Projeto interdisciplinar de libras

Download Projeto interdisciplinar de libras

Post on 06-Jun-2015

5.087 views

Category:

Documents

5 download

DESCRIPTION

Nossa contribuio em Libras.

TRANSCRIPT

  • 1. PROJETO INTERDISCIPLINAR DE LIBRAS GRUPO:Claudia Patrcia Leite Veneno EzidioCludia Mrcia do Nascimento RosaJane Santiago da FonsecaLuciana Cristina Silva GoulartSueli de Paula Laranja dos SantosAna Paula Alves Ferreira

2. INTRODUO Educao direito de todos, est na lei. Mas no caso das pessoas comdeficincia essa educao tem que estar voltada para que respeite as suassingularidades e particularidades. Para que tenhamos uma possvel incluso dascrianas com necessidades especiais necessrio uma mudana de cultura dasescolas, alm de um aprimoramento na formao inicial e em servio dosprofessores, ainda preciso difundir recursos tecnolgicos que os profissionais daeducao e todo pessoal envolvido na busca de uma educao com qualidadepodem utilizar. O uso de tecnologias poder facilitar o processo de incluso decrianas e jovens com deficincia auditiva. O aluno surdo precisa aprender algum tipo de linguagem para que possa seexpressar. A famlia tem um papel fundamental nesse processo, mas aescola deve ser uma forte aliada, precisa preparar a criana surda para avida em sociedade, dando-lhe condies para aprender um cdigo decomunicao que possibilite sua participao na sociedade. Jogos,desenhos, dramatizaes, brincadeiras de faz-de-conta, histrias infantisajudam no aprendizado da linguagem e na construo de conceitos e regrasde um cdigo de comunicao. 3. INTRODUO certo que o uso de representaes visuais como ttica de ensino numa propostapedaggica inclusiva favorecer a assimilao de significados pela criana, bemcomo permitir a representao mental de experincias. A atividade de sala deaula precisa favorecer s crianas surdas a possibilidade de entrada emcomunidade lingstica com o propsito de concretizar uma apropriao desistemas de representao no verbal e a constituio da linguagem para que hajacomunicao. Usar recursos visuais apropriados facilita a compreenso do que est sendo ensinado. Objetos, filmes, fitas de vdeo, fotos, gravuras de livros e revistas e desenhos so alguns desses recursos. A escrita e ainda o uso da lngua de sinais, da mmica, da dramatizao, de expresses faciais e corporais de gestos naturais e espontneos ajudam a dar significado ao que est sendo estudado. 4. INTRODUOUsar recursos visuais apropriados facilita a compreenso do que est sendo ensinado. Objetos, filmes, fitas de vdeo, fotos, gravuras de livros e revistas e desenhos so alguns desses recursos. A escrita e ainda o uso da lngua de sinais, da mmica, da dramatizao, de expresses faciais e corporais de gestos naturais e espontneos ajudam a dar significado ao que est sendo estudado.Aps analisarmos a entrevista selecionamos o seguinte recurso tecnolgico que poder facilitar a aprendizagem do aluno surdo: DICIONRIO DE LNGUA BRASILEIRA DE SINAIS (http://www.acessobrasil.org.br/libras/).SECRETARIA DE EDUCAO ESPECIAL, MINISTRIO DA EDUCAO. Estratgias e orientaes pedaggicas para a educao de crianas com necessidadeseducacionais especiais: dificuldades de comunicao e sinalizao: surdez. [livro] Braslia: MEC; SEESP, 2002, P. 49.Fontes de consulta:http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-863X2004000300005http://www.ines.gov.br/( RECURSO DICIONRIO DE LIBRAS: http://www.acessobrasil.org.br/libras/)http://www.prp.unicamp.br/pibic/congressos/xiicongresso/cdrom/pdfN/4.pdfhttp://www.youtube.com/watch?v=UleHGh7yOX8&feature=relatedhttp://www.youtube.com/watch?v=TVbmXlm16JM 5. PROPOSTA DE TRABALHO HISTRIAS INFANTIS, LIBRAS E LINGUAGEMESCRITA COM O ALUNO SURDO INTEGRADO EMTURMA REGULAR Sabendo que a estrutura textual que o surdo adquirecom a LIBRAS diferente da nossa, utilizaremos ahistria PATINHO FEIO para a aprendizagem deLIBRAS e para integrar e propiciar o aprendizadono s para a aluna com surdez como tambm paraseus colegas de classe. Para esta proposta o professor regente da turmapoder contar com o apoio de um intrprete e ouinstrutor. 6. PROPOSTA 1 MOMENTOContao da histria PATINHO FEIO para a turma.http://www.geartefono.com.br/media/images/Patinho-feio.jpg http://www.submarino.com.br/produto/1/238119/patinho+feio,+ohttp://www.geartefono.com.br/media/images/Patinho-feio.jpghttp://www.submarino.com.br/produto/1/238119/patinho+feio,+o 7. 2 MOMENTO separar a turma em grupos de 2 ou 3 alunos, proporescrever frases sobre a histria com o apoio deimagens da mesma. Cada grupo seria responsvel poruma parte da histria e o professor dever intervir parafazer as adaptaes na estrutura frasais. Neste momentoo instrutor poder ter um papel importante na adaptaodas frases/ou reescrita, j que geralmente esseprofissional surdo. exemplo: Era um lindo dia de primavera.adptao: lindo dia primaveraexemplo: Mame pata observava feliz o nascimento deseus filhotinhos. adptao: mame pata observar feliz nascer filhotes 8. 3 MOMENTO consultar o dicionrio de libras para aprender ossinais das frases adaptadas.(http://www.acessobrasil.org.br/libras/) 9. 4 MOMENTO aps treinar e aprender os sinais, propor umacontao da histria em libras realizada pelascrianas (grupos) com: -um leitor -um interprte alunoEssa etapa ser filmada usando as imagens dahistria de fundo (filmado com mquina fotogrficadigital), editar em programa de edio (movie maker)e montar um filme da contao.(http://inclusodosurdo.blogspot.com/2010_06_01_archive.html) (busca de imagens - www. Google.com.br) 10. 5 MOMENTO A professora poder propor a elaborao de umafilmoteca com contos infantis da turma em Libras. http://www.youtube.com/watch?v=TVbmXlm16JM 11. CONCLUSO importante que o aluno surdo aprenda o portugus, mas precisamosentender e valorizar a cultura surda e suas particularidades. A lngua desinais, com estrutura prpria e natural da comunidade surda, permite ainterao dos surdos com o texto/contexto das histrias infantis,permitindo a leitura de mundo. Os recursos tecnolgicos ajudaro aosaluno surdos a descobrir o mundo da escrita e da linguagem, fazendocom que ele possa ser inserido no meio social com mais autonomia. A contao de histrias para crianas tem importncia crucial noprocesso de aquisio da linguagem. O contexto das histrias infantisenriquece a prtica pedaggica podendo trabalhar vrias questes domundo dos alunos pelo imaginrio. Esse trabalho com as histriasinfantis narradas em lngua de sinais possibilita a aquisio da escritade crianas surdas, permitindo o acesso lngua portuguesa. Acompreenso do contexto da histria acontece por meio da lngua desinais, proporcionando criana surda o aprendizado da escrita comosegunda lngua. http://www.youtube.com/watch?v=TVbmXlm16JM 12. CONCLUSO A maneira como a atividade est sendo proposta ainda favorece aintegrao dos alunos, surdos e ouvintes em ambos os mundos daoralidade e da LIBRAS, desperta o possvel interesse pelo aprendizadode libras por parte dos alunos ouvintes e promove o entendimento decomo se d a comunicao. Entretanto, percebemos alguns pontos que podem dificultar um poucoesse trabalho. Entre eles a presena do intrprete, que apesar de estarprevisto na lei, ainda no um profissional presente em todas as salasde aula com aluno surdo integrado e a falta de conhecimento dosprofessores a respeito da surdez e da linguagem de sinais quepermitiria por em prtica propostas pedaggicas com mais segurana eenvolvimento da gesto da escola para propiciar uma cultura de realincluso na unidade escolar.SECRETARIA DE EDUCAO ESPECIAL, MINISTRIO DA EDUCAO. Estratgias e orientaes pedaggicas para a educao de crianas com necessidades educacionais especiais :dificuldades de comunicao e sinalizao: surdez. [livro] Braslia: MEC; SEESP, 2002, P. 49. 13. FONTES DE CONSULTA http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-863X2004000300005 http://www.ines.gov.br/( RECURSO DICIONRIO DE LIBRAS:http://www.acessobrasil.org.br/libras/) http://www.prp.unicamp.br/pibic/congressos/xiicongresso/cdrom/pdfN/4.pdf http://www.youtube.com/watch?v=UleHGh7yOX8&feature=related http://www.youtube.com/watch?v=TVbmXlm16JM