projeto uca

Download Projeto UCA

If you can't read please download the document

Post on 02-Jan-2016

17 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Projeto UCA. Um Estudo Pedagógico. Léa da Cruz Fagundes Equipe do LEC/UFRGS. PILOTO PARA TESTAGEM DO USO PEDAGÓGICO DO LAPTOP NO PROJETO UCA PRÉ – PROJETO do PILOTO - janeiro / fevereiro de 2007 OBJETIVOS - PowerPoint PPT Presentation

TRANSCRIPT

  • Projeto UCAUm Estudo Pedaggico

    La da Cruz FagundesEquipe do LEC/UFRGS

  • PILOTO PARA TESTAGEM DO USO PEDAGGICO DO LAPTOPNO PROJETO UCA

    PR PROJETO do PILOTO - janeiro / fevereiro de 2007

    OBJETIVOSPromover a apropriao por equipes de programadores, pesquisadores e comunidades de usurios de modelos pedaggicos nas pesquisas do LEC, que possam ser configurados para o uso inovador de um computador por aluno da Experimentar com professores os laptops para este usoRegistrar no WIKI todo o processo de explorao pedaggica

    TCNICAS E MATERIAIS:(dez) LAPTOPS X0 DO PROJETO OLPC (MIT)Realizar estudos sobre o X0 levantando suas caractersticas e estudando suas peculiaridades, definindo suas possibilidades de uso pedaggico e suas deficincias

  • OFICINA 1 Perodo: desde a chegada dos prottipos at 10 de janeiro de 2007

    Equipe de Programadores do LEC/IP/UFRGS: programadores BOLSISTAS DO LEC, desenvolvedores de aplicaes interativas para WEB em Software Livre Preparar-se para desenvolver aplicativos e atividades em PYTHON, LOGO e SQUEAK residentes no X0

    Equipe de Pesquisadores Especialistas do LEC/IP/UFRGS docentes ESTUDANTES DE GRADUAO, DE MESTRADO e DOUTORADO nas reas Linguagem, Alfabetizao, Matemtica, Fsica, Qumica, Biologia, Artes, Psicologia Cognitiva; 5 Psiclogos estagirios em Psicologia Escolar, Social e Psicologia do Desenvolvimento Preparar-se para trabalho cooperativo com os programadores e para a formao de professores

  • OFICINA 2

    Perodo: 11 a 20 de janeiro de 2007

    Equipe de professores das turmas de escolas municipais do Piloto Explorao dos recursos do equipamento laptop X0 Atravs do uso compartilhado com liberdade pelos indivduos e pelos pequenos grupos sero estimuladas atividades criativas de construo conceitual , de pesquisa, atividades de inveno de jogos, exerccios e feitas anlises e reflexes buscando tomadas de conscincia de teorias em ao. Necessidades levantadas pelos professores sero usadas como propostas de trabalho para oficinas de desenvolvimento do software Os prprios professores elaboram a documentao de suas produes filmadas, escritas e publicadas na WEB.

  • OFICINA 3Perodo: 21 A 31 de janeiro de 2007Fomentar a formao de grupos de desenvolvedores de software livre para OLPC no Brasil e no Mercosul Convidar membros da comunidade regional de Software Livre Apresentar o ambiente de desenvolvimento do OLPC Planejar desenvolvimento de Aplicativos/Atividades que possam vir a ser desenvolvidas em cooperao com professores e alunos de escolas pblicas

  • Fevereiro de 2007Busca de Apoio nas Instituies:SEED/MEC SEAD/UFRGS REITORIA / UFRGSDIREO DO INSTITUTO DE PSICOLOGIADEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA SOCIAL E INSTITUCIONALDIREO DA ESCOLA E CORPO DOCENTECOORDENADORIA REGIONAL DA SEC/RSDEPARTAMENTO DE COORDENAO PEDAGGICA SEC/RSSECRETARIA DE EDUCAO/RS

  • Proposta Educacional

  • O que conservar? O que mudar?

    Exposio dos contedosem quadro verde pelo professor.

    Alunos em filas voltados para frente.

    Aula expositiva dialogada (?).

    As fronteiras da sala de aula.

  • Escola - Antes

  • PCNs

  • Classificao

  • Conservao

  • Balana

  • Leitura e Escrita

  • Nveis para a leitura

    Nvel 1 Ausncia de compreensoNvel 1A Apresenta dificuldade na decodificao e na compreenso. Procura adivinhar a palavra sem considerar as pistas oferecidas. Nvel 1B Leitura limita-se decodificao. A compreenso ainda ausente. Procura a resposta no texto, citando uma palavra presente nas proposies, ou sugere respostas a partir de palavras isoladas (descontextualizadas das pistas).

  • Nveis para a leitura

    Nvel 2 Compreenso precriaNivel 2A Decodifica sem coordenar pistas e nem sempre compreende o que l.Entende apenas textos que utilizam palavras de um campo semntico muito familiar ou que apresentam uma pista com uma idia explcita, no exigindo coordenao com as demais.Centra sua ateno em apenas uma pista, desconsiderando as demais, sem notar incoerncia.No retorna ao texto para comprovar as inferncias realizadas.

  • Nveis para a leitura

    Nvel 2B Decodifica e compreende, coordenando mais de uma pistaNo retorna ao texto para confirmar suas inferncias. Oscila entre momentos de certeza e hesitao.

  • Nveis para a leitura

    Nvel 3 Leitura com compreensoNvel 3A L com compreenso, coordenando todas as pistas oferecidas.Confirma as antecipaes realizadas por meio da decodificao. Demonstra-se capaz de deduzir informaes, ainda que determinadas palavras sejam desconhecidas. Resiste contra-argumentao e articula as informaes com seu conhecimento prvio. Nvel 3B Compreende as informaes explcitas e implcitas no texto, como o tom de ironia, a crtica, o humor.

  • Nveis para a leitura

  • Escola - Depois

  • Registros do Amadis no XO

  • Registros do Amadis no XO

  • Registros do Amadis no XO

  • Registros do Amadis no XO

  • Registros do Amadis no XO

  • Registros do Amadis no XO

  • Registros do Amadis no XO

  • Registros do Amadis no XO

  • Registros do Amadis no XO

  • Registros do Amadis no XO

  • Registros do Amadis no XO

  • Registros do Amadis no XO

  • Registros do Amadis no XO

  • Registros do Amadis no XO

  • Registros do Amadis no XO

  • Registros do Amadis no XO

  • Registros do Amadis no XO

  • Registros do Amadis no XO

  • Registros do Amadis no XO

  • Registros do Amadis no XO

  • Registros do Amadis no XO

  • Registros do Amadis no XO

  • Registros do Amadis no XO

  • Registros do Amadis no XO

  • Alunos

  • Gestores

  • Plano Poltico Pedaggico

  • Professores

  • Recursos Tecnolgicos

  • Recursos Tecnolgicos

  • Recursos Tecnolgicos