protozoários e algas

Download Protozoários e Algas

Post on 23-Jun-2015

481 views

Category:

Education

3 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Rápida descrição das principais características do Reino Protista.

TRANSCRIPT

  • 1. REINO PROTISTA Protozorios e Algas

2. Caractersticas Gerais So organismos eucariontes ou eucariotos. Os protistas unicelulares so, geralmente microscpicos. Alguns entretanto, podem ser vistos a olho nu, pois atingem entre 1 e 2 milmetros. As algas so autotrficas, realizam fotossntese. Os protozorios retiram seu alimento do ambiente em que vivem. 3. Os protozorios: Reproduo Reproduo assexuada: onde a clula se parte em dois ou mais pedaos e d origem a novos indivduos. Reproduo sexuada: nesse caso, produzem gametas ou trocam material gentico em si. 4. Os protozorios: Locomoo Locomoo dos protozorios: Pseudpodes:estruturas tambm utilizadas para capturar o alimento (fagocitose). Ex.: as amebas. 5. Clios: so os protozorios chamados ciliados. Ex.: o paramcio Flagelados: que se locomovem utilizando flagelos. Ex.: o tripanossomo E ainda existem aqueles que no possuem estrutura de locomoo. Ex.: o plasmdio. 6. As relaes com outros seres vivos Predatismo: alguns vivem na gua e no solo mido comendo bactrias e outros protistas. Outros hospedam seres vivos causando-lhes doenas. Mutualismo: o caso do cupim e de protozorios que vivem em seu intestino. Paramcio Paramecium sendo atacado por Didinium, outro ciliado. 7. Os protozorios e a sade humana Mosquito do gnero Anopheles Mosquito-palha Barbeiro da Doena de Chagas 8. Doena de Chagas Transmisso: A doena de Chagas no transmitida ao ser humano diretamente pela picada do inseto, que se infecta com o parasita quando suga o sangue de um animal contaminado. A transmisso ocorre quando a pessoa coa o local da picada e as fezes eliminadas pelo barbeiro penetram pelo orifcio que ali deixou. A transmisso pode tambm ocorrer por transfuso de sangue contaminado e durante a gravidez, da me para filho. Sintomas: Febre, mal-estar, inflamao e dor nos gnglios, vermelhido, inchao nos olhos, aumento do fgado e do bao so os principais sintomas. Com frequncia, a febre desaparece depois de alguns dias e a pessoa no se d conta do que lhe aconteceu, embora o parasita j esteja alojado em alguns rgos. Como nem sempre os sintomas so perceptveis, o indivduo pode saber que tem a doena, 20, 30 anos depois de ter sido infectado, ao fazer um exame de sangue de rotina. Eliminar o inseto transmissor da doena ou mant-lo afastado do convvio humano a nica forma de erradicar a doena de Chagas. 9. Doena de Chagas: 10. Transmisso: H duas formas de leishmaniose: a cutnea, e a visceral. A tegumentar uma doena infecciosa, no contagiosa, transmitida por diversas espcies de protozorios do gnero Leishmania, que acometem o homem e provocam lceras na pele e nas mucosas das vias areas superiores. O vetor, ou seja, o agente transmissor do protozorio, a fmea infectada do mosquito Lutzomyia, conhecido popularmente por mosquito- palha. Sintomas: A leishmaniose tegumentar pode manifestar-se em homens e mulheres de qualquer idade. O primeiro sinal da forma cutnea costuma ser uma nica ou vrias leses, quase sempre indolores na pele. Inicialmente, so feridas pequenas, com fundo granuloso e purulento, bordas avermelhadas, que vo aumentando de tamanho e demoram para cicatrizar. Leishmaniose 11. Leishmaniose: 12. Malria Transmisso: A transmisso da malria pode ocorrer pela picada do mosquito, por transfuso de sangue contaminado, atravs da placenta (congnita) para o feto e por meio de seringas infectadas. Existem mais de cem tipos de plasmdio, o parasita da malria. Dos que infectam o homem, quatro so os mais importantes:Plasmodium vivax, Plasmodium falciparum, Plasmodium malariae e Plasmodium ovale. A doena provocada pelo vivax a mais comum e a provocada pelo malariae, a menos grave. Sintomas: Os sintomas mais comuns so febre alta, calafrios intensos que se alternam com ondas de calor e sudorese abundante, dor de cabea e no corpo, falta de apetite, pele amarelada e cansao. Dependendo do tipo de malria, esses sintomas se repetem a cada dois ou trs dias. 13. Malria: 14. As algas Possuem clorofila (ou outros pigmentos) e realizam fotossntese. Podem ser unicelulares ou pluricelulares. Vivem em gua doce, salgada ou ambientes midos. Reproduo assexuada em sua maioria, mais existem indivduos que se reproduzem de forma sexuada. 15. Principais tipos de algas Diatomceas: algas unicelulares mais abundantes em mares e lagos. Possuem carapaas de slica duras e transparentes como o vidro. 16. Dinoflagelados: possuem dois flagelos fazendo com que a clula rode como um pio. Algumas delas transformam alimento em luz (bioluminescncia) 17. Euglenfitas: principalmente em gua doce. Realizam a fotossntese mas, na ausncia da luz apresentam nutrio heterotrfica. 18. Clorofceas: algas verdes, unicelulares ou pluricelulares (corpo formado por talo em que no se distinguem os rgos tpicos). 19. Feofceas: algas pardas, algumas comestveis e tambm utilizadas como adubos ou fonte de algina (utilizada na indstria para dar textura). 20. Rodofceas: algas vermelhas, ricas em clcio e contribuem para a formao de recifes calcrios. Importante tambm na alimentao ex.: nor (sushi) e extrao de carragenina e gar espessantes em alimentos.

Recommended

View more >