projeto de curso de operador de · pdf fileslides e compactação de arquivos;...

Click here to load reader

Post on 08-Nov-2018

212 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • SERVIO PBLICO FEDERAL - MEC SETEC

    INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAO, CINCIA E TECNOLOGIA DE MATO

    GROSSO

    PR-REITORIA DE ENSINO / PR-REITORIA DE EXTENSO

    _________________________________________________________________________

    PROJETO DE CURSO DE OPERADOR DE

    COMPUTADOR

    Campus : CONFRESA

    Diretor Geral: Willian Silva de Paula

    E-Mail : willian.paula@cfs.ifmt.edu.br Telefone (66)3564-2600

    Diretor de Ensino: Maria Auxiliadora de Almeida

    e-Mail :maria.almeida@cfs.ifmt.edu.br Telefone (66)3564-2618

    Coordenador de Extenso: Lucas de Paula Mera

    e-Mail :lucas.mera@cfs.ifmt.edu.br Telefone 66)3564-2618

    Coordenador do Curso: Crisine Morais dos Anjos

    E-mail: cristine.anjos@cfs.ifmt.educ.br Telefone 66)3564-2618

    Programa: MULHERES MIL

    1. Identificao do curso Nome do Curso: OPERADOR DE COMPUTADOR

    Modalidade: FIC FORMAO INICIAL CONTINUADA

    Formao profissional: OPERADOR DE COMPUTADOR

    Eixo Tecnolgico: Informao e Comunicao

    Escolaridade mnima: FUNDAMENTAL II INCOMPLETO

    Carga horria: 236 HORAS

    Programa: MULHERES MIL

    Data de Incio: Data do Trmino : Durao: 6 meses

    Municpio de realizao do Curso: CONFRESA

    Total de vagas: 30

    Turno: Noturno e finais de

    semana

    N Turma: 01

    2. Caracterizao do curso Instala, configura e opera sistemas operacionais cliente, aplicativos de escritrio

    e perifricos. Organiza entrada e sada de dados em sistemas de informao, conforme

    procedimentos tcnicos de qualidade e atento s normas e polticas de segurana da

    informao e de respeito propriedade intelectual.

    3. Justificativa Capacitar o aluno para o uso de recursos dos principais aplicativos de escritrio e

    utilitrios na edio de textos, elaborao de planilhas eletrnicas, apresentao de

    slides e compactao de arquivos; Pesquisa e navegao na Internet; Uso do correio

    eletrnico; Instalao e configurao de programas e perifricos; Entrada e sada de

    dados em sistemas de informao, escolha de programas de aplicao a partir da

    avaliao do usurio, de acordo com normas e procedimentos tcnicos.

  • SERVIO PBLICO FEDERAL - MEC SETEC

    INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAO, CINCIA E TECNOLOGIA DE MATO

    GROSSO

    PR-REITORIA DE ENSINO / PR-REITORIA DE EXTENSO

    _________________________________________________________________________

    4. Objetivos a) Geral Capacitar a aluna para o uso de recursos dos principais aplicativos de escritrio e

    utilitrios na edio de textos, elaborao de planilhas eletrnicas, apresentao de

    slides e compactao de arquivos; Pesquisa e navegao na Internet; Uso do correio

    eletrnico; Instalao e configurao de programas e perifricos; Entrada e sada de

    dados em sistemas de informao, escolha de programas de aplicao a partir da

    avaliao do usurio, de acordo com normas e procedimentos tcnicos.

    b) Especficos

    Capacitar a mulher, no intento de elevar sua auto-estima, empoder-la e torn-la mais autnoma profissional e financeiramente.

    Realizar aconselhamento, assistncia e orientao ao emprego;

    Fomentar o empreendedorismo, o cooperativismo popular e aes solidrias;

    Garantir viabilidade da escolaridade, emprego e renda;

    5. Acesso a) Requisitos Ensino fundamental II incompleto e idade mnima de 16 anos.

    b) Forma de seleo O acesso ao curso se dar conforme lista de interessadas informada pelos questionrios

    socioeconmicos e pela pr-matrcula, sendo prioridade o atendimento s beneficirias

    do bolsa famlia e/ou cadastradas no CADUNICO, informado pelo CRAS (Centro de

    Referncia em Assistncia Social) de Confresa, atual demandante dos cursos do

    Programa Mulheres Mil.

    A seleo e ou pr-matrcula ser de acordo com as normas especificadas/estabelecidas

    pela instituio demandante.

    c) Responsabilidade da seleo A responsabilidade da seleo dos alunos para o curso do atual demandante, no caso o

    CRAS (Centro de Referncia em Assistncia Social) de Confresa.

    6) MATRIZ CURRICULAR 01 Operador de Computador

    Disciplina Carga horria

    Parcial Total

    Ncleo Fundamental

    Leitura e Produo de Textos 18

    45 Matemtica bsica 18

    Economia Solidria 9

    Ncleo Articulador

    Relaes Interpessoais 9

    36 Direitos e Sade das Mulheres 9

    Meio Ambiente 9

  • SERVIO PBLICO FEDERAL - MEC SETEC

    INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAO, CINCIA E TECNOLOGIA DE MATO

    GROSSO

    PR-REITORIA DE ENSINO / PR-REITORIA DE EXTENSO

    _________________________________________________________________________

    tica e Cidadania 9

    Ncleo Tecnolgico

    Introduo computao e digitao 30

    155

    Sistema Operacional 30

    Editor de Texto 24

    Planilha Eletrnica 17

    Software de Apresentao 24

    Internet 30

    Total Geral do Curso 236 horas

    7) Metodologia de trabalho Cada professor dever apresentar sua metodologia de trabalho, respeitando as

    orientaes deste Projeto Pedaggico, na primeira semana de atuao. Tudo dever ser

    discutido com as alunas, desde as aulas prticas at os trabalhos de avaliao, de forma

    a criar um contrato didtico com as alunas. Este trabalho se aproxima de uma prxis

    dialgica (Freire, 1996).

    Cada professor, no momento da seleo para atuao na disciplina, far um

    planejamento dos materiais necessrios com a equipe de coordenao do programa

    Mulheres Mil para que esta tenha tempo hbil para a compra dos materiais necessrios

    para as aulas prticas e para os acordos com a instituio IFMT para a requisio

    dos espaos e instalaes que sero utilizadas, ou ainda, para formar as parcerias com

    escolas municipais e prefeitura municipal de Confresa para utilizao de suas

    instalaes e equipamentos.

    Materiais bsicos como canetas, lpis e cadernos sero fornecidos s alunas, bem como

    os outros materiais, como xerox ou apostilas impressas j foram planejados para serem

    fornecidos para cada aluna, assim como o transporte para todos no momento das aulas.

    Todos os momentos pedaggicos sero acompanhados pelas equipes multidisciplinares

    constitudas, alm da equipe pedaggica (superviso e orientao).

    8) Avaliao A avaliao do aluno poder ser feita por elemento curricular, considerando aspectos de

    assiduidade (frequncia s aulas tericas, aos trabalhos escolares, aos exerccios de

    aplicao e atividades prticas) e aproveitamento (acompanhamento contnuo dos

    estudantes e dos resultados por eles obtidos nas atividades avaliativas), conforme as

    diretrizes da LDB (Lei n 9.394/96). A frequncia s aulas dever ser igual ou superior a

    75%. Ao trmino do curso, o aluno receber o conceito APROVADO ou

    REPROVADO.

    O aproveitamento nas avaliaes propostas pelos professores deve ser superior a 50%,

    considerando uma escala de 0,0 a 10,0 a nota mnima para aprovao nos diferentes

    tipos de avaliao utilizados em sala de aula, ser 5.0. O tipo de avaliao dever

    constar no plano de ensino de cada professor, entregue coordenao do curso na

    primeira semana de aula, sendo estabelecido mediante contrato didtico entre o

    professor e o aluno.

  • SERVIO PBLICO FEDERAL - MEC SETEC

    INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAO, CINCIA E TECNOLOGIA DE MATO

    GROSSO

    PR-REITORIA DE ENSINO / PR-REITORIA DE EXTENSO

    _________________________________________________________________________

    9) Aproveitamento de estudos: A discente dever cursar todos os elementos curriculares do curso de Operador de

    Computador. Entretanto, quando houver estudos concludos com xito em instituio

    de ensino credenciada, autorizada e reconhecida por Secretaria Estadual de Educao

    ou pelo Ministrio da Educao, a aluna poder pedir o aproveitamento de estudos

    coordenao do programa que far a anlise e o referido deferimento, se atender a

    legislao vigente. O aproveitamento de estudos no poder exceder 30% dos

    elementos curriculares do curso. Os elementos curriculares somente podero ser

    aproveitados caso tenham ementa e contedo programtico semelhantes e, carga horria

    similar (no mnimo 80%).

    10) Instalaes e equipamentos Para o desenvolvimento do curso sero utilizados: 1 laboratrio de informtica; 20

    computadores; e 1 projetor multimdia. As alunas tambm tero disposio a

    biblioteca do IFMT Campus Confresa

    11) Quadro de pessoal docente e tcnico

    Professor(es):

    Disciplina: Leitura e Produo de Textos Professor: Aguinaldo Pereira

    Disciplina: Matemtica bsica Professor: Leonardo R. dos Santos

    Disciplina: Economia Solidria Professor: Carla Danieli Mendes

    Disciplina: Relaes Interpessoais Professor: Michael Alves

    Disciplina: Direitos e Sade das Mulheres Professor: Georgia S Santos

    Disciplina: Meio Ambiente Professor: Anderson P. N. Eickhoff

    Disciplina: tica e Cidadania Professor: Maria Osia Bier

    Disciplina: Introduo computao e digitao Professor: Cleverson A. S. Moura

    Disciplina: Sistema Operacional Professor: Giliard B. De Freitas

    Disciplina: Editor de Texto Professor: Giliard B. De freiras

    Disciplina: Planilha Eletrnica Professor: Leonardo R. dos Santos

    Disciplina: Software de Apresentao Professor: -----------------

    Disciplina: Internet Professor: Giliard B. De freiras

    Tcnico(s):

    Funo: Apoio Administrativo Compras. Tcnica: Dhanny Fernanda de Freitas

    Funo: Apoio Administrativo Execuo Financeira. Tcnica: Cludia Pereira Souza

    Funo: Apoio Administrativo SISTEC. Tcnico: Willians Gonalves Silva

    Funo: Orientador de Curso. Pro