIDADE DO TUBO.

    C-DESLOCANDO O TUBO NO INTERIOR DE UMA BOBINA

    D-POR MEIO DE UM CONDUTOR CENTRAL COLOCADO ENTRE CABEAS DE CONTATO

    11-A PORO DE ESPAO NA QUAL SE FAZ SENTIR O EFEITO MAGNTICO PRODUZIDO PELA

    PASSAGEM DE CORRENTE ELTRICA ALTERNADA NUM CONDUTOR, OU POR UMA PEA

    MAGNETIZADA, DENOMINADA.

    A-ZONA DE SATURAO

    B-ZONA FERROMAGNTICA

    C-ZONA PARAMAGNTICA

    D-CAMPO MAGNTICO

    12-AS PEAS DE FERRO OU AO QUE TEM A PROPRIEDADE PARTICULAR DE ATRAIR OUTRAS

    PEAS DE MATERIAIS FERROMAGNTICOS SO DENOMINADAS.

    A-PARAMAGNTICAS

    B-DIAMAGNTICAS

    C-ANTIMAGNTICAS

    D-MAGNETOS

    13-INDIQUE SE A AFIRMAO ABAIXO VERDADEIRA OU FALSA

  • DIZ-SE QUE UM MATERIAL POSSUI FORA COERCIVA E CAPAZ DE ATRAIR OUTROS MATERIAIS

    DE MESMA NATUREZA QUANDO ENERGIZADO POR CORRENTE ELTRICA.

    A-VERDADEIRA

    B-FALSA

    14-INDIQUE SE A AFIRMAO ABAIXO VERDADEIRA OU FALSA

    A PERMEABILIDADE CORRESPONDE A FACILIDADE COM QUE UM METAL OU PEA METLICA

    MAGNETIZADO.

    A-FALSA

    B-VERDADEIRA

    15-INDIQUE SE A AFIRMAO ABAIXO VERDADEIRA OU FALSA

    DIZ-SE QUE UM METAL QUE FCIL DE MAGNETIZAR POSSUI ALTA PERMEABILIDADE.

    A-FALSA

    B-VERDADEIRA

    16-INDIQUE SE A AFIRMAO ABAIXO VERDADEIRA OU FALSA

    UM METAL QUE DE FCIL MAGNETIZAAO POSSUI ALTA PERMEABILIDADE.

    A-VERDADEIRA

    B-FALSA

    17-INDIQUE SE A AFIRMAO VERDADEIRA OU FALSA

    O CAMPO MAGNTICO RESIDUAL NUMA PEA DE MATERIAL MAGNETIZVEL APS A

    REMOO DA FORA DE MAGNETIZAO DENOMINADA DE SATURAO MAGNTICA.

    A-VERDADEIRA

    B-FALSA

    18-INDIQUE SE A AFIRMAO ABAIXO VERDADEIRA OU FALSA

    O CAMPO MAGNTICO QUE PERMANECE NUMA PEA DE MATERIAL MAGNETIZVEL APS A

    REMOO DA FORA DE MAGNETIZAO DENOMINADA SATURAO MAG-NTICA.

    A-FALSA

    B-VERDADEIRA

    19-AS REGIES DA SUPERFCIE DE UMA PEA MAGNTICA, NAS QUAIS O CAMPO

    MAGNTICO ENTRA OU SAI DELA, SO DENOMINADAS.

    A-POLOS SALIENTES

    B-DEFEITOS

    C-CAMPO

    D-POLOS MAGNTICOS

    20-A PROPRIEDADE QUE POSSUI UM MATERIAL MAGNTICO DE MANTER OU RETER UM

    CAMPO MAGNTICO APS INTERRUPO DA CORRENTE DE MAGNETIZAO

    DENOMINADA.

    A-PONTO DE SATURAAO

    B-DIAMAGNETISMO

  • C-MAGNETISMO BIPOLAR

    D-RETENTIVIDADE

    21-A INTENSIDADE DE UM CAMPO MAGNTICO CONHECIDA POR.

    A-FERROMAGNETISMO

    B-POLARIDADE MAGNTICA

    C-FORA COERCIVA

    D-DENSIDADE DE FLUXO

    22- UMA INDICAO NTIDA E BEM DEFINIDA PROVAVELMENTE .

    A-UM DEFEITO SUB-SUPERFICIAL

    B-UM DEFEITO SUPERFICIAL

    23-O QUE UM EXAME POR MEIO DE PARTICULAS MAGNTICAS.

    A- UM EXAME NO-DESTRUTIVO PARA DETECO DE DEFEITOS GRAVES EM PEAS DE AO

    CARBONO OU AO INOXIDVEL QUE FORAM SOLDADAS E SUBMETIDAS A TRATAMENTO

    TRMICO.

    B- UM EXAME NO-DESTRUTIVO UTILIZADO PARA DETECO DE DESCONTINUIDADES EM

    PEAS METLICAS EM GERAL, QUE DESEMPENHAM SERVIO DE GRANDE RESPONSABILIDADE.

    C- UM EXAME NO-DESTRUTIVO UTILIZADO NA DETECO DE DESCONTINUIDADES EM

    PEAS DE AO E DE COBRE E SUAS LIGAS.

    D- UM EXAME NO-DESTRUTIVO PARA DETECO DE DESCONTINUIDADES LOCALIZADAS NA

    SUPERFCIE OU LOGO ABAIXO DA SUPERFCIE EM MATERIAIS FERROMAGNTICOS.

    24-INDIQUE SE A AFIRMAO ABAIXO VERDADEIRA OU FALSA:

    A DETECO DE DEFEITOS LINEARES FACILITADA QUANDO A DIREAO DAS LINHAS DE FORA

    DO CAMPO MAGNTICO EST A 90 GRUS EM RELAO AO PLANO PRINCIPAL DO DEFEITO.

    A-FALSO

    B-VERDADEIRO

    25-QUE TIPO DE MATERIAIS SO REPELIDOS PELOS IMS.

    A-PARAMAGNTICOS

    B-FERROMAGNTICOS

    C-FLUXO-MAGNTICOS

    D-DIAMAGNTICOS

    26-QUE TIPO DE MATERIAIS SO MAIS FORTEMENTE AFETADOS PELO MAGNETISMO, E QUE

    PODEM SER EXAMINADOS POR PARTICULAS MAGNTICAS.

    A-DIAMAGNTICOS

    B-LIGAS

    C-METAIS A BASE DE NQUEL

    D-FERROMAGNTICOS

    27-UMA BARRA CILINDRICA DE AO MAGNETIZADA DE MODO QUE SE FORME UM POLO

    EM CADA EXTREMIDADE. O FLUXO MAGNTICO PERCORRE O INTERIOR DA REA

  • DIRIGINDO-SE DO POLO SUL AO POLO NORTE E FECHA O CIRCUITO MAGNTICO DIRIGINDO-

    SE DO POLO NORTE AO POLO SUL PELO AR QUE CIRCUNDA A BARRA. ESTE TIPO DE

    MAGNETIZAO DENOMINADO.

    A-CIRCULAR

    B-TRANSVERSO

    C-CONTNUO

    D-LONGITUDINAL

    28-UMA BARRA CILINDRICA DE AO MAGNETIZADA DE FORMA QUE O FLUXO MAGNTICO

    COMPLETE SEU CIRCUITO SEM SAIR DO MATERIAL DA BARRA. ESTE TIPO DE MAGNETIZAO

    DENOMINADO.

    A-LONGITUDINAL

    B-TRANSVERSO

    C-CONTNUO

    D-CIRCULAR

    29-INDIQUE UMA CAUSA DE DISTORO DE CAMPO.

    A-PRESENA DE APARELHO DE RAIOS X OPERANDO NAS PROXIMIDADES.

    B-A PEA ESTA ORIENTADA NA DIREO NORTE-SUL

    C-A PEA ESTA ORIENTADA NA DIREO LESTE-OESTE

    D-PEA DE FORMATO IRREGULAR

    30-DESEJA-SE MAGNETIZAR CIRCULARMENTE UM TUBO DE AO USANDO UM CONDUTOR

    CENTRAL. QUAL A DIMEN-SO QUE SERVE DE BASE PARA DETERMINAR A AMPERAGEM

    QUE SER NECESSRIA NESTA OPERAO.

    A-A ESPESSURA DA PAREDE

    B-O COMPRIMENTO DO TUBO

    C-O DIMETRO INTERNO

    D-O DIMETRO EXTERNO

    31-QUANDO A MAGNETIZAO LONGITUDINAL DE UMA PEA FOR OBTIDA POR MEIO DE

    UMA BOBINA, COMO DETERMINADA A AMPERAGEM NECESSRIA.

    A-NMERO DE ESPIRAS DA BOBINA MULTIPLICADAS PELA LARGURA DA PEA

    B-PELA AMPERAGEM LIDA NO AMPERIMETRO

    C-E/R F IGUAL

    D-AMPERES MULTIPLICADOS PELO NMERO DE ESPIRAS DA BOBINA

    32-PORQUE NECESSRIO SABER O NMERO DE ESPIRAS DE UMA BOBINA.

    A-PARA CALCULAR O PESO DA BOBINA

    B-PARA DETERMINAR A VOLTAGEM DA CORRENTE ALTERNADA QUE DEVE SER UTILIZADA

    C-NO NECESSRIO SABER O NMERO DE ESPIRAS

    D-PARA CALCULAR A FORA MAGNETIZANTE

  • 33-QUAIS SO AS CARACTERISTICAS ESSENCIAIS DAS PARTICULAS EMPREGADAS NO EXAME

    COM PARTICLAS MAG-NTICAS.

    A-FINAMENTE, DIVIDIDAS, FERROMAGNTICAS, COM ALTA PERMEABILIDADE, BAIXA FORA

    COERCITIVA E ALTA RETENTIVIDADE.

    B-PEQUENAS APARAS DE METAL PARAMAGNTICO DE ALTA RESISTNCIA ELTRICA E DE

    BAIXO COEFICIENTE DE ATRITO COM O MATERIAL DA PEA EM EXAME.

    C-PEQUENAS APARARAS DE METAL PARAMAGNTICO DE BAIXA DENSIDADE E BAIXA

    RESISTNCIA ELTRICA

    D-FINAMENTE DIVIDIDAS, FERROMAGNTICAS, COM ALTA PERMEABILIDADE E BAIXA

    RETENTIVIDADE.

    34 EXAME POR MEIO DE PARTICULAS MAGNTICAS FLUORESCENTES PODE SER EXECUTADO

    EM LOCAL ILUMINADO COM LMPADAS FLUORESCENTES.

    A-SIM

    B-NO

    35-O EXAME POR MEIO DE PARTICULAS FERROMAGNTICAS FINAMENTE DIVIDIDAS, EM

    SUSPENSO NUM LQUIDO DENOMINADO.

    A-MTODO DA EMULSO EM LEO

    B-MTODO DA SUSPENSO EM LEO

    C-MTODO DO MERGLHO

    D-EXAME POR VIA MIDA

    36-O EXAME DE UMA PEA REALIZADO EXECUTANDO-SE TRS OPERAES SUCESSIVAS,

    QUE SO MAGNETIZAO, APLICAO DAS PARTICULAS MAGNTICAS E INSPEO

    PROPRIAMENTE DITA. O MTODO EMPREGADO NESTE CASO DENOMINADO.

    A-MTODO CONTNUO

    B-MTODO MIDO

    C-MTODO SECO

    D-MTODO RESIDUAL

    37-O EXAME DE UMA PEA REALIZADO EXECUTANDO-SE SIMULTANEAMENTE AS

Recommended

View more >