programa trainee 2010

Download Programa  Trainee  2010

Post on 30-Dec-2015

24 views

Category:

Documents

2 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Programa Trainee 2010. Missão Grupo Canopus. - PowerPoint PPT Presentation

TRANSCRIPT

  • Nossa misso gerar lucratividade, crescimento, proporcionando felicidade aos nossos funcionrios, parceiros, fornecedores, clientes e o bem estar da comunidade onde atuamos. Nosso propsito, portanto, tornar nossas empresas mais humanas, colaborando para que nossa sociedade e pas se tornem tambm mais humanos.

  • Viso (Fator nico)Visualizamos as empresas do Grupo Canopus atuando no mercado de acordo com os seguintes princpios:Preocupao constante com a qualidade dos produtos e servios que oferecem.Envolvimento emocional com o cliente.Uma atitude sempre inovadora em suas aes no mercado.Ter em seu quadro de funcionrios missionrios e no simplesmente trabalhadores.

  • Em que acreditamos:O lucro o resultado de um trabalho caracterizado por aes estratgicas integradas.Nosso crescimento depende de nossa atitude inovadora.Nosso diferencial competitivo deve basear-se nesta atitude.Preocuparemos sempre em proporcionar felicidade aos nossos funcionrios, parceiros, fornecedores e clientes, preocupando-nos sempre com o bem estar da comunidade onde atuamos.Em nossa atuao no mercado queremos sempre despertar credibilidade e ser modelo de parcerias ticas.Manteremos um ambiente de trabalho onde haja coerncia, respeito mtuo, confiana e companheirismo.Todos representam a empresa e todos fazem parte da soluo.Comprometimento: faremos certo na primeira vez.

  • QUE AFETA A TRANSIO ORGANIZACIONAL

    Apenas 5% das mudanas programadas nas Organizaes foram implementadas. 87% dos fracassos profissionais so por falta de habilidade em relacionar-se e trabalhar em conjunto (FORTUNE)

  • 1. Cadeias de comando mais curtas.2. Menos unidade de comando.3. Amplitudes de controle mais amplas.4. Mais participao e empowerment.5. Staff como consultor e no como executor. 6. nfase nas equipes de trabalho.7. A organizao como um sistema de unidades de negcio interdependentes.8. Infoestrutura.9. Abrandamento dos controles externos s pessoas.10. Foco no negcio bsico e essencial (core business).11. Consolidao da economia do conhecimento.

  • A concorrncia no com produtos de primeira linha americanos ou com produtos de massa chineses.

    A concorrncia com produtos desenvolvidos com qualidade americana (ou europia), custos chineses, juros internacionais, e quase sem tarifas de importao no Brasil.

  • 1.Globalizao2. Pessoas3. Cliente4. Produtos/servios5. Conhecimento6. Resultados7. Tecnologia

  • DePara Empregado Corporativo Gerente grupo Mo de obra Competncia essencial EmpreendedorCooperativo Lder Time/clula O que faz melhor

  • Do Foco no Produto para Foco no Cliente

    AntesHoje

    O produto era um fim em si mesmo

    O produto era o mais importanteO produto um meio para satisfazer as necessidades do clienteO cliente torna-se fundamental

  • Da Era Industrial para a Era da InformaoAntes

    Trabalho realizado em fbricas As pessoas lidavam com mquinas e equipamentos Hoje

    Trabalho em escritrios ou residncias por meio de computadoresAs pessoas esto lidando com idias e conceitos

  • Fonte: Adaptado de Brevoord 91978, p.31)

    DEPARAMudanas nos valores humanos Todas as pessoas so iguais;Individualismo Ignorncia; Isolamento/centralizao Todas as pessoas so diferentes;Participao;Trabalho como fonte de auto realizao;Educao continua;Participao/Compartilhamento.Mudanas nos valores sociais Orientao para produto; Governo limitado. orientao para o mercado/comunidade; Governo onipresente.Mudanas nas organizaes Especializao funcional;Tomada de deciso autoritria;Tarefas individualizadas;Informao vertical Especializao genrica c/abordagens interdisciplinares;Tomada de deciso democrtica;Trabalho em equipes;Informao funcional/disponvel com tempo real.

  • A grande preocupao da rea de gesto de pessoas preparar as pessoas para processos de mudanas, o que leva a:A implementar prticas e modelos de gesto que incorporem abordagens mais flexveis e ajustveis ao contexto de mundo que vivemos ; Todas as propostas de prticas de gesto esbarram na forma como as pessoas que compem os quadros das organizaes, percebem e incorporam, em suas atividades profissionais, as mudanas que esto sendo exigidas. A capacidade de mobilizar as pessoas, levando-as a compreender o processo de mudana que subjaz a organizao, abrindo espao para articularem conhecimentos, experincias, saberes e saberes-fazer, requer novas posturas dos empresrios e das pessoas que atuam na AREA DE GESTO DE PESSOAS.

  • muito importante as organizaes se preocuparem com analise do ambiente (interno e externo) a fim de identificar: Necessidades de mercado;Oportunizar a implementao de polcias de gesto que sejam compatveis com tais necessidades; Criar mecanismo de sustentabilidade comercial; Havendo mudanas no ambiente/cenrio conseqentemente mudam-se o sistema de valores das organizaes; Mudanas de valores tambm causam conseqentemente formas gerenciais;Expanso se seus mercados, instalando em outros pases. Por trs desta busca, h duas questes relevantes:- Abrir novos mercados efetuando negcios em outros territrios;- Reduzir custos de produo.

  • OBJETIVOS ORGANIZACIONAIS

    SOBREVIVNCIACRESCIMENTO SUSTENTADOLUCRATIVIDADEPRODUTIVIDADEQUALIDADE NOS PRODUTOSQUALIDADE NOS SERVIOSREDUO DE CUSTOSPARTICIPAO NO MERCADONOVOS MERCADOSNOVOS CLIENTESCOMPETITIVIDADEIMAGEM NO MERCADO OBJETIVOS INDIVIDUAIS

    MELHORES SALRIOSMELHORES BENEFCIOSESTABILIDADE NO EMPREGOSEGURANA NO TRABALHOQVT SATISFAO NO TRABALHOCONSIDERAO E RESPEITOOPORT. DE CRESCIMENTOLIBERDADE PARA TRABALHARLIDERANA LIBERALORGULHO DA ORGANIZAO

  • Empregados isolados nos cargosHorrio rigidamente estabelecidoPreocupao com normas e regrasSubordinao ao chefeFidelidade organizaoDependncia da chefiaAlienao com relao organizaonfase na especializaoExecutores de tarefasnfase nas destrezas manuaisMo-de-obra

  • Colaboradores agrupados em equipesMetas negociadas e compartilhadasPreocupao com resultadosAtendimento e satisfao do clienteVinculao misso e vida

    Interdependncia entre colegas e equipesParticipao e comprometimentonfase na tica e na responsabilidadeFornecedoras de atividadenfase no conhecimentoInteligncia e talento

  • As Dificuldades de RobertoRoberto um excelente profissional, responsvel e admirado por seus conhecimentos tcnicos. Depois de diplomar-se em Administrao, Roberto no parou mais de estudar e tentar aplicar seus conhecimentos. Sabe melhor do que ningum equacionar os problemas e definir solues. Sua dificuldade maior lidar com pessoas: no sabe explicar nem treinar ou argumentar, tampouco tem pacincia com os subordinados. Apesar de seu excelente preparo tcnico, Roberto no consegue progredir na empresa. Quer ser promovido a gerente de equipe, mas fica sempre na fila de espera.

    O que est acontecendo com Roberto?Roberto

  • Muito Obrigada!!

    Carla Queiroz

    carlaqueiroz65@gmail.com Fone: 9606 4201

  • Prometeu foi um tit da mitologia grega que roubou o fogo (a sabedoria e a cincia) dos cus. Foi punido por Zeus com o castigo de ficar encadeado a uma rocha no Cucaso, onde uma guia diariamente lhe bicava o fgado durante o dia e durante a noite seu fgado humano se regenerava...o sofrimento continuava.

  • Antiga Lenda Egpcia do Peixinho Vermelho

    47