PROGRAMA NACIONAL DE APOIO AO TRANSPORTE ESCOLAR - PNATE BREVE ESTUDO DO PROGRAMA NO MUNICPIO DE DONA INS/PB

Download PROGRAMA NACIONAL DE APOIO AO TRANSPORTE ESCOLAR - PNATE BREVE ESTUDO DO PROGRAMA NO MUNICPIO DE DONA INS/PB

Post on 04-Aug-2015

189 views

Category:

Documents

0 download

DESCRIPTION

Trabalho Final do Curso de Competncias Bsicas do Programa Formao Pela Escola - FNDE

TRANSCRIPT

Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educao FNDE Programa Formao pela Escola Tutor: Josenildo Fernandes da Silva

Equipe: Alessandro Arajo da Silva, Espedito Bento da Silva, Jairo Alves Felipe, Marcelino Marcolino da Silva e Maria das Graas Geraldo da Silva. PROGRAMA NACIONAL DE APOIO AO TRANSPORTE ESCOLAR - PNATE BREVE ESTUDO DO PROGRAMA NO MUNICPIO DE DONA INS/PB INTRODUO

A poltica educacional do atual governo visa incluso e o desenvolvimento social, atravs da ampliao do acesso a todas as etapas da educao bsica e da garantia de padres de qualidade social ao ensino pblico brasileiro. Para isso o governo utiliza os recursos financeiros capitados pelo FNDE para o desenvolvimento de programas e aes voltadas diretamente para educao. No municpio de Dona Ins/PB o FNDE desenvolve uma gama de programas, que oferecem assistncia educao bsica. So eles: Programa Nacional de Alimentao Escolar (PNAE), Programas do Livro (PLi), Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE), Programa Brasil Alfabetizado (Bralf), Programa Nacional Biblioteca da Escola (PNBE) e Programa Nacional de Apoio ao Transporte Escolar (PNATE). Dentre estes programas vamos destacar o PNATE, que tem como objetivo garantir o acesso e a permanncia nos estabelecimentos escolares os alunos residentes em rea rural que utilizem transporte escolar, por meio de assistncia financeira, em carter suplementar, aos estados, Distrito Federal e municpios. O recurso do programa serve para custear despesas com reforma, seguros, licenciamento, impostos e taxas, pneus, cmaras, servios de mecnica em freio, suspenso, cmbio, motor, eltrica e funilaria, recuperao de assentos, combustvel e lubrificantes do veculo. Serve, tambm, para o pagamento de servios contratados junto a terceiros para o transporte escolar. No municpio os alunos so transportados em veculos prprios do municpio, ou ento em veculos alugados pela prefeitura. Entretanto a maioria dos veculos contratados no atende aos critrios estabelecidos, visto que muitos esto em pssimo estado de conservao, no possuem cinto de segurana, etc.

ANLISE DOS DADOS

O PNATE garante o direito a um transporte escolar eficiente e seguro, aos alunos que estudam longe de suas casas, que moram no campo (reas rurais). Por isso, so estabelecidos critrios para escolha de veculos destinados ao transporte escolar. Mas ser que de fato esses critrios esto sendo cumpridos? Qual a avaliao que os usurios fazem desse servio? Quais os pontos positivos e negativos do transporte escolar oferecido em nosso municpio? Com base nesses questionamentos realizamos uma pesquisa, na qual entrevistamos mais de 100 pessoas (pais e alunos) usurios do transporte escolar. No primeiro quesito pedimos que os usurios avaliassem a qualidade do transporte escolar oferecido pelo estado e pela prefeitura do nosso municpio.

Grfico 01 - Avaliao do Transporte Escolar50% 45% 40% 35% 30% 25% 20% 15% 10% 5% 0% Excelente Bom Regular Pssimo

Como podemos observar no grfico 01 o resultado obtido foi o seguinte: 14% dos entrevistados consideram o transporte excelente, 30% bom, 46% regular e apenas 10% pssimo. Ento, percebe-se que a maioria considera o transporte escolar oferecido em nosso municpio regular, ou seja, nem bom nem ruim. No segundo quesito pedimos que os usurios apontassem o principal problema relacionado ao transporte escolar em nosso municpio.

Grfico 02 - Principais Problemas Relacionados ao Transporte EscolarNenhum Excesso de Passageiros Pssimo Estado de Conservao Ausncia do Cinto de Segurana Falta de Habilitao dos Motoristas 0% 5% 10% 15% 20% 25% 30% 35% 40% 45%

O resultado obtido foi o seguinte: 1% dos entrevistados indicou como problema a falta de habilitao dos motoristas; 40% a ausncia do cinto de segurana nos veculos; 19% o pssimo estado de conservao que se encontram alguns veculos; 29% destacou o excesso de passageiros dentro dos veculos; e 11% acham que no existe nenhum problema (Grfico 02). No terceiro quesito pedimos que os entrevistados apontassem um ponto positivo referente ao transporte escolar do nosso municpio.

Grfico 03 - Pontos Positivos do Transporte EscolarOutro

Pontualidade

Acessibilidade

Boa Acomodao

Ampla Oferta de Veculos 0% 5% 10% 15% 20% 25% 30% 35% 40% 45%

Como se observa no grfico 03 os entrevistas destacaram como pontos positivos: a ampla oferta de veculos que fazem o transporte (14%); boa acomodao dos veculos (8%); a acessibilidade (15%); a pontualidade no horrio dos veculos (39%); outro ponto no citado na entrevista (24%). No quarto quesito pedimos que os entrevistados dessem uma nota de 0 a 10 para o transporte escolar ofertado em nosso municpio.

Grfico 04 - Nota Dada aos Transportes Escolares30% 25% 20% 15% 10% 5% 0% 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

Como podemos observar no grfico 04 o resultado foi o seguinte: 3% deram nota um; 1% deu dois; 3% deram trs; 2% deram quatro; 12% deram cinco; 10% deram seis; 25% deram sete; 19% deram oito; 10% deram nove; e 15% deram dez. A anlise dos dados coletados mostra que os recursos financeiros do PNATE esto chegando ao municpio, e o servio est sendo ofertado aos alunos da educao bsica, no entanto, qualidade do mesmo algo questionvel, visto que a maioria dos usurios entrevistados reclama de um item fundamental, a segurana, que os veculos que fazem o transporte escolar no oferecem. Ter um transporte escolar pblico de qualidade um direito dos alunos, no entanto, um dever do mesmo cobrar das autoridades aes voltado para melhoria do servio oferecido, bem como fiscalizar a aplicao dos recursos destinados ao programa. Mas como ficou visvel os usurios acomodaram-se diante da situao.

PROPOSTA DE SOLUO

Para melhorar as condies do transporte escolar no nosso municpio sugerimos que num primeiro momento a Prefeitura passe a cobrar dos veculos contratados as condies mnimas de segurana estabelecidas pelo programa. Que o conselho responsvel por acompanhar a aplicao desses recursos saia a campo para conversar com os alunos, para saber quais os pontos positivos e negativos relacionados ao programa, e pedi sugestes de como melhor-lo. Outras medidas simples como: exigir a manuteno e limpeza peridica dos veculos, criar medidas que garantam a disciplina dos alunos durante o percurso de casa at a escola, no transportar pessoas que se encontram embriagadas ou armadas, fazer um encontro entre alunos, motoristas dos veculos e conselho para debater os problemas, e oferecer aos motoristas um curso de formao, contribuiria muito para que tivssemos um transporte escolar pblico melhor. A Prefeitura poderia apoia-se no Programa Caminho da Escola para ampliar a frota de veculos de transporte escolar, visto que o programa oferece concesso de financiamento aos estados e municpios para aquisio de meios de transporte coletivo para o transporte dirio dos alunos que residem na rea rural. Esses veculos oferecem especificaes exclusivas, prprias para o transporte de estudantes, e adequado s condies de trafegabilidade das vias das zonas rural. Dessa forma, acreditamos que seja possvel solucionar ou talvez minimizar os problemas relacionados ao transporte escolar em nosso municpio, para que assim seja oferecido aos alunos um transporte eficiente e seguro. Durante nossa investigao fomos imparciais, procuramos ouvir aqueles que usufruem do transporte escolar, visto que no haveria ningum melhor para avaliar a qualidade do servio prestado do que os prprios usurios do mesmo. Foi importante tambm est a par dos critrios estabelecidos pelo programa.

REFERNCIAS BRASIL. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Ansio Teixeira Inep. Cartilha do transporte escolar Braslia: O Instituto, 2005, 36p. Disponvel em: http://www.geperuaz.com.br/arquivos/File/nucleacao/cartilhatransporteescolar.pdf. Acesso em: 23 de novembro de 2011, s 13hs. BRASIL. Ministrio da Educao (MEC). Mdulo: Competncias Bsicas / Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educao 3 Ed., atual. Braslia: MEC, FNDE, 2010, 106 p. LIBNEO, Jos Carlos. Alguns Aspectos da Poltica Educacional do Governo Lula e sua Repercusso no Funcionamento das Escolas. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, n.32, p. 168-178, dez. 2008. Disponvel em: http://www.histedbr.fae.unicamp.br/revista/edicoes/32/art12_32.pdf. Acesso em: 23 de novembro de 2011, s 13hs.

APNDICE Formulrio da Pesquisa

Recommended

View more >